Meu namorado só joga, dorme e quando cobro algo, ele começa a chorar

130

Leitora: Boa tarde! Estou noiva há quase 3 anos e ele mora comigo a pouco mais de um ano. Desde que se mudou pra casa, ele pediu as contas no emprego e em qualquer emprego que comece, não fica mais que uma semana. Eu só vejo ele dormir e jogar! E toda vez que vou falar com ele, chora e diz que está difícil a situação. Claro! De 5 dias da semana quando trabalha ele só vai 3 e quando vai!

Recentemente dei entrada em um financiamento, meu sonho da casa própria… juntamente com minha mãe, que graças a Deus sempre deu apoio a mim e meus irmãos. E ele começou com um interesse repentino em saber no nome de quem a casa ficará, o valor, e seus “direitos” (os deveres que é bom nada né).

Não tenho mais segurança mt menos confiança nele… o sexo esfriou pra mim, não sinto mais vontade e nunca achei que diria isso… e quando digo que me falta segurança ele diz que sou ambiciosa demais. Como agir?

homem folgado

Mas gente… que trabalho é esse que ele só trabalha 3 dias na semana e ainda não é demitido? rs. É tipo empresa de família? Conta própria? Milagre de Deus? E amiga, sem querer te culpar, mas o que você fez para que o digníssimo achasse que, depois que vocês se casassem, ele poderia sair do emprego e ficar morgadão só de Havaianas? Tente saber de onde isso começou, se foi 100% culpa dele ou se você “deu folga demais” e só agora foi se arrepender da besteira que fez.

Independente da resposta, é sempre hora de mudar de ideia ou de exigências, né? kkk. E é óbvio que você está certíssima ao ficar preocupada com um cara encostado desses, ainda mais quando ele está de olho na sua casa, que pelo o que entendi, ele não deu um centavo para ajudar a comprá-la e ainda quer saber no nome de quem vai ficar. Tipo, Oi? Alou? Dava até pra dar um “se toca” nele, dizendo que depois é “você que é a ambiciosa” e perguntando se ele pretende ajudar na compra na casa para que a mesma possa ficar no nome dele também (em partes iguais, claro). OUUUU se ele pretende falar que você é ambiciosa apenas quando for pra ajudar no sonho dele em ser um desocupado.

No fim, caso você veja que ele só fica usando pretextos e argumentos quando convém e mesmo assim você ainda quiser ficar com ele, procure um advogado e veja se você não deixa essa casa até mesmo no nome da sua mãe, visto que não sei se você sabe, mas dependendo do tempo que a gente mora com alguém, já pode ser considerado união estável e a pessoa passa a ter “direitos”. Então, fique esperta e veja as mutretas do bem para não cair numa cilada. Ainda mais agora que você não confia mais nele.

Por fim, considere também se ele não está com depressão e justamente por isso ele só come, dorme e joga. Só que de qualquer forma, eu no seu lugar daria um cheque-mate no boy: falaria tudo que sofro e me esforço ao longo do dia e veria se ao menos assim ele fica “com dó de mim”. Se mesmo assim a vergonha na cara não bater e ele começar a chorar de novo, falaria que, se toda vez que ele for resolver um problema ele começar a chorar, não dará pra gente ficar junto, visto que somos dois adultos e precisamos resolver nossos problemas na maturidade. Diga também que ele precisa procurar terapia – não só pelo casamento (caso ele ainda se importe com ele), como também por ele mesmo. Do contrário, pergunte como ele pretende pagar as contas caso você não possa mais fazer tudo e se ele acha justo deixar todo o peso do mundo nas costas de um só. Diga que, se tá difícil pra ele, que fica no sossego de casa, imagine pra você.

Leia o post sobre o marido folgado da outra leitora, pode ajudar também. E tem o caso dessa leitora aqui também!

Boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.