Tenho namorado, mas estou “xonadinha” em outro

42

Enquanto não sai o vídeo (toda segunda feira às 20 horas), vamos ajudar a leitora?

Leitora: Namoro há 7 anos, tenho 24 anos (ele 25), nos conhecemos no colégio e namoramos desde então. Aliás, somos noivos, mas vamos demorar muito pra casar, ainda estamos juntando dinheiro.Somos muito parceiros, nosso relacionamento sempre foi bom, não tenho nenhuma queixa dele, ele é calmo, compreensivo, me apoia em tudo…

Mas há algumas semanas eu venho me sentindo muito, muito (mas muito) balançada por outro rapaz. Sempre vejo ele quando estou indo trabalhar, a gente fala “Oi, bom dia”, e só. Mas ao longo do caminho trocamos sempre olhares. Acho que a atração é recíproca. 

O mais engraçado é que fisicamente ele é totalmente diferente do meu noivo (que é branquinho de olho verde) que acho liiindo, e ele tem olho puxado e cabelo escuro, liso meio arrepiadinho. Mas no jeito eles se parecem muito, o outro rapaz (apesar de não conhecê-lo muito) tem um jeito tão tranquilo, tão de boa, calmo… 

E o que chamou a minha atenção para ele foi o jeito dele me olhar. Ele não olha com cara de tarado igual a muitos, sabe? Ele sempre olha no meu rosto, no meu olho, como quem tá admirando, achando bonito… E ele é sempre gentil comigo.

O fato é: eu amo meu noivo, não posso terminar com ele, a gente já tem muito tempo junto, as famílias são muito envolvidas e tenho medo de me arrepender. Além de que, ele não merece que eu termine com ele por SEMPRE ter sido mto bom cmg. Trair eu nem cogito, ele não merece e isso não faz parte do meu caráter. Mas por outro lado… eu não tiro o outro rapaz da cabeça… Vou dormir pensando nele, acordo pensando nele, penso o dia inteiro. Penso inclusive em como resolver isso. 

Eu fico rindo feito boba quando chego no serviço por causa da nossa troca de olhares. Sério… Eu tô muito perdida! O que eu faço?? Obrigada!

Tenho namorado, mas estou "xonadinha" em outro

“Ele não olha com cara de tarado igual a muitos, sabe? Ele sempre olha no meu rosto, no meu olho, como quem tá admirando, achando bonito… E ele é sempre gentil comigo.”

Óin chuc, chuc. Que coisa mais fofa e vontade de morder, rs!! s2 s2 s2. Também adoro homens gentis e fofos, mas amiga, pense comigo: 7 anos anos de namoro, né? A gente seria ingênua se disséssemos que você (ou até mesmo ele) nunca tivesse achado um outro alguém interessante na vida. Bem, se não fosse com 7, que fosse com 10, 15 anos, mas a gente sabe que uma hora acontece.

O que importa é que, quando isso acontecer, ainda mais se você não pretende trair, simplesmente mate esse sentimento. Porque assim: do que adianta ficar trocando olhares com o cara, se você não vai pegar mesmo? Só pra molhar a calcinha e passar noites em claro? kkkkkk.

Se não quer sofrer (tanto), segue a dica da Lu:

Como dito anteriormente, é normal se sentir atraída por alguém – nem que seja depois de 20 anos de relacionamento. Porém, quando isso acontecer, pode ter certeza que, em 99% das vezes passa: você só precisará se controlar nesse meio tempo que, depois que você olhar pra trás (daqui dois ou três meses quem sabe), pensará: caraca, ainda bem que superei e não fiz nada!!!

Foque no futuro que matar o agora ficará mais fácil.

E outra, ainda bem que vocês não tem muito contato íntimo e o cara não joga pesado contigo, né? Já pensou se ele te mandasse cartas, bombons, se declarasse/se esforçasse diretamente e mais coisas que, sei lá, fariam ser muito mais difícil esquecer? E ainda te fariam pensar que ele é um príncipe mesmo. kkkkkkkkkk. Ainda bem que vocês não têm contato direto e nem rolou apego. E como ele não tenta nada, nem super se esforça para te conquistar, considere isso como uma ajudinha da vida para o esquecimento ser um pouco mais rápido, rs. Sem contar que você nem sabe se ele é inteligente, se tem bom papo ou se tem só o olhar delícia mesmo e mais nada kkkkk.

No fim e em outras palavras, vamos resumir a situação dizendo que, se ele só te olha fofo e te dá bom dia, tá até de boa, vai? É legal, mexe um pouco com o coração, te entendo, mas não é nada alienígena a ponto de você não conseguir sobreviver não kkkkkkkkk.

É como esses dias ia falar com um leitor querido aqui do site:

Acredito que uma coisa é você se apaixonar por vários homens diferentes e constantemente, que aí sim poderia ser indicativo de que você já não ama mais seu parceiro e só está apegada a ideia de “relacionamento e famílias que já se apegaram”. Outra coisa completamente diferente é, em um “golpe de raridade”, você encontrar um cara “que faz seu tipo” e se atrair por ele (sendo mais um tesão por ser algo novo e ele ser interessante do que por amor em si). Se essa é a primeira vez que isso acontece, considere que as chances de passar são grandes. E se não passar, termine com o namorado e pronto, oras.  Vai doer e será um pouco complicado, ok, mas a vida é feita de escolhas mesmo. O que não dá é ficar nesse vai, não vai só se matando por dentro, tipo que nem cachorro olhando frango em padaria, né? kkk.

Por fim e se você já se decidiu mesmo, pare de buscar os olhares dele. Pare de frequentar os lugares nos horários que você sabe que ele estará. Mude a rota, se vire. Faça a sua parte e não (se/o) provoque. Afinal de contas, se você não vai pegar, a mesma regra vale pro cara que não merece ser iludido e ficar passando vontade à toa, né?

Simplifique minha amiga, se você já sabe qual será o final, apenas corra, amiga, corra.

Boa sorte!

Leia: Como resistir a tentação se você é comprometido(a)? (rs)

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.