Não existe mulher difícil, nem homem difícil: você que é trouxa!

96

Quantas vezes você já ouviu pessoas dizendo que “só o que é difícil tem valor” ou que “o que vem fácil, vai fácil” e nisso elas acabam perdendo um tempo danado tentando lutar por pessoas que simplesmente não estão nem aí para elas?

Afinal de contas, será que existe mesmo gente difícil, ou você que é trouxa?

Assista também: Você tem medo de morrer sozinho (a)?

Vídeo  novo toda segunda (e às vezes alguns vídeos surpresas! ).

Assine o Canal e não perca nenhuma atualização.

 Fanpage, InstagramTwitter,

Snapchat (pergunteamulher)

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Carlos

    Não sei não…

    “Não entro para clubes que me aceitem como sócio” – Groucho Marx.

    “Amostra grátis vale o quanto custa” – Robert A. Heinlein.

    Tirando os exageros, ainda acho que uma certa dificuldade, o desafio, fazem parte fundamental das coisas pelas quais realmente vale a pena lutar. Não é por nada que dizemos “conquistar” ao invés de “ganhar”…
    Tem que ter negociação sempre. Luta, dança, insistência.
    O problema, talvez esteja nos “que ficam se fazendo de difíceis”. Realmente, o medo de ser feliz trava o andar dos inseguros.

    • Me decepcionou com esse comentário Cara de pedra

      1- Pessoas difíceis em 90% das vezes não estavam afim d vc, ou ao menos não muito. Provavelmente vc era plano B, ou Z quem sabe. Ou são extremamente infantis que acham q pessoas são coisas pra ficar brincando

      2- Quem tá afim de verdade, não fica se fazendo horrores não. Por ex, eu posso ter sido difícil com o A e mais “fácil” com o B, pq o B eu queria, o A não. Note fácil não como dar fácil ou algo do tipo, mas sim abrir espaço pra pessoa entrar na minha vida

      dai a pessoa pensa q eu tenho mais ou menos valor pq dei menos ou mais mole, enquanto dava pra resumir em simplesmente não tô nem aí pra vc, e por isso pareço difícil

      Ô cara de pedra, logo vc? kkkkkkkkk

      • Carlos

        Estou me fazendo de difícil… se ficar muito fácil vc não me valoriza. kkkkkkk

        Eu sei que o teu foco foi muito específico, mas acho que a ideia geral pode levar a outras interpretações…

        “2- Quem tá afim de verdade, não fica se fazendo horrores não.”

        Oh Luiza! O que tem de gente “se fazendo “.. Alias, quem nunca, por insegurança, fez que não queria, mas tava louco de vontade…

        • vc acha mesmo q quem tá MUITO afim consegue ficar se fazendo? No máximo por pouco tempo

          oq mais rola é menina q ta cagando pro cara e ele jura q ela é difícil

          ainda mais essa sociedade de hj, que a ultima coisa q tem é autocontrole, acho q nem dariam conta d se fazer tanto q não querem um pedaço da pizza kkkkkk

          • Carlos

            Muito tempo, acho que não…. Mas as vezes é o tempo suficiente pro outro lado desistir e aí tá feito o estrago…

          • Sei lá, eu gosto d gente q me trata bem

            se começar a fazer minha vida virar peso, agradeço o atrapalho e xau

          • Paulo

            acho que a Luiza recebe tanta carta de gente sem noção que acredito que ela basicamente apagou a existência de pessoas que possuem controle socioemocional!
            lideres naturais ou pessoas orgulhosas são exemplos de indivíduos que não dão um passo sem planejamento isso inclui relacionamentos

          • Carlos

            Planejamento… Eu já estive muito envolvido com isso, mas sabe qual é a certeza? Nunca sai como nos planos. E esse é o problema para a maioria das pessoas compreender a importância do planejamento. Se nunca sai o imaginado, por que planejar?
            O grande equívoco das massas, em especial da cultura brasileira.

          • Paulo

            apesar de definitivamente não achar brasileiro muito estratégico, a ideia dos planos é bem isso que vc falou, me pergunto a mesma coisa muitas vezes, mas acho que planejar pelo menos pra mim passa uma certa sensação de controle , o problema acaba sendo o efeito colateral de quando o plano falha

          • Carlos

            Este é o dilema de como encarar o planejamento. Bons planos têm que ser dinâmicos, terem a capacidade de reagir às mudanças. Tendemos a considerar falhas as estratégias que não saem como previsto, mas a culpa as vezes está na rigidez como encaramos o ato de planejar.

          • Hamilton

            Quanto mais simples o plano melhor, desde que o mesmo resolva o que se espera. Pra quê complicar?

          • Hamilton

            Paulo, acho que essa palavra “planejar” e “estratégia” está totalmente fora do dicionário de muitos brasileiros, no caso da política o caso ainda é pior. Se ensinassem as crianças desde o primário fazer planejamento, digo ter uma disciplina para ensinar este tipo de coisa, muita coisa neste país melhoraria. Não falo só de relacionamento, mas de várias áreas da nossa vida. Se juntar as duas palavras “planejamento estratégico” aí que ainda é mais difícil. E olha que este trabalho só traria resultados bons a longo prazo (20 a 30 anos).

