Aceito que ele saia, porém, o que fazer quando ele quer me obrigar a ir junto?

35

Leitora: Tenho 23 anos, meu namorado 26, namoramos há 4. Considero-o muito maduro, mas tem falhas. Ultimamente ele tem saído com colegas da faculdade que são praticamente adolescentes (17 e 18 anos) e os assuntos desses colegas são sexo, todo mundo se pega, adoram beber, fazer intriguinhas e piadinhas entre si – tudo que eu detesto. Não faço caso quando meu namorado quer sair com eles, mas eu não o acompanho. O problema é que ele deu piti por se sentir sozinho nessas saídas e, por isso, pediu pra eu fazer um esforço. Dispus-me a ir, mas tenho certeza que vou me estressar. Geralmente eu recuso os convites dele, porque são locais que não gosto ou pessoas que não tenho afinidade nenhuma, acabo ficando muda o tempo inteiro. Expliquei isso pra ele, e ele disse que sempre me acompanha nos locais que vou pra me fazer feliz, mesmo que não goste de nada! Senti-me enganada, pensando que ele gostava das mesmas coisas que eu e, também, por estar se forçando, algo que nunca quis! Achei chantagista da parte dele também. Como o faço entender a minha distância dos programas dele?

Aceito que ele saia, porém, o que fazer quando ele quer me obrigar a ir junto?

Meus Senhor, que assunto mais complicado kkkk. Tô meio sem lado dessa vez, mas vamos ver se consigo dar uma opinião de forma clara. Mas se não conseguir, nem se preocupe porque você não estará lendo esse texto kkkkkkkkkk.

Você parece ser madura demais, centrada demais. Talvez, até um pouco “demais pra sua idade”. Porém, também não sei até que ponto isso pode se confundir com egoísmo ou até mesmo um pouco de ingenuidade da sua parte ao namorar uma pessoa assim, TÃO diferente de você e achar que “é só cada um ficar no seu quadrado que vai dar tudo certo”. Isso seria o mesmo que dividir sua marmita, mas querer que a outra pessoa nunca roube um pedaço do seu frango kkk.

Se ele gosta dessas pessoas, será que ele é mesmo tãooo maduro como você diz? Ou ele apenas sabe apreciar uma boa bobeira e uma boa risada, coisa que, estando certa ou não, você não sabe? Sem contar que já ir pra um lugar negativa como você está sendo e pensando que será tudo uma merda, ficará difícil mesmo aproveitar, rs.

Você concorda que, fora a incompatibilidade estar sendo com itens básicos (o que considero “grave”), não faz muito sentido você ser madura assim e namorar um menino que, “maduro ou não”, se parece muito mais com esses amigos que você “odeia”, do que contigo em si? Sim, porque ele não perderia o precioso tempo de vida dele à toa, caso não tivesse afinidade com nada que eles dizem e fazem. A não ser que ele tenha um grau de abstração terrível, o que não acredito ser o caso. E pra completar, ele também não gosta do que você faz! E aí, vocês vão fazer o que mesmo? Fora brigar, fazer sexo e se dar bem em apenas 1/4 do dia?

O engraçado é que, por sua vez, a gente vê um certo grau de maturidade nele que talvez você não tenha: ele sabe que é utópico namorar alguém e conseguir fazer simplesmente TUDO o que quer, e justamente por isso ele cede. Ele também sabe que, pra rir, tem que fazer o outro rir. E talvez seja justamente por acreditar que isso é óbvio, que te cobra o mesmo.

Também sei que isso pode acabar soando como pressão, ou até mesmo chantagem – enquanto você é super legal e não o força a fazer nada que ele não queira. Porém, você também concorda que essa atitude pode facilmente causar (a falsa?) impressão de que você não se importa lá muitooooooo com ele, e que ele é mais uma companhia pra fazer apenas o que vocês tem em comum, do que dividir a vida em si? Nisso você estaria namorando, não bem NAMORANDOOOO com todas as letras?

Ainda que a gente saiba que tudo tem limite e que só um trouxa pra fazer literalmente tudo pelo outro, será que você está realmente fazendo o seu mínimo? E será que isso reflete o seu sentimento por ele?

Talvez não! Talvez você o ame e seja apenas uma mulher absurdamente independente e desapegada, mas sei lá, será que é isso que ele quer? Ou melhor, será que é isso que você quer? Um quer o vento, o outro o aconchego, e aí quando a conclusão final não bate, faz como?

