Vim de um país onde fazer topless é normal, mas ele não aceita. E agora?!

97

Leitora: Venho tendo problemas sérios com meu namorado, pois fico na praia sem usar a parte de cima do biquíni. Eu gosto de ficar assim porque trabalhei 2 anos na Dinamarca como babá e lá eu ficava na praia o tempo todo topless, porque é super normal, daí eu me acostumei a ficar com os peitos de fora e não tolero mais de jeito nenhum usar o sutiã do biquíni na praia. Acontece que meu namorado está pegando no meu pé demais por causa disso, me enchendo o saco mesmo. Eu já disse pra ele mil vezes que não uso a parte de cima de jeito nenhum e não ligo a mínima se tem mocorongos olhando. Acontece que mesmo assim, meu namorado não me entende, não me apoia e continua a me encher o saco assim mesmo… pode uma coisa dessas? Daí a minha pergunta: Você não acha que o meu namorado está sendo super injusto comigo querendo me controlar e policiar o jeito que eu fico na praia? Afinal de contas, estamos no século XXI e não tem mais essa de homem dizer como a mulher vai se vestir, eu fico como eu quero e ninguém tem nada a ver com isso. O que é que eu faço para ele me entender?

Vim de um país onde fazer topless é normal, mas ele não aceita. E agora?!

Meu sonho é pagar tetinha numa praia nudista, mas sem ter ninguém lá e eu podendo voltar bemmmm de boa pra casa kkkkk. Só que assim, ao mesmo tempo em que você tem os seus gostos, o cara também tem o direito de ter os dele, né? E isso nem sempre tem a ver com “machismo ou feminismo”, mas talvez com ambos estarem sendo marrentos demais. Não adianta nada os dois ficarem brigando no 80 se quando a gente namora, ou ficamos 40 ou só dá treta mesmo.

Por que vocês não tentam negociar? Por exemplo, querendo ou não, você está no Brasil e não dá pra ser ingênua a respeito da cultura GERAL do povo daqui. E por mais que você diga que não se importa, você pode correr inclusive risco de morte a depender dos lugares, sabia? Não é todo mundo que pensa com a cabeça de cima aqui não! E ainda que obviamente nada justifique, tem tarado pra tudo quanto é lado. Isso em todos os lugares do mundo, eu sei, mas a gente sabe que no Brasil é uma minoria que vê o nudismo com a naturalidade e sem a conotação sexual que deveria ser visto. OK, também sei que tem muito machismo nisso, só que também existe cultura, gosto pessoal e nem tudo pode ser 100% do nosso jeito, né? Sonhar é bom, mas nem tanto, rs.

Tipo assim: você deixaria o seu namorado fazer TUDO “que ele curte e acredita”? Não, né? Tem coisa que você vai falar que não gosta, ou até mesmo que “não aceita”. E aí se tudo ele responder “olha eu tenho meus direitos e faço como quiser”, você não vai gostar, certo? Então assim, lembre-se que combinado não sai caro. Tente se colocar no lugar dele: conversem sobre os motivos de ambos, tentem abrir a cabeça, ter empatia e carinho pela felicidade do outro, que não tem como não chegar a um meio termo aí.

Depois disso, se pergunte: para que tipo de praia você vai? Combine com ele que você irá apenas para as nudistas mais seguras, e que por sua vez, também se esforçará para ir “nas do método tradicional dele”, desde que ele se esforce para fazer um pouco os seus gostos também. Quando um ver que o outro cede, só se for muito egoísta sem noção pra não ceder um pouco também!

Por fim, veja também se você não é fetichista, ou até mesmo exibicionista. Se for, não existe problema NENHUM nisso. Porém, é muito mais digno explicar pro cara o motivo de você “não querer arredar o pé” por ser algo muito importante e dar exemplos práticos disso, do que simplesmente falar que morou fora “e que lá era assim”, sabe? Até porque você não quer ter o mesmo autoritarismo que você está reclamando dele. Por mais que a gente aprenda a amar coisas de fora, temos que aprender a namorar e viver em parceria também. Do contrário, o que se achar sempre o dono da razão virará apenas uma companhia chata.

Por fim, a depender da conclusão da conversa entre vocês, lembre-se que ninguém será obrigado a aceitar os motivos do outro, e que nem tudo é certo ou errado: às vezes, vocês só não se batem mesmo. Sem contar que nesse caso aí, também dependerá muito da maturidade e do amor entre vocês. “Sacumé”, né? A onça corre mais quando está com fome kkkk.

“Amar é aceitar os defeitos do outro, mas jamais algo que te faça infeliz”.

Boa sorte!

Leia:

Entrevista com um casal naturista

Sou exibicionista e não entendo por que meu namorado não aceita isso!

Não que seja o caso, mas a ideia central pode ajudar se ele assistir ao vídeo sobre “o passado da minha mulher rodada”.

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Rogih

    Eu precisei ler duas vezes o título da pergunta para ver se era seria mesmo.

    Sério que no seu namoro esse é o único e o problema mais grave que você e ele tem?

    Se no país que você estava esse costume era natural tudo bem, mas aqui no Brasil só em alguns lugares é bem aceito.

    Como a Luiza mesma disse, não é questão de machismo mas é até perigoso fazer isso em certas praias aqui a cultura do brasileirinho é diferente tem gente com maldade no coração que pode até querer abusar ou te assaltar, fique alerta, aqui não é Europa.

    Eu acho que isso seria um problema se você morasse na praia mas acho que você só vai para lá esporadicamente correto?

