O que um casal casado há 14 anos pode te ensinar?

30

Antigamente era comum e de praxe um casamento durar a vida inteira. Hoje em dia, se conta nos dedos os casais que se aguentam por mais que 5 anos. Pensando nisso, pedi para que um casal tranquilo, com filhos e casados há 14 anos dessem alguns pontos praticados por eles e que eles consideram que ajuda a manter um bom casamento. Espero que ao menos metade das dicas a gente pratique, mas o resto a gente aprende kkkk.

O que um casal casado há 14 anos pode te ensinar?

Todo casal tem diferenças e, ainda que tenham que aprender a lidar com cada uma delas, precisam ter algo em comum. É claro que não existe receita mágica para um casamento durar a vida inteira, porém, cito algumas coisas que ajudaram a manter nosso casamento de 14 anos.

Começarei com a minha visão, depois virá a de minha esposa:

Visão masculina

Rotina

– É difícil escapar da rotina, visto que toda casa precisa de itens periódicos para funcionar bem.

– Uma rotina que afaste o casal é prejudicial à relação. Por exemplo, sair pela manhã e só chegar em casa quando todos estão dormindo é péssimo, visto que a pessoa acabava indo pra internet e fazendo demais coisas que afasta o contato familiar.

– Raramente temos compromissos individuais. Não costumo sair sozinho com amigos e preferimos estar juntos nos momentos de lazer.

– Através de uma conversa séria com minha esposa, passei a chegar mais cedo em casa e dedicar cada vez mais tempo à família. Também tento sempre dormir no mesmo horário e aproveitar esse momento para conversar e namorar.

– Dedicamos 1 hora pela manhã durante 3 dias da semana para atividades físicas juntos!

Finanças

– Os gastos devem ser decididos em conjunto e ambos devem respeitar o que foi combinado. Sem essa de cada um fazer “o que dá no dia” e um acabar fazendo bem mais e ficando bem mais sobrecarregado do que o outro.

– Nós dois trabalhamos!

– Somos sócios dentro da casa para que a mesma funcione. Eu fico com a maior parte das despesas e a esposa cuida principalmente da casa e dos filhos,

– Geralmente a poupadora é a patroa. Ela separa os investimentos para a poupança, calcula os gastos com a casa e tem sempre uma reserva na carteira em caso de emergência!

Filhos e família

– Somos um casal que apoia um ao outro na educação dos filhos e criamos “regras em comum” para que não briguemos entre a gente.

– Nunca tiramos a autoridade do outro quando estamos perto das crianças.

– Como fico fora de casa grande parte do dia, ela é responsável por ajudá-los com a escola, levá-los ao médico, etc.

– Ela também organiza uma rotina pra diversão e responsabilidades com a escola.

– Nossas famílias são presentes, mas não se intrometem no nosso relacionamento.

Brigas

– Procuramos não deixar que os problemas do trabalho e de familiares entrem dentro de casa e interfiram no nosso relacionamento.

– Com a gente, raramente os problemas criam vida, porque procuramos saber a hora certa de admitir nossos erros e tentamos deixar o orgulho em segundo plano.

– Evito discutir nos momentos em que a vejo muito estressada. Nessas horas, prefiro ficar quieto e conversar em outro momento.

– Não mudamos muito com o passar dos anos, mas sim estamos constantemente aprendendo a lidar com a personalidade do outro.

Sexo

– Aprendi que há mudanças depois do casamento, principalmente depois que os filhos nascem. Depois deles, as prioridades mudam: ficamos preocupados com a criação dos pequenos, com o trabalho, com a casa e com o sono!

– A internet e a masturbação me acompanharam nos momentos de pouco sexo ou nenhum!

