Do nada minha namorada decidiu que só transa novamente depois do casamento!

70

Leitor: Tenho 22 anos e estou namorando há 5 meses. No começo era tudo mil maravilhas, mas do nada minha namorada veio com um papo estranho… Estamos há quase 2 meses sem ter relação porque simplesmente ela não quer mais. Ela diz que foi criada pela família dela que só queria sexo depois do casamento, que tem medo da mãe dela saber, diz que só quer ter relação depois do casamento, mas não pensa em casar… Por que ela não falou isso desde o começo do relacionamento? Seria mais fácil, mas não, depois de já ter rolado tudo ela muda, impõe isso e ainda quer que eu aceite. Quando falamos sobre isso, sempre brigamos e ela fala mais um motivo que não podemos fazer sexo. Eu amo muito ela, de verdade, por isso estou pedindo ajuda. Eu não sei o que fazer, se eu falo algo sobre isso, ela pergunta se nosso relacionamento se resume ao sexo. Eu não gosto de sexo forçado mas se não forçar ela também não vai fazer nada. E aí o que eu faço? Me ajuda.

Do nada minha namorada decidiu que só transa novamente depois do casamento!

Desde que ela não tenha tido nenhum trauma sexual passado ou uma criação religiosa extremamente rígida – o que nem precisa dizer que ela precisaria de acompanhamento médico/psicológico – tô achando essa história meio estranha. Se ela já fez e não é mais virgem, tá com medo da mãe descobrir como? Entrando no quarto? Colocando câmera escondida? Detetive? rs.

Se a questão (muito importante) do trauma for descartada, considere que o problema pode ser mais simples do que parece. Não me leve a mal, mas tem muito homem ruim de cama pra c******, que faz qualquer mulher não querer mais sexo kkk. Aí algumas inventam dor de cabeça, outras que só vai rolar depois do casamento e quando o arco-íris der duas curvas, e por aí vai kkkk. Não quero te ofender, mas sim te ajudar, então, seja realista: você faz direito? Ou é daqueles homens que fica fuc-fuc no fubá e só pensa no seu prazer? Que transa tipo que nem cachorro, super rápido e acha que tá arrasando? O que diga-se de passagem, é um clássico masculino…

E quanto a dar “aquela calibrada”? Você já sai pegando na pepeca dela direto, pensando que mulher se acende “só de olhar” que nem homem, ou você se preocupa em fazer um chameguinho do bom, dando uns beijinhos na orelha aqui, uma pegada forte acolá, um abraçozinho safado, daí depois, por últimooooo e se ela der sinal verde, “mete que nem homem”? rs. Não adianta, vocês querem simplificar e ir metendo tudo logo, mas, em geral, mulher é raça chata e burocrática do caramba quando envolve sexo. Se você não fizer isso direito e tiver sido o primeiro, ou um dos primeiros da vida dela, ela pode acabar se confundindo que sexo não é tãoooo importante assim, pelo simples fato de não considerar que isso une, mas sim afasta vocês. E isso aconteceria porque os que ela teve foram, com o perdão da palavra, uma porcaria, sabe?

É claro que a vida não se resume a sexo e ela sabe que você também sabe disso, porém, assim como você quer defender o seu lado falando que não quer esperar a vida toda para dar uma furunfadinha básica de vez em quando, ela defende o dela falando que “a vida não é só isso”. Nisso fica cada um defendendo os próprios interesses e um consenso que é bom nada…

Como você não quer pagar de chato estuprador, espere o tempo dela e não force nada, senão você pode traumatizar mais ainda a menina. Porém, você pode caprichar no amasso (sem pegar nas partes íntimas dela, faça ELA querer pegar nas suas) e rezar, rezar muito para um dia ela tomar uma iniciativa de livre e espontânea vontade.

Tendo ou não motivos convincentes, se nem assim ela quiser ceder e você não considerar que é do seu perfil ter que esperar tanto, aí meu amigo, nada de meter chifre. Seja sincero e parta pra outra, visto que infelizmente, o amor é apenas um dos ingredientes para um relacionamento dar certo: se você prefere transar e ela assistir TV, vai fazer o quê?

Assista: 3 erros ao tentar transar com uma virgem:

Boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.