Levei meu namorado na casa do meu ex, ele achou que o trai e nunca mais confiou em mim!

68

Leitora: Oi, tenho 23 anos e vivo há 5 com meu companheiro. No início do relacionamento, menti pra ele, disse que não falava com o ex. Mas falei e fui até a casa do ex, não trai meu namorado, mas fiz ele me deixar na casa do ex e esperar enquanto fui buscar o que tinha ido buscar. Em uma briga, ele descobriu e agora não acredita mais em mim. Há 5 anos ele diz que não confia e que acha que não esqueci, mas agora é paranoia, ele pensa que minhas tatuagens tem a ver com outro, acha que não amo e me xinga muito por não ter perdido a virgindade com ele. Quero muito ficar com ele o amo verdadeiramente. O que eu faço pra ele confiar em mim? Pra provar meu amor? Ele diz que transar comigo era a melhor coisa que ele já tinha feito mas agora ele não consegue pois pensa no outro, pensa que não é bom quanto um ex-namorado. Não sei o que fazer, ele fica agressivo e me trata com muita frieza e grosseria, mas dai do nada fica bem e depois volta ao mesmo tormento. Ajuda, não sei mais o que fazer, há 5 anos choro todos os dias e espero ele melhorar.

Levei meu namorado na casa do meu ex, ele achou que o trai e nunca mais confiou em mim!

Vamos nos colocar no lugar dele:

Se ele te fizesse ir na casa da ex, sem avisar quem era, exatamente na mesma situação que você o fez ir, o que você pensaria? A mesma coisa, visto que quem não deve, não mente. Certo? Sem contar que muito possivelmente você acharia abuso ele usar “logo você” pra fazer isso.

Se você tivesse dito a verdade, ele até poderia ter topado, porque você pagaria de sincera e ele não se sentiria trouxa. Agora, concorda que fazendo o que você fez dá muito pano pra manga pra ele pensar merda?

Porém, apesar disso tudo, ele também está completamente errado:

Que diabos ele tá fazendo com uma mulher que ele não confia há 5 anos? Ele tá sendo forçado a isso por acaso? Não sei nem se é porque ele te ama, mas sim porque ele não se ama, né?? Você não é mãe ou parente pra “ele não poder trocar”, muito menos uma doença sem cura pra ele ser obrigado a conviver. Na verdade, a falta de amor próprio tá faltando pros dois nessa casa!

Ainda que seja cada um por um motivo, ambos estão errados. E se vocês continuarem forçando a situação como estão, o final será trágico. Afinal de contas: não tem como continuar fazendo as mesmas coisas e esperar colher resultados diferentes, né? Isso seria burrice e perda de vida!

Você errou? Errou! Merece ser crucificada o resto da vida? Obviamente que não!

Possivelmente ele quer se vingar pelo o que você fez, mas ambos têm que ser inteligentes o bastante pra concluírem que, se continuarem como estão, será prejuízo generalizado: ele com raiva só de olhar pra sua cara, e você chorando todos os dias, e por mais 10 anos se continuarem assim! Tá legal essa imagem de futuro pra você(s)?

Certamente ele pensa (mesmo que inconscientemente) que, quanto mais te humilhar, menos trouxa ele se sentirá e mais “você pagará pelo o que fez”. Só que aí é que tá: quanto mais vocês se “intoxicarem”, mais trouxas ambos serão, porque estarão convivendo na mesma casa com grandes “inimigos”: não só o outro, como vocês mesmos. E cá pra nós: ninguém é obrigado, né?

Cuide da sua autoestima a ponto de ter um papo muito direto com ele. Diga que você reconhece seus erros, mas que não merece – e nem quer – viver infeliz por causa deles. Enquanto ele não se decidir se te perdoa ou não, e acima de tudo, VOCÊ se dar ao respeito a ponto de SE PERDOAR e cobrar se ele está disposto a fazer o mesmo, simplesmente não terá como se sentir amada ou provar seu amor. E sabe por quê? Porque se nada mudar, será um se esbaforando e outro chorando. Ou seja, dois doentes pensando que é amor!

Ainda que ninguém seja obrigado a perdoar, todo mundo erra e todo mundo tem o direito de ser feliz. Então,  se no fim ambos concluírem que querem ficar juntos, não terá saída: é procurar terapia de casal MESMO. Sem muquiranagem em gastar dinheiro, muito menos pensar que vocês conseguirão resolver tudo sozinhos. Se não conseguiram até hoje, não será amanhã que irão conseguir.

Do contrário, não adianta chorar e se vitimizar pelos frutos que estão plantando durante esses anos todos.

Boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.