          • Hamilton

            + ou – . Acredito que o relacionamento que tem a tendência a dar mais certo é o baseado em afinidades (interesses em comum). Sem isso você nem um canal de tv consegue assistir com a pessoa amada. kkkkkk…. Mas acredito que as pessoas tem tendência a repetição, isto é, basear-se na mesma escolha do mesmo tipo de pessoa de um relacionamento anterior. Acho que se viu que não deu certo, deveria refletir para ver o que deu errado, antes mesmo de pensar em entrar em um novo relacionamento.

          • Hamilton

            concordo! Essa turma parece que quando vai se relacionar com alguém faz a outra pessoa até assinar um contrato. kkkkkkk

      • Field

        Quando eu era mais novo tinha essa idéia de mulher “difícil” comigo tbm, e uma vez em especial me ferrei bonito. Tinha uma garota que fazia curso técnico comigo e eu me interessei por ela,mas ela não dava brecha alguma era só conversa msm, e eu lá insistindo nela, até que a gente ficou,mas dps ela ficou meio que fazendo joguinho,sumia, e ficava com ciúmes se eu conversava com outra.E eu lá achando que só pq ela era ‘difícil’ ela merecia toda minha atenção.O mais foda nisso é que ela me iludia, e foi ai que dps de um tempo descobri que ela me deixava como um estepe e ficava com outros dois caras(um desses primo dela).

        • EXATAMENTE KKKKKKKKKKKKKK

          disse tudo, esse tipo d mulher geralmente não é q ela é difícil, mas acaba sendo pq tu é o plano B saca? kkkkk

          acho q homens tbm fazem isso, com a diferença d q mts comem as duas mesmo assim, só q dão menos atenção pra uma do que pra outra? Não?

          https://www.youtube.com/watch?v=SlYY_nEjrpY

        • Thomaz Aquino

          Desimulada…pior se VC fosse o.maridao ..

      • Thomaz Aquino

        Isso aí ….mole pra uns facil pra outros….

        • só entendam q não to fazendo d sexo, mas sim acessibilidade

          é q vcs só pensam em xereka kkkkkkkkkkk

      • T.T vc podia mandar um bjo pros comentaristas… vc ta se fazendo mto de dificil nos videos pra gente do disqus T.T…. tem que falar do Carlos… da Mika, Mona ahuahauha e por aí vai que a lista é longa ahuahauha

        Olha… numa parte existe uma parcela de razão no que o Carlos disse…
        É aquele lance Luiza, concerteza algumas coisas precisam ser mais simples, mais leves e mais claras…
        Mas por outro lado, outras coisas precisam de um contexto de convivência pra fazerem sentido… igual o pedante de um video que você mesma disse, que o cara adoça demais no romance, mas na verdade ele quer um sexo fácil….
        Tem gente que diz que ama logo depois do primeiro encontro ou até antes… isso passa uma grande dúvida se essa pessoa sabe realmente o que é amor? Ou que tipo de amor essa pessoa está propondo….
        Enfim… não deixa de ser válido desconfiar daquilo que é facil demais…. daquela típica esmola que deixa o santo com coceira atrás da orelha…
        E lógico não deixar de lembrar o intuito do seu video…foi mostrar que muitas vezes existe uma pessoa sendo super legal, mas a outra burra quer viver novela das oito….

        • Carlos

          kkkkkk
          É isso mesmo. Ela não fala de mim nos vídeos!
          Caraca entendi o recado! Ela não me quer! Buaaaaa
          Luiza, devolve meus textos! Vou me embora!
          kkkkkkk

          • leia oq falei pro Son kkk o povo q pede beijo, não sou eu q escolho

            e vcs nunca ligam pra quando posto vídeo aqui, o povo do youtube q liga e pede beijo. Vcs me ignoram quando posto vídeo

            eu q to #chatiada e fui amar quem me ama iuhiuhiuh

            (começou a DR kkkkkkkk)

          • Carlos

            Bah… mah q muie ingrata! Já teve vídeo que eu fui o único (acho) a comentar… Esse então! Puxei uma polêmica…
            Cria uma seção “pentelhando a Luiza”, pode fazer sucesso…
            Vamu nos vingar lá! kkkkkk

          • aí vou concordar, isso é verdade

            as vezes só vc aparece! kkkk Ou seja, vc eu sei q assiste, tem gente q nem sei se assiste ou se prefere os outros formatos, vo mandar bjo como? kkkkk

            e é o povo q pede, se pedir mando pra vccc pedrinha kkkkkk

          • Carlos

            Claro que imaginei que os beijos deveriam ser para os povos de outras terras. Mas como o Son falou, imagina se eu vou perder a oportunidade….kkkkkkk
            Pentelhar sempre, mas por hoje chega, afinal já é terça e tá na hora de começar a trabalhar com mais vontade.

          • Hamilton

            Eu vejo… e acho que são bem criativos como havia dito. Realmente eu não comento, acabo indo ver os outros videos. kkkkkkk Parabéns!!!

          • Simmm, vc é show! Eu sei do que vc faz pelo site e das coisas q vc gosta. Sei até que indica e sou muito grata a isso Hamilton, pois vc ajuda o site a continuar e sei que gosta de mim. Obrigada por isso!