    Você e seu namorado precisam fazer que nem os casais que querem ter relacionamento aberto, combinar tudo bem direitinho, os limites e o que pode e não podem. Negociarem, flexibilizarem, se vocês quiserem continuarem juntos você pode ceder um pouco em algumas coisas e ele em outras. Você sabe que relacionamento exige jogo de cintura não pode ter uma atitude tão intransigente.

    Conversa vê quais são as preocupações dele…

    Quando você vai fazer seu topless ele vai junto? Você manda um what’s para ele do tipo tô na praia de topless com um emotion?

    Em última das hipóteses se fazer seu topless é tão importante assim, termina o namoro e se joga no topless. Você pode até conhecer uma pessoa mais parceira que não ligue e pelo contrário até aplauda quando voce fizer isso.

    Sei que em relacionamento cada um tem suas individualidades, coisas que gostam e que o outro não gosta. Algumas pessoas abrem mão e se sentem infelizes e ainda por cima culpam o outro, além de jogar na cara que deixou de fazer tal coisa pelo outro. Cada caso um caso, bom é tentar equilibrara, nem muito nem pouco, achar a medida.

    • mariana cobra

      Já conheceu alguém que saiu do interior, mas o interior não saiu da pessoa? Pois então, certas pessoas fazem viagens mundo a fora e voltam normais, agregam cultura, e numa conversa NORMAL tem outras experiências legais para compartilhar e outra forma de ver o mundo, ver o próprio país…dando valor a algumas coisas nossas e pensando em mudar outras (EX. nosso desrespeito com horários marcados).
      Contudo, existem outros tipos de viajantes que retornam abobados, com sotaque forçado e com costumes superficialmente adquiridos e acabam por ser pedantes, chatos e até mesmo idiotas…
      Se a moçoila quer tanto pagar tetinha aqui no Brasil, vá ao google e pesquise os locais apropriados, pois a NOSSA cultura limita a liberdade de expressão corporal…e se não tá satisfeita, volte pro raio que a pariu!

      • Jéssica

        Concordo em tudo, achei mesquinho e infantil.

      • Rogih

        Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk bravo!

        Tem gente que é muito sugestionavel e se deixa influenciar por muita coisa.

        Sinceramente achei muito fútil esse papo dela.

        Por isso que muitos conflitos acontecem as pessoas querem fazer coisas que não condizem com alguns locai,seus costumes locais. Puxa! Você pode não concordar mas se estiver num coletivo de gente tem que pensar nos outros e pelo menos fingir respeitar.

        Imagina a figura querendo fazer top less em país mussumano, ia ser apedrejada.

        É aquela história dançar conforme a música.

        É festa a rigor e todos estão dançando valsa aí vem uma doida e dança funk, Kkkkkk.

        Realmente tem praias próprias para fazer isso. Eu não gosto de ver nem mulher nem homem sem camisa em praia. Já me basta meus vizinhos barrigudos desfilando pela rua de final de semana exibindo suas voluptuosas barrigas 🙁

        Ninguém merece!

      • Arianny

        Tem pessoa que é demais quer pagar peitinho e o namorado tem q aceitar calado…

        Se onde ela morava era normal aqui no Brasil não é, mas existe praias e clubs naturalista p isso, evita o constrangimento de qm ta na praia e do seu namorado de ter q ficar vendo os outros olhando.

        • anderson

          eu sou gordão,vou pagar peitinho na frente dela pra ver se ela acha bonito kkkkkkk

      • Denilson Padalecki

        HAHAHAHA .. Gosto de gente direta assim !
        Alguém avisa pra essa moça q se o único problema no relacionamento dela for esse, ela tem um relacionamento perfeito e não sabe.

    • Gabriela Mendes

      Vc e a Luiza falam tudo, nao da pra ser ingenua né?? Estamos no Brasil !!! Ta na Dinamarca mais n amg kkk… E eu tbm precisei ler duas vezes pra perceber que era serio kkk, nao acreditei que o problemao delaa era esse, complicado…. Mas enfim acho que com uma boa conversa, maturidade e pé no chão tudo se resolve… Boa sorte

      • Rogih

        To com um pouco de vergonha alheia de ter respondido esse Post até agora ainda tô pensando se essa pergunta foi seria mesma ou não. Kkkkkkkk

        As únicas soluções para ela são fazer o top lesse em algum lugar adequado que não ofenda ninguém, ver se acha um meio termo com o namorado ou parar se vez.

        Mas sendo sincero acho muito infantil isso, tipo aquelas crianças que ficam gritando para a mãe que o irmãozinho não quer deixar brincar com seu brinquedo…

        De outras formas nos relacionamentos esses conflitos de opiniões e interesses acontecem bastante e repara nem sempre as pessoas têm a maturidade e sinceridade de falar o que está acontecendo, como se sente de um modo pacífico e sem criticar o outro.

        Não duvido nada aparecer um Post daqui uns dias de alguma guria dizendo que gosta de usar roupa curta porque sente muito calor mais o namorado não aceita kkkkk

      • bem q eu queria estar na Europa kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
        esperemos domingo s2

        • isabel dos sántos- é a máior

          anda para perto de mim. pode ficar nua q não me inporto

  • Franciele

    Acho interessante acrescentar ao texto duas importantes premissas que a leitora parece ter esquecido: primeiro, é natural do ser humano reagir de forma a repelir qualquer comportamento que fuja a zona de conforto de cada um, e ela mesma, se parar para pensar, verá que fez isso muitas vezes; segundo, se essa “preferência” foi resultado de uma experiência no exterior, bastaria ela lembrar, com honestidade, a forma como costumava pensar a respeito desse assunto antes da viagem, o que ajudaria muito na empatia com o namorado.
    Não estou sugerindo que ela precise se adequar ao padrão dele, mas me espanta bastante a leitora assumir seu padrão de pensamento adquirido, como se fosse inato.

