Minha namorada tinha o costume de masturbar estranhos na balada e não consigo me esquecer disso

154

Leitor: Faz 4 meses que estou namorando com uma menina 7 anos mais nova, eu tenho 27 e ela 20. Ela é muito inteligente, combinamos em tudo, o que me incomoda é apenas o fato do que ela fazia antes de me conhecer.

Conheci ela em uma festa onde, após estarmos nos pegando por uns 10 minutos, ela começou a falar putaria (“eu tô toda molhadinha, louca para dar pra você hoje”), me levou para um canto isolado da festa, me pediu para masturbar ela, abriu minha calça e me masturbou também (tirou o pênis para fora no meio da festa, primeira vez que fiz isso).

Agora, namorando, ela me contou que tem esse costume desde os 18 anos e que toda festa (sem exceção), ela leva alguém para um canto, recebe siririca e toca punheta para o desconhecido. A maioria das vezes nem sabia o nome antes de fazer o ato. Como fiquei muito curioso, perguntei mais sobre o passado, descobri que em várias vezes (mais de 10) gozaram na mão dela, e ela limpou na camisa do cara e foi lavar no banheiro da festa. Algumas festas fez isso com mais de um cara. Sempre ia nas festas de saia ou vestido, justamente para facilitar a masturbação nela.

Gosto muito dela, mas esse “costume” dela me atormenta a ponto de pensar nisso o dia inteiro, imaginar as situações e etc. Transei com muitas mulheres, mas mesmo com 7 anos a mais, nunca fiz sacanagem em público (a primeira vez foi com ela). Confio 100% nela e sei que ela não me trairia hoje.

Minha namorada tinha o costume de masturbar estranhos na balada e não consigo me esquecer disso

Sempre penso em gravar um vídeo sobre “o passado da minha mulher me atormenta“, e quando gravar, espero que você veja. Porém, sinceramente? Não acredito que o mais importante no seu caso seja isso, mas sim que ela tem um fetiche que aparenta ser muito maior do que ela. Digo isso porque, cá pra nós, não é “normal” uma pessoa fazer algo desde os 18 anos de idade e não ter deixado de fazer por uma festa que seja…

Além do mais, como você tem 100% de certeza que ela não te trairia hoje? Não quero colocar lenha na fogueira, mas acho importante conversar com a patroa sobre essa dicotomia do te amar VS ter um fetiche extremamente forte. Será que ela conseguiria ficar contigo pra sempre e nunca mais sentir vontade de fazer coisas que, como você mesmo disse, ela passou grande parte da vida fazendo? Ou você acredita ser a pessoa que faltava pra cobrir esse vazio que ela “compensava” na putaria e pegação eterna? Torço para que você seja suficiente, porém, não custa levantar um papo muito sério (tem que ser ao vivo!) e ver o que os olhos, as palavras e as reações dela te dizem. Daí, basta ser atento e sincero consigo mesmo que você concluirá o que precisa.

Independente do que ela te responder, entenda que o passado nunca poderá ser apagado. Nisso entra o conselho óbvio que, diga-se de passagem, só você não quer enxergar:

1- Ou você termina com ela “pra se esquecer/se livrar dessa história”.

2- Ou então continua com ela e se conforma que passado é que nem cicatriz: não some nunca e sempre que você olhar, vai lembrar do que aconteceu.

Nada irá mudar a quantidade de pintos que passaram por ela, aprenda e viva em paz com isso. Sem contar que se você mesmo disse que confia 100% nela, então não sei por que está com tanto medo de fantasmas (exs), se são os vivos (os futuros boys caso ela te traísse) que te fariam mal. Entenda que ela só te deve satisfações a partir do momento em que assumiu um compromisso contigo e que, mais do que isso, você é responsável por suas escolhas e não adianta ficar reclamando depois. Muito menos ficar fazendo da vida de vocês um inferno por você simplesmente não conseguir superar o que, querendo ou não, você está aceitando ao continuar com ela.

Ou caga ou sai da moita“, já diria a grande sabedoria dos antigos.

Um beijo!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Quem procura acha !

    São pessoas diferentes e ela não fez isso a vida toda, fez por dois anos e solteira.

    Você não fez e talvez não curta putaria em festa etc, mas ela curte e vocês podem conciliar isso.

    Hoje em dia o Voyerismo está cada vez mais forte e constantes. Motéis com suites para voyer já estão ganhando muita força.

    Imagina se ela for achar ruim das mulheres que comeu, e não foram poucas, você mesmo disse.

    Passado é passado, e quem vive de passado é museu.

    Se você gosta dela, isso não deve te atrapalhar, faça bom uso disso e aproveite a gata caliente que você tem.

    • “Hoje em dia o Voyerismo está cada vez mais forte e constantes. Motéis com suites para voyer já estão ganhando muita força.”

      acho que ele vai ter um desmaio quando ler essa sua ideia kkkkkkkk

      • Não foi uma ideia kkkk !!!

        Foi só para lembrar e mostrar que tem gosto para tudo. hahaha

    • disqus_hIUOtoGVx6

      Valeu Gabriel. Gostei de ler um comentário mais “mente aberta” e sem julgamentos ehehe
      Sim, fiz MUITO mais sexo do que ela (até porque tenho 7 anos a mais, já tive 4 namoradas, e aproveitei muito meus anos solteiros… já ela nunca namorou antes e perdeu a virgindade esse ano… já fazia as putarias em balada mesmo virgem e com medo de perder o hímem com dedo, conforme li nas conversas de whats com as amigas… sim, parece loucura, mas mesmo virgem ela não se controlava e queria ter um dedo dentro dela).

      Já eu nunca fiz putaria em festa, e ela fez incontáveis vezes. Nisso me sinto inexperiente ao lado dela. Talvez seja um problema de ego também, pelo fato de ser muito mais velho e muito mais inexperiente nisso, afinal foram umas 30 vezes que ela levou alguém pro canto de festa e fez as putarias.

      Valeu pelo comentário “liberal”.

      • amigo, não adianta vc querer ler um comentário liberal se VOCÊ não é liberal, vc que tem q ser, não os outros kkkkk

        vc tá muito inseguro, está visível. Recomendo seriamente procurar terapia se realmente quiser ficar com ela e não conseguir se esquecer disso

        vc tem o direito de ser feliz, mas não vale se enganar, SE E APENAS SE sentir q precisa de ajuda para ficar com ela E conseguir esquecer, não pense duas vezes e procure. Não fique dando rodeios, sua saude mental agradece

        • disqus_hIUOtoGVx6

          Valeu, Lu.
          Eu sempre fui liberal. Já fiz menage, nunca julguei guria que me deu na primeira noite, sempre aceitei todo tipo de fetiche das gurias que transava (menos fio terra ehehe).

          Mas é difícil quando a gente se apaixona e começa a criar sentimento. Aí tudo muda. Nosso “liberalismo” fica bem mais restrito.

          Obrigado pela tua ajuda (e a de todos aqui). Os comentários me ajudaram muito.

        • Não vejo ele inseguro dessa forma como você está falando Lu.

          Pode sim ter um pouco de insegurança e não acho isso um bicho de sete cabeças tão pouco precisar de uma terapia.

          Eu mesmo tenho inúmeros fetiches e minha mulher também.

          E quando esses fetiches envolvem terceiros e você tem um sentimento verdadeiro, a forma de olhar e digerir a situação muda um pouco. As coisas do passado nunca vão sumir então é melhor saber que sempre fui “safadão e ela safadona” e que agora aproveitarão juntos, do que se iludir. Mas nada que muita conversa, honestidade e cumplicidade de ambas as partes não resolvam tais situações.

          Em partes já vivi e experienciei na pele isso, não dessa mesma maneira. Esse incomodo pra mim é, e foi passageiro e pra sim será para ele quando ele conseguir relaxar e curtir esse “rolê” com ela, afinal a vida realmente acontece no presente e no que está por vir, e no momento ela está com ele.

          PS: Eu acho que não tem porque esquecer, é algo passado, tem mais é que se colocar memórias novas com ela. Afinal agora ela está com ele e quer ele nas atuais fantasias dela.

          PS²: Aposto que ele também deve ter fantasias e fetiches para realizar com ela.

          • Gabri, quem não tá inseguro nem procuraria nossa ajuda
            eu acho que ele gostaria de pensar uma coisa, mas pensa outra aí fica que nem cego em tiroteiro

            fala coisas q nem ele acredita, outras q ele acredita, aí ele tenta botar na balança e não entende q peso dá kkk

          • É pode ser, mas enfim, acho que ele tem um belo caminho pela frente.

            Fico perguntando porque um pode fazer putaria e outro não?

            E outra coisa, não foi algo filmado que denigra a imagem dela ou dele, ou do casal entende ?

            Putaria é putaria, seja uma punheta na festa, ou num motel com vários.

          • “Fico perguntando porque um pode fazer putaria e outro não?
            pq as pessoas são diferentes

            pq as vezes o fetiche d um não é o do outro

            ou seja, fodeu kkkkkkk

          • Naaaaaaaam !!!

            Não precisa ser fetiche. Fetiche concordo que são diferentes mesmo e podem também entrar em comum acordo.

            Só não ser abestalhado.

            Eu posso comer 50, ela não pode dar pra 50 ?

