Quero aproveitar mais a vida antes de me amarrar, porém, não consigo pegar ninguém

66

Leitor: Olá, tenho 19 anos e sou estudante. Tive uma adolescência difícil, quase não tinha amigos e passei a maior parte do meu tempo trancado no meu quarto. Eu não tinha vida social e as meninas não se interessavam por mim. Tudo mudou aos 17 anos, quando conheci minha namorada. Ela foi a minha primeira, tinha a mesma idade que eu e já havia namorado outros garotos no passado. Ela foi uma namorada incrível, bastante amorosa, que realmente se importava comigo. Porém, com o passar do tempo, eu comecei a ficar bastante neurótico em relação ao passado. O fato de eu não ter aproveitado a minha adolescência como uma pessoa normal me atormentava demais. Eu queria experimentar isso, ir a festas, ter amigos, beijar outras garotas. Isso me levou a terminar o nosso namoro de dois anos.

No entanto, três meses se passaram e as minhas tentativas de “recuperar” a minha adolescência foram desastrosas. Não fiquei com ninguém, não fui a festas e me sentia muito sozinho. Eu também pensava muito na minha ex-namorada. Voltei a falar com ela e descobri que ela ainda gostava de mim e não havia ficado com ninguém. Agora eu tenho esse dilema: ainda amo a minha ex-namorada, muito, porém, tenho medo de voltar com ela e me deparar com esse problema novamente e causar ainda mais sofrimento. Pode me ajudar?

Quero aproveitar mais a vida antes de me amarrar, porém, não consigo pegar ninguém

Acho legal essa sua honestidade em querer aproveitar a vida, sem ter que fazer sua mulher de trouxa ao chifrá-la por aí. Porém, ainda que eu não seja ninguém pra medir seu amor, não acho que você superrrrrr ama ela não. Do contrário, nem teria terminado com ela.

“Mas como não Luiza? Eu apenas queria curtir a vida, mesmo a amando”.

Amigo, não, definitivamente não. Quando você realmente ama alguém, você nem fica afim de ficar beijando um monte de boca por aí. A não ser que você seja como a maioria das pessoas padrões, que apenas gostam e confundem o que é realmente amar. OUUU trairia sem nenhum tipo de remorso – o que também não parece ser seu caso.

Enfim, honesto você foi, porém, acho que não conhece o suficiente sobre você mesmo. Eu sinceramente me questiono se caso você tivesse encontrado uma gostosona tetuda que beija bem e faz outras coisitas bem, se você iria ficar pensando na ex e dizendo que a ainda a ama. Primeiro porque quem ama tem medo de perder, e bem sabe que ela poderia ter encontrado outro nesse meio tempo em que você abriu a lacuna (o que por sorte, não foi seu caso). Depois que você não acha muita coincidência você afrouxar bem quando percebeu que, apesar de querer curtir, ainda se sente “um tímido pega ninguém e fracassado no amor”?

Eu no seu lugar não cogitaria voltar com a ex, mas sim que preciso de uma terapia ou qualquer outro tipo de ajuda para superar essa minha timidez/falta de “atitude”/assunto, e assim, poder viver essa vida que estou tão disposto a tentar. Sem contar a grande possibilidade de, devido a sua nítida baixa autoestima, você acreditar que “só sua ex que iria te querer no mundo”, e aí acabar mais uma vez confundindo seus sentimentos por ela. De qualquer forma, se você realmente quer curtir e sabe que não irá sossegar enquanto não rolar isso, faz mais sentido trabalhar algo interno do que andar pra trás ao voltar pra uma vida que, ao menos por enquanto, você não quer, né?

Só não enrole ou iluda a moça. E devore esses vídeos abaixo:

3 Dicas para superar a timidez

Como saber se uma mulher está afim de você

Coisas sem noção que os homens fazem para levar uma mulher pra cama (esse é bem antigo, juro que melhoramos kkk).

Sobre primeiro encontro.

Boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.