Meu noivo já me traiu e desmarcou o casamento por 3 vezes, mas não quero largá-lo!

26

Leitora: Tenho 22 anos e meu noivo(?), 27. Sou seu braço direito em tudo, ajudei ele nas finanças, estou sempre à sua disposição para ajudar no seu crescimento (pois acreditava que era “o nosso” crescimento) entretanto, ele me traiu, mas perdoei, e não toco mais nesse assunto. Por três vezes marcamos a data do casamento e por três vezes ele desistiu. Na primeira vez já tinha tudo alugado e preparado. Na segunda ele desistiu colocando a culpa  nas finanças (sendo que meu pai bancaria as custas do casamento) na terceira, ele simplesmente diz na minha cara que só cogitou a ideia, sendo que ele mesmo assumiu pela terceira vez o compromisso com nossas famílias. Meu psicológico não aguenta mais, não é uma vez, são três. Quando dou um basta ele corre atrás prometendo mundos e fundos. Não quero largar dele, sei que sou amável demais com ele, parceira mesmo para tudo, mas ele humilha e não valoriza. Não queria desistir de 4 anos de namoro, não quero sentir que fui usada, e apesar dos meus esforços, não sou suficiente para ser a esposa dele.

Meu noivo já me traiu e desmarcou o casamento por 3 vezes, mas não quero largá-lo!

Vamos lá: ele te traiu, desistiu do casamento por três vezes e tem desculpa esfarrapada pra tudo que envolve se amarrar de vez contigo. O que mais falta pra você se tocar que, ainda que ele goste de você (se é que gosta), não é o bastante, nem o que você merece? E como assim “você não quer se sentir usada”, “nem jogar fora 4 anos de namoro”? Minha amiga, mesmo que ele não tenha consciência de que esteja fazendo isso, você já está na merda. Ficar forçando a barra só te fará ser mais enrolada ainda e, ao invés de perder 4 anos, você irá perder 5, 6, 7, 8… Não adianta se enganar, quanto mais você enrolar, pior pra você.

Outro erro comum é a gente pensar que ser super legal, super previsível, super parceira, e super tudo de bom vai garantir uma pessoa ao nosso lado, enquanto muitas vezes, é justamente o contrário que acontece. O ser humano é um bicho complexo: ele não quer só ser conquistado, ele precisa sentir a necessidade real de conquistar também. Senão ele fica que nem ursinho mamando o mel e se coçar que é bom nada. Tipo seu noivo.

Vamos ser realistas: nesse momento, não importa se ele gosta de você, o que importa é que desse jeito não dá pra ficar. Você tá praticamente pagando pro cara ficar contigo, e ainda que ele não admita em palavras, pelo comportamento prático dele, “nem pagando ele quer”. Ou tem como pensar diferente de um cara que prometeu coisas pra você, pra sua família, não deu um real pro casamento e ainda assim disse “não, obrigado” por três vezes? Está claro que ele não te vê como esposa dele e que ele está só postergando os fatos – talvez por medo de ficar sozinho e não encontrar alguém melhor, ainda que possivelmente não goste de você o suficiente. Sinceramente, você é inteligente e sabe que se ele estivesse tão apaixonado quanto você, não faria esse mimimi todo e teria noção de ridículo, inclusive porque saberia que iria acabar te perdendo. Ou será que ele te acha trouxa em nível hard? =(

Deixe de se humilhar e recupere a sua autoestima enquanto há tempo. Não pense que você perdeu algo, mas sim que se livrou de um peso que só você levava nas costas. E se ele te procurar de novo, dessa vez não fique saltitante apenas com palavras: deixe para comemorar apenas quando rolar atitudes, porque prometer qualquer um promete. Se ele não conseguir provar nada em “x tempo” (=estabeleça o seu prazo limite), vá cuidar da sua vida. Quem quer, se vira, e você sabe disso.

E da próxima vez, nada de ficar bancando homem, viu? Uma coisa é ajudar e ser parceira, outra coisa completamente diferente é levar o outro nas costas por conta da sua baixa autoestima e falta de amor próprio.

Leia 8 coisas para fazer antes de se casar.

Boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.