    • Mt interessante seu comentário! Posso saber oq vc estuda Fran?

      • Franciele

        Sou da área jurídica, mais uma aqui no blog rs; meu ramo de atuação é o tão falado Direito Financeiro.

        • Parente da Nat, só que não é parente kkkkkkkkkk
          vc é da área publica, ou ainda tá estudando e tals?
          Seja bem vinda, sempre bom ter uma “adevogada” por aqui kkkkkk

    • Mika

      “… me espanta bastante a leitora assumir seu padrão de pensamento adquirido, como se fosse inato.”
      Tal pensamento fica ainda mais evidente no título do post. Ela usou o verbo VIR no lugar de VOLTAR, dando a entender que nasceu ou viveu na Dinamarca a maior parte da vida.

    • anderson

      te garanto que ela reagiria mal se visse na rua uma mulçumana usando o “hiquab” (aquele véu envolta do cabelo)

  • Gaia

    Sou da opinião de que todo relacionamento implica em ceder vez ou outra, desde que isso não mexa com coisas que são importantes de verdade para vc. Exemplo: vc gosta e vez ou outra usa um tipo de roupa que ele detesta. Então, se para vc isso não é realmente importante, pq não ceder? Mas e se vc amasse esse tipo de ambiente e se pudesse só usaria todo dia? Ai ceder seria abrir mão de algo que é realmente importante para vc. Existem muitos detalhes numa relação que um dos lados vai precisar deixar para lá e o equilíbrio está em não brigar por aqueles que não são realmente importantes e dos quais abdicar não seria um esforço.
    Então, pese bem o quanto o topless é realmente importante para vc e o quanto realmente é importante para ele que vc não o faça. Se nenhum dos dois puder ceder, acho melhor repensarem a relação. Não é que está errado ou certo, mas infelizmente possuem gostos que não se batem e dos quais abrir mão seria ferir a pessoa que vc realmente é.

    • mariana cobra

      Isso aí tá mais com cara de guria besta que voltou do exterior até com sotaque só pra dizer que foi pro exterior…kkkkkk…ri muito da superficialidade, idiotice e bobagem da colega.

  • mariana cobra

    A primeira coisa que veio a minha mente foi: PUTA QUE PARIU QUE MOÇA IDIOTA!
    Pelo que li, ela faz parte da seleta categoria de pessoas muito fúteis que andam por aí.
    EXPLICO: sabe aquele seu amigo ou amiga que fez uma viagem e voltou com sotaque, maneirismos e sempre com a frase “AH, MAS LÁ ERA ASSIM”.
    Mano, se liga! Que coisa mais otária isso, viajar e voltar com essa panca de “agora sou assim”. Pegue as experiências dinamarquesas e agregue a cultura para SER uma pessoa melhor e não os chatonildos pés nos sacos que quando viajam voltam com atitudes idiotas.
    Lá você podia fazer e bordar, aqui existem LUGARES para isso…quer pagar teta? Vá a uma praia de nudismo, mas antes disso CRESÇA guria!

    • Alex

      Nao entendo porque essa raiva toda. Na minha visao essa menina experimentou topless no exterior, gostou, e agora faz aqui no Brasil. Apenas isso. Eu moro em Copacabana, no Rio, e na praia em frente ao hotel Othon é razoavelmente comum ver-se mulheres topless sem o menor problema. Talvez essa menina seja meio imatura e esteja querendo impor seu jeito sem se preocupar com o que o namorado pensa ou sente, mas isso nao justifica uma postura agressiva contra ela. Para terminar acho curioso como os brasileiros aceitam mulheres na praia com o bumbum completamente de fora mas recriminam fortemente aquelas que ficam com os peitos de fora.

      • mariana cobra

        Primeira vez que o vejo respondendo a um comentário meu, então, parto do pressuposto que não seja um leitor dos meus comentários, assim sendo, talvez não esteja acostumado com o tom que uso…dificilmente uma estranha, que não faz parte da minha vida, faria eu sentir qualquer coisa.
        Agora leia: “Eu gosto de ficar assim porque trabalhei 2 anos na Dinamarca como babá e lá eu ficava na praia o tempo todo topless, porque é super normal, daí eu me acostumei a ficar com os peitos de fora e não tolero mais de jeito nenhum usar o sutiã do biquíni na praia.”
        Se ela dissesse qualquer coisa diferente que demonstrasse que exibir-se é algo DELA, da personalidade DELA, meu discurso seria outro.
        Contudo, ela só mostrou que veio com maneirismos adquiridos lá fora, num mundo desenvolvido e cheio de flores bla bla bla….
        Eu disse o que penso, faça um comentário seu, dizendo a SUA opinião, assim a moça terá vários pontos de vista!
        Continuo achando-a idiota, imatura e com a síndrome do viajante abestado.

        • Deb

          Secalhar até é “maneirismos” mas ainda assim, essa não é uma razão para deixar de fazer aquilo.
          O rapaz podia namorar com uma dinamarquesa, a discussão seria a mesma.

          • mariana cobra

            Mas entenda, namorando uma dinamarquesa ele deveria levar em consideração o choque cultural, pois a mesma nasceu e conviveu numa sociedade onde tais práticas são consideradas normais…
            Agora uma brasileira voltar do exterior com essa atitude, namorando um compatriota, diga-se de passagem, criado num país machista/patriarcal e com costumes retrógrados, e, ainda por cima, não ter o mínimo de empatia com ele…aí que mora a falha/erro Deb.