        • leia oq respondi pra Ma, vale pra vc tbm kkk

          quanto ao lance dos beijos, é só pra quem pede e vcs nunca pediram. Muito pelo contrário, posto vídeo aqui e ninguém dá bola, não falam nada kkkkkkkkkkkkkkk

          é raro vcs movimentarem aqui quando posto =(

          daí é so a galera do yotuube q pede beijo, interage, etc (to fazendo beiço pra vcs kkkkkkkk)

          #chatiada

          • De mim vc num pode reclamar… eu posso demorar mas raramente deixo de comentar alguma coisa aqui no blog T.T

          • mas nos vídeos só aparece o cara d pedra e as vezes a Ma, como vou imaginar q vcs veem? kkkk Pq fora nunca terem pedido, internet é mt lance d formato sabe? Muita gente assiste/ve todos, mas tem gente q vê mais um do que outro, entende?

          • Hamilton

            Mas acredito que tem muitos que param para ver sim, só não postam comentários.

          • Disso eu tenho certeza, pq de acesso que o site tem nem 1% eu conheço, masssss, eu não fico sabendo exatamente quem assiste ou não sabe? Tipo posto aqui, mas não sei quem viu ou não viu. Em Internet a gente só sabe de algo quando interagem, senão fica tipo “leitor/ouvinte” fantasma kkkkkkkkk

          • Hamilton

            É… pior que estou dentro deste tipo, acabo vendo as coisas e não comentando nada, um fantasma mesmo.

          • mas vc ainda aparece, ainda bem

            tem gente q fala tipo “te acompanho ha 2, 3, 4 anos e aí hoje to mandando sei lá oq” kkkk

            agora mesmo acabei de ler uma msg inbox do insta de um menino que acompanha ha 2 anos e queria sugerir temas, rs. Sempre tem alguém q aparece depois de anos kkk

          • Hamilton

            Pra você ver… só vi a sua mensagem agora. kkkkkkkk

            As coisas ficaram um pouco mais difíceis pro meu lado, tive voltar a estudar e tenho viajado a trabalho nos finais de semana. É… todos tem a sua cruz para carregar.

            Mas algumas vezes visito o seu site para ver os assuntos em pauta.

            Desejo a você e a equipe um Feliz Natal, que 2016 seja um dos melhores anos da vida de vocês. Muita paz, saúde, sucesso, felicidades e prosperidade para todos vocês! E que Deus te abençoe para que você continue inspirando e ajudando as pessoas da forma que faz.

            Abraços,
            Hamilton

          • Obrigadaaaaa! E fiquei feliz q vc voltou a estudar, beijão!!!

        • Hamilton

          Concordo com o que disse… mas acho que isso que disse abaixo acaba na verdade sendo uma chantagem emocional para se conseguir o que quer.

          Tem gente que diz que ama logo depois do primeiro encontro ou até antes… isso passa uma grande dúvida se essa pessoa sabe realmente o que é amor?

      • mariana cobra

        Entrando no meio da conversa, meio que discordo de você…na maioria dos casos em que a pessoa “se fez” de difícil não foi para valorizar o passe, mas para ver qual a intenção do moço, se realmente ele queria só sexo ou algo a mais.
        E já vi casos também que a falta de interesse do moço era tão grande que o mesmo não moveu uma palha na paquera e no final ainda ficou reclamando que a moça não o quis…
        Ser muito disponível, mesmo já estando num relacionamento, não é muito legal…ou melhor…estar disponível demais para qualquer relacionamento não é legal. As pessoas não valorizam isso!

        • Leticia Guilarducci

          Não tinha visto por este lado. E tem toda razão, as vezes você se disponibiliza tanto para a pessoa na qual se relaciona que a mesma não lhe dá o devido valor.
          tem hora que tem que se fazer de difícil e mostrar que você não vai estar ali o tempo todo para ela, assim quem sabe, a pessoa aprende a valorizar quem está ao seu lado.

          acredito eu,que eu deva estar fazendo errado no meu relacionamento kkk… Sempre estou dispota a ir vê-lo,de estar ao lado dele,as vezes me vejo muito mais entregue do que meu namorado e isso acaba dando uma frustração demais. Mas de um tempo pra cá, começei a ficar menos disponível, tiro uns finais de semana pra ficar com ele e outros para viajar com família e acredito que esteja dando certo…não sei né,espero que sim kk

          • mas isso não é se fazer de difícil Le, é se respeitar

            a gente não pode levar nada ao extremo. Se vc for carente e estiver disponível sempre não é a mesma coisa do que viver um amor leve, mas sim um amor q vc não se ama, ou ao menos ama mais o outro do q vc. E isso não é saudável

            todo mundo tem q ter limites, eu por ex como tava falando com os meninos, não transo em primeiro encontro. Não to me FAZENDO d difícil, mas sim to fazendo algo q acredito.

            Isso q vc tá fazendo é normal e saudavel, vc tá se respeitando, não tem nada a ver com se fazer de fácil ou de difícil

          • mariana cobra

            Tenho pra mim uma teoria…acredito que a grande maioria dos seres humanos não sabem receber e dar carinho/atenção/amor.
            Quando se dá carinho/atenção/amor, na maioria das vezes, a outra parte ignora, “enjoa”, não dá valor…quando a situação inverte e quem oferecia tudo isso cansa, a outra parte corre atrás.

