Como faço pra provar pra ele que sou mulher pra namorar?

71

Leitora: Oi, tenho 15 anos e o garoto que eu gosto tem 17, mas ele é do tipo inteligente, fala inglês, tá no 3° ano e já sabe o que quer fazer da vida. Já eu, sou doidinha, totalmente diferente dele. E por não ser tudo o que ele quer, ele me trata com indiferença, como se ele fosse melhor do que eu, mas às vezes ele me abraça e é super fofo. Não consigo esquecer ele, nem partir pra outra, me ajuda a mostrar pra ele que eu posso ser uma menina pra namorar.

Como faço pra provar pra ele que sou mulher pra namorar?

Amiga, eu também sou doidinha e nem por isso me sinto burra, rs, muito pelo contrário! Nada como ser meio doido pra saber lidar com os dias de hoje, rs. E outra, só porque ele é mais velho, tá no terceiro ano e  fala inglês, ele é inteligente? Então eu sou o gênio da Lâmpada! Pare de se diminuir colega, as coisas não são assim. Com certeza você tem muitas qualidades também, só que tá muito ocupada vendo apenas as dele 🙁

Ninguém é mais inteligente só porque fala uma língua estrangeira, porém, pode ser sim mais culto “naquela área específica” e ter um currículo “melhor” a depender da exigência do mercado. Mas na boa? Isso não o faz ser melhor que você, porém, pode funcionar sim como um “se toca” do tipo: “me sinto menos só porque não tenho uma língua estrangeira e/ou porque não tenho “X” ou “Y”? Se isso te incomoda, é hora começar a correr atrás dessas coisas! Não por ele, mas sim por você. Ainda que muita gente diga que a autoestima vem de dentro, convenhamos que também tem muita coisa de fora que nos ajuda a lidar melhor, né?

Até segunda “ordem”, esqueça esse cara! Pense: ele tá te ignorando porque simplesmente não tá afim de você. Ao menos não o suficiente. E essas “migalhas de gentileza” que ele te dá, não são o bastante!! Sem contar que, muito provavelmente, até se você falasse mandarim ele continuaria sentindo o mesmo, né? E sabe porquê? Porque cá pra nós, nem amor de pica, nem amor de coração costumam escolher as pessoas pelo currículo delas! Só se fosse pra fechar negócio, não pra ter um relacionamento, rs.

No fundo você sabe que o problema entre vocês é a falta de “reciprocidade da atração”, mas mesmo assim fica querendo se punir por algo que você já não acreditava em você mesma: e isso muito antes dele existir! Seria como o cara que se acha pobre e pensa que nenhuma mulher no mundo o quer quer por causa disso. E aí você responde: isso é verdade? Nesse país em crise e cheio de casamentos todos os dias? rs. Sem contar que, se currículo importasse tanto assim, não teria esse monte de famoso casado com “umas topeiras”, né? Pense amiga, pense e seja feliz.

Seja doidinha, mas jamais irresponsável, drogadita ou bêbada (nem se tu fosse macho, por que né? É feio pra todo mundo). Estude, tenha responsabilidades, entre nos cursos. E, acima de tudo, lembre-se que você tem apenas 15 anos!! Ou seja, tempo de sobra pra arrumar tudo que você não gosta.

Ao tomar essas providências, no fim, você só terá a ganhar. E tudo isso independe do que acontecer com esse carinha, ok? Até porque, se você investir mais em você mesma e passar a se garantir mais, talvez seja você que não o queira, mas sim algum outro da vasta fila atrás de você, rs!

Lembre-se também que não existe “mulher pra namorar”. Existem gostos diferentes e que nem sempre resultam no que a gente quer. Conforme-se e passe pra outra! Arrase garota!

Boa sorte!

Assista:

Dica rápida para esquecer alguém

Não existe gente difícil, você que é trouxa!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.