          • Deb

            Eu acho que o facto dela ter “mudado” nesse aspecto, seja algo forçado ou não, não muda nada, no final ela mudou porque quis.

            Ela namora com um “machista”? Talvez. Eu não vi no texto ela dizendo que ele não quer por uma questão de segurança, portanto deduzo que ele só não gosta porque outros vêem os peitos da moça xD
            Eu não sei se ela tem empatia para com ele e os seus motivos, até pode percebe-los (eu acredito que perceba) mas ainda assim não achar q seja motivo suficiente para mudar por algo tão futil como “eles olham para você”.

          • mariana cobra

            Num relacionamento nada pode ser levado muito a ferro e fogo, no estilo “sou assim e ponto final”. Se não cedermos aqui ou ali o desgaste vem e tudo acaba.
            Acredito que os novos modos da moça deveriam ser pautados pelo local onde se pratica. Se existem praias naturistas, acho fora do tom sair exibindo suas tetas em locais públicos…só, causa desconforto para ele e para quem está dividindo um local público.
            A partir do momento que ela diz “Você não acha que o meu namorado está sendo super injusto comigo querendo me controlar e policiar o jeito que eu fico na praia?”
            NÃO, não acho. Ele está seguindo e dançando conforme a música social aceita aqui no nosso país…. e segue:
            “O que é que eu faço para ele me entender?” RESPOSTA: vista a parte de cima do biquíni! Simples assim….

          • Deb

            Concordo com sua primeira frase.
            Mas continuo achando que não é o namorado que deve policiar isso.

            Eu não sei como são as leis, mas mais alguém, sem ser o namorado, foi perturbar a moça? Se é permitido nos lugares q ela vai, se ela não sofre nenhum perigo, e a unica coisa chata é “ser olhada” então acho pouco, entende?

          • mariana cobra

            Claro que entendo, só não concordo.
            Acredito que não deva ser muito confortável para o namorado dela passar por isso, vendo outros olhando-a…
            Meu noivo sabe que sou ciumenta e por isso me respeita…sabe como? Nunca o peguei olhando descaradamente para ninguém…se olhou ou deixou de olhar já não é problema meu, mas fico grata por ele evitar tamanho desconforto para mim…o nome disso é empatia pelo outro.
            Ela não está errada em fazer o que bem entende…o erro está em exigir que ele entenda, aceite, apoie e compreenda. Forçá-lo a ser quem não é…isso que causa estranheza na minha interpretação.

          • Deb

            Bem, eu acho que ela não deve força-lo a apoia-la e gostar da situação, até porque isso nem iria acontecer, só mesmo “fingindo” rs.
            Mas é a mesma coisa para ele em relação a ela, pode não gostar mas deve compreender e não proibir. Se não está feliz, olhe, que termine =/

            Isso q o seu namorado fez foi bom! No entanto, é algo que nós/casal podemos fazer e q está no nosso controlo, pois continuamos a não controlar o q os OUTROS fazem e acho q não devemos deixar de fazer o q queremos por causa dos outros.

      • Wana

        Alex eu moro exatamente ali, e posso te afirmar, com certeza, que aquele ponto não passa de um puteiro. São as prostitutas mostrando a mercadoria para os turistas.
        Duvido que vc veja meninas e/ou adolescentes de boa estirpe neste trecho da praia. Ali só para puta.
        Dê uma olhada no Meia Pataca e vc verá a mesma coisa.

        • mariana cobra

          Ihhhhhh Prevejo Tretas com a filha dele

        • Como assim, as meninas q fazem topless em copa, inclusive durante o dia, a maioria é GP? Tipo GP paga mesmo?

          Meu sonho é morar no RJ, ou em uma cidade menor bem linda, tipo floriipa ou ilha do mel kkk

          • Wana

            Não querida Luluzinha. Eu falei que em frente ao Othon Palace sim, é um mostruário de peitos, xotas e afins. Tudo bem, xota foi exagero, mas peitos e oferecimentos estão a vontade. Sou brasileiro e me acham com cara de gringo, pois depois de 30 anos passando pela mesma rua, os mesmos idiotas continuam me oferecendo troca de dollares. E sempre dando graças a nosso bom Deus que o estado fechou a Help, logo na esquina.
            Este sim, o maior puteiro de Brasil. A Help, não a esquina.

          • vc é loiro? kkkk

          • Wana

            Cabelo castanho escuro, os que sobraram, é claro.

          • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
            e pq sera q t acham com cara d gringo?

        • Wana

          A propósito: o meia Pataca é um restaurante ao lado do hotel.

        • anderson

          peraí Wana,eu nasci no Rio mas saí de lá e vim pro ES faz uns 10 anos,me diz aí,aquele trecho em frente ao hotel Othon ainda é um puteiro a céu aberto??? eu lembro que eu passava em frente as 5:00 da manhã indo pro trabalho (uma reforma em um apartamento de luxo num predio da região)e as pessoas estavam fazendo sexo na areia….TODOS OS DIAS QUE EU PASSEI LÁ……

          ainda tá do mesmo jeito???mas que merda hein !!!!!!!?????

          • Wana

            Continua o mesmo puteiro, só não tem mais as trepadas na areia, pois de uns anos para cá a praia é toda iluminada. E se for dar umazinha e os homens verem, vai dar cana.

    • Wana

      Foi a resposta mais inteligente até agora. Parabéns pela lucidez.