            Desde o início do meu namoro as condições sempre foram difíceis e quando a calmaria veio eu entendi que não poderia estar muito disponível…

        • mas Ma, mesmo quando vc não faz sexo com o cara, vc não é difícil

          oq eu falei vai muito além do sexo. É q homem só pensa em comer ou não kkkk Eu to falando de um todo q vai muito além disso

          por ex, eu mesma não transo de primeira, mas não sou difícil se tiver afim. Por exemplo, eu converso com a pessoa, eu tento conhecer a pessoa, entende? Mostro acessibilidade. É claro q tbm não dá pra ser carente loka, mas eu dou oportunidade, entende? Acho q todo mundo q dá afim dá oportunidade, até pq mesmo pra saber se o cara merece t comer, vc tem q dar oportunidade, não dá pra ser mt difícil de nem conversar com o cara senão tu não vai conehcer ele kkkkkkkk

          Note que eu falei q não dá pra ser tudo MUITO difícil, oq não quer dizer que eu tenha dito o extremo, de que tem q ser fácil demais, mas sim q quadno a gente é afim, não adianta minha amiga, a gente pode não dar a xereka, mas dá outras coisas (atenção, papo, etc kkkk)

          • mariana cobra

            Entendi Lú, só acho que vc não me entendeu.
            Falei que “ser difícil” ou “colocar dificuldades a mais” é necessário em qualquer relacionamento…seja entre amigos, parentes ou amores.
            Quando você é boazinha demais, está lá a qualquer momento…a famosa frase “pau pra toda obra” NINGUÉM valoriza.
            Isso é geral.
            Então colocar obstáculos nos relacionamentos faz parte da valorização do passe entende.
            Eu, particularmente, vou mais além, se estivesse no mercado (solteira) tbm não transaria no primeiro encontro…acho que se o cara quer ele corre atrás, mesmo pq tbm me dá tempo para saber se ele é o que quero…

          • eu entendi sim oq vc disse Mari! Só acho q isso q isso q vc disse não é “se fazer de difícil”, mas sim se respeitar e não fazer algo q vc não quer

            sei lá. não vejo isso como colocar obstáculos, pq acho q qualquer pessoa q se valorize fará isso naturalmente. É tipo o lance do sexo, vc pensa como eu, vc não tá SE fazendo de difícil, vc está fazendo naturalmente algo q acredita. São coisas diferentes

            e outra, o cara tbm veria, por ex, q vc só não tá dando a xerek, mas é acessível a ele. Ou seja, vc se valoriza, mas dá atenção. Não sei se me fiz entender, só quis dizer q são coisas distintas. Não levem para o caso extremo, só quis dizer q o AMOR tem q ser facilitado, oq não significa q vc tem q ser trouxa disponível

            se fazer de dificil uma coisa. Se valorizar e ter limites outra. Ser fácil carente, outra kkkk

        • Paulo

          sem contar pessoas que funcionam ao contrario, não sei se já conheceu alguém assim, essa pessoa se desenvolver alguma afeição pelo outro ela automaticamente dificulta ao máximo, como se tentasse provar que o outro não presta.
          pode ser paranoia minha, mas pra mim uma pessoa com excesso de simpatia me parece falsa principalmente comigo que sou bem alternativo, praticamente todos aqueles que gosto teve um começo turbulento, logo dificilmente vou acreditar que alguém me achou legal ao me conhecer!

          • mariana cobra

            Concordo com o segundo parágrafo (não entendi muito bem a primeira parte). Desconfio de pessoas que sorriem demais…quem muito mostra os dentes e tenta por demais ser simpática(o) tende a esconder algo mais profundo e usa isso como máscara.
            Pra conquistar a minha afeição precisa muito, pq sou por demais desconfiada tbm!

          • Paulo

            entao normalmente as pessoas são mais abertas quando gostam do outro, mas tem umas que quando gostam elas se fecham mais que o normal para testar o interesse do outro

    • Sem contar essa frase da amostra grátis q só prova o quanto as pessoas ficam dando valor apenas para o quesito fácil versus difícil

      se eu ganhar uma amostra gratis, vo ver se é boa e me satisfaz, não vo ficar pensando se veio fácil ou difícil, mas sim se serve pra mim e se eu quero “o produto”

      sei não cara de pedra, talvez vc seja como milhares de outras pessoas inseguras q tem q provar o seu valor através da dificuldade que as outras pessoas te impõe. É como se vc se espelhasse delas. Pq vc não acredita q vc pode simplesmente ser uma pessoa fantastica e a pessoa te querer (facilmente) exatamente por isso? Parece q a gente questiona o nosso valor enquanto a gente pode simplesmente pensar q somos suficientemente atraentes por a coisa ter vindo “fácil”

      ps: ou me fala q vc tava sendo ironico preu respirar aliviada #peloamordedeus kkkk

      • Carlos

        Sabe, que as vezes a estratégia de marketing, é aumentar o valor de um produto para induzir os consumidores a pensarem que o produto deve ser muito bom, afinal custa mais caro.
        As frases, é claro, são deboches.

        Já passei por uma situação, que tava afim de quem não me dava mole e desprezei uma que vivia no meu pescoço. Não foi consciente, mas esses “valores diferentes” entre as opções pesaram no meu interesse.

        Mas releia meu comentário, sem pensar na questão específica que tu apontou. Existe mais coisa atrelada ao assunto… Tenho uma forte tendência em associar relacionamentos a algo especial. Quando surge esta questão fácil/difícil eu me arrepio. Eu sou difícil, Luiza. Tem que me convidar para jantar, ver um bom filme, dizer coisas inteligentes… Senão não rola! Eu não como de primeira. Eu sou de valor. kkkkkk

        • UFAAAA, respirei

          tava tensa já, quase sem soltar o número 2 por sua causa kkkkkkkk

          • Carlos

            Mas pq? O que de tão horrível vc viu no que eu disse?
            Eu sou tipo um laxante? Que coisa pra se ouvir…
            Hummm… talvez eu não deva comentar nas segundas-feiras. Tinha uma música… “Eu não gosto de segundas-feiras.”

