Relato de um homem que tem fetiche por brincos:

33

fetiche por brincões

Me chamo J, tenho 33 anos e um fetiche que acredito ser bem diferente, já que nunca ouvi nenhum comentário sobre o mesmo.

Eu diria que é algo mais que sexual, já que a primeira vez que senti isso eu tinha uns 8 anos (embora na época eu nem me dei conta).

Certa vez, minha prima, que tinha quase mesma idade que eu, apareceu usando um brinquinho, desses pontinhos de luz. Senti uma atração inocente por ela, tipo sabe quando você é criança e tem aquela “namoradinha”? Pois então, a vi como namoradinha e só queria ficar perto dela admirando. Vocês podem acreditar ou não, mas nos outros dias ela não usou mais os brincos e voltei a vê-la como antes.

A segunda experiência sobre esse fetiche que eu tive, e essa considero definitiva, foi com minha mãe. Eu tinha uns 13 anos, não tenho lembrança dela usando brincos antes dessa data, se usava devia ser discreto e coisa rara em festas apenas. Ela tem alergia, talvez por isso não usasse. Mas nessa época ela comprou em um brechó um par de brincos de pressão grandes, inclusive é um brinco que atualmente voltou à moda, é tipo uma argola vermelha de acrílico.

 Os de hoje tem um formato de concha no lóbulo e os da época eram redondinhos no lóbulo. Mas voltando ao fato, a vi diferente, o simples fato dela estar com aqueles brincões me fez vê-la como um mulherão sabe, não tive desejo sexual por ela, mas uma admiração gigante, uma atração. Lógico que nunca fiz nada com ela.

A partir desse fato eu percebi que os brincos me atraíam.

Para fazer um resumo do que eu sinto, é como que se uma mulher sem brincos perdesse muitos pontos comigo, perdesse o brilho e até mesmo um pouco da feminilidade. Sejam pequenos ou grandes, acho brincos um acessório indispensável.

Para vocês entenderem a dimensão do fetiche, me atraio mais por uma mulher mais “feinha” usando brincos, do que por uma gostosona sem brincos.

Não vou dizer que nunca saía e nem me senti atraído por uma mulher sem brincos, mas não são as primeiras que me atraem olhar.  Não costumo comentar diretamente sobre esse fetiche com as mulheres, por medo de ser mal interpretado, mas acabo dando palpites, rs.

Não gosto muito desses brincos de pena: os meus preferidos são brincos grandes, em especial argolas, daquelas fininhas, simples e grandes.

Todos esses anos reparando em brincos, arrisco dizer que os brincos são meio que o termômetro das mulheres. A Mulher quando está mais quente geralmente usa brincos maiores. Percebo que argolas são brincos de mulheres de atitude, que tem autoestima elevada. Em uma festa você nunca vai ver uma mulher com brincão de argola sentadinha no cantinho da festa escondidinha: ela geralmente estará entre as mais animadas.

Enfim, esse é meu fetiche, caso alguém goste do assunto e queria entrar em contato comigo, meu Skype é brinco.fetiche. Beijo nas orelhinhas de vocês.

************************

Você tem algum fetiche estranho? Envie seu relato pro site: [email protected]

Instagram
Share.

About Author

Anônimo

Espaço reservado pros "bródis" e "sisters" anônimos que querem colaborar sem mostrar a cara!