Ele sumiu sem me dar satisfações (ghosting), mas não consigo superar isso!

59

Leitora: Querida Lu, tenho 31 anos e comecei a sair com um homem de 32 anos. No começo era tudo lindo, ele me mandava mensagem todos os dias, era carinhoso e queria sempre me ver, chegou a comentar em conhecer a família. Moramos em cidades diferentes então os nossos encontros sempre eram mais intensos. De repente, ele começou a entrar em neurose sobre a questão profissional dele e sempre me falava de dinheiro. As mensagens diminuíram, ele começou a me deixar no vácuo. Um belo dia perguntei sobre o que estava acontecendo entre a gente, se era sexo ou algo mais. Ele ficou bravo com a pergunta. Disse que não tinha condições de assumir nada sério no momento e que às vezes surtava por não saber o que fazer com a vida dele. Entramos em um acordo de continuarmos nos conhecendo. Porém, a situação ficou estranha, se eu não procuro, ele não me procura. E não nos encontramos mais pessoalmente. Hoje entendo que ele não quer mais nada comigo, mas não consigo superar essa decepção, até porque não teve um término.

ghosting

Amiga, se ele nunca mais te procurou, teve um término. Sei que vocês querem tudo em palavras porque isso “seria como ver o morto”, para só assim poder seguir em frente. Mas se você for parar pra pensar, as pessoas dizem MUITO mais através das atitudes do que de palavras. Ele já disse. E já disse muito. E faz tempo!

A começar por quando ficou reclamando tanto sobre dinheiro. Parece até que queria ajuda pra pagar a passagem pra ir te ver kkkk. E mesmo se não fosse, ninguém merece um boy que só reclama e que está nítido que, se estivesse um pouco mais interessado, nem teria tido tanto tempo livre pra reclamar, concorda? Depois que, se pra completar, o cara só fala quando você o procura e vocês ainda moram em cidades distintas, é pedir pra levar um chá de sumiço pra se tocar do óbvio de vez kkkkk. É combustível. É passagem. É tempo de viagem + um cara que não tá afim e lá vai bolinha que faz ficar na cara que terminaria em merda mesmo, rs.

Sem contar que a gente reclama, mas no fundo sempre sabemos quando o cara só tá com a gente pra comer, né? Você até pode tentar emparedá-lo pra ver se ouve algo diferente disso, mas que você já sabia a resposta, isso é fato. Só que se mesmo assim ainda rolar uma pequena dúvida láaa no finalzinho do útero, assista a esse vídeo  e mate-a de uma vez por todas, rs.

“Ah Luiza, mas já li que problemas financeiros distanciam qualquer homem”.

Acho que não os suficientemente apaixonados. PORÉM, mesmo se fosse, você iria fazer o quê? Pagar as contas dele? Dar uma de psicóloga, sendo que não tem tempo e de graça ninguém valoriza o trampo? Não, né. Então e de qualquer forma, se ele não procura ajuda e prefere reclamar e se afastar, fica praticamente impossível fazer o trabalho por ele. Na verdade e se for pensar bem, era pra VOCÊ ter sumido desde o início, não ele, rs.

“Mas mesmo assim Luiza, tá difícil superar”….

Agora sabe o que você faz? Entenda o óbvio de que 90% do que você sente é orgulho ferido por ter levado um fora (você não deve estar muito acostumada kkk). Não bem amor + “a falta de mais explicações por parte dele” (ainda que claro, você possa estar sentindo isso também). Depois que tem coisa que, ou você engole, ou engole. Do contrário, ficará sofrendo à toa enquanto ele toma uns chopps e sai com as bundudas dele, rs.

Sendo assim, se reclamar não te levará a lugar nenhum, muito menos o fará agir da forma que você gostaria, o jeito é VOCÊ mudar de atitude. A partir de hoje, deixe pra chorar apenas pelo boy que merecer suas lágrimas, que tenha no mínimo gostado de ti de verdade. E claro, agradeça por ele ter tomado a atitude necessária que você não teve coragem de tomar.

Seu caso é simples amiga, acorde e simplifique.

Boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.