          • Eu gosto de segundas feiras!! E se vc não gosta, hoje é seu dia de superar!!

            superaçãoooo kkkkkkkkkkkkkkk

            é que eu nunca sei quando c tá falando sério, aí as vezes me assusto

      • Carlos

        Luiza, ouvi esta hoje. Achei maravilhosa, e tem muito a ver com esse papo.
        Um escritor aqui de POA, contando como começou o seu sucesso, citou o exemplo de um músico de rua daqui, que foi para Europa, e joje faz faz sucesso.
        No início o cara tocava, o pessoal se juntava , ouvia e aplaudia muito. O cara percebia que tava agradando, só que no chapéu não caia nenhuma moedinha. Quando começou o desespero, ele teve a ideia de começar a tocar já com moedas e notas altas no chapéu. Dito e feito! O pessoal começou a contribuir…
        E viveram todos felizes para sempre.

        • sério isso??? e qual é a sua teoria a respeito?

          não seria um pouco efeito manada?

          • Carlos

            Sim é real. Podemos chamar efeito manada. Tem muita explicação a respeito, mas não devemos ver isso apenas como algo ruim. Muitos estudiosos afirmam que este é um dos fatores do sucesso da proliferação do ser humano. Como em tudo, há ônus e bônus…

          • Tudo tem o lado bom cara de pedra, se for pra gente pensar sempre nisso, nenhum debate começa kkkkkkk

            só acho q vc tá levando meio pro extremo oq disse. Eu só quis dizer q quando é difícil DEMAIS, provavelmente a pessoa não gosta d vc, e vc sabe q é isso. Oq não quer dizer q tenha q ser FÁCIL demais ( = gente carente, etc). Isso seria outro departamento

            Eu só quis dizer q o amor pode ser simples e leve

            por ex, eu conheci o Thiago assim, não dei a xereka, mas sempre conversava, ficavamos horas no telefone. Acho q tem q demonstrar acessibilidade, se vc tá dificil demais, é pq tu não gosta o bastante. Sem contar q o povo q FORÇA ser dificil costuma ser gente infantil e insegura q acha q o valor q tem a oferecer é só ficar se fazendo. Já eu me garanto nesse lado, talvez seja por isso q não faça isso. Confio nas minhas qualidades como mulher, só sou “difícil” em detalhes só q é pq acredito não pq to me fazendo (tipo sexo no primeiro encontro q não curto), mas a acessibilidade tem q existir sempre

            e esse lance d “jogo” ou “induzir” público tipo o cara das notas não mexe com sentimento, mexe com efeito manada a até mesmo certa falta d personalidade das pessoas (só faz oq os outros fazem, etc), q diga-se d passagem, é oq mt gente faz. Vira jogo onde era pra ser fácil

            note fácil como algo q vida leve, não tipo “dei d primeira, grudei no cara, falei q amo mais do que minha vida” etc kkkkkkkk

          • Carlos

            Eu sou extremista… Tá no DNA.

          • to vendo, e loko kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Hamilton

      Carlo, você não acha que isso é uma questão de escolha? digo ou fulano(ana) quer ou não
      quer… acaba sendo uma decisão. Porque uma pessoa que sempre dificulta as coisas
      seja homem ou mulher, acaba ficando sem ninguém. Quem também fica escolhendo muito
      acaba ficando também encalhado.

    • Hamilton

      Carlos,
      Você não acha que isso seria uma questão de escolha? digo ou fulano(ana) quer ou não quer… acaba sendo uma decisão. Porque uma pessoa que sempre dificulta as coisas seja homem ou mulher, acaba ficando sem ninguém. Quem também fica escolhendo muito acaba ficando também encalhado.

      • Carlos

        Você nunca ouviu que alguém acabou ficando, namorando ou casando com uma pessoa que era insistente e não desistiu com as primeiras recusas? E que a persistência foi o que acabou despertando o interesse, que a primeira vista não existia? Eu vi o outro lado…

        • Hamilton

          Fala Carlos,

          Sim… também é da forma que disse. Existem casos assim onde no começo a pessoa realmente pode não estar interessada, mas com tempo acaba vendo as qualidades da outra pessoa e acaba reconsiderando. O problema é que há tantos lados quando se fala em relacionamento, que podemos acabar entendendo várias coisas, justamente pelo fato de cada ser humano pensar de uma forma. Muito dramático esse comentário, bem Shakespeare mesmo. kkkkkkk

  • Jéssica

    Assunto interessante esse! Tava pensando sobre esse assunto esses dias, tava meio sem ter o que fazer e fui ler um livro que tava jogado nas minhas coisas, chama “Por que os homens amam as mulheres poderosas”. Sim, já li uma vez (tem vários anos) e tentei ler novamente, acontece que eu fui percebendo (acho que a imaturidade não me fez absorver a leitura de verdade) que o livro se fundamenta nisso, a mulher se fazer de difícil, de ser conquistada, de virar um prêmio. Acontece que nunca agi dessa forma, dizendo de um jeito mais pejorativo, sempre fui “facinha” com quem eu realmente queria. Daí, vem a parte que eu me pergunto se não estou solteira justamente por não participar desses “joguinhos”. Resumindo, mesmo “matutando” sobre o mundo das conquistas, eu concordo que quase sempre quem é dito “difícil” é por que não está afim de verdade.