          • Sem contar q vc é vc, ele é ele

            vc nunca procurou ajuda aqui, e pode ser de FATO liberal, agora note a diferença dele gostar de ter lido o seu comentário, e praticar o seu comentário

            é tipo eu, admiro gente calma, adoro conversar com a Nat, mas sou doida apesar de meditar as vezes (ando dando migué nessa parte por esses dias) kkkkkkkkkkk

            E Gabri, isso de terapia, a gente faz muito pouco caso, a gente acha que precisa ser um lance MUITO sério pra pessoa procurar ajuda, e sério, pensamento repetitivo como ele está tendo, eu acho coisa muito séria. Ele fica se justificando o tempo todo, querendo se convencer, aí assim

            se ele conseguir se convencer daqui uma semana ou um mes, ok

            mas se ficar dando voltas, acho caso de terapia sim

            é que nem depressão: o povo acha q é só quando não sai da cama q tem q procurar ajuda =(

          • A questão não é nem que eu seja liberal ou tenha procurado ajuda. Uso muitos textos seus para reflexão, já pensei em te escrever muitas coisas, porém não sei me expressas e me perco com as palavras diga-se de passagem sou meio burrinho, então me contenho em vez em quando comentar minhas opiniões para os textos.

            Concordo que se ele sentir mal não é legal e deve procurar ajuda. Que seja uma terapia.

            Gosto muito da terapia cachaça, limão e um boteco e um amigo. rsrs

            Queria saber dele, se ele já tentou curtir essa ideia em público, uma pegação com ela mais frenética, tipo uma punheta e umas dedas em alguma balada. Se já o que achou ? Se não, o que acha dessa ideia de uma pegação desse jeito com a mina dele numa balada?

            Talvez isso já ajudaria e eu não falaria mais besteiras hahahahaha.

          • disqus_hIUOtoGVx6

            Fala Gabriel.
            Sim, desde que começamos a namorar fomos em 3 baladas, em 2 rolou dedada e punheta, e na última fizemos sexo no banheiro.

            Na primeira vez (uns 2 meses atrás), eu ainda estava muito atordoado com pensamentos do passado dela, e não estava conseguindo curtir direito. Porque já sabia que ela tinha feito isso (pau pra fora e dedada nela) naquele mesmo cantinho isolado com outros caras.

            Nas outras 2 vezes desencanei e achei muito massa. Curti muito, principalmente a ultima que fomos pro banheiro feminino 2 vezes durante a festa.

          • Aeeee FALEIII, SABIAAAA !!! Não precisava de terapia e sim um pouco de tempo para digerir que o que ela fazia pouco interfere. Na verdade interfere muito mas no lado positivo, pois vocês vão aproveitar muito, tenho certeza disso. Aliás já estão aproveitando né ?

            FIco feliz que tenha desencanado e já esteja curtindo, e desejo que curtam cada vez mais.

            Não pense que ela já fez com alguém, e SIM que ela está fazendo com você e SÓ com você. Sei que falar é fácil, mas a prática leva a perfeição !

            Felicidades mil para os pombinhos fogosos das baladas ! Hahahahahaha !!!

            Já pensou quantas histórias novas tem para contar para seus filhos ( se já tem, ou se ainda for ter )?

            Um forte abraço e fico muito feliz de ver que a situação aparentemente está caminhando para um desfecho muito feliz e com prazer de sobra!

      • Não tem o que agradecer.

        Foram 30 vezes, você consegue contar quantas você já fez? Direitos iguais afinal rs.

        Aproveita que não tem experiência, e agora você tem sentimento, paixão, amor por ela, e divirta-se com ela, pegue a experiência dela e use a sua para ensinar a ela. E de qualquer maneira fetiche é fetiche, mas segurança EM PRIMEIRO lugar sempre, e não digo só por questão de doenças não, segurança de modo geral.

        Experiência você adquire e com sua carga de experiência será moleza se divertir com ela. E eu particularmente curtir com uma pessoa que você tem intimidade e um bom sentimento é muito mais prazeroso.

        Tenho certeza que vocês terão uma vida sexual muito boa.

    • rafalight rafa

      Meu, se voce tem vocaçao para ser corno, nao ache que todo mundo tambem tem.

      • É né ? rsrs

      • ross martin azevedo

        agora ser fofoqueiro como você né lightzinho isso é coisa de profissional. um corno falando do outro.

  • Nat

    Bom, depois da experiencia que tive com meu ex, eu investigaria sim a vida dele.
    Pq? algumas pessoas mudam, mas, algumas mantém o mesmo padrão de comportamento.
    Fico receosa até que ponto as pessoas podem chegar por causa de um fetiche.
    Se fosse eu…cairia fora….

    • me lembrou uma enquete q pensei em fazer na fanpage

      “Se vc pegasse o celular do seu namorado/marido/esposa dando bandeira, vc daria uma fuçadinha ou resistiria?” kkkk

      • Paulo

        quero ver dar uma espiada no cell desse cara https://www.youtube.com/watch?v=Pl-Q0c55w00

        queria saber o que esse cara esconde e de quem?

        • q isso kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

        • Lisy

          kkkkkkkkk que senha é essa!!!?

        • Vou botar a mesma no meu kkkkkkkkkkk

      • Nat

        Eu sou absolutamente contra pedir senha de email, facebook, celular. Tem papo que tenho com amigos que não interessa a mais ninguém.
        A questão da investigação não é pra saber se o cara passou o rodo na cidade inteira e sim se foi pulador de cerca inveterado, usuário de entorpecentes, frequentador de casa de swing…etc etc.

        • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk dorgas tem q ver mesmo, acho queimação =(

      • mariana cobra

        Sempre faço isso, mas não espero ele dar sopa…pego na cara dura mesmo. Não pq há coisas erradas, mas pq o celular dele é top e o meu não :/

      • Leticia Guilarducci

        Uma boa enquente essa Lu 🙂
        te confessar que tenho vontade de fuçar no telefone dele,só pelo motivo dele não desgrudar do infeliz quando está comigo..ou quando deito do lado de conchinha, o mesmo vira de lado e dá um jeito para que eu não veja o que ele ta fazendo (e eu nem olharia,quer dizer um pouco) kkk, ai está o problema de tudo, essas coisas que ele faz me deixam muito curiosa pra saber o que tem naquele whatsapp dele que é tão interessante ao ponto de ficar grudado no telefone.
        apesar de que,acho que ele não fica só no whats e isso faz com que eu queira pegar o telefone dele e vasculhar tudo.
        Sou curiosa então não fique estigando ela,porque eu sempre dou meus pulo para matar ela, apesar de errado e o sentimento de culpa vir logo depois.

        obs: Numa dessas minhas curiosidades, mexendo no pc do inocente que não apaga nada kk, acabei descobrindo que ele fazia fakes (já suspeitava) pra ficar fazendo perguntas bizarras pra mim,sobre traição, sexo e essas coisas..fiquei puta pra caraio, mas pra piorar eu fui entrar no meu twitter sei la porque (mulher é um bicho sensitivo kk) e o dele tava logado, não resisti e entrei.
        fui logo nas mensagens e adivinha o que a sonsa encontra? conversa dele de março desse ano com a ex namorada! isso mesmo,a gente na época estavamos olhando carro juntos pra ele comprar e ele pedindo opinião dela, falava que ia lá visita-la e que ia trazer ela pra cá e um monte de coisa.

        Só sei que chorei pra kct, minha sogra tentou me acalmar e eu dizendo: eu vou matar ele, juro por Deus que eu vou sumir da vida dele….

        No fim quando ele chegou eu fiquei quieta e ele já sabia que tinha coisa errada,então contei o que vi…ele meio que riu,claro que achou ruim o que fiz, tentou se explicar e tudo mais…Foi foda, aquilo ficou na minha cabeça durante meses, não conseguia confiar nele,mas tentei tirar isso e seguir adiante… a tormenta passou,mas a desconfiança continua…mas tento fazer com que isso não destrua meu relacionamento, estou dando duro danado pra manter e espero que não esteja sendo em vão..porque ai sim vou ficar muito magoada.

        • Leticia Guilarducci

          Agora em relação ao leitor, cara é complicado… tem que ver se ela é do tipo viciada em sexo, porque é o que parece. Mas tente não levar as coisas que elfa fez pro pessoal, mas se ela estiver fazendo isso com outros caras estando com você…ai o negócio é mais lá embaixo.
          Enfim, todos temos passados, uns leves outros pesados como ela..basta saber se tu consegue lidar com o que ela fez um dia, tenta conversar com sua namorada, vê o quanto ela é viciada em sexo e tenta buscar uma ajuda.,sei lá.
          Só não fica se martirizando com isso,apesar de ser difícil..eu sei.
          Confesso que quando começei meu namoro,fui logo jogando uma enjurrada de histórias do meu passado, com a intenção de fazê-lo desistir,,, mas ele continuou comigo..

          • disqus_hIUOtoGVx6

            Não, ela não é viciada em sexo, inclusive fez sexo pouquíssimas vezes antes da gente namorar (e só com um cara). Inclusive lendo as conversas com as amigas no whats dela (que ela fez questão de me mostrar, justamente porque eu tinha dificuldade de acreditar), ela tinha muito medo das “siriricas das baladas” romperem o hímem dela, porque a membrana ficava se movimentando e tal. Ela perdeu a virgindade esse ano mesmo, 5 meses antes de me conhecer, e também tem conversas com as amigas no whats onde elas falam sobre isso. É difícil acreditar, mas é tudo verdade, ela não dava, só ficava nessas putarias de festa.