    • Paulo

      só tem um problema com essa ideia “pegue as experiências dinamarquesas e agregue a cultura para SER uma pessoa melhor” se vc fizer isso já vai estar entrando em confronto com a cultura local pois para ser brasileiro vc precisa de um certo nível de escrotidão que é o oposto de ser alguém melhor

      imagina que vc passa um tempo na Alemanha que é um pais ultra disciplinado e volta pro brasil então vc abre uma embalagem de qualquer coisa e ao invés de jogar no chão vc procura um lixo para jogar, tecnicamente vc esta sendo uma pessoa melhor, mas pode estar certa que alguém vai falar que vc está sendo “chatonildo, pé no saco com atitudes idiotas uma vez que todo mundo jogo lixo no chão pq vc tem que ficar com viadagem de procurar lixo” Sinceramente a falha da moça esta na dificuldade de entender que isso aqui é brasil o resto é efeito colateral!

  • Luiz Dell Avila

    Imagina se o namorado então decide que poderá ter outros relacionamentos sexuais fora da relação, visto que viajou para X lugar (Amsterdã) e lá a população liberal não vê problemas nesse tipo de comportamento, visto que, “meu corpo minhas regras”. Imagine seu namorado decida só fazer sexo a 3 ou que só aceite ficar com você se puder ficar com outra pessoa ao mesmo tempo (aka poliamor europeu). E ai? como fica essa mente “prafrentona” sua?

    Engraçado isso, “meu corpo minhas regras, seu corpo minhas regras”

    Ele não é obrigado a aceitar isso, e você também não, se não batem as ideias neste nível, cai fora ou deixe ele achar alguém que condiz com o que ele espera de uma companheira.
    E você vá procurar alguém que aceite pacificamente seu comportamento.

    • Alex

      Essa sua argumentaçao nao faz sentido. Porque comparar uma mulher topless na praia com um homem tendo relaçoes sexuais fora do relacionamento? Nao tem nada a ver.

      • mariana cobra

        Foi exagerado, mas demonstra num tom excessivo que ele também poderia ser idiota ao ponto de incorporar uma cultura muito diferente da nossa e achar um ABSURDO ela não concorda…
        Exemplo: sou homem e vou para o oriente médio, volto querendo um harém….várias esposas…excessivo? Sim! Mas não deixa de ser a mesma linha de pensamento da leitora…

        • anderson

          se eu fosse pro oriente medio provalvelmente eu voltaria com umas cicatrizes de guerra,lutar é a cultura de lá,se eu não desse um jeito de me ajustar a cultura local eu estaria morto antes se sair do aeroporto kkkkk

      • Stan Lewis

        A argumentação do luiz faz sentido porque nos dois casos a pessoa está querendo inventar um motivo pra fazer o parceiro dela ‘ceder’ às vontades dela só porque ‘em tal país é assim’.

      • isabel dos sántos- é a máior

        faz sentido simplesmente pq na olanda há liberdade sexual. e agora seu burro???vai-te cultiva

    • Só acho q isso d cada um pensar “meu corpo, minhas regras” e se todo mundo levar isso mt a sério, a bagunça q nao vai dar kkkkk pq a partir do momento q vc se relaciona com outra pessoa, tudo passa ser um interesse comum, não apenas d um só..

      E aí os relacionamentos nao duram mais nada, eo povo nao entende direito “pq”

      • Arianny

        Pois é luiza essa geração egoísta o cara de pedra ja comentou isso uma vz pra se ter mais é preciso se doar mais

        • Sábio cara de pedra!!!!

          • Arianny

            ele ta sumido dos comentários ou eu q sumi e não to vendo todos os comentarios?!

          • Desde que ele fez o último texto colaborativo ele sumiu, disse q está resolvendo umas coisas, vamos ver oq acontece

  • Vladmir

    Se eu fosse seu namorado, já tinha te dado tchau e bença, pois eu não ficaria confortável numa situação dessas. Pode ser costume lá, mas aqui não é. Recomendo que procure alguém que não se importa de ver a namorada desfilando pelada na rua. Obs: só para deixar claro que não acho que vc “não serve pra namorar” só por isso, afinal o corpo é seu; mas tem que achar alguém que concorde com essa pratica, coisa que eu e a maioria dos homens deste país ficaria incomodada. Agora, sempre tem aquele cara q sente até orgulho de ver a homarada babando nas tetas da namorada. Só não é o mais comum.

  • Alex

    Bem vou dar minha opiniao aqui e a seguir relatar um caso que na minha opiniao tem muito a ver com essa pergunta. A menina morou na Dinamarca, viu que gostava de topless e quando voltou para o Brasil passou a ficar topless na praia como ja estava acostumada. Entao eu nao vejo problema algum nisso, pelo contrario, vejo até um mérito pois ela faz o que acha que deve fazer sem se deixar abalar por opinioes contrarias. Por outro lado creio que ela deva ser um pouco imatura pois parece que nao se preocupa com as opinioes e os sentimentos do namorado e se revolta quando ele se mostra contrario ao que ela quer. Falta um pouco de dialogo dos dois lados.