No mais, doeria tanto assim conhecer os amigos dele? Será que eles são tãoooooooo retardados assim? E se forem, será que isso não reflete parte do que o seu namorado é e que você pensa que não é? E que já que você gosta dele, poderia gostar – nem que seja um pouco – dos outros também? Ou por irônica contradição, será que o que você sente não seria um certo “ciúme”, e por isso mesmo não vai aos encontros? Por no fundo saber que, por você não ir, ele acabaria saindo menos? Ainda mais quando você sabe que ele não gosta de ir sozinho e sente sua falta?

É isso ai amiga, se for tão difícil assim pra você ceder e tão importante assim pra ele que você ceda, alguém terá que abrir as pernas, ou preparem-se para o estresse.

Boa sorte!

 
 
 
 
Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Rogih

    É muito difícil um relacionamento em que ambos gostem de tudo 100% igual mesmo porque ninguém é 100% igual ao outro.

    Para um relacionamento ter grandes chances de sucesso é interessante que o casal tenha alguns pontos em comum, gostos, hobbies, valores, princípios, gostos culturais, filmes, séries, livros, músicas, dentre outros…

    Em um casal misto, aquele que tem alguns gostos compatíveis e outros gostos incompatíveis deve haver muito jogo de cintura, abrir mão de algumas coisas e ser flexível em outras, saber negociar essas trocas.

    Quando no relacionamento misto uma das partes mais abre mão, mais faz coisas para agradar, para evitar brigas, está havendo um desequilíbrio a balança está pesando mais para um lado do que para o outro.

    É saudável ir fazendo tudo que o outro quer, mesmo não gostando disso?

    Veja leitora, vale a pela ir contra sua natureza, sim porque sua cisma com essa turminha não é gratuita, ir a lugares que não gosta, estar com pessoas que não gosta para evitar briga e agradar o namorado?

    Uma vez ou outra é possível desde que você consiga desligar seu modo negativo e pessimista que saco, odeio tudo isso e ligar seu modo simpaticona, sociável, estar disposta a falar com os mortais que não gosta que não merecem sua atenção, seu tempo, está até aberta a aprender com os menos sábios, com os festeiros, baladeiros, e tantos outros eiros.

    Agora se é um suplício, um calvário ir nesses programas de índio, vale a pena pensar em ficar com uma pessoa mais compatível com seus gostos, se não puder saber levar tudo de modo leve, flexível talvez seja a hora de terminar a relação e abrir espaço para outra pessoa mais do seu jeito

    Tem algumas coisas que não faço por nada, para agradar ninguém e já falo de cara, mas tem outras que tenho apreendido a fazer ligando o modo simpaticão e depois desligando.

    Só você pode saber o que é melhor e vai funcionar no seu caso.

    To com a ligeira impressão que essa turminha vai pra algum baile funk, ou para um posto de gasolina de madrugada beber, ou bar, balada meio caído, ou um rolezinho…

    • Essa parte do valores quebra mt gente, pq a gente pensa q o valor da pessoa é o que ele disse, e depois descobrimos q foi oq ele (a) fez kkkkkkkkkkk

      • Rogih

        Muito verdade isso!

  • Aurelio Felipe

    Acho que do mesmo jeito que ele se dispôs a ir em lugares onde não queria (mesmo fingindo) para te agradar, você deveria ir com ele, pelo menos uma vez. Conhecendo a galera dessa idade e meus colegas de faculdade, as chances deles serem uns completos imbecis e retardados são grandes, mas mesmo assim…

    Agora Luíza, conversa aqui comigo.

    ”Ainda que a gente saiba que tudo tem limite e que só um trouxa pra fazer literalmente tudo pelo outro…”

    Eu nunca namorei, nunca sequer cheguei perto disso, mas se algum dia isso viesse a acontecer e eu fizesse tudo pela minha parceira, tudo o que ela pedisse, tudo o que ela gostasse, eu seria realmente um trouxa por tentar agradá-la o máximo possível? Eu não estou entendendo… 🙁

    • Amigo, até água em exagero mata, sabia?
      Porém, não podemos ser ignorantes, nem egoístas

      porém, como não é uma ciência exata, só quando tiver namorando na prática pra sentir o clima, o contexto, seus limites (apesar da boa vontade, etc)

      sem contar q nunca dá pra fazer TUDOOOOOOOOO né, isso é ilusão de quem nunca namorou, ou se ela pedir pra vc dar o popo vc tbm da pra agradar? Só se for q nem nossos amigos aqui do site falaram, só se vc já tivesse um pezinho lá mesmo rs

      Resumindo: é tudo uma questão de bom senso mesmo, tem coisa q não da pra desenhar, mas da pra sentir

  • Denilson Padalecki

    Acho q a solução é:
    Ou vc acompanha o seu namorado, em lugares q vc não quer, com pessoas q não te agradam, só pra fazer companhia à ele (já q ele já fez isso por vc), ou vcs sentem e conversem (num provável fim), pq sempre vai ter algum amigo dele q vc vai gostar menos, cabe a você saber se ele (seu namorado) e o seu compromisso, valem o esforço.