            Confio muito nela, ela é muito apaixonada por mim, e tenho certeza que ela é fiel, o problema é o passado mesmo. Ela admite que era viciada em tocar punheta em balada (já tinha tentado parar várias vezes quando era solteira e não conseguiu), mas diz que hoje nem tem mais vontade de fazer isso, porque comigo faz coisa muito melhor, no quarto mesmo.

          • Fer Casada

            Eu vou te dizer uma coisa: Eu sou casada e já vivi uma experiência parecida quando solteira. Faz 4 anos que conheci meu marido, e desde quando nos conhecemos e decidi que ficaria com ele, eu não tive mais vontade de “fazer as aventuras” de quando estava solteira. Se ela te ama de verdade, fique sossegado. Não vejo mal algum no passado, eu bem que queria ter a coragem dela de fazer algo publico, hahaha, seria bem legal. Ela é uma pessoa aventureira, e cara depois que a gente casa, a rotina vem e quer arrastar a alegria do casal. Se ficar com ela, casar com essa moça, tu vai ter que ter ciencia de que ela é uma aventureira, e tu vai precisar inovar com essa garota, hahaha. E acredite: abra sua mente que vai ser muuuuito legal. Olha, sem mentira, meu marido era uma pessoa calma, na dele, sem muitas experiências. Eu abri minha vida para ele POIS QUANDO A MULHER AMA DE VERDADE ELA CONTA TUDO, isso é outro ponto que mostra o quanto ela te ama. Enfim, meu esposo ficou do mesmo jeito que você – na época namorado – mas depois que casamos, ele deixou de lado as inseguranças e passou a querer SABER MAIS para aprender e querer se aventurar comigo… Tem sido uma experiência maravilhosa, porque eu me considero aventureira, e ele tem feito algumas coisas que me deixava apreensiva, do tipo: será que ele vai gostar disso? – nunca o forcei, e sempre ele diz: Isso é legal. Gostei. Pra mim, não tem preço. Ele é a pessoa que amo, ele entende minhas aventuras, me apoiou, não me julgou, e pegamos para nosso relacionamento algumas das coisas que já fiz, e ele tem gostado. Isso tirou nossa rotina massante que veio depois do segundo ano de casado. Estamos muito mais próximos, rimos das nossas aventuras, e o apetite sexual dos dois mudou pra melhor. Acho que você tem uma bomba nas mãos. Essa garota te ama senão não estaria com você, e gosta de aventuras sexuais. Se tu não viveu nada disso é normal que fique apreensivo, mas cara, se decidir se abrir e experimentar com ela, e criarem juntos novas oportunidades, novas aventuras, vai ser um relacionamento muito, muito bacana. Só não recomendo que faça nada sem pensar antes. Não decida fazer nada com ela, por impulso de um tesão do momento, sabe? Pense antes, conversem muuuuuito sobre aventuras, e realizem se for do consentimento dos dois, e for pensado sem estarem no momento de tesão – que faz toda a diferença. Você tem uma mulher rara nas mãos, que não vai deixar o relacionamento cair na rotina, se você souber lidar com ela hahaha. Eu sou fiel ao meu marido, e ele se diz muito satisfeito comigo e com nossas aventuras romanticas. No começo ele era como você, mas chegou num ponto que aceitou, parou de me encher o saco – porque enche o saco a pessoa ficar revoltada com O PASSADO DA OUTRA. PUTA MERDA ISSO. E passou a se interessar pelas coisas que já fiz, e foi aí que nosso casamento deu uma decolada super positiva. Estamos com quase 4 anos de casados agora, e há dois anos, vivemos aventuras que só nos dois sabemos, e tem sido maravilhoso.

          • disqus_hIUOtoGVx6

            Valeu Fer. Como eu disse, eu confio 100% nela, e sei que ela é fiel.
            O problema, que não sai da minha cabeça, é o fato de:
            – Ser em público (lance da adrenalina e tal, acho isso legal, mas tipo, não é NORMAL, nunca tinha pego uma mina com esse fetiche);
            – Serem sempre desconhecidos (cara que ela conhecia há 10 minutos atrás e sabia q nunca mais ia ver depois, que deixava colocar o dedo dentro dela e tocava no pau do cara);

            Ela é super inteligente, linda, gostosa, sexy, simpática, engraçada. Fica na minha cabeça que ela não se valorizava, e ela merecia ser valorizada. Ela gostava do lance da adrenalina, e inclusive foi pega pelo segurança algumas vezes (e disse que gostou de ser pega, aliás).

            Eu acho legal o fetiche, mas como eu gosto dela, talvez gostaria que ela tivesse se preservado mais.

            E óbvio que eu gosto que ela faz isso comigo agora, e como disse, fizemos nas festas já (não só punheta, na última festa eu comi ela), e eu adorei.

            Mas estou melhorando já…

        • Bem, ainda dá pra pensar bem se é oq vc quer. As vezes ele é um bom partido, mas pode ser tbm q vc se “cegue” com algumas coisas. Enfim, ainda tem tempo pra descobrir isso

          pq gata vc é, qualquer coisa volta pra pista! kkk

          • Leticia Guilarducci

            Da sim,pra pensar muito.. já que falta muito tempo pra encarar um casamento rs. As vezes eu penso que nós dois estamos cegando a verdade, que talvez a relação já tenha terminado a muito tempo e ninguém quer ver isso ou abrir mão do “conforto”.

            kkkk opa, voltar pro jogo é uma boa kk

          • agora é pedir mensagens pra vida. Super acredito que ela manda várias Le!!

          • Eros Himeneu

            Também acredito nisso Luiza 😉

      • Nat

        Lu…
        Off topic…qdo é o seu niver??? ta chegando…rs

    • mariana cobra

      Ainda mais pela pouca idade dela….é muito cedo pra concluir que ela deixou tais “hábitos” de lado.

      • Leticia Guilarducci

        com certeza.
        por isso que uma conversa franca é bom para esclarecer as coisas.
        de repente ela não está na mesma vibe que ele, ai fica empacando a vida de ambos.

      • Nat

        Mariana,
        Sabe que eu tenho medo? Quando as pessoas usam como desculpas o lado biológico. Do tipo…minha libido é maior que a das outras pessoas. Tenho a necessidade de sair espalhando as minhas sementes.
        Qual o limite que a pessoa tem em realizar uma fantasia ou uma necessidade “biológica”?
        Ela dá vazão mais ao instinto?
        Eu analiso muito isso nas pessoas….

        • mariana cobra

          Realmente Nat. Concordo contigo, por isso foquei somente na questão idade vs maturidade.
          Creio que por sermos racionais temos o poder de controle sobre o corpo e podemos SIM controlar certos instintos, fantasias e fetiches.
          Vale explorar instintos, fantasias e fetiches até o momento em que não estou prejudicando/magoando outra pessoa ou até que tal situação não se torne tóxica para si próprio.
          Quando leio discursos que baseiam atitudes em instintos, libidos afloradas e fantasias incontroláveis penso que a pessoa não passa de um animal irracional…que não consegue evoluir do estado espiritual da fome/animalidade.

          • Lorena Dantas

            Isso me lembrou um comentarista do site que ainda não apareceu por aqui e que defende muito o lado biológico da coisa! kkkkkkk. Estou curiosa para saber qual seria a opinião dele sobre o relato do Leitor.

          • mariana cobra

            Certeza que vai querer ir pra mesma festinha que a colega punheteira!

          • Eros Himeneu

            Oi Mariana, tudo bem com você rs? Mulher assim e sacanagens assim não fazem o meu tipo. Gosto de mulheres discretas, amorosas hummm

          • O Paulo? kkkkkkkkkk

          • Lorena Dantas

            Não, o Eros! Kkkkkkkk

          • Eros Himeneu

            Oi lindas, sentiram minha falta rsrs ? Lorena, eu passei a última semana analisando o meu argumento, sentindo meu corpo, sentindo as emoções, racionalizando e tudo mais. E minha conclusão? Continuo firme com o meu argumento rsrs. Sobre o relato, só se o rapaz for muito mané para querer namorar alguém assim rsrs Amigo, use e aproveite essa gata, mas com prazo de validade rsrs

          • Nat

            e você…sentiu falta das nossas críticas??? rs

          • Lorena Dantas

            Sabia que mais cedo ou mais tarde você iria aparecer.kkk

          • Fer Casada

            Palmas pra você. Aí tu usa e abusa a gata “aventureira”, e depois casa com uma amélia, não curte por muito tempo, e volta com o rabinho nas pernas atrás da gata que chutou por pura burrice e insegurança. Trai amélia, coitada, que segue as regras e está em casa sem muitas experiências esperando o maridão chegar, e depois que descobre suas escapadas, vai sofrer igual uma infeliz, tu vai se tornar um quarentão solteirão, e cair na “pista” atrás de gatinhas aventureiras outra vez. Se o cara do post for inteligente e notar que a garota o ama mesmo, e saber lidar com o passado, e investir num futuro bacana com ela, vai ter uma gata aventureira para chamar de esposa, um casamento sem rotina massante e mesmo na velhice, serão felizes ao se recordarem das malandragens que faziam juntos… Opinião é opinião, mas dizer pro cara chutar a garota só porque ela NÃO FAZ O TEU FEITIO eu acho meio nada a ver…