    • Monalisa

      já li esse livro. Meu melhor amigo me deu,para eu desencalhar kkkk. mas eu nem usei ele, esqueci totalmente. Depois que eu comecei a namorar, meu namorado viu esse livro na estante da minha casa, e disse que leu um livro parecido para me conquistar…tipo, “porque as mulheres amam os homens poderosos”. Ele disse que não conseguiu fazer nada que o livro pedia. Porque o livro falava para ele me ignorar , e ele não conseguia.. rsrs no final ele acabou me conquistando sendo o cara bonzinho e fofo.. rsrss

      • Jéssica

        Sei que vou morrer sozinha se depender de seguir os ensinamentos do livro kkkkkk

        • Monalisa

          eu também.. nunca usei nada do livro. Apenas meu senso. Tive sorte.. rs

          • Livros pautam teorias… e toda teoria é um resumo simplificado que ignora fatores multiplos e espontaneos da realidade que nos cercam o tempo todo.
            Fora que tem muito livro que ensina muita balela nociva… coisa que incentiva ainda mais algumas concepções infantilizadas do povo sobre o amor…

      • o meu tbm me conquistou sendo bonzinho e fofo s2 s2 s2 s2

        por isso que falo o cliche d q temos q ser nós mesmos, pq sempre terá alguém q gosta da gente como a gente é, e aí se a gente se fizer demais, podemos acabar perdendo justamente por ter sido outra pessoa. E se a gente for ”a gente mesmo”, se perdermos ao menos não pesa mt na consciencia, afinal de contas, foi oq a gente é mesmo kkk

        • Já fiquei com uma menina desprezando ela e fazendo pouco caso…
          Foi divertido no começo… mas depois da segunda vez que saímos não queria nem mais olhar na cara dela….

    • É meio relativo… o quão esse difícil se blinda do sofrimento e deixa de se jogar na vida… porque tudo tem uma parcela de risco…
      Eu acho assim… depende desse nível de “fácil…. ” , não vejo erro capital em ligar e dizer “gostei de ontém, vamos sair de novo”, “porra ja to com saudade de vc…” , mas é que tudo tem ritmo e contexto…. Mostrar muuuuuuuuita carência é extrema falta de auto respeito, de auto valor… fazer tudo o tempo todo pra agradar o outro mostra fraqueza de opinião própria…
      Agir como desesperado é bem diferente de demonstrar interesse, você não acha???
      E de repente uma mulher que é convidativa pode ser sim uma dádiva e não algo a ser chamado de “fácil”. Depende muito do contexto…

      • Jéssica

        Com certeza, agir com desespero é outra história. Já fui acusada mais de uma vez que não demonstro interesse (mesmo quando na minha cabeça eu estava demonstrando). Quando falei em ser fácil com quem eu quero é em não fazer joguinhos, sair com a pessoa quando dá, atender ligações, responder whatsapp, ser agradável, o que é diferente com o que tenho visto acontecer com amigas e inclusive comigo, você conhece a pessoa, saí com ela algumas vezes e devagar (e as vezes é do nada) a pessoa vai sumindo, passa a estar ocupada, demora a responder mensagens e quando acontece assim eu só paro de procurar, Deus me livre ficar incomodando quem não me quer. A impressão que tenho é justamente a de ser o plano B, o que pra mim não serve, logo se a pessoa estiver se fazendo de difícil comigo não vai dar certo.

        • Você age do mesmo modo que aconselho alguns amigos: quando tem muita frescura ou muito empecilho, larga de mão… super desnecessário ficar se desgastando com quem não dá a mínima…

          • Jéssica

            Exatamente, uma vez li nem lembro onde, que estar junto é pra ser fácil, simples, gostoso, se tá difícil tá errado.

    • Hamilton

      Acho que a pessoa tem que saber se respeitar / valorizar. E essa questão comentada pela Mariana acima realmente tem razão, o fato da pessoa estar totalmente disponível, isto é, satisfaz todos os caprichos do parceiro sentimental. Deve-se saber medir isso, isto é, se a pessoa que está com você, faz também as mesmas coisas por você para manter bem o relacionamento, ficando no meio a meio. Mas o que vejo são casos onde a pessoa que mais ama no relacionamento (generosa) se esforça mais para as coisas darem certo, enquanto a outra (egoísta) acha que a pessoa tem que fazer tudo que ela quer. Você tem que encontrar uma pessoa que te dê valor e que vocês façam uma parceria.

  • Monalisa

    Concordo em partes. Esse negócio de desafio é mais da cabeça do homem. “Gostam de ser caçadores, e quando conseguem apreciam mais a vitória e o premio, e podem até casar com a guria. Já, tem homens que lutam, lutam para ficar com uma menina, quando ela cede, ele se desinteressa, ai o ciclo se repete, porque esse homem não ama a pessoa, ama a conquista em si. Ama o processo. Talvez esse negócio que a mulher cedeu fácil seja uma desculpa, para ele se “divertir” tentando conquistar as “dificeis”. saca? rss
    Demorei pacas para namorar porque eu mesma chegava e pedia para ficar. E quando o cara estava afim eu dizia sim, vamos tentar alguma coisa. Eu não conseguia fazer joguinhos, não atender ligação, dizer que eu estava ocupada sendo que eu estava livre, resumindo, eu era considerada facil. E não, eu não tive relação sexual com ninguém. Só saia numa boa, fazia um lanche, ficavamos, e depois de uma semana fulano não ligava mais, ai eu sabia que ele não tava afim.
    E com meu namorado eu fui difícil. Mas porque eu não gostava dele mesmo. Eu não queria ficar com ele.Nunca fiz joguinhos. Eu era sempre indisponivel porque realmente não estava afim. E ele insistiu insistiu até eu ceder, e estamos juntos agora. Então pelo menos para os homens, isso ai é uma verdade para maioria.

