Namoro uma mulher, mas quero voltar a ficar com homens!

82

Leitora: Tenho 36 anos, sou mulher e sempre namorei homens. Tive um casamento traumático que durou 3 anos e depois que me separei, conheci uma mulher, lésbica assumida, que sempre namorou mulheres. Começamos a nos relacionar, estamos juntas há 2 anos e moramos juntas há 1 ano e meio. O problema é que já faz um tempo que não tenho mais vontade de fazer sexo e ela vive me cobrando isso. Há 2 meses a mãe dela ficou doente e ela foi para a casa da mãe pra cuidar dela, vem pra casa uma vez na semana mais ou menos. Nesse meio tempo, conheci um cara na academia que está me paquerando e eu estou morrendo de vontade de sair com ele, de transar com um homem de novo!! Não sei o que fazer, não quero magoar minha namorada, mas sinto que temos mais uma relação de amizade do que um namoro, não sei como dizer isso pra ela. 

Namoro uma mulher, mas quero voltar a ficar com homens!

Sei não, mas você tá com uma caraaaaaaaaaaaaaaaaa de lésbica fake que vou te contar!!! kkkk. Vamos ser diretas: se você fosse realmente no mínimo bi, você já saberia faz tempoooooo – ainda mais com essa idade! Do contrário, se tu nunca sentiu atração por mulheres, e só se enrascou com essa depois do marido mala, é muito mais fácil acreditar que você se levou pelo clássico “vou me relacionar com mulher porque nenhum homem presta”, do que que você goste de pepeka de fato.

E supondo que você diga: “Não Luiza, tenho certeza que sou bi“, a gente sabe que a vida é feita de escolhas, né? E que atração todo mundo sente, só que traição é outra coisa. Ou seja, você tem que escolher alguém, tendo pinto ou pepeka, e ficar com essa pessoa “enquanto dure e sendo fiel“, OU conversa pra ter um relacionamento liberal de vez. E isso vale inclusive para o seu relacionamento atual: veja se você realmente sente algo por mulheres e, a depender da resposta, termine com ela. Ninguém merece uma lésbica fake. Tampouco você merece ficar sem teu piu piu! E quanto a “como dizer isso pra ela”, não tem como: é com a boca mesmo, rs. A gente fica tentando enrolar, dizer as coisas de outro jeito, enquanto na verdade, o outro só entende quando o papo é reto, sem dupla interpretação.

Pense assim: você gostaria que te enrolassem? Que ficassem contigo pensando em outra pessoa? Que falassem apenas meias verdades e mascarassem as partes mais importantes da história? Não, né? Então, conte isso pra ela! Entenda que é claro que ela ficará triste, e talvez você também, porém, concorda que – independente de você ser bi ou não – se você concluir que, com a sua atual é só amizade, só te resta contar pra ela não é?

A vida é assim mesmo: a gente se ferra em um dia, mas se sente livre no outro.

Boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.