          • Eros Himeneu

            Oi Fer, olha, eu não sou nenhum santo, mas não tinha pensado nessa nomeação “aventureira” kkkkkkkk. Olhe, não duvido que existam exceções como você, mas é complicado, vai saber até que ponto vai o fetiche, porque tem fetiche que é tranquilo, eu já transei no meu jetski e minha esposa que é uma amélia amou, já transamos no banheiro de uma embarcação, e ela amou tb, agora se ela quer começar a pegar nas varas de outros homens ai num vai dar certo né kkkkkkkkkk

          • disqus_hIUOtoGVx6

            O que ela me diz é que, sim, ela tinha esse fetiche/vício (punhetar e receber siririca de “desconhecidos”), e que não acha isso errado. Era algo bom para ela, e para o cara, então porque deixaria de fazer? Ela diz que explorava esse fetiche, porque não achava errado, que teve algumas vezes que pensou em parar de fazer, que se julgou, mas que depois de muito pensar, ela não acha isso errado, ela gostava do sentimento e adrenalina da hora.
            “O corpo era só meu e eu fazia o que eu queria, não estava magoando ninguém, era solteira, desimpedida”. Essa é a explicação dela…

          • Nat

            A explicação dela é “convincente”. Porém, se um dia vc não estiver no mesmo nível de excitação. E aí? ela vai segurar a onda numa boa?

          • disqus_hIUOtoGVx6

            Tô tranquilo. A gente transa com muito mais frequência do que ela ia em festas… Porque, por mais que ela fizesse toda festa, a média era 2 a 3 festas por mês. Até pela faculdade dela ser muito difícil, ela não conseguia fazer mais que isso.
            Transamos muito mais que isso. Isso não me preocupa…

          • Fer Casada

            Você deveria dar ouvidos apenas para pessoas que já tiveram experiências como ela e você a longo prazo. Esse povo acima tá na cara que não curtem o que sua namorada faz, e vão argumentar contra sob qualquer informação. Eu vivi algo parecido quando solteira, e digo: Casei com 19 anos, conheci meu marido poucos meses depois de minhas aventuras. Ele é mais velho que eu também. Sou fiel a ele, ele é fiel a mim. Temos um relacionamento espetacular, porque conversamos muito sobre nossas aventuras, gostos e fazemos algumas coisas juntos que só cabe a mim e a ele saber e com 3 anos e alguns meses de casamento, temos aquela pegada de namoro muito viva entre a gente. Ele é quem quero para minha vida, e ele demonstra o mesmo de todas as formas. Pela explicação do cara aí acima, eu seria o tipo de garota pegável, e descartável… meu marido que hoje se diz O HOMEM MAIS FELIZ E SORTUDO não teria tido a chance dessa sensação se seguisse o conselho acima. Enfim. Eu também não acho nada demais na aventura dela. Cara, eu sempre idealizei isso, fazer algo com um desconhecido, numa festa, em público – quando solteira, mas não tive coragem de tal atitude hahaha. Com meu marido, já aprontamos em público, e é muito engraçado. Ninguém ver, aquele risco de ser pego, enfim, mas inclui ele no fetiche, e ele a mim, e tem sido bacana. Acho que quando existe o amor, você é legal sob qualquer circunstância, e um fetiche não vai ser forte o suficiente para acabar com uma relação… :/ deixa de ser bobo e curte sua namorada, dá assistência e mantem o fogo dela, porque depois que a gente casa, se não tomar cuidado, aquele fogo da adolescência, ou de quando éramos solteiros, meio que vai embora, por conta dos problemas de uma relação mais séria: trabalho, contas, rotina… enfim. Eu acho que no seu caso você só precisa administrar o fogo dela, haha, e parar de ficar enchendo o saco da guria com o passado. Seja você o cara que ela vai punhetar na festa. Se quiserem inovar, façam joguinhos, inventem personagens, cara, tu tem o que muitos homens querem mas não admite nas mãos… Se ela te ama, e está com você pra valer, te contou tudo isso, eu te digo: não existe chance de traição. Ela só é uma garota aventureira, que gosta de sexo, e você vai sentir falta dela se a deixar, por uma insegurança boba dessas.

          • O problema é que não sei se AMBOS gostam das mesmas coisas, se AMBOS gostassem, concordaria com 100% do que vc disse, só que se a pessoa mandou pergunta preocupada com isso, é pq 100¨% liberal ela não é. E mesmo se fosse, também não acho que todo mundo que é liberal se dá bem (nem ao contrário, claro!), tanto que tem MUITO caso de casal liberal aqui no blog q foi parar na terapia, rs. Ou seja, fale por vc, dê sua opinião, mas não menospreze a opinião dos outros, nem ache que a sua é 100% certa só pq deu certo contigo. Também não acho que só um liberal pode entender o outro, é tbm questão de inteligencia e empatia, que muitos dos comentaristas “acima” q vc citou, tem. É que nem falar q só homem pode dar conselho pra homem e só mulher pra mulher, bobagem,rs. O bom mesmo é pegar oq importa, ignorar o resto. Ninguém dá um conselho 100% foda e reto, nem vc, por isso estamos todos juntos! E vamos aprendendo todos os dias, rs. Sem contar a experiência, vc tem a sua, a gente lê vários casos aqui há anos, mesmo não tendo vivido a maioria deles (qual teria mais valor? A galera contando oq aconteceu e oq não aconteceu (dando resultados reais que elas viveram), ou o seu caso em específico? É mt relativo rs, )Beijão!

          • Eros Himeneu

            Amigo, desculpe intrometer, mas você não está sendo muito esperto “ouvindo” o que ela tem a dizer rsrs

        • Stan Lewis

          Quando o cara disser: “Tenho necessidade de sair espalhando as minhas sementes” é só voce dizer: “e eu tenho necessidade de um homem que não fique espalhando suas sementes! então suma e leve essas bostas de sementes com você” kkkkkkkkk

    • Eros Himeneu

      Nat, tudo bem rs? Desculpe, mas NÃO, as pessoas não mudam. Podem até melhorar um pouquinho só. Tenho certeza disso analisando todos que viveram ao meu redor nesses 34 anos de vida. Concordo contigo, o rapaz do relato deve cair fora, ou ficar usufruindo por um tempo rsrs

      • Nat

        Não morre mais, hein??? huahuahuahua

        • É que o Eros “não presta” muito, aí entende já fica desconfiado de cara de casos assim kkkkkk
          É ou num é Eros?

          mas acho normal, a gente fica desconfiado do que somos ou do que ja sofremos no passado =(

          • Eros Himeneu

            Oi Luiza, “não presta” cai um pouco forte pra mim, no fundo sou um ser amoroso, eu diria que sou um pouco “safadinho inconsequente” rsrsrs e realmente ficamos desconfiados, é a vida.

        • Eros Himeneu

          Não, está evidente a minha atração virtual imaginária pelo seu perfil fake kkkkkkk

          • Nat

            huahuahuahua suspeitei desde o princípio.
            Falo da vida de tanta gente e da minha que preciso me disfarçar…..hauhauhauhauhua

          • Nat

            Mas me diga ai….tô curiosa…
            O que te atraiu se só te dou paulada?rs

          • Eros Himeneu

            E dá paulada com razão né Nat rsrs, eu não esperaria algo diferente disso, sei dos meus erros. Sobre a atração eu digo que aconteceu naturalmente, percebo em nós 2 uma história parecida, porém de lados opostos. Seus comentários mostram uma mulher inteligente, compreensiva e com um gostoso senso de humor 😉

      • As pessoas mudam A e como mudam !

        • Eros Himeneu

          Oi Gabriel, eu espero ser surpreendido pela vida um dia, me mostrando que estou errado.

      • mariana cobra

        As pessoas mudam sim Eros, a essência fica, mas hábitos podem ser reconstituídos. O que vc me diz de pessoas que superaram as drogas e hj tem um estilo de vida tranquilo?

        • Eros Himeneu

          Oi Mariana, é justamente da essência que estou falando, eu só enxergo a essência. Meu irmão foi viciado em drogas por 10 anos, chegou a nos roubar e a nos agredir. Hoje ele está tranquilo, longe dos maus hábitos, mas eu continuo enxergando nele o mesmo irmãozinho doidinho que eu tanto amo.

  • Gaia

    Concordo que suas escolhas são apenas duas: aceitar ou terminar.
    Vc não tem obrigação de aceitar o passado de alguém, mas não tem o direito de recriminar ou julgar o que ela gostava de fazer antes de te conhecer e não estava compromissada com ninguém. Se decidir continuar com ela, o melhor é se esforçar para esquecer isso e apoiar-se na certeza que vc tem da fidelidade dela e nos sentimentos que vcs nutrem.
    E como vc disse, vc tb tem um passado sexual (e acho que o que mais te incomodou no dela foi o fato de ser público, mas acredite, ela não é a única pessoa com esse tipo de fetiche e acho que existem alguns bem piores… ).