    Agora o caso que desejo contar : Eu tenho uma filha adolescente que frequenta a praia usando um biquini fio dental muito mais ousado do que eu gostaria, daqueles que deixa o bumbum praticamente todo de fora. Eu nao gosto, já falei algumas vezes para ela que isso é um exageiro mas ela quer assim e eu respeito pois acho que nao tenho o direito de impor minhas opinioes. Pois bem, nós viajamos para os Estados Unidos visitar minha Irma que mora na Carolina do Sul e fomos a uma praia chamada Myrtle Beach. Entao, adivinhem…….minha
    filha foi com aquele tal biquini fio dental. Como todos sabem a Carolina do Sul
    é um estado bem conservador e sendo assim a minha filha de bumbum de fora causou um certo desconforto em muitos banhistas que nao estavam
    acostumados com biquinis brasileiros. Eu notei o clima e pedi a minha filha que
    trocasse o biquini mas ela disse que nao, que nao iria modificar o seu jeito só para agradar o padrao de moral de alguns. Entao eu concordei com ela pois se aceitava seu jeito no Brasil porque nao iria aceitar em Myrtle Beach? Confesso que me senti desconfortavel o tempo todo com a atençao que minha filha chamava mas nao reclamei mais com ela.

    • Stan Lewis

      “Dependendo de leis locais conservadoras de alguns estados dos EUA” sua filha poderia ser presa por atentado ao pudor rsrs, quando estamos na casa de alguém, devemos seguir as regras dos donos da casa.

      Exemplo: Se na sua casa você gosta de ficar peladão cantando funk, é um direito seu, a casa é sua e são suas regras, sua propriedade privada. Mas a partir do momento que você está na casa de outra pessoa, você não pode simplesmente ficar peladão e sair cantando funk na casa da pessoa, não é somente uma questão de respeito e educação, mas sim de ‘regras e costumes regionais’.

      Você deixaria sua filha usar um ‘fio dental’ em alguma praia ou piscina em um país muçulmano??? Sua filha teria coragem de usar fio-dental em um país muçulmano? Ela sabe o que aconteceria com ela se ela fizesse isso lá?

      Diante dessa situação da praia que você falou, eu acho que ela queria mesmo é ‘chamar a atenção’ dos banhistas e não ‘agir normalnente’, já que o ‘fio-dental’ pode até ser considerado normal no Rio de Janeiro e em outras cidades brasileiras, mas certamente não era ‘nada normal’ na Myrtle Beach. Bom, essa é a apenas a ‘minha opinião’ sobre o que você descreveu, espero que não se sinta ofendido com nada do que eu disse.

      • mariana cobra

        Acabou o bom senso Stan…as pessoas vivem como querem sem importar com nada…

        • Stan Lewis

          Exatamente, os conceitos estão todos bagunçados rsrs

          • anderson

            cada dia que passa é um 7X1 diferente,aonde que alguem vai na MINHA CASA e abre a MINHA GELADEIRA sem pedir,esse cara aí não pecerbe que a filha dele demostrou uma TREMENDA falta de respeito e educação perante a sociedade local,E AINDA APOIA!!!!!!

      • Alex

        Stan,
        Num pais muçulmano a mulher encontraria serios problemas se estivesse usando biquini, short, bermuda, saia, ou com a cabeça descoberta. Eu nao levaria minha filha num lugar desses. Com relaçao aos Estados Unidos – Carolina do Sul, usar biquini pequeno nao é contra a lei, apenas nao é comum e por isso as pessoas estranharam. Prova disso é que ficamos por horas na praia e ninguém foi preso. Quero mencionar que por mim minha filha nao ficaria de bumbum de fora em Myrtle Beach e como pai falei pra ela que nao ficava bem e pedi pra trocar o biquini, mas a decisao tem que ser dela e nao imposta por mim. Ela decidiu continuar do jeito que estava e so me restava aceitar e apoia-la.

        • Stan Lewis

          Desde que ela esteja ciente de que ‘essa liberdade’ que ela gosta de ter pode vir a trazer problemas em determinadas situações e que ela teria que enfrentar as consequências disso, então ta tudo certo rsrs

  • Stan Lewis

    Leitora, se o seu namorado viesse de um país onde é normal um homem ter várias esposas, você aceitaria normalmente dividir ele com outra mulher? ¬¬

    • anderson

      allha akbar 3…2…1… BBBBUUUUUUUUUUMMMMMMMMMMM

      entendedores entenderão XD

    • Débora Brito

      esse pesamento, eu compartilho…

      quer dizer que se eu passar um tempo em uma aldeia que é permitido matar e comer a pessoa, vou chegar aqui no Brasil e fazer isso só porque lá podia?

  • Monalisa

    Leitora, sério que é mais importante para você ficar com os peitos a mostra na praia do que seu relacionamento? O que custa colocar a parte de cima? Na relação a gente tem que ceder para a qualidade do relacionamento. Se isso é mais importante para você do que sua relação troque de namorado e namore um cara que aceite.
    Colocar a parte de cima não vai te fazer pau mandado do namorado. Te fará inteligente. Seja habilidosa para contornar certas situações e bater o pé em situações que realmente valem a pena!

    • Stan Lewis

      Acho que essa leitora preferia é estar com um namorado ‘naturista’ rsrs

    • anderson

      é a velha arrogancia humana:o ladrão sempre vai se ver a si mesmo como um heroi que toma de volta o que os “poderosos” lhe tiraram,as pessoas SEMPRE acham que o que fazem está certo,e se o MUNDO INTEIRO lhe critica,o mundo está errado….

  • Deb

    Realmente, acredito que no Brasil seja diferente. Onde vivo, a maioria veste bikini ou fato de banho mas quando aparece alguem de topless, não existe escandalo por isso e nem precisa ir a uma praia de nudismo para fazerem topless, aqui, nudismo é mesmo para quem quer despir-se integralmente. xD

    Eu acho que: Se em X praia é proibido, então não tem de fazer e pronto! Se não é proibido, cada pessoa faz o que quer.
    O namorado não gosta? E se estiverem numa praia naturalista? Já pode ou vai querer proibir porque simplesmente não gosta q mostre os peitos e outros homens vão ficar olhando seja em q sitio for?
    Bem, eu acho que toda gente fica olhando, seja com ou sem bikini, seja em que praia for. E ele tambem vai olhar!

