Fantasias sexuais causam polêmica!

33

Oi gentee, acordei sábado de madrugada, valeu, valeu?

Fantasias sexuais causam polêmica!

Fantasia sexual, quem nunca? Existem as simples, estilo sexo a três e/ou com duas mulheres, porém, a ciência não pode ignorar as polêmicas, tais como sexo com animais entre outras que estão chocando a Internet. Alguns acham que não deveriam ser divulgadas “certas partes”, já outros dizem que Ciência é Ciência: sem tabus ou crenças sociais e penais.

Pesquisadores da Universidade de Montreal, em Quebec, Canadá, entrevistaram 1.517 pessoas com aproximadamente 30 anos de idade, para descobrir seus desejos.

Foram apresentadas 55 fantasias sexuais a 799 homens e 718 mulheres, entre heterossexuais e gays. Os voluntários deveriam dar notas entre 1 e 7 (sendo 1 se não concordassem e 7 se concordassem totalmente) para afirmações variadas. Além das 55 opções, os cientistas também pediram para os voluntários descreverem detalhadamente qual era a fantasia favorita que não estivesse listada.

As teorias da evolução biológica não conseguem explicar essas fantasias”, disse Christian Joyal, autor principal da pesquisa, após ver o grande número de homens que fantasiam sobre sexo anal ou em ver sua parceira fazer sexo com outro homem (essa do sexo com outro homem a gente já viu muito aqui no site, né? kkk).

Os pesquisadores categorizaram as fantasias em:

Rara: significa que apenas 2,3% dos voluntários gostaram de tal fantasia.

Incomum:  se 15,9% — ou menos — mostram que já tiveram tal desejo.

Comuns: se 50% a 84,1% das pessoas tem tal fantasia.

E por fim:

Típica: se mais de 84,1% das pessoas apontaram curtir a mesma fantasia.

Fantasia de sexo com animais foi colocada como rara, sexo com prostituta como incomum e receber sexo oral — ou sexo a três com duas mulheres — como típica. Abaixo, veja a lista das 55 fantasias do teste:

fantasia sexual

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Acompanhe dúvidas através do Youtube - Pergunte a uma Mulher - ou agende sua consultoria particular através do e-mail [email protected]