    • e olha q já sofri com isso

      sou MUITO sensivel energeticamente, tem gente q acha frescura, mas quem sobre com isso sabe oq to falando e ai era fodaaa aguentar certos tipos d pessoas, mas nunca foi bem “as chatas”, mas sim as “malvadinhas”, etc kkk tipo gente “ruim”(não q todo mundo nao tenha o lado ruim, mas “ruim comigo”), rs kkk

      • Denilson Padalecki

        Aff’ nem me fale, sabe aquele tipo de pessoa maldosa, q mesmo q não mate ngm, costuma usar de palavras pra causar confusão, jogar as pessoas na fogueira, e fingir q foi sem querer ? Eu percebo gente assim, muito antes das pessoas ao meu redor, e é terrível, dá vontade de gritar pra todo mundo q tá perto: Vcs não tão vendo q essa pessoa não presta ?
        Gente invejosa, e piora quando vc tem q fingir q suporta, pq seus amigos estão encantados, e se vc falar algo, ainda sai como o errado da história.

        • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
          me identifiquei kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
          qual é seu signo?

          e é oq sempre falo ”sem querer uma vez ou outra todo mundo faz, inclusive eu. Mas tem gente q eu vejo q fez umas 10, ai ja da vontade de sair na voadora kkkkkkkkk

          • Denilson Padalecki

            Sou de Libra, observo bastante as coisas, ai percebo muita coisa antes de geral se dar conta rs’

      • Denilson Padalecki

        Já aconteceu com vc de uma pessoa perceber q vc não gosta dela, e só pra te irritar ela ficar puxando assunto ? E vc com a cara de paisagem, já começa se arrepender de ter saído de casa ? kkkk

        • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
          as vezes ela quer q a gente mude de ideia e passe a gostar dela, será q nao? kkk

          • Denilson Padalecki

            Hahaha pode ser, mas se eu acho q alguém não presta, sempre fico com um pé atrás, sou um pouco orgulhoso tbm, confesso.

          • então a gente junto seria um problema (ou não kkkkkkk)
            pq sou dessas kkkk
            eu suporto gente chata, até eu sou as vezes (com limites, claro kk), mas gente ruim não
            e tem mt por ai, e o mais interessante: geralmente eles não sabem q são ruins kkkk

            (opa será q sou e não sei tb? kkkkkkk) TENSO KKK

          • Denilson Padalecki

            Hahaha, pior q é vdd, pra gente assim o q falta é semancol, a pessoa é tão natural sendo chata, q vc acaba ficando com pena.
            Não te acho chata não, mas se alguém acha q eu e você somos chatos, mesmo assim estamos no lucro, pq conseguimos perceber gente q é pior q a gente … Kkkk
            Imagina eu e você jogando shade no povo chato ? rs’

          • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk eu sou bem humorada, mas me deixe com fome pra vc ver kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

            acho q existe uma doença q quando a gente ta com fome vira o capeta, pq sério, nao é normal! Vejo q mt gente tem oq eu tenho mas ainda nao foi diagnosticado kkkkkk

            então pense como eu amo ir em casas q não me oferecem comida kkkkkkkkkkkkkkkk(SOU OBESA foda-se kkkkkk)
            sou daquelas q já almoça pensando na janta kkkkkkkk só não esparra

          • Denilson Padalecki

            Fome e sono, putz, eu sou bem seletivo nas casas q eu vou por conta disse mesmo, tenho uma tia q vive me cobrando. dizendo q eu não vou na casa dela, mas quando eu vou lá, a bicha não me oferece nem um copo de agua com cloro kkkkkk .. Já q é pra passar fome, prefiro ficar em casa, hahaha

          • e onde sua tia mora? kkkkkkkkkkk Eu ocmecei a ver isso mais em Curitiba, mas outras casas não

            tipo minha familia é mineira, la é oposto, povo atocha seu rabo d comida kkkkkkkkkkkk

            aqui q querem rachar até o dogão q vc come na casa deles (existem exceções, claro kkk)

