Você tem dificuldade para mudar de pensamento e ser positivo?

29

O seu sofrimento pode ser a sua maior arma de superação

Quando falamos em sofrimento emocional o que te vem à mente? Mágoa, culpa, decepção, tristeza, medo, dor, ansiedade, stress, rancor, inveja?

Quem nunca sofreu uma ou todas essas dores ao longo da vida e com uma certa frequência? O problema não é sofrer, o problema é que não damos a devida importância para curar estes sofrimentos. Acabamos ignorando-os sem buscar um meio de efetivamente fazer com que ele não nos agrida mais e a consequência disto é que com o passar do tempo, o acúmulo dessas dores pode trazer danos para a nossa saúde mental.

Um estudo publicado pelo British Medical Journal (BMJ) em 2012 aponta que, mesmo aquelas pessoas que apresentem baixos níveis de stress, ansiedade, depressão ou insegurança, acabam por aumentar o risco de morte, caso o acúmulo destes sofrimentos totalizem um período contínuo de oito anos, diferentemente daquelas pessoas que tem picos de ansiedade, stress ou depressão, mas que conseguem voltar ao seu estado normal, retomando o equilíbrio emocional e a calma, cujo o risco de morte ocasionado por esses traumas emocionais são menores.

Embora todos soframos feridas emocionais diante de acontecimentos como perdas, fracassos ou rejeições, o grau das nossas feridas e como remediá-las pode variar de pessoa para pessoa. O motivo de tomarmos pouca ou nenhuma providência para cuidar dessas feridas emocionais está na falta de ferramentas adequadas para lidar com essas experiências. Poderíamos buscar ajuda de terapias, mas a verdade é que isso costuma ser pouco prático, já que a maior parte destes sofrimentos psicológicos que experimentamos não são graves o suficiente (na maioria dos casos), para exigir uma intervenção terapêutica.

Quando estamos abalados emocionalmente não temos os meios necessários para reagir, além de nos faltar a capacidade de identificar quando elas exigem intervenção profissional. Mas então como remediar estas dores antes que elas cheguem ao ponto de nos prejudicar mentalmente?

O seu sofrimento pode ser a sua maior arma de superação

Existem práticas e técnicas de higiene mental que atuam de maneira preventiva, nos fortalecendo e nos condicionado a termos equilíbrio emocional em momentos de dores emocionais, bem como técnicas e práticas que atuam de maneira corretiva, para quando algum dano emocional já tenha sido causado. E é justamente pensando em orientar as mulheres nessas práticas que remediam e cicatrizem suas dores emocionais, afim de evitarmos danos maiores para nós mesmas, é que surge o CONASEM.

O CONASEM é o I Congresso Nacional de Superação Emocional da Mulher, que irá contar com as maiores especialistas do ramo, as quais orientarão as mulheres com palestras online e gratuitas sobre como lidar com essas dores e como fazer para fortalecer sua autoestima, bem recuperar seu equilíbrio emocional. Você irá descobrir como transformar seus sofrimentos na sua maior arma de superação.

O CONASEM acontece do dia 27/07 a 02/08 e caso você deseje se inscrever gratuitamente para ter acesso às palestras online, é necessário realizar sua inscrição AQUI até o dia 20/07. O CONASEM é uma realização da MMP COACHING, empresa especializada em Coaching de Superação e Autoestima da Mulher e idealizada pela Leader Coach Cintia Souza, que é Analista Comportamental especializada em PNL.

Participe, é gratuito!! =)

**********************************************

As empresas e publieditoriais são cruciais para a manutenção e existência desse site, porém, só passam por aqui aquelas que gosto, e/ou que trazem algo de útil e relevante para o leitor. 

Instagram
Share.

About Author