    • Ou seja, quando vc NÃO gostou vc foi difícil e quando vc gostou, vc foi mais acessível

      é exatamente isso que quero dizer. No fim, na maioria das vezes, ser difícil ou não tem diretamente a ver com nosso grau d interesse pela pessoa, não “um rótulo nosso”. E acho que tá certo, darwinismo emocional kkkkkkkkkkk

    • Depende mona…. ^_^ cada um procura a aventura que mais lhe agrada…

      • Monalisa

        Eu acho essa “aventura” um pé no saco. Para que complicar se pode facilitar? Por isso que é coisa de homem. Nunca vi uma mulher se fazer de difícil quando ta afim. Ela só se faz porque sabe que os homens valorizam as mais difíceis. Se vocês não tivessem esse extinto de caçador, aposto que a maioria cedia mais rápido. Mas a seleção natural dos homens é pelas difíceis. =/ .E olha que eu nunca fiz sexo no primeiro encontro. Só passeava numa boa, era acessível, atendia a ligação, não desprezava ninguém, e fui considerada fácil. Se eu tivesse ficado com meu namorado no primeiro dia, aposto que ele não estaria comigo hoje.. =(

        • Olha… eu disse aventura por sei lá… foi a primeira palavra que calhou na cabeça… mas enfim…
          tem cara sem seletividade nenhuma tbm O_O e ô se tem viu mona…
          É complexa a coisa… tem coisa que precisa de contexto certo…
          Meu amigo esses dias saiu com uma mulher que disse que separou a oito meses… quer casar de novo e ter filhos…. ( e esse meu amigo tem vontade de um dia casar e ter filhos)…
          Lógico que ele correu para as colinas o quanto antes…
          É mesma coisa de você sair com um cara e no primeiro encontro ele dizer que você é o amor da vida dele….. Você acreditaria???

        • Hamilton

          Isto me fez pensar que o homem gosta mesmo é desse jogo da conquista.

  • Rafael Morales

    Não existe mulher ou homem difícil o que existe é uma mulher ou homem desinteressado(a)! Se ele(a) estiver a fim ele(a) vai dar um jeito!

    • ô se dá! kkkkkkkkk

    • Lisy

      Rafael penso exatamente isso!!! Tanto que não é possível criar um “personagem” difícil ou fácil, cada caso é um caso, cada momento é único…
      Eu já tive esse pensamento de que deveria ser “difícil” custe o que custar, sem muito sucesso…, quando resolvi “chutar o pau da barraca” e viver o momento já que estava interessada e o interesse da pessoa era recíproco, pronto… fui feliz e obtive o “sucesso” de estarmos juntos até hoje!
      Mas como já disse, cada caso deve ser tratado com sua diferente peculiaridade…

      • Rafael Morales

        Sim, cada caso é um caso!

      • Rafael Morales

        Sim, cada caso é um caso!

  • Paulo

    sobre esse assunto vale algumas considerações em relação a situação, primeiro seria a idade em segundo a demanda, pessoas mais novas tem um habito maior em testar coisa, do mesmo jeito que uma pessoas que tem pretendentes de A a Z, no entanto testar um pretendente é diferente de ficar com doce

  • Thomaz Aquino

    Tentar e humano..tentar ..tentar ..tentar..TB e..mais tentar meses..e coisa não muda , não anda e burrice…
    Pior ainda e tentar alguém.. Até as que ficam no seu pé.. Mas não mudam..e ainda quanto VC pica o Pé da bunda te aucusam..a eu não merecia isso fiz isso e àquilo por VC…..Eu mando se f….kkkk to nem aí.segue o fluxo..
    As vezes doi..mas e daí.cirurgia pra tirar tumor TB foi..

  • Vladmir

    A maioria dos foras está relacionado ao desinteresse, claro. Porém existe sim gente que gosta de fazer um charme, e isso é fato. E, na boa, esse tipo de pessoa me dá preguiça. Na adolescência eu até aceitava situações como essa por conta das “paixonites” da vida. Mas hj em dia, nem pensar. Se eu mostro interesse e este interesse não é reciproco, tchau e bença. Se era charme, aí a menina se ferrou pq nem segunda chance eu dou (e já teve caso assim), pois acho que quem quer de verdade, não deixa passar a oportunidade.

    E, meninas, aceitar uma abertura maior para um relacionamento não é sinônimo de “facilidade” (pelo menos não pra mim), pois se houve o interesse, é pq vc tinha características que as outras não tinham. Simples assim. E desde quando se destacar entre tantas é algo fácil? Enfim, falo por mim, que prezo pelos meus relacionamentos, e não por aqueles que passam o rodo em tudo que aparece.

