No mínimo aspecto de cobrança, eu fujo das mulheres!

138

Leitor: Olá, tenho 34 anos. Já passei pelo terceiro relacionamento duradouro, e ao fim deste, após uma reflexão, cheguei à conclusão de que não estava feliz com o rumo que minha vida estava tomando. 

Gosto muito do flerte, da sedução, do sexo. E andei conhecendo muitas mulheres que considero legais, bonitas, atraentes, com química compatível, que em outros tempos gostaria muito de namorar, conhecer melhor, investir. Não sou de gandaia, estou muito focado no que estou fazendo da minha vida. Mas no mínimo sinal de apego ou cobrança delas, estou cortando na hora. Estou absolutamente sem paciência pra esse tipo de coisa. 

Mais de uma pessoa veio me falar que eu não era assim e de repente afasto alguma pessoa especial da minha vida com essa postura. Será que tem algo errado nesse meu comportamento indiferente?

No mínimo aspecto de cobrança, eu fujo das mulheres!

Seja sincero com você mesmo: você corta as gatinhas porque realmente está feliz em estar sozinho, OUUU é porque no fundo você tem medo de se apegar? Sinceramente, eu não sei se você me convenceu de que é independente, ou se é só  um cachorrinho com medo do amor (óun!).

Como foi esse(s) seu(s) relacionamento(s) passado(s)? Traumático(s)? Te deu alguma sensação de perda de tempo? De que você não estava aproveitando bem sua vida? Você levou chifre? Pé na bunda? Foi explorado? rs

Arrisco dizer que a maior parte da população foi feita pra ter uma pessoa pra esquentar os pezinhos a noite, porém, nada impede de você estar apenas em um momento traumático e/ou temporariamente solitário mesmo. Em qualquer uma das opções, provavelmente você está precisando apenas de um tempo pra respirar e refletir, sentir falta e, principalmente, encontrar alguém que te faça se esquecer de todos esses seus poréns. E enquanto você não encontrar, vai fazer o quê? Forçar a barra? Claro que não, tudo a seu tempo.

Apesar de concordar com o que os seus amigos falam (vai que você perde alguém especial?), tudo na vida tem o seu risco e seu preço: dando oportunidade para as gatinhas ou ficando quieto no seu buraco, você sempre terá algo a perder e algo a ganhar com cada uma dessas atitudes. Sendo assim, acaba sendo mais uma questão de seguir o que tem te feito bem no momento. E uma fofoquinha básica aqui entre nós: se você já tivesse encontrado sua metade da laranja MESMOOOO, até parece que você estaria todo frio e blazé assim, a não ser que você seja assexuado ou queira ser padre, rs. A verdade é que você está assim porque ninguém te tocou: não adianta, mesmo quando rola um trauma grande, se a gente encontra alguém que vale a pena, sempre damos um jeitinho de continuar e vamos com medo mesmo. Na verdade, é quase que irresistível a vontade de ficar perto, ligar, etc. Ou seja, mesmo que você enrole pra assumir um compromisso, você estará lá quando chegar a sua princesa e você sabe disso. É cafona, mas é a realidade.

Não se engane meu amigo, acho que você já sabe a resposta.

Até logo!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.