Meu namorado ama uma putaria e um swing e como o amo não sei dizer não!

30

Luiza, tenho 27 anos e há seis meses estou namorando um cara de 37, sendo que há cinco meses estamos morando juntos. Nosso relacionamento é super legal, estou feliz com ele, no entanto, ele tem uma característica muito diferente dos outros homens. Já na nossa primeira semana de namoro ele me disse que curte troca de casais, sexo grupal, e esperava que eu participasse junto com ele. Para não desapontá-lo, eu concordei e desde então venho frequentando clubes de swing em sua companhia e ficando com montes de homens e mulheres.

O meu problema é que muitas vezes eu gosto, mas ao mesmo tempo, depois, eu fico com vergonha de mim mesma e me sentindo culpada. Para piorar o meu sentimento de culpa e vergonha, meu namorado gosta de me exibir. Frequentemente vamos à praia de Copacabana comigo topless e a última que ele inventou foi me levar em uma festa do pessoal do seu trabalho comigo usando um minivestido transparente e sem sutiã. Eu era a única mulher desse jeito e me sentí numa vitrine com todo mundo olhando e fazendo comentários. Teve até um cara que me perguntou quanto é que eu cobrava.

Eu não sei o que pensar disso tudo, não sei se devo deixar de lado qualquer restrição e fazer tudo na boa ou se devo falar pra ele que às vezes não me sinto à vontade com tudo isso. A verdade é que gosto de agradá-lo, de deixá-lo feliz e contente e quero continuar com ele. 

Meu namorado ama uma putaria e um swing e como o amo não sei dizer não!

“Teve até um cara que me perguntou quanto é que eu cobrava.”

Mas gente… E eu pensando que, tirando pras tias da esquina e dos anúncios dos jornais e orelhões, ninguém perguntava isso de forma séria. O que acontece é que, com todo o respeito, você está sendo a típica “pau-mandada” e a verdade é que ninguém admira gente assim, nem você mesma! Sem contar que ele começou sendo sincero e falando o que queria, você que deu uma de “aceito tudo pra não perder o bofe” e fodeu com tudo. O lado bom é que você tá procurando ajuda e a gente vai tentar botar ordem na bagaça, porque sim, sempre há tempo!

É claro que você não precisa parar 100% com tudo, até porque, pelo o que entendi, você até gosta. Porém, pelo o que também entendi, o problema é que você sente prazer até certo ponto e é justamente aí que você tem que abrir mais o verbo e menos as pernas. Explique o óbvio, que diz que uma coisa é ir em uma casa de swing, ambiente relativamente privado onde “todo mundo se entende” e, ainda que pouca gente saiba, costumam respeitar regras em comum. Outra coisa completamente diferente é ele querer te colocar “nua” em um ambiente social, no meio de pessoas, em sua grande maioria, preconceituosas e que dificilmente entenderiam uma mulher pagando peitinhos, de farol ligado e que não fosse “uma puta” (gratuita ou paga) – como o amigo que não aguentou e quis tirar a dúvida contigo, rs.

Explique que, por exemplo, você gosta de sexo a três (isso se eu tiver entendido bem e se você realmente gostar e não tiver só se enganado nessa parte também), porém, que não é sempre e é apenas “em tais e tais condições” (aí você explica o que você sente mesmo, sem pensar demais, senão você vai acabar complicando o que era pra ser simples). Se nem você explicando o óbvio ele ceder, considere a possibilidade de:

1- Ele ser extremamente imaturo e infantil (o que é péssimo).

2- Ele estar mais à procura de uma mulher pra facilitá-lo a ir pras casas de Swing, do que de um amor em si (o que também é péssimo).

Caso a segunda opção tenha ficado confusa para algumas pessoas, gostaria de lembrar que, em geral, nessas casas de swing, pessoas “comprometidas” tendem a ter mais facilidade em “comer a mulher dos outros”, aí, por motivos óbvios, muita gente acaba namorando sem amar demais ou, em casos mais graves, até mesmo armando um namoro fake pra facilitar a troca, bem como facilitar a ganhar a confiança dos outros casais. Enfim, você é uma mulher inteligente e descobrirá isso, basta ser ligar. Sem contar que, na boa? Você até pode estar com medo de descobrir a verdade, mas no fundo você sabe que se ele gostar mesmo de você, ele vai entender que o seu prazer  tem a ver com o dele, e que se você abriu algumas exceções, nada mais justo do que ele abrir também. Aproveite pra tomar coragem enquanto o relacionamento está novo, porque se passar tempo demais, vai ficar cada vez mais difícil pro seu lado.

É pra ontem e boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.