Sou chefe, porém, quero ficar com meu subordinado!

79

Leitora: Fala Luiza, tudo bom? Adoro suas opiniões, então lá vai meu dilema!

Tenho quase 30 anos e minha carreira evoluiu muito rápido: tenho um papel de destaque na empresa, sou chefe de alguns. O problema é que as pessoas do mesmo nível hierárquico que o meu já são bem mais velhas. Assim, acabo me me identificando mais com os colaboradores da minha idade, que são meus subordinados ou subordinados dos meus colegas “idosos”.

Tudo muito bem, tudo muito bom, o que acontece é um que dos caras do “baixo clero” está mexendo demais comigo, estou doidinha para dar uns pegas nele. O problema é o machismo da vida: se fosse um homem pegando a secretária, estagiária, ia ser normal. Mas eu realmente não sei se devo pegar um cara que ganha menos da metade que eu, correndo o risco dele espalhar para a empresa inteira a situação e de, no final, tudo não passar de um fogo na jabiraca.

O que devo fazer? Bjs

Sou chefe, porém quero ficar com meu subordinado!

Mulher chique é outro nível, né non?! Mas assim amiga, apesar dessa sua chiqueza toda, você tá contabilizando demais o lance da grana para quem você vai dar só uns pegas. Ou você tá pretendendo se casar? kkkk. Sem contar que o mundo não gira apenas em torno do seu trabalho, muito menos de quanto você ganha: escolhemos nossa metade da laranja por um CONJUNTO de coisas, não por uma só! Sem contar que com certeza o bofe “é melhor” do que você em outras áreas da vida e felizmente não é só nossa posição no trabalho que diz se valemos a pena ou não.

Por outro lado, é claro que ninguém merece um tio que não tem dinheiro nem pra fazer um miojo com salsicha pra te chamar pra comer na casa dele, né? kkk. Porém, independentemente do cara ser ou não bem de vida, eu no seu lugar não me envolveria nessa. E sabe por quê? Porque se tem tanto homem no mundo, tu vai querer pegar logo um do trabalho pra quê mulher? E isso independe dele ganhar mais ou menos do que você!

Eu sei que toda regra tem exceção e que tem gente que acha que isso de ser “contra se pegar no trabalho” é mimi, frescura, preconceito ou sei lá mais o quê. E é óbvio que todo mundo tem direito de ser feliz e tem gente que consegue ser profissional, mesmo se pegando no trampo. Só que acontece que, EM GERAL, brasileiro é sem noção: quer dar um jeitinho e tirar proveito de tudo. Sem contar a boca grande! E aí, se bota dois pra se pegarem no mesmo ambiente, concordemos que, fora o risco da fofoca e de te acusarem de “antiprofissional”, existem grandes chances de vocês não trabalharem mais direito. Sei lá, eu pessoalmente acredito que o bom chefe não quer saber com quem você transa, mas sim se você não vai prejudicar a empresa dele. E aí caberá a você ver se a carapuça te serviria dentro do contexto de vocês ou não.

Como você mesma disse, SIM, corre o risco dele te pegar e espalhar pra geral! E isso não acontecerá necessariamente porque você ganha bem e é “superior a ele” (ainda que claro, não podemos negar que rola um fetiche, um aumento de ego e coisa e tals), mas sim porque tem homem retardado o bastante pra ficar dando satisfações sobre quantas petecas ele comeu e quantas bocas ele beijou. (crianças! kkk). E se coincidir dessa mulher ser conhecida da galera, é claro que as consequências são maiores porque não terá para onde você fugir.

Então, por fim, eu Luiza, NUNCA pegaria uma pessoa do meu trabalho. Nem de faculdade eu pegaria, kkk! Sempre tive a preocupação em pensar que lugar de ganhar dinheiro é lugar de ganhar dinheiro. Lugar de estudar é lugar de estudar e mais do que isso ia dar tilt no meu cérebro e poderia atrapalhar o meu rendimento e minhas metas kkkk. Porém, é claro que se eu estivesse MUITOOOO, mas MUITO apaixonada, poderia repensar e dar minha cara a tapa, por que né? Tudo depende do nosso grau de interesse kkkk. Só que sinceramente? Esse não parece ser seu caso! E caso você pense que é sim, o lance é encarar os benefícios, porém, também todos os problemas que você já sabe que já poderão vir com isso.

Na dúvida, pegue alguém do bar!

Boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.