– Tivemos problemas de falta de libido, por parte dela, após o nascimento dos filhos. No primeiro, chegamos a 6 meses sem sexo e quando estávamos recomeçando, veio o segundo! Tivemos 2 filhos em 1 ano e meio, mas sobrevivemos a isso: as coisas foram voltando aos poucos, 1 por mês, 2 vezes, 1 por semana, duas, mas faltava algo e aí veio o clássico diálogo:

– Mulher precisa ter desejo. É preciso (re)conquistá-la todos os dias para que ela se anime e para isso é preciso separar um tempo “exclusivo” para a patroa. Uma vez, ela me chamou a atenção pelo meu excesso de trabalho e o pouco tempo juntos. Nisso me senti ameaçado, fiquei com medo de um dia ela perder o interesse por aquele cara que vive trabalhando, acima do peso, etc e tive que me espertar, mudar a minha rotina. Comecei a fazer atividade física pelo menos 3 vezes na semana e dieta, até que me senti mais atraente após eliminar 10 kg.

– Depois que fiquei mais magro, parece que a testosterona aumentou e passamos a namorar mais! Para quem não sabe, o excesso de gordura – principalmente na barriga – produz mais cortisol e estrogênio, diminuindo a produção de testosterona. Então homens amigos, percam a barriga que é o melhor que vocês fazem.

– Mando mensagem pra ela todos os dias.

– Também parei de dar selinho. Agora dou mais beijão e fico com ereção. Gosto de provocar, agarro ela escondido dos filhos, comprei acessórios e brinquedos no sex shop. Deitamos juntos, acordamos meia hora mais cedo, antes das 5:00 da manhã! Nessa hora os filhos dormem pesado e ninguém vem bater na porta do quarto. Considero um ótimo começo de dia, mas também adoramos terminar o dia assim, vai da vontade.

– Mantivemos um ritmo mais intenso que no início do casamento: conversamos muito e queremos que seja melhor que na época do namoro e início do casamento. Só que para isso, é necessário trabalhar para que a mulher esteja sempre afim.

O que um casal casado há 14 anos pode te ensinar?

Visão Feminina

Rotina

– Temos que aceitar que temos horário para tudo e que sem ele não conseguimos cumprir com as nossas obrigações.

Finanças

– Dinheiro é um dos maiores motivos de brigas entre os casais e por isso tem que ser bem administrado. Como o marido ganha mais, ele fica com todos os gastos fixos, condomínio, escola, plano de saúde, gastos com cartões de crédito, energia, NET, supermercado, combustível e lazer. Meu salário serve para gastos pessoais, cabeleireiro, presentes, poupança e não ter que pedir dinheiro ao marido o tempo todo.

– Fora os planejamentos comuns ao casal, é necessário saber sobre os sonhos particulares de cada um. Assim um poderá ajudar o outro em sua individualidade também.

Filhos e Família

– Se há harmonia, respeito e amor entre o casal, será bem mais fácil criar os filhos.Isso também vale para a família de cada um.

– Mesmo que sejam diferentes, havendo respeito e principalmente compreensão, os dois saberão como se comportar, sem se deixar influenciar por terceiros e situações menores.

– Presume-se que alguém terá que ceder de vez em quando.

Brigas

– Elas só existem quando não há sintonia entre o casal, ou seja, é necessário observar o outro e o que passa na cabeça dele(a) no momento crítico. Assim você vai saber o que falar para não magoar e se entender com ele.

– Conhecer a história da vida da pessoa ajuda muito.

– Nenhum dos dois deve deixar de falar sobre qualquer assunto que está incomodando. Sem rancor e sem mágoas.

– Tem que ficar claro para ambos que o máximo que pode ocorrer entre um casal é um desacordo, que se resolve facilmente com maturidade. Jamais uma briga feia e troca de acusações pesadas, que podem jamais serem esquecidas para quem recebe.

Sexo

 – A mulher tem que se conhecer muito bem em todos os seus cinco sentidos, incluindo a imaginação e descobrir o que mais a excita, para depois compartilhar com o seu parceiro sem a vergonha de dizer o que quer, como quer, como gosta, enfim… abrir o jogo mesmo. E isso é tudo o que o homem sonha! Autoestima em primeiro lugar, o resto todo mundo sabe como acontece!

