Será que não faço amizades porque sou caseiro e não bebo?

120

Leitor: Tenho 29 anos sou solteiro e sofro demais por não conseguir me enturmar e ter amigos, pessoas que conheço me dizem que é porque eu não bebo, por isso não consigo me enturmar. As únicas pessoas que me entendem são minha família e um amigo de infância que sempre me dão os melhores conselhos, mas me sinto muito só. Já teve mulher que me deu fora porque disse que sou muito certinho. Não me acho feio, porém, por eu ser caseiro acho que sou muito exigente com os outros. Minha ex-namorada tinha problemas com álcool que por vezes até me agredia verbal e fisicamente quando estava bêbada. Por esses exemplos e por outros em minha família jurei para mim mesmo jamais beber. Será que estou sendo radical demais no meu pensamento?

Será que não faço amizades porque sou caseiro e não bebo?

Relaxa que essa sua neura aí não tem nada a ver! A sua “doença” se chama “personalidade” e espero que você não esteja pensando em tratá-la, rs. Se fosse assim, era para eu ser a pessoa mais solitária e sem amigos do mundo: porque eu não bebo, não curto muito sair, evito a noite (tenho medo de ladrão, estupro, essas coisas kkkk) e nem por isso estou sem amigos. Na verdade, se quem bebe me achar chata por não beber, pode ter certeza que vou sentir o mesmo em relação a essa pessoa que quer me forçar a fazer algo que não estou afim.

Sabe aquele velho ditado do “cada um na sua turma?”. Pois é, acredito que você anda cheirando os lugares errados e por isso se sente deslocado. Continue com as suas crenças e cogite a hipótese de muito provavelmente o seu problema ser não só você estar jogando no “time errado”, como também ser uma pessoa muito tímida, calada, ou algo do gênero. Ah, você também pode ser daqueles perfeccionistas maníacos (kkk), que quer tudo do seu jeito ou que não deixa os outros falarem (kk), mas de qualquer forma, em qualquer uma dessas hipóteses, elas não teriam nada a ver com bebida e ser caseiro, mas sim com algo comportamental que merece ser repensado. É claro que, por sua vez, ficar o dia todo em casa não te fará fazer amigos – a não ser que seja o cara da pizza ou o desentupidor da privada – e que você deve fazer um esforço para ao menos tomar um sol na rua, porém, não precisa envolver itens que você considera fora do seu perfil.

Eu por exemplo, frequento academia 5 vezes na semana, converso com alguns vizinhos, passei anos estudando línguas estrangeiras como “atividade extra” e de vez enquanto ligo para amigos “sumidos”. Nisso, apesar de ser caseira, eu já mantenho um ciclo social básico e o melhor, de pessoas que gostam das mesmas coisas que eu ou que ao menos estão próximas “do meu mundo”. Com isso quero dizer que todo mundo – inclusive você – tem um hobby e gosta de algo, e é justamente aí você fará amigos: pode ser um time informal de futebol, cursos, encontros nerds ou qualquer outra coisa que você goste. Se você fizer isso, pode ter certeza que, ao “se esforçar” para se encaixar em um ciclo que você já gostaria de frequentar e que não faz por medo ou preguiça, você não só estará sendo você mesmo, como não terá dificuldades em manter assuntos em comum, o que te facilitará a fazer amigos naturalmente. Se você morar com irmãos ou pessoas da sua idade, invista em amizades que frequentam a casa de vocês também.

Vai ser sucesso!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.