Será que estou traindo meu esposo com um cara que gosto há 7 anos?

106

Leitora: Olá, tenho 24 anos e gostaria da opinião de vocês para a seguinte situação:

Quando tinha 17 anos, conheci um rapaz e me apaixonei. Na época, saímos uma vez e rolou beijo (partiu dele o convite). Como éramos colegas de trabalho e eu era muito tímida, fugi dele a semana inteira depois do beijo e não conversamos mais pelo orkut (sim era orkut na época rs). Essa minha fuga na verdade era porque tinha medo de me apaixonar por ele e por questões religiosas isso não podia acontecer (mas aconteceu). Quando me afastei, ele chegou a perguntar o porquê de eu estar fugindo e eu disse que não estava. No final ele acabou sendo mandado embora da empresa e logo depois de alguns meses eu também sai…. daí nunca mais nos vimos…. cheguei a procurar ele no face uma época que ele estava namorando… mas não cheguei a mandar convite nem nada.

Comecei a namorar outro e depois casei… Sempre lembrava dele com carinho, mas isso nunca interferiu no meu relacionamento. Acontece que o primeiro ano de casada foi muito difícil e cheguei a me separar por um mês e voltei a falar com ele (o antigo, eu que o procurei), quando vi que estava me envolvendo de novo, parei de falar com ele imediatamente. Acredito que ele me acha uma louca, um dia desses nos vimos na rua e só consegui cumprimentá-lo e saí de uma forma muito estranha (ele me deixa muito nervosa e sabe disso! rs).

Me vejo pensando nele direto, será que é sentimento reprimido, paixão? Será que estou traindo meu esposo? o que devo fazer?

Será que estou traindo meu esposo com um cara que gosto há 7 anos?

Amiga, se depois de 7 anos você não consegue esquecer o cara, ou é paixão, ou é vício cerebral kkkk! De qualquer forma, você precisa ter mais personalidade, ter mais objetivo e noção dos seus atos, sabe? Ou seja, não adianta falar que é religiosa, que foge dos caras incompatíveis por causa da religião, e depois correr atrás deles, entende? Eu sei que você não faz por mal, que você parece ser uma pessoa boa e tals. Porém, precisa ser mais coerente: não adianta fazer tudo isso e depois fazer aloka ou rezar pra Deus, rs.

Na verdade, você nem deveria ter se casado com uma pessoa que você claramente não ama e que no máximooo “apenas gosta”. Porém, agora que se casou, é tomar uma decisão final pra ver se muda ou não de time. Então, você tem que pensar se realmente vale a pena ficar com seu marido: seja porque você gosta de outro, seja porque você não gosta o suficiente dele ou por qualquer outro motivo, entende? Note que você não merece passar vontade, nem ser infeliz. Tampouco o cara merece ser enganado, por que na boa? Por mais que você se faça – ou até mesmo seja – boazinha e ingeênua, ao agir assim, você só estará prejudicando seu marido, você mesma, e até mesmo incomodando o outro cara ao ficar com essa história de não caga nem sai da moita. É óbvio que se você sente algo por ele, ao procurá-lo, você irá se evolver ainda mais. Então, por que procurou? Pra depois falar que não pode e sair correndo? Isso é infantil e imaturo da sua parte, minha amiga. Você quer um milagre, uma solução para algo que só você mesma poderá resolver. E se você está casada e procura outro, é claro que é traição.

Sem contar que se você continuar nessa, o carinha/amante vai te achar meio boba, sabe? E é isso que de fato você estará sendo. Pense, minha amiga e comece por partes, bem como veja as coisas como sendo independentes umas das outras – ao menos até se decidir! Ou seja, se você não ama seu marido, você deve terminar, não necessariamente para ficar com outro, mas sim porque não o ama o bastante, entende? Por sua vez, se você acha que não pode ficar com o outro por causa da religião, não fique e simplesmente se disponha a esquecê-lo. Sem contar que também dá pra ficar sozinha, sabia? Não fique levando a sua vida como a da Maria do Bairro sofrida, que com certeza você será muito mais feliz.

Por fim, lembre-se que, seja qual for a decisão final,  não adianta enrolar nem se enganar. A sua felicidade está em primeiro lugar, porém, não incomode os outros antes de estar muito certa da sua decisão final, certo? A senhorita está confusa não bem por estar confusa, mas sim por querer ter tudo ao mesmo tempo e sabe que isso não é possível!

Desenvolva-se, decida-se, e resolva-se moça!

Boa sorte!

Caso opte por esquecê-lo, assista ao vídeo “Dica rápida para esquecer alguém“.

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.