– Homem… todo mundo sabe que quer sexo todo dia e pra ele é fácil ter prazer. Só que para isso ele precisa se esforçar para entender a mente da sua esposa, daí a importância do diálogo com a mesma caso ela não converse sobre o assunto.

– Ainda que seja um passo por vez e nem sempre seja fácil, se o casal conseguir essa cumplicidade, evitará desconfianças e inseguranças que levam à traição.

* Nem precisa dizer que tudo isso será bom para os dois!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • O mais interessante foi, praticar exercício juntos… Acho que houve uma época em que só era obrigação da mulher se preocupar em cuidar da aparência, enquanto os caras eram largados demais…
    E também perceber que a preocupação principal do homem é sempre a questão do dinheiro… mas que não é apenas o quanto vocÊ trabalha pela sua família, isso não terá valor se a sua presença não tiver peso na vida afetiva e educativa da família.

    Outro ponto que eu achei supre interessante da moça ali…. e eu já ouvi da minha prima… Saber lidar com os recursos financeiros é crucial num casamento… Companheiros na vida a dois que só sabem gastar e não sabem investir são pessoas que caminham no sentido oposto da prosperidade.

  • mariana cobra

    Sou testemunha de como um casamento pode ser terrivelmente infeliz e manter-se por todos os motivos errados. Meus pais são casados a 33 anos e isso não significa que são bem sucedidos.
    Acredito que essa nova geração (a minha) tem mais possibilidades de encontrar a felicidade dentro de um casamento. Hoje casamos pq queremos, não temos mais a obrigatoriedade de casar e a mulher não é só a dona de casa, mas partilha de todas as responsabilidades de um lar.
    Particularmente, penso que enquanto houver admiração e respeito mútuos o sucesso do casal que se ama está garantido. Compartilhar uma vida é algo maravilhoso, basta colocar o orgulho bobo de lado, ter o diálogo como aliado e amar.

    • É interessante problematizar de forma crítica os pontos bons e ruins que nos foram ensinados pelos nossos antecessores… Esta problematização crítica, nos torna capazes de melhorar nossas ações sobre os nossos sucessores…
      É interessante como certos , erros, acertos, virtudes e defeitos tendem a moldar personalidades que se influenciam na sucessão hereditária.

      • Frederico

        Acho que temos que ser observadores, aquilo que é bom você absorve,o que for ruim descarta !

    • Seus pais se casaram meio obrigados Mari?

      • Frederico

        Acredito que mantiveram um casamento de “aparência” .
        Muito comum mesmo hoje em dia .

        • Mais comum do que antigamente?

          • Frederico

            Acredito que não como antigamente, mas muitos se mantém por filhos,por questão financeira,por questão moral,conheço muitos casais assim ,só amigos .

      • mariana cobra

        Não Luiza, casaram pq queriam e estão juntos pq se acostumaram a viver mal.
        Não sei como conseguem

  • S2SunsetS2

    Eu achei interessante os pontos levantados sobre a questão de filhos, sobre conseguir conciliar tempo às crianças e a vida íntima do casal.

    Sobre a questão de ter um bom relacionamento com os familiares, meu marido e eu também buscamos estar sempre presentes, mas já ocorreu de quererem se intrometer no nosso casamento, mas através de uma boa conversa, deixamos claro que se caso precisássemos de alguma ajuda que os procuraríamos para conversar.

    Eu acredito que para se ter um relacionamento duradouro é necessário que o casal tenha uma boa comunicação, confiança e sempre os dois buscarem evoluir tanto pessoalmente (sonhos e metas pessoais) quanto na vida à dois (sonhos e metas do casal) e sempre buscarem conciliar essas evoluções da melhor forma.

