Não quero me casar, nem ter filhos e me pergunto porque as mulheres não pensam igual!

153

Leitor: Olá, tenho 25 anos, já tive dois relacionamentos duradouros, mas sempre que descubro um interesse na minha parceira em casar e em ter filhos, eu caio fora. Atualmente estou ficando (sem compromisso) com duas garotas, porém, já comecei a sentir essa vontade de um relacionamento por parte delas. Aliás, não consigo entender o porquê de toda garota que me relaciono querer algo sério. Trabalho, estudo (último ano de engenharia), pratico esportes, gosto de fazer música e de ser livre. Liberdade!!! Não quero me privar disso. Gosto de conhecer pessoas diferentes e não me importo com o que diz a sociedade. Sou feliz assim e não mudo. A minha dúvida é: Por que as mulheres não pensam assim? Por que esse sonho medieval de construir uma família e ter dois barrigudinhos para limpar as nádegas?

Não quero me casar, nem ter filhos e me pergunto porque as mulheres não pensam igual!

Entendo o seu pensamento e concordo que se você está feliz, não tem que mudar mesmo não! A sociedade que aceite, rs. Porém, vamos pensar em algumas coisas:

1- Elas sabem que você está ficando com as duas? Pode dar merda, mesmo sendo só “ficação” kkkk.

2- Como é o seu comportamento? Você deixa claro que quer ser livre e que elas tem o direito de ser também, etc? Ou você faz quele tipo comum de ser humano que, ainda que não seja consciente, adora ser o “conquistador gente boa” que faz todo mundo ficar xonado – até pra abastecer o ego – e depois que descobre um envolvimento simplesmente cai fora?

É raro, mas existem muitas mulheres que não querem se casar, nem ter filhos. Talvez você não esteja encontrando nenhuma delas por não estar procurando no lugar certo. E outra, que tipo de mulheres são essas que só estão ficando contigo e já querem se casar e ter filhos? Ou você tem o pau de ouro ou elas estão muito carentes kkkk.

Sei lá, combinado não sai caro e muita coisa dependerá de você fazer a sua parte também. E outra, desconfio que você nunca amou alguém de verdade, por isso está nessa. Eu também já fui assim – e conheço várias pessoas que já foram assim – aí depois que encontram alguém bacana e vai chegando a idade, mudam de ideia. É claro que existem pessoas que aos 50 anos ainda pensam do mesmo jeito, mas não dói pensar nessa possibilidade, né? Tudo no seu tempo, mas considere que às vezes você não “É”, mas apenas “ESTÁ” assim por falta da candidata que abalará seu coração kkkkk.

Por fim, sem querer te assustar, mas cuidado pra não escolher demais pra no fim acabar não sendo escolhido. Digo isso porque tenho um caso semelhante na família, de um parente que era tipo você: bonitão, esportista, todo sarado e descolado. Falava bem isso, que não queria se casar, nem ter filhos, nem nada disso. Falava inclusive na cara das mulheres, o que não achava errado, caso fosse realmente a vontade dele. O negócio é que, com o tempo, o jogo se inverteu: no fim, as mulheres foram largando dele e arrumando caras que dariam a ela o que ele não queria dar, daí ele foi envelhecendo e hoje em dia está todo carente arrependido, querendo encontrar a metade da laranja, rs. Dizem inclusive que ele sofreu bastante por uma delas. Só que aí já era tarde demais e ela já estava com outro….

Não quero dizer que o caso dele é uma regra, nem que você deve deixar de viver o hoje com medo de que isso possa acontecer contigo amanhã. Estou apenas dando um exemplo para servir de alerta para você pensar se realmente deseja isso, ou se é apenas um egoísmo/individualismo por você ainda ser jovem e pelo visto (ainda) ter uma disponibilidade relativamente boa de mulheres. É claro que o que importa é o AGORA e concordo contigo que se você está feliz, que continue jogando no time que está vencendo. Porém, que os dados levantados aqui te sirvam para algo, nem que seja para descobrir que sua vocação é mesmo ser o pegador solteirão da família, e que por isso, não deve perder tempo com as “erradas”, que a “certa livre, leve e solta” chegará para você.

Boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.