    Combina assim: “uma vez vamos numa praia de nudismo e eu faço topless, outra vez vamos numa praia normal e eu uso o top, mas você também não pode ficar olhando as moças!” xD

    • Onde vc mora Deb!?

      • Deb

        Portugal 🙂
        Aqui não tem muita gente a ir em praias nudistas (apesar delas existirem) a maioria vai nas normais, mas até numa praia considerada normal as mulheres podem fazer topless (a não ser que seja aquelas zonas que tenha um sinal a proibir).

        • Uma vez eu ganhei d uma amiga q morava ai um santinho protetor, adorei =)

          o povo aí é bem religioso, né?

  • Mika

    Leitora,
    Trabalhar como Au Pair na Europa por dois anos deve ter sido uma experiência e tanto, mas nem sempre uma “delícia”, né?! Certamente houve momentos de grande dificuldade, os quais exigiram responsabilidade e sacrifícios. Essa é uma das vantagens do intercâmbio; as pessoas voltam de lá mais fortes e maduras.
    Entretanto, estou aqui me perguntando qual a razão de você escrever pro blog pra pedir ajuda com um problema que pra mim é uma “titica”.
    Não sabemos há quanto tempo voltou, mas está me parecendo que seu verdadeiro problema não está no fato do namorado não gostar do seu topless, mas no fato de que não está sabendo lidar com o choque de culturas. Você está transferindo pra ele um problema que é exclusivamente seu. Assim, eu vou lhe dar um conselho: Pare de bater de frente com todo mundo que pensa diferente de você. Sua verdade não é a única, nem a maior. Aprenda a respeitar os costumes e aceitar as diferenças de crença e opinião. E, o mais importante, aprenda a negociar.
    Se suas crenças são mais fortes do que o amor que sente por ele, libere-o e vá procurar alguém que pense como você. Mas se as atitudes e costumes do Brasil a estão incomodando muito, é porque o choque cultural ainda não foi completamente absorvido. Nesse caso só lhe restam duas opções: Deitar e ficar quietinha até passar esse mal estar, ou voltar pra lá e trocar mais algumas centenas de fraldas* .
    Boa sorte!

    PS: A troca de fraldas foi uma metáfora usada pra mostrar a possibilidade de nova aprendizagem e amadurecimento, não como ironia ou praga… rs

    • E olha q ela nem ficou lá muito tempo e já tá assim! kkk
      É que nem sotaque> tem gente q mora um mes na cidade e já “pegou igualzinho”. Tem gente q nem eu q tá tipo ha uma decada e não pegou mt coisa kkkkkkkkkkk

      • Mika

        Meu sobrinho é assim. Vai em férias pra algum lugar e volta com sotaque. É assim desde criança, mas nunca fez de propósito. A gente achava muito engraçado, porque ele tinha uma enorme facilidade em incorporar expressões, novas palavras, entonação… rs

        • Mii ontem tava me lembrando d vc, não sei se vc ta na fanpage, no insta ou no snap, mas eu postei uns lances d sex shop, entre eles aquele do dragão chines, sabe?

          Ai queria t perguntar uma coisa: foi tu q falou q ele servia como medicamento? Sei la se era dor d garganta ou algo assim. Como era mesmo?!

          • Mika

            Lu, essa pomada do Dragão Chinês eu nunca usei, mas dei uma olhada na composição e achei muito parecida com aquela que mencionei noutro post (a que eu uso é a Tiger Balm). Essas pomadas são medicinais, pra uso em dores musculares, dor de cabeça, tosse e peito cheio, picadas de insetos… O famoso Vick Vaporube, tão usado por nossas mães, tem uso e composição semelhante. A menta e a cânfora, presentes em todas, é que dão essa sensação de quente/frio.
            Sua utilização no sexo é uma “descoberta” posterior. Como elas não foram feitas pra isso, o pessoal não sabe usar e acaba estragando a festa.
            A que eu costumo usar é esta, e também é conhecida e utilizada pelos amantes… rs: https://www.facebook.com/lojapontoextra/posts/694944383875435
            Outra coisa que eu acho excelente é esse Óleo de Flor Branca: http://www.ebay.ie/itm/White-Flower-Embrocation-Medicated-Oil-20ml-Large-Bottle-/131545656064

          • Amei muito as dicas Mi, muito obrigada! E esse branco é só de passar tipo pasta tbm q nem o red ne?

          • Mika

            O Tiger Balm branco e o vermelho são pastas, como o Dragão Chinês e o Vick Vaporub. O White Flower é óleo. O Tiger Balm e o White Flower são muito fortes; na hora que você passa na pele, a sensação inicial é de queimadura, mas depois de um tempo suaviza.

    • anderson

      observação excelente minha cara Mika,e só como adendo,o Brasil ainda lida bem com choque cultural,se ela fosse para um país islamico,ela seria barrada no aeroporto porque não estaria usando um lenço pra cobrir os cabelos…….sem contar que não poderia andar na rua sozinha,não poderia dirigir automoveis,não poderia votar,não poderia receber herança,não poderia ir ao ginecologista sozinha,não teria a guarda sobre os filhos,etc,etc,etc…..

      é facil ficar de mimimi no Brasil,arranca a blusa e escreve “marcha das vadias” nas tetas e vai pra rua protestar,quero ver é ser feminista na Siria,Iraque,Afeganistão….