    • disqus_hIUOtoGVx6

      Sim, me incomodou muito o fato de ser público (porque é sim algo raro), e o fato de serem desconhecidos. Ela diz que às vezes não queria nem saber o nome do cara, pegava o mais bonitinho da festa, levava pra um canto, fazia a putaria e ia embora, coisa de 5 minutos. Só queria “tocar num pau e receber siririca, só isso”.

      Ela raramente dava o celular depois do ato, era só “a putaria” e pronto. Não queria manter relações porque sabia que seria julgada (e às vezes que deu o celular e teve conversa com os caras, sempre foi, ela diz que eu fui o primeiro que não julguei ela).

      Isso me incomoda muito.

      • Rogers America

        Você só pode estar louco em acreditar nisso hahahahhaha
        ” A vou colar em uma festa, achar um cara bonitinho BATER UMAZINHA sem saber nem o nome ou coisa do tipo e dps vou embora” hahahhaha
        Eu já li e ouvi loucuras mas essa… ta de parabéns hahahahah

        Com 20 anos desse jeito, não sei como te ajudar. Eu não ficaria com uma mina assim, mas pelas explicações você vai ficar pq esta apaixonado e acreditando nas explicações dela

        • disqus_hIUOtoGVx6

          Rapaz, ela fez isso justamente comigo, punhetou, levou dedada, coisa de 10 minutos, e foi embora (foi um parto pra convencer ela a me dar o celular). Por que não acreditaria no que ela fala se fez isso justamente comigo?
          Depois tive que conversar com ela 3 semanas (!!!) por whats até ela decidir sair comigo, e mesmo saindo foram mais umas 4 jantas (com putarias, claro) até ela decidir fazer sexo.

          Foi a guria mais difícil que já comi.

          Sim, é bizarro, é estranho, tão fácil pra punhetar/siriricar e uma dificuldade absurda pra fuder, mas é o jeito dela.

          • Rogers America

            Então, pelo que eu entendi pra você esta tudo tranquilo. Até da a entender que não tem duvida alguma, se você está de acordo com tudo não tem porque deixar, eu acho estranho pq nunca imaginei isso.

            Como coloquei EU não me sentiria bem nessa situação, mas pra vc parece estar ok

          • Gaia

            Pelo menos, vc tem certeza de que ela falou a verdade para vc e isso é algo muito bom!

      • Gaia

        Tem muita gente que tem esse tipo de fetiche (lugares públicos, pessoas desconhecidas) e até acho normal ser difícil para vc lidar com isso pq é algo que geralmente não esperamos das pessoas. Mas isso ainda te força a tomar uma decisão. E se isso te incomoda tanta, talvez não valha a pena continuar com ela.
        Agora se resolver continuar, converse com ela e descubra até que ponto esse tipo de fetiche é importante para ela e se ela vai ficar vivendo sem realizá-lo mais. Cada pessoa tem seu jeito de se satisfazer e não vejo mal algum nisso, mas nem sempre os desejos dos casais batem (é como um gostar de sexo selvagem/falar putaria e o outro odiar) e nenhum dos dois está errado nessa hora. Mas ainda assim não vão conseguir se satisfazer de verdade pq um sempre vai estar se forçando a algo que e não gosta. Então veja com ela o quanto essa coisa de ficar em lugares públicos é importante e se ela consegue se ver sem fazer isso (já que pelo visto, vc não gosta)

  • A Luiza como sempre foi direta, sucinta e visceral! ♥ *risos*

    Mas gostaria de acrescenta ruma coisa… Tu escolhe uma mulher/namorada na balada, (sem generalização, claro) com essa atitude e ainda fica surpreso com essa revelação? nonsense!

    Bom. Mas se fosse comigo, minha reação iria variar em função de como foi feita a descoberta.

    Se a descoberta desse passado “promíscuo” tivesse sido feita através de terceiros ou qualquer outro meio que não envolvesse a pessoa dela, associados a uma conduta de omissão e ostentação de imagem de boa menina, eu teria ficado decepcionado e consideraria terminar e retomar a busca pela mulher ideal.

    Se a descoberta tivesse partido de uma iniciativa da mulher que eu esteja me relacionando, de sentar e abrir o jogo, por mais “chocado” que pudesse vir a ficar, eu iria interpretar isso como algo bom. Posso estar sendo muito ingênuo, mas a meu ver, se a revelação partisse dela, isso significaria que ela realmente gosta da minha pessoa e me respeita, e não se sente bem omitindo esse passado por receio de um dia eu descobrir e a deixar.

    E como vivemos hoje em dia em um mundo pequeno, é praticamente impossível omitir as coisas..

    Não se martilhe. Se pudesse lhe dizer algo nesse momento, eu diria que…

    Para o amor: não imponha limites.

    Para paixões: você deve fazer qualquer cousa para conquistar alguém, mas nunca mentir quem você é.

    Para relacionamentos: se te faz mais mal do que bem, termine.

    Para amizades: é necessário viver cada momento, tanto os bons, quanto os ruins.

    Para a vida: cada sofrimento é uma prova a se superar e aprender, portanto não são eternos.

    Como bem disse Shakespeare – “Lamentar uma dor passada, no presente,é criar outra dor e sofrer novamente.” ☺

    Boa sorte. Passar bem!

    • Quanto tempo!! Pensei q não andasse mais por aqui!! kkkk Enfim, como sempre são comentários são muito lúcidos, obrigada por eles.

      E concordo contigo, quando a pessoa conta, é muito mais fácil vc acreditar no sentimento e na preocupação contigo. Quem sabe, até mesmo no caráter da pessoa

      Se um cara me contasse isso acho q ia pensar seriamente em ir pra terapia, ia ficar vendo um monte de ppk na mente e não seria nada bom kkkkkkkkk

      • Lisy

        Por isso que tem coisas que eu prefiro nem saber… e ainda digo: por favor omita!!! hehehe

        • mas se não for ele tudo bem tbm, a não ser que o oficial se sinta ofendido, aí fodeu =(

          mas como a qualidade do comentário dele é boa e só acrescenta sem ofender pessoas, tá ok

          eu ao menos pensaria isso se fizessem um fake meu kkkkkkkkkkk

    • Outra pergunta
      Essa pessoa da foto é você mesmo um um fake que você usa pra comentar por aqui? Não que tenha problemas, o que importa é a qualidade dos seus comentários, que é sempre ótima e nunca ofendeu ninguém, mas muita gente veio me perguntar isso aí resolvi fazer a pergunta diretamente pra vc pq eu não tenho como responder kkkk

      É tu ou não é tu tatu?

      • Carlos

        Aproveitando… Alguém pergunta se eu sou assim mesmo?
        Tenho essa curiosidade…

        • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • Vem cá, Luiza. Me dá tua mão, o teu desejo é sempre o meu desejo vem, me exorciza ♪♫ não resisti, *risos* essa musica é um poema declamado de forma sublime pelo Jobim ♥

        Eu estava na asia a trabalho, e meu fuso horário continua em pânico a readaptação é terrível. enfim… Obrigado por notar minha presença

        (que fofa ‘-‘ )

        Exatamente, eu não entendo essa fixação toda pela virgindade, purismo…

        Bah, se tu analisar bem, nós perdemos a virgindade de varias formas… de amar escandalosamente, de passar noites em claro chorando, de passar noites em claro fazendo poesia até os dedos ficarem em carne viva de tanto segurar no lápis/caneta, de ir ao aeroporto, de um novo cheiro, de um novo beijo, de dançar sem medo de julgamentos, de escrever um livro, de fazer dedicatórias, de elegia, de soneto, de beijo no pescoço, de arrepio, de se emocionar com atitudes de amor… Nós perdemos a virgindade de tantas coisas e confesso que eu adoro esse jeito incrível, que a vida tem de nos surpreender.

        E não, sou eu mesmo na photo. Favor curiosas(os) do blog da Luiza de tirar as duvidas aqui por gentileza… http://ask.fm/Digregori (me perdoe pela propaganda) e me achar nas redes sociais é só digitar meu nome gente rs

        Tem um tempo que eu não respondo mas nesse sábado irei responder algumas questões. Parabéns pelo blog/canal tu és sublime, tanto em educação, simpatia, carisma e humildade!

        Desejo toda felicidade do mundo pra ti familiares e amigos (tbm leitores ha ha)

        Beijo de pão de queijo. Cuida-se!

        • Ps: teve uma pessoa por aqui, se não me engano se chama Brenda, (esqueci o sobrenome) perguntou-me…

          – “É você mesmo na photo?”

          Eu disse que sim.

          – “Ela retrucou me mande nudes para eu ver se é verdade”

          O.o

          Essa photo pelo visto ficou boa mesmo em =D ( eu iria trocar, agora irei deixar mais um tempo) rs

          Passar bem!

          • Elas te acharam bonitão, Marlon! Mas essa do nude pensei que fosse mais coisa de homem, ó minha ingenuidade kkkkkk

        • Adorei a “quase” poesia sobre virgindade kkkk Não tinha parado pra pensar nesse ponto! Mas realmente, todo ano perdemos a virgindade em várias coisas. Esse ano perdi a do Youtube (que comecei a fazer “direito”), a de aprender a lidar melhor com todo tipo de crítica (joga a cara da Internet, agora aguenta que vai vir de tudo querida kkkk) e de aprender a falar sobre dinheiro, coisa que antes não sabia (ao menos, não diretamente). E no fim, até o trauma é bom se a gente levar como lição…..
          Esse ask é mesmo privado? Já ouvi falar que dá pra saber quem perguntou kkkk Achei sacanagem se for verdade!!
          Agora voltou a morar no Brasil ou é só de passagem? Pergunto isso pq pelo oq entendi vc é modelo, né? Tinha uma amiga que era e nunca parava em lugar nenhum, parecia filha de diplomata kkkkk
          Beijosss e obrigada pelas boas vibrações!