          • Denilson Padalecki

            Aqui no interior de SP mesmo, na minha família só ela é assim, e é a que mais me enche o saco, me pedindo pra ir na casa dela kkkk .. Qualquer dia eu falo pra ela o motivo de não ir, acredita q eu já cheguei à comprar ingredientes pra fazer sobremesa na casa dela (pra ver se assim ela se toca) cheguei lá na maior cara de pau, “tia olha o que eu comprei” e mesmo assim NADA hahahaha .. Ela é do tipo que te cumprimenta com a mão fechada, kkkk

          • cara, ja passei por isso tbm kkkkkkk
            e mais: ainda fazia meu trabalho de graça pra pessoa pela amizade kkk

            resumindo> no fim, não me oferecia nem um chocolate (que amo) pq achava q era “prejuizo” (claro q não falou diretamente, mas saquei isso)

            ai tbm parei d fazer meu trabalho d graça, humf (Luiza torce o nariz)

          • Denilson Padalecki

            Eu sempre tive a teoria de q gente q me nega comida, não é digna da minha confiança hahaha … Se me nega comida, que garantia eu tenho de que essa pessoa não vai me negar ajuda quando eu precisar ?

          • Aqui em Curitiba é muito comum não oferecerem comida

            antes achava q era mesquinharia, depois cultura, depois tive dúvidas kkkkkkkk]claro q não é todo mundo assim, mas pense no baque que tive

            saida de cruza de MG e Bsb e PÁ nem o dogão aqui kkkk

            se vc vier aqui em casa t ofereço comida, prometo kkkk

          • Denilson Padalecki

            Não sabia disso da comida não, minha mãe é paranaense (agora mais paulista, pelo tempo q já mora aqui), eu nunca fui ai, mas TODAS as pessoas q eu conheço q foram, não gostaram (das pessoas, amaram a cidade), umas reclamaram da falta de receptividade do pessoal, de uma certa soberba, e até da dificuldade de obter uma informação na rua. Tenho parentes aí (em Curitiba e Maringá), e os poucos dias q eu convivi com alguns deles (quando vieram passar uns dias na casa dos meus pais, na época q eu morava com eles), não gostei.
            Meus tios q vieram dai, e q já moram aqui há um bom tempo, são bem presunçosos, pra vc ter ideia, vc chegou a ver uma dentista q foi presa ai no Paraná por tráfico de drogas ? Um dos meus tios viu a beleza dela, e com um sorriso de orelha a orelha disse: linda desse jeito só podia ser da minha terra mesmo, nem se importando com o q a moça tinha feito, fiquei tipo WTF? O.o

          • kkkkkkkkkkkkkk o lance não é o PR, é Curitiba sabe? Já morei em Ponta Grossa e é BEMMM diferente

            claro q tem exceção, mas né? kkkk

          • aveee eu ja teria falado, tipo tia eu te adoro, mas vc me deixa passando fome kkkkkkkkkkkkkkk

            eu já fiz isso com uma amiga, falava pra ela q tava com fome e ela não me oferecia comida kkkkk

          • Denilson Padalecki

            Vou começar na indireta (se não resolver eu evoluo pra voadora hahahaha).

          • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk adogooo

  • mariana cobra

    Relacionamentos bem sucedidos tem uma coisa em comum: compatibilidade.
    Ser compatível com o outro não quer dizer que serão iguais, mas que partilharão, em resumo, dos mesmos gostos e atividades.
    Viver grudado tbm não dá, mas sem que haja interação entre os grupos sociais tbm se torna difícil.
    O conselho que te dou são dois: 1 ceda, abra espaço na sua cabeça pra aceitar as diferenças e forçar a interação vez ou outra com os babaquinhas, até mesmo pq vc se ausentando demais abre espaço para outra se fazer mais presente…se é que vc me entende.
    2 dialoguem mais, faça ele deixar claro quais eventos ele vai por pura obrigação e encontrem um meio termo.
    Obs: difícil demais ter a lidar com amigos idiotas, amigos que sabemos não prestar e “amigos” fura olho…por isso estar um passo a frente ajuda muito, não seja a namorada pé no saco que todo mundo fala mal qdo vc não está, pq acredite, os amigos sempre falam!

  • Rodrigo Verdas

    Pelo que eu entendi a moça não é muito de sair né, já que geralmente recusa os convites do cara. Aí complica. Uma possível solução é encontrar um equilíbrio, uma vez sair com os amigos do cara, outra vez um programa a dois, ou com outro grupo de amigos. E conversar sobre sexo não é infantil, muito menos fazer piadinhas entre os amigos, a vida já é cheia de problemas, é tão bom falar merda de vez em quando.

  • Marcel

    A moça tem espírito de velha rabugenta… interessante, apesar que eu não gosto muito também de pessoas imaturas.

