Como conciliar games e namoro?

65

Leitor: Olá pessoal, tenho 18 anos e estou de saco cheio! Eu gosto muito de jogar jogos online em computador, videogames etc. desde os meus 13 anos! Há 1 ano comecei a namorar uma menina, no início tudo beleza, sem coisinhas e ciúmes, mas agora essa semana, eu estava jogando à noite e estava demorando um pouco para responder, dizendo ela que tô fazendo isso direto e tals, mas não vejo problema velho, eu tô ali na minha hora de lazer. Conclusão: ela disse “ou você para de jogar ou eu termino contigo”, e eu não quero parar de jogar, o que devo fazer?

Como conciliar games e namoro?

“…ela disse: ou você para de jogar ou eu termino contigo, e eu não quero parar de jogar…”

Acho que você já deu a resposta kkkkkkkkkk. Mas ó, agora sem zua! Você tem que ser seu maior crítico nesse momento.

Você acha que gosta de jogar ou é viciado? Para tirar a dúvida, pense se o jogo pega seu tempo que sobra (depois de ter feito todas as suas “obrigações”, etc) ou seu tempo principal? E quanto tempo sobra pra namorada? Só quando você “enjoa do game?”, ou porque você faz realmente questão de ficar com ela?

É complicado uma pessoa viciada admitir que é viciada, mas caso você tenha maturidade pra isso, cogite que às vezes quem tá errado é você, não ela. Lembrando que gostar e ter um “lazer” é uma coisa, viver parte da vida em função disso é outra.

Agora, se você acha que joga de forma “normal”, converse com ela. Fale que é algo que você gosta muito, daí vocês negociam horários, etc. Converse que, do mesmo jeito que ela gosta, por exemplo, de sair com as amigas, você gosta de jogar (só se lembre que ela não passa o dia todo com as amigas, e se passar, converse com ela tbm kkkk!).

Eu namoro uma pessoa que também adora games, sabia? E sabe como ele faz? O que qualquer pessoa madura deveria fazer: divide bem a semana em dias de jogar, dias de trabalhar e dias de ficar comigo. E dependendo, ele separa em horas também! Por exemplo, agora que ele tá de férias, faz coisas necessárias durante o dia e joga à noite. E eu como namorada, tem dia que falo que não é nem pra ele me ligar, que é pra ficar jogando e tirando férias de mim kkkk.

Mas sabe por que eu faço isso? Porque eu sei que ele tem bom senso e é coerente. E o mais importante de tudo: não me deixa me sentir plano B, como se estivesse “perdendo para os games”, sabe? Se ele deixasse de sair comigo ou de fazer as obrigações dele, pode ter certeza que minha reação não seria a mesma. Daí teria alguém trouxa na história: ou eu, por continuar com ele, mesmo me deixando em segundo plano, ou ele, caso eu fosse exagerada e ciumenta. Só que pra chegar a uma conclusão justa, temos que ser aquilo que te disse: “eternos críticos de nós mesmos”.

Lembre-se que ambos têm direito de fazer e exigir o que quiserem do outro, porém, quando estamos namorando, não podemos ter tudo. Ou seja, é necessário bom senso e empatia: e claro, também pensar se você gosta dela o bastante e se não é justamente a falta disso (gostar dela o suficiente) o problema.

Boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.