Como lidar com uma mulher ciumenta? Não sei se me caso depois dessa!

44

Leitor: Olá, tenho 35 anos. Namoro há cinco anos uma garota linda de 25 anos, temos muito em comum e já estamos nos preparativos do casamento que está marcado para o fim do ano. 

O relacionamento é bom e o sexo é ótimo, não tenho do que reclamar. Só tem um problema: o ciúme. Ela é ciumenta demais, é desconfiança toda hora e eu não dou motivo algum para isso. Nunca fui mulherengo, nunca trai ou pensei em trair ela. Na verdade eu sou o cara mais desligado do mundo para essas coisas, se ela não tivesse tomado a inciativa eu nem estaria com ela, porque ela dava em cima de mim direto e eu não percebia até o dia em que ela pediu para ficar comigo e depois disso estou com ela até hoje, 100% fiel.

Não me considero bonito e também não sou nada simpático. Na verdade, sou bem antissocial, sou um cara caseiro, quase nunca saio sem ela, já passei senha de e-mail, facebook e celular, ela tem acesso à tudo e mesmo assim é desconfiança toda hora. Falo que não tenho nada a esconder mas não adianta, ela tem ciúmes das namoradas e mulheres dos meus amigos, ciúmes do pessoal do meu trabalho. Vejo ela todo o dia, só não estamos juntos na hora do trabalho, nem se eu quisesse eu teria tempo de fazer alguma coisa.

Eu não sei mais o que fazer, porque já está ficando chato, não sei se quero ficar o resto da minha vida com essas cobranças e desconfianças sem fundamentos.

Como lidar com uma mulher ciumenta? Não sei se me caso depois dessa!

Amigo, entendi que ela é gata, gente boa e tals, mas assim: você também escolheu, ou só foi escolhido mesmo? Não faz muito tempo que estávamos conversando aqui no site justamente sobre homens como você, que como são tímidos/introspectivos, acabam indo no “só tem tu, vai tu mesmo”. Porém, se você realmente a ama e não se casará apenas porque foi a única que te emparedou, vamos às dicas!

Primeiro, não sei por que você resolveu pensar em um monte de coisa séria apenas DEPOIS de ter marcado o casamento, rs. Tem que pensar antes, homi de Deus! Porém, já que a caca já foi plantada na cabeça, convenhamos que melhor desistir agora do que depois que já tiver beijado a mão do padre e assinado um contrato com Deus, né?

O seu caso é daqueles complicados, só que simples, sabe? Agora é falar no papo reto com ela mesmo:

Meu cheirinho, meu pudim, meu docinho de coco. Você é linda, maravilhosa, cheirosa e apetitosa, mas bora cuidar dessa sua autoestima aí antes do casamento? Porque na boa, você tá ficando chata pra caramba falando as mesmas coisas todos os dias kkk”.

Se você disser isso com bom humor e com suas próprias palavras, ela rirá. E mesmo se não rir (apesar de vergonha que ela sentirá – porque precisa, NÉ? kkk), ao menos você disse o que precisava ser dito mesmo, concorda?

Você precisa dizer o óbvio de que, se ela não tem provas contra você – mesmo com senhas e a porra toda (não concordo com isso de dar senhas, mas ok) – terá que admitir que o problema está nela sim! E que ela tem que procurar terapia SIM! Ou ela pretende se casar com um homem que ela claramente não confia e ambos ficarem malucos juntos?

Diga que você se cansou de receber a culpa pelas inseguranças dela e que espera que ela leve sua crítica construtiva na maturidade e numa boa. E se você for um pouco mais ousado, dá até pra jogar verde perguntando de onde veio essa neura toda: se ela já te traiu por acaso, ou até mesmo se já teve um ex muito filho da puta e por isso “te culpa junto”. De qualquer forma, explique que esse problema está nela e que você não deve pagar por questões terceiras. Na verdade, o máximo que você pode fazer é apoiá-la no tratamento, jamais servir de muleta pra ela se esconder ao culpá-lo, né?

Por fim, CASO essa conversa não adiante de nada, eu também daria um gelo da próxima vez que ela fizesse isso, por que, né? Ela precisa saber que não tá fazendo sucesso. E que apesar de você ser um cara bom, você não é um cara trouxa.

Boa sorte!

Assista dicas para superar a timidez, talvez te ajude nessa conversa.

Senhas: dar ou não dar?

E peça para ela ler dicas para elevar a autoestima caso ela concorde que realmente precisa disso.

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.