Engravidei minha ex e agora ela mente pro atual dizendo que o filho é dele!

24

Leitora: Minha ex-esposa e eu moramos por 3 anos juntos, eu tenho 24 e ela 22. Temos um filho de um ano e meio. Acontece que nos separamos por vários fatores, desde problemas financeiros a discussões. Sempre fui um excelente marido e pai. Segurei a relação quando vi que ela já havia desistido. Mas sempre amei essa mulher. Ficamos em um vai e volta. Seis meses depois, acabamos ficando depois que voltamos de uma festa de aniversário com nosso filho.

Acontece que ela já estava comprometida. O namorado dela estava há um mês em São Paulo e ela iria morar com ele. Só que nessa única noite ela engravidou. Mesmo assim viajou, nosso filho não falta ninguém para amá-lo e cuidar. Odiei ela por isso. Afirmou que queria mudar de vida e trabalhar. Ela acabou contando para o cara que o filho era dele, faz uma semana que ela viajou. Ela disse que eu podia impedi-la de ir, mas não fiz, porque pensei que se me amasse não iria. Mas ela foi, estou insistindo que volte, porque a amo, quero acordar de novo e ter minha família completa. Mas agora ela acha que não dá para voltar atrás e quer recomeçar a vida lá até estar pronta para caminhar só. Será que estou sendo cego demais e ela esteja mais feliz sem mim?

Meu desejo sempre foi ter uma família, porque a minha não foi assim e quero dar aos meus filhos isso, e agora outro vai criar um filho como se fosse dele. Não sei o que fazer, se deixo assim ou esqueço tudo e sigo em frente, mas esse remorso aqui dói, saber que tenho um filho que nunca vou amá-lo como pai e sim outro, faço uma loucura e conto e a faço infeliz de fato? Continuo insistindo até ela voltar para mim ou deixo as coisas como estão e sigo em frente? Por favor me ajudem!

E tem gente que ainda pensa que essas histórias acontecem apenas nas novelas…

Amor, FODA-SE essa mulher, #pelamordosdeusos e foque no seu filho!!! Como assim ela tem um filho SEU e acha que VOCÊ tem que aceitar que ela minta que ele é de outro e ainda quer que você fique de boa com isso? Não sei o que mais me preocupa: você não perceber que sua mulher – ops, ex – é fria pra caramba e que só pensa nela OUUUUUUUUUUUUUU mesmo sabendo o prazer e a felicidade que é ser PAI, deixar para que outro crie, “só porque ela quer assim e você não quer deixá-la tristinha“! Acorde pra cuspir e vire homem pelamordedeus!!

Não vamos ser bobos ao dizer que ela não ficará com raiva de você caso você coloque a boca no trombone dizendo que a criança é sua. Porém, pense aqui comigo: primeiro, essa mulher não te ama, tanto é que ela já aplicou um foda-se bem gostoso pra você e já está morando com outro. Depois que, mesmo se ela te amasse (What?!), NADA justifica você deixar uma criança sendo enganada no mundo. Ela não merece isso, você não merece isso e o coitado do corno também não merece isso. Só cuidado pra, depois de se sentir ameaçada, ela não dizer que se enganou e que o filho é do atual, só pra você sair da aba dela! Porém e ao mesmo tempo, eu no seu lugar também não teria 100% de certeza que o filho é meu. Ou ela só transa sem camisinha com o amante (no caso você) e com o oficial ela usa? rs.

De qualquer forma, exija um exame de paternidade. Eu no seu lugar falaria: “Olha, vamos fazer um exame de DNA por bem e em off. Se o filho não for meu, eu deixo pra lá” (e dê graças a Deus por ter se livrado de uma mulher que nem te queria e é ambiciosa a ponto de foder qualquer um pela frente, só pra conseguir o que quer). “Porém, se o filho for meu, você me querendo ou não, quero ter todos os direitos sobre ele“. Se ela chiar muito, aí sim você poderá ameaçar a procurar a justiça e claro, questionar se mãe que é mãe quer ver a felicidade dela ou do filho em primeiro lugar, né?

Meu único medo é você fazer pressão e ela querer abortar, daí penso se não seria o caso de você fazer tudo isso que propus DEPOIS que a criança nascer. E quando fizer, alegar que é porque você queria o bem do seu filho e não queria atrapalhar a gravidez da moça. Sem contar que exame de DNA é mais em conta fazer depois que o filho nasce, não é isso?

Enfim, procure um advogado e converse sobre a melhor maneira de lidar com essa situação sem prejudicar (tanto) a criança. Seja MAIS PAI, menos “amante apaixonado” e mais do que isso: NÃO SIGA apenas a minha opinião e a dos leitores. Por mais que eu escreva, esse post ficará superficial em vista do problemão que você se meteu. Procure ajuda particular, se não for comigo, com qualquer profissional que você confie, mas por favor, deixe essa mulher como o último dos seus problemas, enquanto procura acompanhamento para apaziguar todos os outros.

Ah Luiza, mas eu a amo! Como deixá-la em último lugar?

Amigo, eu no seu lugar teria é MEDO de dormir e acordar com uma mulher que é capaz até de mentir algo GRAVE assim pra se dar bem nas costas dos outros. Essa daí só conhece o próprio umbigo, rapaz. Agora veja se encontra, nem que seja por um momento, o seu.

Boa sorte!

 
Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.