  • Paulo

    Moça sim estamos no século XXI, mas isso aqui é o brasil, aqui mesmo a mulher estando de burca, é obrigada a presenciar as caras de maníaco sexual de pelo menos 90% dos caras que ela encontra na rua e vc quer fazer topless?
    Depois não vai reclamar se for estuprada, te chamarem e tratarem como puta, chamarem teu namorado de corno, ser demitida do emprego e por ae vai!
    (AVISO: ESTE NÃO É O MEU PENSAMENTO, TAMBÉM NÃO ESTOU FAZENDO APOLOGIA AO ESTUPRO OU AO DESRESPEITO A MULHER, SÓ ESTOU RETRATANDO A PODRIDÃO CULTURAL DESSE ESGOTO DE PAÍS).

    • anderson

      relaxa voce só está sendo realista,eu já vi coroa passando cantada em menina de 12 anos na praia,o pai dela viu e e tacou um coco na cabeça do veio kkkkk,foi embora pingando sangue……

      ai ai, cada dia é um 7X1 diferente….

      • Paulo

        huaushuhsu ja to escaldado por aqui, tirando pessoas especificas o resto quase nunca entende minha posição isso quando não insiste em afirmar que eu quis dizer algo, mesmo eu mandando uns 3 textos falando que não era aquilo!

        aqui no brasil as pessoas nascem com a etiquetadora na mão e não adianta falar que não liga pra opinião dos outros, pois muitas vezes na vida vc fica a mercê da avaliação alheia, neste caso, mesmo admitindo que o namorado leve de boa, não acho que ele iria aguentar o falatório e as brincadeiras dos outros, no caso dela tudo que ja disse é bem possível de acontecer, por isso não acho que pegar sol no bico do seio valha todo esse efeito colateral!

  • Thomaz Aquino

    Essa e facil reponder..vc não esta em seu Pais…alguns países vc nao poderia mostrar nem as canelas…aqui pode mostrar peitos no carnal ou en porto seguro tem praiw de nudismo. ..bom tem lugar pra tudo..
    So tire a onde outros tirem..simples nao e…?

    • é que aqui pra pagar peitinho, só no carnaval kkkkkkkkkkkkkk #vaientenderobrasil

      • anderson

        e dependendo do estado é CRIME, muié pagar peitinho,aqui no ES,top less é conduzido a delegacia e registra alto de infração,a mesma coisa que fazem quando pegam alguem fumando maconha na rua por exemplo…

        • e ainda tem essa, verdade kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Débora Brito

    Amiga… Antes de mais nada, você está o Brasil e aqui não é permitido estar assim a não ser em locais próprios para isso… depois, você namora um brasileiro e eles não aceitam esse comportamento (a não ser uns que contam cada caso aqui no pergunte que é de deixar o caelo em pé)… terceiro, você e seu boy não entram num acordo e você decide pagar de feminista independente com um namorado Macho Opressor… Faz o seguinte, deixa o boy e arruma um mais anarquista, ou volta pra Dinamarca… nem você é obrigada a cobrir as tetólas, nem ele obrigado a ver outros homens de uma cultura não acostumada com tetólas ao ar livre comendo a gata dele com os olhos… agora querer por força que ELE faça o que VOCÊ quer aí já é ser super abusada, minha linda… #faissunão
    Finalmente, se vocês vão ficar nessa guerrinha seu relacionamento já fracassou… bjs

    • anderson

      manina,eu sou beeeem gordo,voce certamente não iria gostar de me ver nú andando pela rua kkkkkk

      • Débora Brito

        hahahaha… quem sabe? mas a ideia seria que fosse algo natural e não que nos desse desejo… de qualquer forma eu gosto de gordurinhas, Anderson… só não gosto de pelos, nem de caras de academia

        • anderson

          oooohhhhhhhhh!!!!!!!!!! meu apelido quando eu era moleque era “bola de sinuca” de tão liso que eu sou….( ͡° ͜ʖ ͡°)

          • Débora Brito

            kkkkkk… o “buli” reinou com você, hem, fii… homens peludos me dão coceira… uma vez disse a um amigo que eu não gostava e ele perguntou porque e eu não quis responder, fiquei com vergonha de dizer que aqueles pelos infinitos dão uma coceira desgraçada… até barba me irrita a pele… gosto dos lisos, dos morenos, dos gordinhos, dos baixinhos… (Como dizia um grande amigo meu… gente magra não tem nada pra apertar… pra pegar… é puro osso)

  • josè

    Cara leitora vc esta certa !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Mostra mesmo !
    esse e meu conselho !rs

  • Valmir Miranda

    no caso da moça que faz topless larga o namorado poxa, arruma outro que aceita caramba sai do namoro

  • Valmir Miranda

    Eu também sou exibicionista e naturista e daí

  • Pain28248 .

    Fiquei só admirando a mulher da foto! Que baita mulherão! Pena que não é uma realidade pra nós! A gente tem que se conformar com essas mulheres no nosso pé mesmo a gente não querendo e dando graças a Deus por ter alguém que nos queira!

    http://www.sitedebelezaemoda.com.br/wp-content/uploads/2015/03/mulher-com-costas-gordinhas.jpg

    • Filho Da Dilma

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      a Loirinha da foto da publicação ta mexendo com minha líbido,
      com uma dessa, deixo fazer topless, desfilar nua no carnaval,
      eu pago desfile e tudo.
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • anderson

        essa mina de saia vermelha tá até muito gostosa se comparado ao que eu já peguei XD