Por que é tão difícil alguém gostar de mim?

13

Enquanto não sai o vídeo de hoje (toda segunda por volta das 20 horas), bora ajudar a leitora? 🙂

Leitora: Olá Luiza! Tudo bem? Tenho 21 anos e estou passando por uma fase meio “bad” na minha vida, em que acho que ninguém vai gostar de mim e tal. Saí de um longo relacionamento recentemente, ele terminou comigo. O namoro não ia muito bem, mas ele terminou simplesmente porque não queria que eu fosse mais amiga de uma pessoa, que é uma das minhas melhores amigas (acho que só foi uma desculpa). Isso já tem um mês mais ou menos. Não estamos mais nos falando. Mas eu esperava, mesmo não querendo voltar, que ele fosse atrás de mim, afinal quem ama vai atrás não é mesmo? E até agora ele não foi. Eu segui minha vida, fiquei com um cara que já tinha ficado outras vezes há muito tempo atrás, tem uns 10 dias e no outro dia, ele falou que tinha gostado bastante e tal e depois simplesmente SUMIU! Isso mesmo. Sendo que das outras vezes ele era um amor comigo, e falava todos os dias. Meu ex me mandou uma msg esses dias, perguntando como eu estava e eu ignorei, mas ele não foi atrás. Luiza, me diz pelamor, o que tem de errado comigo? Só queria que alguém gostasse de mim.

mulher preocupada

Óin meu Deus! Você está carente! Senta aqui no colinho da Lú e vamos conversar s2 s2 s2!

Bem vinda ao mundo dos seres humanos e note que, da mesma forma que parece que nenhum dos dois te ama, você também não ama nenhum deles. Como disse, você está apenas carente. E olha só que interessante (releia o seu texto): no fim, você nem tá muito aí se o seu ex irá te querer ou se seu ficante levará o prêmio: você só quer que alguém te queira. É muita carência, me abraça forte que sei que tá difícil pra você kkkk. E ok, entendi que com seu ex você não quer nem voltar e que o ficante bem que poderia evoluir para algo a mais, mas né? Relaxa que até o final desse post você entenderá aonde quero chegar kkkkk.

Não se desespere com essa de “ninguém te amar”, porque isso é normal. Ou você acha que o amor é encontrado em cada esquina e em cada tentativa de ficada que a gente tem, rs? Não sei se sua família não te dá amor, se você anda meio sem amigos ou o que, mas preciso que você corra atrás de tratar essa solidão que está dentro de você: seja através de livros, terapia, vídeos/blog da Lú ou o que mais você quiser. Só não coloque a culpa nos caras ou na sua “teórica incapacidade”. Por agora, apenas entenda que você está cobrando dos outros o amor e a atenção que faz tempo que você não se dá. E tá tudo bem, com um pouco de força de vontade você irá tratar isso e sua situação atual se reverterá 🙂

Aprenda uma coisa: tudo que é bom, é raro. E isso vale para basicamente todas as coisas da vida. Ou seja, da mesma forma que os amigos são poucos, familiares são poucos e tudo que envolver o amor será pouco também. O que logicamente não significa que você nunca o encontrará, mas sim que exigirá de ti um bocado de paciência.

Por agora, vai curtindo esse seu peguete aí, rs. Se ele der um passo a frente, você dá. Se ele der outro pra trás, você dá também. E se ele nunca mais te procurar, fazer o quê? Acontece e ele não é obrigado a nada. Às vezes ele se apaixonou por outra, ou só queria sexo (caso já tenha rolado) e por isso sumiu. Dói, mas quando você se valoriza, você supera. Só se liga caso ele (só) apareça daqui a alguns meses, porque aí, no seu lugar, eu que não iria querer kkkkkk

O importante é que, quando acontecer esse tipo de “fracasso”, apenas considere que o santo não bateu, não que você “é a mulher menos atraente do mundo”. Inclusive, nada impede que, posteriormente, você possa encontrar um cara bem melhor do que “esse que não te quis”, e que te ame de verdade. Seja que nem a Lú: desconfiada, mas sempre positiva e crente de que, no fim, dará tudo certo. E se segurar a ansiedade ficar muito difícil, se vire e vá procurar ajuda, terapia, meditação, etc. Só não desconte na comida porque piora kkkkk.

É claro que um dia alguém te amará, e muito. Porém, isso não acontecerá na hora que você quiser, mas sim na hora que tiver que acontecer. E aí minha amiga, se nada acontece por acaso, aproveite para tirar lições valiosas daí. A começar pelo fato de que enquanto você não aprender a se amar e a curtir sua própria companhia, pode ter certeza que a espera será longa.

E viajando aqui em um parênteses: é até bom o amor ser raro, né? Porque sei lá, já pensou se todo mundo amasse todo mundo? A vida seria uma suruba e a gente teria de trocar de boy a cada segundo, porque já estaríamos apaixonadas por outro kkkkkkkkkk. Sem contar que me parece tão óbvio pensar que, do mesmo jeito que é difícil você amar alguém (não confunda com carência, rs), por que seria tão fácil assim alguém te amar? As pessoas terão que te conquistar, e você terá que conquistá-las também. E tá tudo bem, porque esse processo pode ser bem gostoso quando você aprende a criar menos expectativas 😉

No fim, acho que essa história toda serviu para você saber um pouco mais sobre você mesma: o que mais te incomoda em si? Por que procura tanto uma aprovação que visivelmente você não se dá? Por que quer tanto que seu ex corra atrás de você, sendo que você não o quer? Pra que ser egoísta assim? Você quer que ele sofra a troco da ilusão de elevar a sua autoestima? E se seu ficante sumir, por que seria o fim do mundo? Eu no seu lugar gastaria esse meio tempo tentando colar os pedaços do meu coração, ao invés de simplesmente esperar que alguém chegue e cole por mim. Até porque vovó já dizia: só nascemos com a cruz que somos capazes de carregar e isso significa que você consegue, garota!

E olha que interessante, se você fizer isso com você mesma, sua segurança radiará tanto, que o que não faltará serão homens dispostos a te conhecer melhor. E aí quem sabe, depois amor <3. Lembrando que esse sentimento tão especial leva um tempo até ser construído. Ele precisa de um tijolinho por dia pra acontecer, mas que tenho certeza que se você cuidar bem dessa autoestima aí, saberá muito bem escolher os caras que terão a oportunidade de ao menos tentar conquistá-la. Você só precisa parar com essa piração aí, rs.

Boa sorte!

Assista:

Tenho medo de morrer sozinha, solteira e encalhada!

Ninguém presta no mundo! 

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.