  • Eros Himeneu

    Gosto de reunir amigos e ir para um rancho na beira da represa, beber, fazer churrasco e principalmente conversar baboseiras que não servem de nada. Minha esposa gosta de comprar coisas (roupas, bolsas, sapatos, jóias) e prefere ir para alguma cidade, para algum lugar mais arrumado e conversar coisas sérias, expor os sentimentos para as amigas e tal . . . Quando temos que sair juntos entre amigos nunca é a mesma diversão que sozinhos rsrs, então o jeito é ficar alcoolizado nessas horas para não estressar tanto rsrs.

  • Luan Vinicius

    Felizmente isso acontece, para vc ver a diferença entre si, passei por isso no meu ultimo relacionamento, e foi muito chato, porque eu sou muito extrovertido e a garota que eu estava era uma porta sem maçaneta, com tanto, conversei com ela, e nada se resolveu, e ainda por cima, quando o relacionamento acabou, ve distante que ela estava sendo aquela pessoa que eu sempre quis ao meu lado, claro fiquei com muita raiva, mais logo percebi, que pessoas odeio fazer o que não agrada, sempre em um relacionamento por pior que seja, existe algo feito pelos dois que agrada os dois lados, minha história é mais ou menos igual a essa, mais não existe mais esse relacionamento.
    Mas se tinha algo que os dois podem faz junto, é algo pra sentar e conversa, ambos abrirão mãos de algumas coisas, quem sabe tentar ser mais observadora quando vc estiver na turma infantil dele, e ele na sua turma, pode ser vergonha de pessoas diferentes, mais vai por mim, de 10 amigos de um cara, 3 as mulheres se identifica, e as vezes a amizade pode ate ajudar no namoro, gostaria que minha ex pudesse chegar em mim e falasse isso de vez “desabafar em um blog”, seria algo a se pensar se eu posso melhorar pra ela me acompanhar e vice e versa, senta e conversa, vc pode esta perdendo um grande tempo ao lado de um idiota, ou não…. Boa sorte para todas que passa por isso!

  • Franciele

    Leitora, após ler a história, os conselhos da Luiza e todos os comentários, pensei em uma possível justificativa para a atitude do teu namorado, que até o momento não foi levantado; procure observar se essa “preferência” dele por amigos bem mais jóvens não é uma forma de compensar o fato de se sentir “velho” por estar namorando a mesma guria a 4 anos, estando ele com 26.
    Pode ser que ele sinta que não está aproveitando a juventude, e embora isso seja ridículo e razão suficiente pra cair fora, servirá de lição para que tu avalie melhor a disponibilidade do pretendente para o tipo de relação que deseja ter.

  • Débora Brito

    Alguém aqui percebeu que esse comportamento do cara é RECENTE? e que antes eles tinham uma vida em comum e faziam as mesmas coisas e que só AGORA ele disse que não gostava dessas coisas? O problema todo está na “mudança repentina do cara” ou ele simplesmente deixou a máscara cair ou depois que se envolveu com essa turma de crianças com quem ele está saindo percebeu que é isso que ele gosta e a vida com a moça está entediante!

    Vamos às vias de fato? Se tudo se encaminhar conforme o programa básico de regras gerais (perceba bem SE), não fazendo parte da exceção, você tinha um relacionamento sólido e maduro que foi abalado pela descoberta de um novo mundo pelo seu parceiro, então, agora ele tem uma nova vida e em um primeiro momento quer te inserir nela, mas sua seriedade e maturidade (que ele sabe que você tem) não vão ajudar… então,ele mais velho, boa pinta, enraçado (porque carinhas de 17 anos não vão sair com um tio chato), ogo vai atrair olhares das meninas de 17 amigas desses carinhas e vai te trocar por uma ou várias delas… aí vai se largar na vida, perder um monte de coisas, ganhar outras (inclusive experiencia), se arrepender da vida de bom vivã que está levando e vai achar alguém que o recupere, e espero que não seja tarde, e ser feliz para sempre…

    Caso você opte por acompanhá-lo, pode ter 50% a mais de chances de isso não acontecer, mas corre o risco… todos correm o risco dentro da alucinação da descoberta de uma nova vida pelos parceiros…

    É uma opinião pessimista, eu sei, nem tem embasamento científico, mas tem embasamento na prática dos relacionamentos modernos… Quer saber? Acho melhor você rever esse relacionamento… ele nunca foi real… o homem maduro que você admirava e com quem passou seus últimos 4 anos, que gostava das mesmas coisas que você não existe, ele gostava apenas de você e queria te agradar… esse aí é o verdadeiro “EU” dele…