    • Crist Targ

      matou a pau nesse comentário, embora eu confesse, que muito dificilmente eu manteria o relacionamento com a garota depois de saber disso, vc foi extremamente sensato, jovem gafanhoto… eu sou tipo aqueles cornos que preferem nem saber das coisas rsrsrs.

    • Gaia

      Concordo 100% com você!!
      Principalmente quanto a importância da sinceridade dela na hora de se mostrar como quem realmente é, e não em vir com aquelas histórias de que vc foi o único com quem fiz isso, tentando passar uma imagem que não corresponde com a realidade

  • Hector Farto Jr

    Essa história esta mau contata. Duvido que ela ficava apenas na
    masturbação. Eu jamais me envolveria com uma mulher com esse
    comportamento, mas essa decisão é exclusivamente sua!

    Na minha opiião.. Um homem rejeitar uma mulher pelo fato dela ter transado
    com 5, 10 ou 80 caras não é machismo, é questão de escolha. Se uma
    mulher acha “legal” um homem que transou com 100 mulheres e por isso
    fica ainda mais “afim” dele é problema dela, não é “machismo”achar que
    uma mulher que já transou com inúmeros caras não serve para um
    relacionamento, da mesma forma que não é “feminismo” achar que um homem
    que já transou com 100 mulheres também não serve… Agora, achar que
    todo homem tem que aceitar qualquer mulher com esse perfil, que transa
    com qualquer macho, é uma hipocrisia imensurável. – Meu corpo minhas
    regras serve para ambos!

    • Pois é, mas no caso ele aceitou e tá reclamando =(

      tem q tomar partido, ou assume a moça e vai pra terapia se precisar, ou vaza kkkk

    • Vladmir

      “Meu corpo minhas regras serve para ambos”. Rapaz, mandou muito bem nesta frase. Foi um golpe de espada nas feministas radicais (infelizmente, as que mais se evidenciam representando um justo movimento).

    • Gaia

      Sou feministas e acho que ninguém deve ser julgado pelo seu passado. Se a pessoa não tinha um compromisso sério e quis transar geral, é direito dela, pois cada um é livre para exercer sua sexualidade como achar melhor, mas concordo que ninguém é obrigado a aceitar aquilo que acha que não aguenta. (E se aceitar, não pode vir jogar na cara depois.)
      Agora quanto a ser machismo vc não querer uma mulher que transou com vários caras minha pergunta é: vc tb acha válido uma mulher rejeitar um cara pq ele pegou geral? Se sim, vc é machista. Se não, vc está apenas respeitando o direito que cada um tem de escolher o que quer para sua vida (apesar de que prefiro pensar que uma pessoa que teve vários parceiros é rejeitada por medo de o outro não conseguir ser fiel ou por medo de doenças).

      • Rogers America

        Ele não recriminou isso, tbm sou assim, vou escolher a menina que mais que tem haver comigo.
        Porque não posso escolher uma menina mais tranquila ?
        A menina pode transar com quem ela quiser, só acho justo se o futuro namorado perguntar ela falar o que fez, e ele também claro.
        Assim se torna um escolha de ambos. Antes de alguém aqui vir com extremismos “santas x fico com quem quero” não estou falando em procurar só virgens, mas sim uma menina que se encaixe no seu perfil, fica difícil quando sua namorada omiti alguns fatos anteriores.

        • Gaia

          Em nenhum momento eu disse que ele recriminou. Até acho que disse aceitar um pouco rápido, já que isso ainda o incomoda, mas isso não é o mesmo que recriminar e em nenhum momento eu o senti julgando-a por isso.
          Eu não disse que vc não pode escolher. Eu disse que todos são livres para escolher. Até pq uma pessoa que eu julgue boa para mim, com certeza não o é para todas as outras mulheres. Nós temos gostos e “exigências” que são nossas e todos temos que respeitar isso. Só acho que se a pessoa vê um comportamento sexual como “normal” para um homem e “errado” para uma mulher ela está sendo machista. Apenas isso.
          E concordo tb que omitir fatos traem desconfiança. Se vc nunca perguntou e ela não contou, tudo bem, mas se vc perguntou e ela mentiu ou omitiu, bem, eu não sei se aceitaria isso, pois minha confiança ficaria abalada na pessoa. Depois sempre ficará a duvida de se ela está ou não dizendo a verdade. Além disos se uma pessoa se acha livre para ter certo tipo de comportamento (seja qual for), ela tb tem que ter segurança de admitir isso. Tentar passar uma imagem que não é sua, soa como uma mentira e mentiras destroem as relações.

  • Franciele

    Que me perdoem os liberais de plantão, mas eu acho que alguém que não se preserva sexualmente, seja homem ou mulher, não é confiável para um relacionamento, justamente porque criou para si a ilusão de alternativas; essa questão de fetiche é apenas uma desculpa, porque fetiche também depende de escolha.
    Quanto ao caso em particular, não pude deixar de notar a ipocrisia, porque o rapaz a conheceu na balada, numa situação que pra mim é o cúmulo do que se possa considerar invasivo, e ficou se achando o primeiro a despertar essa vontade incontrolável nela….. sinceramente, o que uma pessoa faz expontaneamente, sobretudo nos primeiros contatos, diz muito mais sobre ela do que os encontros ensaiados de início de namoro.
    No mais, espero não ficar solteira sempre, por pensar que intimidade física é para um casal que pensa no futuro juntos.

  • Carlos

    Confiança é um lago de águas plácidas, nem uma pequena marolinha tem… Mas tem um porém, para a sua existência plena existe uma condição: Você tem que tampar os ouvidos, as narinas e os olhos, e se parar de pensar também, melhor ainda.
    E relacionamento tem que ter confiança.
    Então, caro perguntador, você resolveu abrir um olho e dar uma cheirada… Acabou-se , não é mesmo? Não acredito totalmente nesta regra de que o que se fazia antes, sempre se fará. Por inacreditável que possa parecer, não tem prostituta que larga da vida e fica fiel? Virgem que casa e depois corneia?
    Mas se você veio perguntar, é por que a confiança se foi, e assim de olhos arregalados, com as orelhas em pé como você está, só imagino coisa ruim no futuro.
    Acho que a observação do Marlon resume tudo. Conhece a guria sendo “ordenhado”, resolve namorar e vai reclamar depois justamente por que ela fez o mesmo com outros.
    Imagine ir num puteiro, começar namorar uma GP e depois, perplexo, vir aqui perguntar, o que fazer por que descobriu que ela já deu pra outros…

    • Daniel

      Cara! Resumiu tudo muito bem. É um “nada haver” que acabou com a paz do rapaz, falta preparo para encara a situação.

    • mariana cobra

      Acho que o problema dele Carlos é que em algum momento se achou especial pela ordenha…quando descobriu não ser o único, pirou.

      • disqus_hIUOtoGVx6

        Sim, como isso é algo que nunca tinha acontecido comigo em balada, eu tinha a ilusão de ter feito algo especial, ter conseguido algo único dela.
        Me decepcionou muito quando descobri que isso era “rotina” pra ela, e aliás, teve vezes muito mais “hards” como a que os caras gozaram na balada. Isso me deixa bem triste.

        Não, Carlos, não tem nada a ver com confiança. Eu confio nela, e não acho que ela me trairia, ela diz que nunca foi tão feliz na vida.
        Só tenho na minha cabeça que, minha namorada, tinha um comportamento muito depravado, e é julgada como “puta” por MUITAS pessoas (inclusive várias amigas de faculdade dela, que sabem do “costume” dela). Isso me incomoda. Ela diz que não tá nem aí pro julgamento alheio.

        • Amigo, todo mundo te deu o mesmo conselho, não adianta ficar remoendo a história, falando q não entende etc

          na verdade vc entende, e muito bem, só quer que a gente te diga uma mágica que te conforte, sendo q ela não existe e só quem pode se confortar é vc ao se conformar com a REALIDADE, entende?

    • Lisy

      Palmas para você Carlos!!! “Fechou” com excelência o assunto…, não há mais o que se discutir nesse relato, infelizmente o “cristal da confiança” já veio trincado!

    • a parte q mais gostei foi a do ordenhar kkkkkkkkk

      de resto?

      gostei tbm kkkk

  • Wana

    ” Quem vive de passado é museu ” Concordo, mas, sempre tem um “mas”, sabe aquela saidinha das amigas, somente mulheres, para um chopinho, para uma balada ? Pois é né, vicio é Phoda.
    Algum dos homens, frequentadores do site, em situação igual ficaria tranquilo em casa esperando a dondoca voltar ? Duvido. Acho que iriam cheirar a mão da moça na volta à casa.

    • Nat

      huahuahuahuahuahuahuahuahuahua
      Meu…perfeito!!!

