O que fazer quando você tem 15 anos e está afim do professor casado de 45?

66

Leitora: Oi, tenho 15 anos e estou interessada no meu ex-professor de história. Ele tem 45 anos, é lindo, inteligente, maravilhoso, bem sério, quase perfeito, só tem um defeito: é casado, mas não ligo… Esse ano nós viramos amigos, só que com uma intimidade a mais, ele já se declarou pra mim, disse que gosta de mim, me acha atraente, linda, que sou a garota mais gata da escola e tudo mais… só que já passou meses e ainda estamos nessas declarações e carinhos. Às vezes ele insinua que quer sair comigo, mas eu mudo de assunto, sei lá, é que eu fico meio nervosa e tal, mas por uma parte até que queria… Queria que você me desse uns conselhos e respondesse minha pergunta. Você acha que ele deveria ter mais atitudes comigo ou eu que tenho que parar de fazer papel de difícil?  *——–*

prof1

Amiga, para de se iludir! Eu acho que ele deveria correr de você que nem diabo foge da cruz, e você deveria fazer o mesmo. Vou te colar dois trechos que gostaria que você lesse com muita atenção:

“(…) O código penal considera crime a relação sexual ou ato libidinoso (todo ato de satisfação do desejo, ou apetite sexual da pessoa) praticado por adulto com criança ou adolescente menor de 14 anos. Conforme o artigo 241-B do ECA é considerado crime, inclusive, o ato de “adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente.” (Tirado do site do MPF)

Ok, você tem 15 anos, mas agora leia esse com mais amor e carinho ainda:

“No caso específico do sexo decorrente de “assédio sexual” praticado por superior hierárquico, mesmo se houver o consentimento, a idade mínima legal para o sexo será de 18 anos, conforme o novo § 2º do artigo 216-A do Código Penal, introduzido pela lei nº 12.015/2009. Neste caso, o crime de assédio se caracteriza pela existência de “constrangimento” para “obter vantagem ou favorecimento sexual”, praticado em virtude da “condição de superior hierárquico ou ascendência inerentes ao exercício de emprego, cargo ou função” (art. 216-A). Possíveis exemplos incluem o assédio praticado na relação professor-aluno, médico-paciente, psicólogo-paciente, chefe-subordinado, etc.” (Tirado da Wikipedia)

Gata, só dele ser casado eu já diria “Corre que é cilada Bina”. Ele ser BEMMM mais velho do que você, na minha opinião pessoal, também já seria um potencial problema, e pra completar a cagada, você ser menor de idade fechou com chave de ouro a esculhambação da dor de cabeça. E ainda era seu professor!!!

Não mate sua mãe nem a esposa dele do coração não minha amiga, vai procurar meninos da sua idade e leve algumas coisas pro resto da sua vida, mesmo quando você tiver lá os seus 30 anos:

Primeiro, um cara casado que dá em cima de uma menor de idade nunca será perfeito. Ele é um traidor sem vergonha, certo?

Você gostaria que sua filha de 15 anos se envolvesse com o professor quarentão? Não, né? Certamente você acharia ele um velho tarado. Ainda mais sendo casado! Pois é, sua mãe certamente sentirá o mesmo (eu ao menos sentiria se fosse minha filha). E se você pensar um pouco mais, chegará facilmente nessa conclusão também.

Esse cara tem mil vezes a sua experiência. Não ache que você sabe tudo, porque você não sabe. E pergunte a ele se o que ele está fazendo é normal. Por que ele não conta pra diretoria da escola ou conversa com seus pais – já que ele é tão perfeito assim? Resposta: Ele não contaria não só porque estaria traindo a esposa, mas também porque sabe que a atitude dele é sem ética e pode ser considerada criminosa. Ou seja, tá tudo errado de novo.

E mesmo se você fosse maior de idade, você gostaria que uma mulher ficasse dando em cima do seu namorado/marido sem ligar que você existe e a dor familiar que poderia causar? Pois é, dê às pessoas o respeito que você gostaria que te dessem. Se o professor é um sem noção, ao menos pense na esposa dele. E de novo, na sua idade e no seu valor pessoal também.

Só de você ter me mandado esse email e não ter ignorado de primeira esse cara, implica que provavelmente você não sabe muito sobre a maldade do mundo (e obrigada por tê-lo mandado, assim quem sabe te ajudo). Por mais que você seja uma menina inteligente, entenda que tem cara que só irá querer te usar, mesmo quando você for maior idade. Você sendo menor de idade quadriplica a falta de bom senso de um cara que poderia ser seu pai e que não deveria nem estar te dando ideia.

Já pensou em contar esse “caso” para a sua mãe ou para alguém da família que você tenha certeza que quer o seu bem, e que acima de tudo, que tenha bom senso? Uma tia ou alguém semelhante pode te dar bons conselhos pra complementarem os meus.

Por fim, é comum meninas se apaixonarem por professores. Você não será a primeira, nem a última, mas tenha certeza que, nesse seu caso, é melhor esquecer. Assim você não arrumará dor de cabeça pra ninguém e me parece ser uma ótima saída.

Um beijão e juízo menina!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.