Ela diz não poder ficar comigo por não termos condições financeiras!

188

Leitor: Bom, eu namoro uma mulher há 5 meses e ela tem 2 filhas, uma de 13 anos e outra de 6 anos. Me dou super bem com as duas, a minha namorada também gosta muito de mim. O problema é que o ex-marido dela (que no caso não é pai de nenhuma das filhas dela, mas assumiu a filha menor de 6 anos e tem no registro como pai) não quer dar ajuda de nada e fica chantageando devido a ela estar namorando comigo. Eu trabalho e ela também trabalha, porém ela disse que nós não temos condições financeiras de ficar juntos. Ela chora muito quando tocamos no assunto, e eu chego nos meus limites para que esse relacionamento aconteça. Por favor me ajude!!!

Ela diz não poder ficar comigo por não termos condições financeiras!

Menino, tive que fazer uma pesquisa com advogados pra te falar umas coisinhas nesse post, e claro, adicionar ao que já sabia! Se alguém tiver algo a acrescentar, estamos aí também 😉 Vamos lá!

Primeiro, fica o meu puxão de orelha pra todo mundo que estiver lendo – ou vier a ler – isso: adotar uma criança é coisa séria. Não adianta querer adotar porque tá apaixonado pela mãe, daí depois termina e acha que “pode jogar o filho no lixo” (e fica de dica pro seu futuro). Tem que adotar porque está apaixonado pela criança!! A partir do momento em que você registra, ou seja, adota uma criança, ela é sua filha como QUALQUER outro filho biológico que você venha a ter. Ou seja, você é obrigado a dar:

1- Pensão alimentícia

2- Amor/afeto/carinho

E mais tudo aquilo que qualquer PAI é obrigado a dar. E se não der, pode ser devidamente processado e até mesmo preso (já viram que parece que vai rolar até nome sujo pra pai que não paga pensão?).

Enfim, avise isso pra sua namorada. Ou seja, que o ex dela tem a OBRIGAÇÃO de ajudar a criar a filha que ele mesmo registrou e não tem nada que ameaçar ninguém! Que pensasse antes de assumir a criança, oras! Fora ter que dar pensão alimentícia e cia, ele também pode ser processado por causar dano afetivo, sabia? Na verdade, se ele morrer, até a herança a filha tem direito, na mesma % dos outros que nasceram do sangue dele! Ou seja, é uma decisão muito séria e praticamente irreversível.

Passe essas informações para ela. E assim, cá pra nozes: ela seguindo ou não a lei, terminar contigo porque você não tem dinheiro é um motivo muito nada a ver, né? Até porque as filhas são dela, não suas e você não assumiu e nem teve nenhuma com ela. Nada a ver ficar te fazendo sofrer por coisa que não é da sua alçada! E mesmo se fosse, já pensou se todo casal se separasse porque está com problemas financeiros e ficassem choramingando o dia todo um com o outro por causa disso? Ainda mais com esse país em crise? Ia virar a festa dos solteirões!

Entendo que também pode ser desespero de mãe, visto que um dos maiores medos de uma mãe é pensar que o filho pode vir a passar necessidade. Mas aí mais uma vez: ela vai lutar junto contigo ou terminar o relacionamento?

Amigo, se essa mulher SÓ pensar no dinheiro, você pode até entender o lado dela, mas e o seu? Vai ficar pagando por um monte de coisa que não é obrigação sua? Até porque, a sua obrigação é tentar ajudar e você já tá fazendo, mas como você não pode assaltar um banco, vai fazer o quê? Ficar aguentando humilhação e chorando junto? Se ela não quer ter força contigo, daí você tenta levantá-la e se não conseguir cai junto?

Se depois de tentar o que está ao seu alcance, mesmo assim ela só souber se lamentar por você ser um “pobretão”, considere se não é que você não seja homem pra ela, mas sim que talvez ELA não seja mulher pra você.

Boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.