Minha avó figura e seus sábios conselhos

3

Não faço a mínima ideia se vocês curtem esse estilo de vídeo, mas para mim, esse é o vídeo mais especial do canal.

Percebam como, apesar do Alzheimer, minha avó é extremamente esperta, engraçada e te dará conselhos para o resto da vida. Tudo muito simples, claro, mas é essa simplicidade que deixou até o Thi comentando sobre os conselhos dela depois. E o humor nessa idade? Esse não vou nem comentar kkkk.

Fiz esse vídeo para compartilhar não só com vocês, mas com as famílias que tem algum integrante com Alzheimer. Espero que seja útil em algo, nem que seja para levarem a doença com mais leveza.

E aproveitando a deixa: qual é a doença que mais ataca os idosos da sua família e do seu círculo social? É o Alzheimer, a Diabetes ou alguma outra doença? Sei lá, acho que pra tudo tem conserto, só o pessimismo que não nos deixa consertar.

Assine o Canal e não perca nenhuma atualização! (Não se esqueça de ativar as notificações clicando no sininho!)

Fanpage, InstagramTwitter

Snapchat (pergunteamulher)

Meu facebook pessoal (só não vejo inbox kkk)

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Mika

    Um doce a sua avozinha!
    Chorei copiosamente enquanto assistia esse vídeo. Fez-me lembrar da minha mãe, que nos deixou há menos de um ano.
    Não importa a aparência que tenham. Por dentro, são todas “iguais”… O sofrimento lhes enrijeceu o caráter e amaciou o coração. De octogenária sabedoria, revelam nobreza de alma e leveza de espírito. https://uploads.disquscdn.com/images/5f74792662deb93e187877cd834982f7f41f175df8ac8a80b7a9bfdbfcaa6d96.jpg

    • Que linda!!!!!

      E olha que interessante. Eu chorei algumas vezes assistindo a esse vídeo,mas pensava q fosse algo mais meu mesmo. Só que depois de postado, chegaram alguns comentários no Youtube dizendo que sentiram o mesmo que a gente sentiu.

      Realmente, o ser humano é tão diferente, mas tão igual…..

  • Pudim

    Nossa, Luiza. Que legal.

    Não tive caso de Alzheimer na família, mas como meus pais já se foram, associei à uma tia, que já tá na casa dos 80 e embora tenha muita dificuldade pra se locomover (necessita de ajuda), está bem lúcida, fala muito e adora uma farra (inclusive não dispensa uma cervejinha).

    Achei muito legal você se expor a fazer vídeo desses. Parabéns. Fiquei até emocionado aqui. Não chorei não, mas tinha alguém descascando cebolas aqui perto.