    • Daniel

      a garota pelo menos foi sincera. Tem 20 anos, tá na flor da idade, realmente não dá para dizer se já está afim de relacionamento estável. Acho questão de passado é bem complicada, conheço um cara super machista, acha que toda mulher do mundo já aprontou menos a dele. Oito anos de relacionamento, conheceu a mulher virgem, mas ao longo do namoro a menina deu uns chifres nele e o cara nem sonha, ele chifrou ela também, muito mais. Depois casaram, hoje ele é feliz com o discurso que se salvou, pois namora uma menina dificil de encontrar hoje em dia. Talvez ela tenha aquetado, mas acho que bateu a curiosidade, justo por não ter extravasado na hora certa.

      • “conheço um cara super machista, acha que toda mulher do mundo já aprontou menos a dele.”

        eu ia falar q daria outro nome pra ele (burro), mas ai terminei de ler oq vc tava escrevendo e tive certeza kkkkkkkkk

        o povo julga demais por aparencia, ser ou não virgem, daí se fodem mesmo

    • CHEIRAR A MÃO KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      puta merda, mas boa ideia HAHAHAHAHA

      ri muito!

  • Rodrigo Silva

    Me parece que ele não está preparado para ter este tipo de relacionamento.Então é melhor ter uma conversa com a moça.

    • ele tá rodando q nem cachorro em volta do rabo kkkk
      confuso que só

      • Rodrigo Silva

        É . Duas pessoas com pensamentos completamente diferentes acontece isso mesmo. É depois vem com aquela de :”Os opostos se atraem”.

  • Faah Dias

    Se ela tava solteira e não devia satisfação pra ninguém, encontrou alguém com quem divida experiencias, no caso você (sabendo que você também tem as suas), que tenha certeza do que sente um pelo outro, não tem pq ficar remexendo no passado. A vida de vocês é o presente e o futuro caso haja e ficar remoendo as coisas que ela te contar (talvez por honestidade) não vai mudar, já aconteceu.
    Agora se você tem dúvidas a partir do que ela te contou, converse com ela, se abra, pq também nada adianta ficar com a cabeça cheia de caraminhola. Meu namorado também aprontou altas por aí e sinceramente eu tenho um pouco de encanação com isso (até pq eu tenho que encontrar a ex rolo cada vez que saio na rua, sei que ela conhece os fundos da cueca tanto quanto eu), mas o que me faz parar de pensar é que desde que assumimos um relacionamento juntos, tudo o que ele fez por mais que incomode, já passou. Então, não se prenda a isso, o que fez tá feito e não tem como mudar.

  • Vladmir

    O que eu gosto na Luiza é que ela mete a real na cara, não fica com papinho politicamente correto de “a culpa é a sua insegurança”, “machista” ou “isso não tem importância”. Bem, se não tivesse importância, não ia aparecer uma tonelada de nego sofrendo com isso, muitos inclusive desabafaram neste site.

    Bem, meu conselho: se não conseguir viver com essa verdade, então acabe esse namoro e encontre uma mulher que esteja no perfil que procura. Agora, se acha que aguenta o tranco (incluindo fetiches ainda ocultos dela), então valorize a sinceridade da guria, pq não é toda mulher que conta uma putaria desta envergadura para o namorado. A maioria prefere deixar o passado oculto e cortar pelo menos metade dos caras pra quem já deram.

    • Obrigada Vlad!

      As vezes tenho medo da minha língua, mas sei que se quero ajudar, não posso ficar enrolando pq senão é ruim pra pessoa

      beijo s2

    • disqus_hIUOtoGVx6

      Sim, o fato de ela ter sido 100% honesta, inclusive me dando senha do celular, pra ver conversa com quem quisesse, e verificar com as amigas realmente os papos de quando ela perdeu a virgindade, ou que, sim, ela recebia siririca em toda balada mesmo sendo virgem e tinha seus medos de perder a virgindade com um dedo.
      Foi legal ela ter sido tão honesta, e isso pesa muito para mim.
      Sobre os fetiches, sim, ela tem vários e conversamos muito sobre isso, inclusive já realizamos alguns ehehe

  • mariana cobra

    Eu super entendo o que se passa na cabeça do perguntador. Sei como é ter que lidar com um passado pesado da pessoa que você ama.

    Ontem, quando li a chamada da discussão no facebook, não havia lido o relato, portanto, deixei uma opinião manca por não saber se o perguntador soube das putarias por ela ou por terceiros.

    Talvez seu incômodo seja pelo fato de que você se achou “especial” pelos acontecimentos na festa em que se conheceram e quando descobriu que não era o único, ficou mal.

    É triste, é uma dor inexplicável e uns pensamentos negativos que tendem a martelar.
    O único conselho que poderia te dar tendo por base minha vida é ESQUEÇA ou TERMINE.

    O passado nos torna quem somos hoje e muitas pessoas precisam viver N situações para aprender, crescer e evoluir. Contudo, ela é muito jovem e tem muita coisa pra curtir antes de sossegar a pirikita de vez, então não sei se é uma boa você levar esse relacionamento muito a sério.

    Há alguns dias refleti sobre a questão “idade” e penso que muitas mulheres (falo pela minha classe) reclamam da imaturidade dos seus companheiros. Mas o que se pode esperar de um homem na faixa dos 20 aos 25 anos? Aí quando o cara chega na faixa dos 30 a 35 sossega, só que já é tarde pra quem sofreu horreres nas mãos da imaturidade….nesse caso, sempre ouço falar que a segunda/terceira esposa foi “sortuda”…mas não…foi só questão de tempo!

    • “sempre ouço falar que a segunda/terceira esposa foi “sortuda”…mas não…foi só questão de tempo!”

      Não tinha pensado nisso Mari, faz mt sentido!

  • Frederico

    Ele não confia nela,mas foi ele que escolheu, não sei o que querem, acho que pela idade dela e a forma que a conheceu ,quer só curtir.
    Quando eu tinha 20 anos, namorei uma mina mais saidinha,ela disse que não transava no primeiro encontro, transamos no segundo ,sabia que ela era mais audaciosa e eu gostava disso,6 meses depois me apareceu uma DST ,aí terminei o “namoro”.
    Tava na cara que tinha levado chifre,mas desde o início sabia do risco,ela era impulsiva.
    Temos o livre arbítrio para escolher ,as vezes serve como experiência de vida.

    • posso saber a DST?

      foda mesmo Fred, mas vc teve oq as pessoas em geral não tem, nem mesmo o leitor

      não se decidem, não cagam nem saem da moita kkkk

      • Frederico

        Eu não fui ao médico ,mas tomei antibiótico por conta própria, vamos dizer que me auto mediquei,os sintomas sumiram,antes de voltar a namorar e deixar de usar preservativo, fiz exames de sangue e cultura e não tinha mais nada.O medicamento funcionou.
        Eu acredito que deveria ser gonorréia.

        • ou sífilis!

          • Frederico

            Não era sífilis, percebi apenas um prurido que as vezes aparecia na uretra,sem dor,tomei o antibiótico 7 dias e o sintoma desapareceu logo no começo.
            Não quis esperar para ir ao médico, esperar cultura, vamos dizer que tinha noção de farmacologia, resolvi o problema.

          • Vanessa

            Aconteceu isso com meu marido, exatamente os mesmos sintomas. Fomos ao médico que, pra nossa surpresa, não o diagnósticou com gonorréia, mas sim uma inflamação da uretra por bactérias, caso comum ao se fazer sexo anal sem proteção se combinado com uma imunidade baixa. O médico receitou antibiótico e como ele bem disse que aconteceria, os sintomas desapareceram no dia seguinte. Então te pergunto: será que dá pra afirmar com todas as letras que pegou da ex? Agora se vc tem certeza que a moça te botou chifre desconsidere a indagação…

          • Frederico

            Não mantive relação sexual com mais ninguém, estávamos juntos a 6 meses, não praticávamos sexo anal,na época estavamos ficando juntos de 15 em 15 dias no final de semana e os sintomas apareceram 3 a 4 dias depois, não citei o ocorrido para ela,nem a desconfiança da traição.
            Não tenho como ter a certeza mas desconfiei.
            Como o namoro vinha tendo problemas pelo motivo principalmente da distância e a dificuldade em nos encontrar, resolvi terminar e não acusar.

  • Joao Kamen Rider 2.0

    Que merda de blá blá e esse povo só enrola e não entra direto no assunto seguinte cara só a 2 caminhos para você é sua Dama.

    1º fica com a puta e mudar nome para Cornelios.

    2° Larga enquanto e tempo procura outra.

    • Vladmir

      Cornelios?? kkkk, bem bolado.

      Pois o cara conhece a moça nessas condições e ainda espera que ela seja “donzela”????? É muta inocência para um cara que diz ter 27 anos. Uma coisa é vc descobrir as putarias que foram inicialmente ocultadas. Outra bem diferente foi o que aconteceu aí.

      • Joao Kamen Rider 2.0

        Foda que tem muitos ai colocando pilha no cara para fica com a mina por que ela foi sincera até parecer que sinceridade e garantia de fidelidade.

        • Vladmir

          Cara, vou te dizer que eu não teria começado relacionamento com essa garota, pois se gera apego, ferra tudo e o passado vai pesar (para a maioria dos homens pesa, ao menos). Fica mais difícil, mas a chance de virar “cornelios” é grande mesmo.Complicado julgar esse caso. De fato a guria foi muito sincera, já que a maioria dessas meninas “liberais” costuma esconder o máximo que podem sobre sua vida sexual passada.