  • Thomaz Aquino

    Acho que pra dar certo tem que ser melhores amigos..e confiar..alias a base de qualquer relacionamento afinal serão socios…quanto ao sexo claro que muda e muita muito..
    mas faz parte , infelizmente nao ser casado se tem mais sexo e melhor , infelismente.
    E uma escolha. ..so que quando jovens ninguém sabe o que ira enfrentar.
    E as escolhas que terão fazer…

    • Frederico

      Quando o casal quer melhorar,se é um objetivo de ambos,pode se ter mais e melhor !

  • João Kamen Rider

    bem legal só viajou um pouco nisso que “Homem… todo mundo sabe que quer sexo todo dia e pra ele é fácil ter prazer.” eu mesmo não quero sexo todo santo dia principalmente se a mulher me irritou ai que não quero mesmo.

    • É verdade, eu mesma nunca conheci um homem que quer sexo TODO DIA, até rola, mas é raro kkkk Em geral é mais lenda do “homem macho” do que outra coisa. Tenho uma amiga q fala q reza pra encontrar um desses pq ela tbm nunca viu e eles não aguentam ela

      • Luiza…existem homens sim como a sua amiga… gente viciada em adrenalina e exercícios físicos costumam ter a libido mais elevada… Diga -se de passagem que bailarinas, lutadores … praticantes de yoga…. ah que mundo lindo é o dessas pessoas…. ou às vezes não (muitos relatam que em solidão sobem pelas paredes, até conseguir dormir à noite) ahauhauhauahuah

        • Existir existe, o lance é só que é muito mais raro do que o lance machista faz parecer ser o.o

          • E vale lembrar que ninguém é infalível e existe época de baixa libido para todos… ninguém é máquina ahauhauha só que é algo raaaaro de acontecer…
            Esqueci de incluir mulher que faz dança no ventre *_*

          • oq tem elas? kkk

        • João Kamen Rider

          O pior é que a sociedade coloca isso na cabeça que Homem ta com pinto duro 24 horas ai vem a cobrança de algo que não existe estraga todo um relacionamento igual a falar mulher menstruada ta doida para trepa minha ex nos tempos de chico nem gostava que eu chegasse perto a não ser com uma barra de chocolate na mão =P

      • Stan Lewis

        Isso aí varia, mas acho que as pesquisas mostram que homens pensam mais em sexo do que as mulheres.

        • Então estão só pensando mesmo kkkkkkkkk

      • Frederico

        O importante é o casal querer todo o dia,se um não quer ,dois não fazem !

    • Frederico

      Acredito que depende muito do momento,da parceira e como o sexo entra na rotina do casal .
      Quando se é casado pode variar muito ,épocas se tem muito,outras quase nada !

  • Stan Lewis

    Puxa, isso que é casal bem resolvido! Se um dia eu casar, quero que as coisas sejam assim também rsrss

  • Thomaz Aquino

    Muito legal …o difícil e conseguir ter em mente isso , hoje em dia as pessoas acham mais fácil não compartilhar tudo isso e só sairem , quando os filhos e do propio casal a preocupação de dar certo maior , mas quando e mulher com filho já meio grande fica muito mais difícil lidar com tudo isso , então a nova moda namorar pra sempre cada um na sua casa.

  • Lirou

    Sou casada há 18anos e qdo passamos a compartilhar problemas e interesses pessoais tdo melhorou.
    Claro q temos nossos momentos de desentendimentos, mas nada que venha a abalar o que construímos.

  • Thomaz Aquino

    Isso nao e pra qualquer um ..e uma luta constante. ..inovação. .depende da personalidade de cada um…Chega ser um dom..e como dom poucos tem e esses que tem tem achar outro que tambem tem se superar e inovar…
    Pessoas projetam furstacao na outras…quando o compartilham tarefas e realizações pessoais ..E casamento e isso compartilhar ser solidário apoiar realizar…abriu mão. .lutar ….e tudo isso e um desafio…

    • Frederico

      Verdade,estando casado você perde parte da sua individualidade, passa a dar prioridade a família, onde todos estão dentro de um círculo e todos terão de abrir mão de algo para o bem coletivo .