Amar é:

12

Oi, prazer. Esse é meu primeiro conto pra vocês =)

o que é o amor

Dizem que nunca podemos nos esquecer de quem a gente é, nem do nosso gosto pessoal em prol das outras pessoas. Me ensinaram que “Se eu sou assim, as pessoas que têm que me aceitar como eu sou”. Me ensinaram também que a gente nunca pode fazer nada só pra agradar. Tem que ter personalidade e se respeitar, sabe?

Mas daí eu fico me perguntando e a conta não fecha:

“Se a gente namorar, amar muito alguém e a outra pessoa também pensar assim, como é que a gente faz? Opta pelo amor ou por fazer tudo sempre do jeito que a gente quer?”.

Sabe, eu amo muito a Luara. Amo café também, mas a Luara ama chá. Também amo muito dormir. Já ela prefere acordar cedo pra ver o sol nascer: ela tem uma sacada linda que só vendo!!! E também tem um passarinho que só passa por lá bemmm naquela hora chata pra acordar. Ô passarinho que não dorme!!! É um pipipi sem parar que me dá nervoso. Mas pelo menos é melhor que despertador. Ainda que o melhor mesmo seria se nada disso existisse.

Não que eu não ame a natureza, mas confesso que me esqueço disso quando quero voltar a dormir. A Luara não, a Luara se lembra bem de tudo que eu faço. E como ela se lembra, às vezes finjo que me esqueço só pra poder dormir com ela. Afinal de contas, se pipipi pra Lu é música, acho que consigo me acostumar com isso também.

Na verdade, ela nunca soube que eu prefiro mil vezes café a chá, que cantoria de madrugada me incomoda ou que odeio acordar cedo. Mas por ela, uma vez por semana, uso meu passarinho-despertador pra levantar logo e fazer um chá. Só pra pegar um pouco dela antes de ir pra faculdade, sabe?

Confesso que às vezes dá uma preguiçaaaaa, mas tento nem pensar muito, que é pra não dar tempo de desistir. Vou lá e faço. E depois que como, nem me lembro mais que foi tão ruim assim. Na verdade, nem foi ruim. Vi o sol, a Luara e comi. Então, foi bom. E nem posso falar que as horas foram a menos, porque na verdade, foram a mais.

Tem gente que pensa que sou bobo por não fazer as coisas que quero, mas para mim, bobo é quem nunca abre mão de nada por ninguém. E ainda jura que é vantagem. Sem contar que a cara que a Lu faz quando vê o que eu fiz, mesmo tendo sido uma coisinha pequena, é algo que definitivamente não tem preço. Ou melhor, tem e é isso que faz tudo valer a pena.

Além do mais, também sei que ela come pizza só pra me agradar. Depois ela fica uns 5 dias de dieta e não me conta. Mas isso é segredo.

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.