  • Leticia Guilarducci

    É mais ou menos isso mesmo Luiza, claro que existem excessões..tem gente que gosta de fazer esse tipo de joguinho,achando que isso é um chame (mas uma hora a outra pessoa cansa e cai fora).
    Eu lembro que eu tinha um amigo super afim de mim, tava na cara dele e o mesmo não media esforços para estar comigo.Eu por minha vez,não conseguia vê-lo com outros olhos, para mim era apenas um amigo que queria levar por toda vida (o que não rolou). Sempre que ele tentava ficar comigo eu sempre me fazia de difícil, arrumava uma desculpa…qualquer coisa,só que né…me encheram tanto a porra da paciência pra dar uma chance pro guri, que acabei ficando…mas que arrependimento maldito,depois disso era ai que ele não desgrudava.Ate que uma vez na casa de um amigo, com umas brincadeiras loucas que a galera inventou com a desculpa pra pegação, eu acabei sendo grossa com ele. Motivo? ele estava viciando os dados só pra cair em mim e aquilo estava me dando nos nervos, acabei falando umas verdades (estava já meio tonta e sagitariana já é sincera sem beber,imagina quando toma umas então kk) depois disso nunca mais ouvi falar no guri.. Agora quando conheci meu atual namorado, a coisa foi diferente (Não que eu tenha me jogado nos braços dele logo de cara, mas quando bate o interesse a gente tenta manter aquela pessoa perto), a gente conversava e eu sempre queria estar perto dele, deixava isso bem claro e com certeza ele captou a ideia,sempre sorria quando estava com ele e o mesmo notava o quanto eu gostava de estar ao seu lado.
    Foi então que depois de muita conversa,brincadeiras idiotas,risos e tudo mais a gente começou a se relacionar,
    Enfim, se fazer de dificil muitas vezes significa que a pessoa está nem ai pra você, que ela não te vê para ficar ou namorar, mas apenas quer ser sua amiga ou nem isso também, dependendo do humor da pessoa. Ser fácil também não significa que vai se jogar logo de cara e pronto, mas sim que quando você tem interesse por aquela pessoa, você não mede esforços para ficar perto dela.

  • Nat

    Acredito que existem pessoas e pessoas. Racionais, sentimentais, cafajestes, safadas, carentes, auto suficientes etc e tal.
    Sou extremamente emocional (sou pisciana), porém, no relacionamento eu tenho um lado racional bem forte (na maioria dos casos).
    Acho que temos que acima de tudo identificar quem se aproxima pra tentar saber de suas reais intenções, pq na maioria dos casos o modus operandi é o mesmo. Fica fácil identificar.
    Falo por mim, eu curto ser conquistada. Adoro um jogo de sedução e não uma queda de braço.

  • Sinceramente acho que o povo devia relaxar e gozar mais, afinal a vida é tão curta para botar tanto adjetivo e tanta qualificações desnecessárias.

  • Crist Targ

    cara, perfeito.. eu já namorei 2 garotas que transaram comigo logo no primeiro encontro, tem homem que acha que esse tipo de garota não serve pra namorar, eu acho uma tremenda besteira, nem levei em consideração se eventualmente tivesse feito isso com outros caras, o fato de ela ter transado comigo logo de primeira, não quer dizer necessariamente que ela tenha feito isso com todos os outros com quem saiu, vai saber… inclusive teve uma que transei logo assim de cara, tentei encontrar a garota outras vezes e ela meio que apenas me usou rsrsrs, pra vc ver como esse mundo ta moderno hj em dia rsrsrs… eu adoro quando a mina mostra interesse por mim, eu me sinto lisonjeado, e é esse tipo de garota que eu sem duvida vou investir, detesto ser rejeitado, eu vou convidar uma garota pra sair no máximo 3 vezes, se eu for enrolado ou ela recusar, pra que ficar dando murro em ponta de faca? eu só amo a quem me ama.

    • Stan Lewis

      Concordo totalmente.

  • Lisy

    Você disse que não sabe se não
    Mas também não tem certeza que sim
    Quer saber?
    Quando é assim, deixa vir do coração…

    Djavan dá a dica: hehehe
    https://www.youtube.com/watch?v=4QiuEe43YJw

  • Pain28248 .

    Mas a questão não se trata de ser fácil ou difícil e, sim, do interesse que a pessoa tem. Por exemplo, já apareceram garotas que se interessaram por mim, mas elas não me despertavam química, por outro lado, já me interessei por garotas pelas quais não se interessavam por mim, mas eu sentia química por elas. Isso não é pelo fato delas serem difíceis e, sim, pelo fato de que eu estava interessado nelas. Agora se uma pessoa por quem a gente se interessasse facilitasse as coisas e a gente achasse estranho, eu concordaria com vc. No mais, acredito que a mensagem que vc quis passar com o vídeo foi justamente essa: “fique com quem gosta de vc, mesmo vc não gostando ou sentindo atração por ela.”.

  • Filho Da Dilma

    Eu depois que amadureci aprendi uma coisa e até falo pros meus amigos a minha tese:
    “não existe mulher difícil e nem mulher mal cantada, existe a mulher que não está afim de vc e fará de tudo pra dificultar a sua investida”
    ou seja, às vezes vc tá ali se desdobrando na idéia pra fazer a mulher ter o interesse de querer está com vc, daí chega aqueles caras com aqueles papos dos mais bestas e a menina se encanta toda e cede pro cara, e tem mulher que vc não dar tanta importância e quando ver já tão nos bjos.
    esse negócio da atração feminina vai mais da conexão que ela sente com o cara do que simplesmente o papo em si.