          No caso de ser puta (não cabe a mim julgar se é; nem o cara da pergunta sabe bem definir isso), lembre-se que é sempre bom ter um “capitão salva-puta” para equilibrar a cadeia alimentar dos relacionamentos, kkk.

  • Field

    Cara dificilmente vc vai encontrar uma pessoa sem passado.Algumas aprontam muito e outras aprontam pouco,mas nessa idade dificilmente se encontra alguem que nunca beijou,por exemplo. Eu já namorei uma mulher que foi amante durante um tempo, o problema foi que não foi ela que me contou, e sim a irmã dela após umas cervejas.Tentei passar por cima desse fato, mas não consegui e fiquei extremamente bitolado com aquilo, tive crises de ansiedade e sempre pensava o pior.Isso durou 6 meses após eu saber desse fato.O que eu fiz? terminei.Me arrependo?não,nem um pouco.Sei que posso ter perdido uma pessoa legal e honesta,mas e se eu tivesse casado com ela e dps de um tempo isso voltasse a me atormentar?
    A idéia aqui é:Vc consegue conviver com isso? O passado dela faz vc duvidar da índole dela? se a resposta for sim para as duas perguntas é melhor vc repensar bem esse relacionamento.(jamais xingue ou humilhe ela por uma coisa que já passou. se vc for terminar, termine e siga seu caminho).

    • disqus_hIUOtoGVx6

      Beijar? Tô cagando, honestamente, pra quantos ela beijou. É impossível contar quantas eu beijei também, umas 500 no mínimo… Beijo não significa nada, todo mundo dá sem nem saber o nome. Micaretas, carnavais, cansei de beijar umas 30 por dia, grande coisa. Agora, masturbação, pra mim isso não é normal. Tanto que nunca tinha acontecido comigo até conhecê-la. Já pra ela, é normal. Parâmetros diferentes. Ela já me falou que não vê nada demais em punheta/siririca, é que nem beijo, mas fazer sexo já é BEM mais sério. Eu não vejo assim…

      – Vc consegue conviver com isso?
      Estou tentando. Por isso busquei ajuda aqui.
      – O passado dela faz vc duvidar da índole dela?
      Não, mas faz eu ficar com um pouco de “nojo” do passado dela. Achava que era machismo, mas pelos comentários aqui, vejo que não.

      Temos muita coisa em comum, ela é uma das meninas mais inteligentes que já conheci, com certeza a mais linda e gostosa (puta merda, como é gostosa, corpo perfeito, rosto lindo, olho verde, boca carnuda, cara de santinha!!) que já fiz sexo. Além de termos muito em comum nos gostos, ela é super safada, mente aberta, etc.
      Não sei se encontraria outra menina igual, por isso a dúvida.

      • Você já tem a resposta, você quer ficar com ela e tá só procurando argumento pra se justificar. Ninguém paga as suas contas, fique com ela e vá ser feliz

        fica falando mil e uma qualidades da moça, defendendo até a morte, ou seja, vc já se decidiu!! A gente já falou oq pensa, ninguém vai te fazer se conformar, VOCÊ tem que se conformar, não adianta só ficar falando coisa de boca pra fora pra ver se vc mesmo acredita e se convence, tem que acreditar de verdade!

        aceita ou não aceita, para de complicar menino kkkkkkkkkk ninguém vai falar q é normal oq ela fez, mas ninguém tbm vai t falar q ela te trai, então SE CONFORME que todo mundo tem defeitos, e veja se OS DELA são pesados PRA VOCE, nao pra gente

        VOCÊ conhece ela, a gente não, então a partir do que a gente te disse, veja oq faz sentido e não e vai ser feliz. Não tem debate aki q t fará se esquecer dos perus, MAS como vc mesmo disse, se ela disse q o corpo é dela e é mesmo, vc ve se VOCE concorda com isso

        bora ser felizkkkk

        • disqus_hIUOtoGVx6

          Obrigado, Luiza.

      • Frederico

        Também acho que combinam um com o outro,deixa rolar …

  • Não me pareceu muito claro o porque do cara se sentir atormentado com a história… Ele se diz seguro quanto a não ser traído, ok… e então???
    Se a coisa foi ousada nesse nível, provavelmente ela já tinha feito antes… se o cara quis seguir relação adiante já tinha vaga noção do que decidir para si…

  • Snipepper

    Amigo, se você sente ciúmes do passado da mina, não pergunte. É difícil o cara se controlar, ainda mais em uma relação onde os dois trocam confidencias, mas é importante tentar se controlar, para o bem do dois.

  • Cara, eu tô achando que tu tá mais é com uma inveja inconsciente da tua mulher ter aproveitado a solteirice dela mais do que tu…. Ela era livre e não estava fazendo mal a ninguém ,então começa aceitando isso que vai doer menos.

    Eu acho que tu deveria era ficar mais tranquilo, porque ela fez tudo o que tinha que fazer e aproveitou o que tinha que aproveitar e agora pode estar querendo um sossego… todo jovem faz essas coisas, tem umas fases [email protected] louca e depois passa…. é muito melhor ela já ter aproveitado e agora querer sossegar do que ter sido uma santa e querer extravasar o fogo contido durante a relação contigo.

    Me relaciono com alguém que conheço tdo o passado e me vem na cabeça recorrente tanta coisa, principalmente na hora das brigas, mas já convivo melhor com isso, sabendo que também aprontei tudo o que tinha pra aprontar, enquanto sabia que isso não afetaria os sentimentos de alguém e hoje estou bem na minha e ciente de que tem alguém esperando eu chegar honesto e fiél em casa e espero que a outra pessoa pense assim também (mesmo duvidando muitas vezes)…

    Conversa com ela, expõe tua situação e tuas dúvidas e ouve o que ela tem a dizer pra te confortar… e aceita que a vida de solteira dela era livre e se isso não trouxe nenhum problema de verdade para atualidade ainda, o importante é que isso não atrapalhe a relação de vcs hoje sem existirem motivos reais.

  • ross martin azevedo

    ai doido onde é a balada que tua mina vai?

    • rafalight rafa

      Balada do cu da tua mae, a mesma puta que te pariu

      • ross martin azevedo

        FALE AE FOFOQUEIRO DE MERDA .

      • ross martin azevedo

        HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA JUNTO COM A TUA MÃE PIRANHUDA

      • ross martin azevedo

        merdão do cu arregaçado to comendo a tua mãe para te dar um irmão filho da puta

  • ross martin azevedo

    kd o comentário do zelador de blogs, ele comenta ou só vigia os que os demais postam. fala ae lucas ferronoprópriorabo

  • Homem maduro

    Como homem, prefiro uma safada sincera e que goste de homem, do que uma safada dissimulada que minta sobre o seu passado e que diga que também gosta de mulher.
    Não tenho nada contra gays. Só não acredito ( principalmente no caso masculino ) nessa coisa de bissexualidade. Minha esposa é 14 anos mais nova que eu ( sempre gostei de mais novas ). Acho excitante saber que ela perdeu a virgindade só aos 19 anos, porém iniciou sua vida sexual aos 14 aninhos masturbando e fazendo sexo oral…
    A cumplicidade do casal, cria um clima de lealdade que a mentira e a dissimulação jamais permitiria existir na vida conjugal….

  • Stan Lewis

    Essa namorada do cara, podia estar com qualquer um, mas escolheu namorar ele, ela tambem podia ter mentido e continuado com essa prática, mas teve confiança suficiente pra contar isso pra ele, e isso é sinal que ela realmente gosta dele e não quis esconder nada dele. Se eles estão juntos e felizes, então ta tudo certo!

  • Filho Da Dilma

    Tinha ?
    o costume do cachimbo deixa a boca torta. kkkkkkkkkk
    aposto que ela faz isso até hoje, nas festinhas em que vc não está presente.

  • Lola Bunny

    Peraí, ela só punhetava os caras na balada? E sexo propriamente dito, rolou, não rolou? Das duas, uma. Ou o cara embarca na taradisse da menina e curte esse lado mais, digamos, extrovertido dela, ou larga, até pq pelo jeito essa é da pá virada mesmo!

  • Johnny

    Conheço muita “santinha” que faz isso por aí. E não ficam só na masturbação não, hein? A diferença é que elas, na maioria das vezes, fazem isso secretamente, sem contar isso pra amigos, amigas e parceiros/namorados.

    Aventuras sexuais, inclusive com desconhecidos, fazem parte dos desejos de muitas mulheres. Você, homem, se tivesse uma ou mais de uma gostosa em uma festa querendo te masturbar, você não iria curtir?

    Mulher curte a sexualidade e as safadezas tanto quanto homem. A diferença é que a mulher não tem coragem de assumir. Mundo machista.

    Agora resta a você conversar com ela sobre isso e ver como vão conduzir a situação, saber se ela ainda tem vontade de fazer isso tudo e se você curtiria com ela, ou não.

    Sinceridade e diálogo, sempre.

  • Johnny

    O comentário da Fer Casada é excelente.
    A questão é que TODA mulher tem suas aventuras secretas no passado.
    Se o cara não for maduro e seguro pra lidar com isso, é melhor nem saber, a final, pra homem que tem esse tipo de insegurança, passado de mulher é igual cozinha de restaurante, quem vê, não come.