Minha CASA não é MOTEL!

28

Será que os homens – principalmente os que moram sozinhos – também passam por essas coisas que nós mulheres passamos?

Assine o Canal e clique no sininho caso queira ativar todas as atualizações!

Fanpage, InstagramTwitter

Snapchat (pergunteamulher)

Meu facebook pessoal (só não vejo inbox kkk)

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Detesto motel…
    Dá vontade de rir de certas decorações e, convenhamos, não é hora de humor. Não gosto, também, de todo o deslocamento e aquela coisa: entrou no quarto, tem que ligar, sem opção. Parece artificial, amor com lugar e hora marcada. Me sinto um pet, levado no veterinário pra procriar com a fêmea no cio.
    Sou adepto da dieta saudável, faço minha própria comida, prefiro comer em casa. Sem horário, sem pressa e com todo o espaço. Mas a mulherada tem dessas, quebrar a rotina. Ainda vou entender porque o cenário é tão importante…

    • mas vc assistiu ao vídeo inteiro? O problema não é sexo em casa, o problema é o CONTEXTO que os homens criam, e que sinceramente? Acho q até eles ficariam incomodados caso a gente fizesse o mesmo kkkkkkkkkkkk pq mesmo q a gente dê o sexo q eles querem, fica um preço caro caso a gente se folgasse ocmo eles, etc kkk Não sei se deu pra entender
      PS: Concordo com vc, tbm odeioooooooooooooooooooooooo Motel, e ainda tenho nojinho kkkk me sinto uma franga sendo abatida

      • Eu resolvi sair do contexto do teu vídeo porque não consigo entender nada desse tipo de caras folgados que tu fala e, Também, nunca se folgaram comigo. Questão de afinidade, mesmo. Mesmo Quando eu era liso, nunca fui do tipo explorador. E minha atração, sempre foi pelas independentes e orgulhosas também. Escorada nem chega perto de mim, elas sentem o cheiro de longe. Não sou trouxa, nem bonzinho, só pareço. Me chame de orgulhoso.

        • mas vc não parece trouxa, nem bonzinho, só meio sensível e desconfiável as vezes kkkkkkkkkkkk
          mas adoruu tu tatu *(linguagem emonez kkk)

  • mariana cobra

    O negócio é sempre dialogar e saber oq o outro quer sem precisar adivinhar.
    Tô com o Carlitos, não curto motéis, prefiro o aconchego da minha casa e falo mais, parece q a transa lá não é 100% é meio q obrigatório ir, despir-se e furunfar kkkkkkkkkk salvo o dia que fui tão somente para usar a hidromassagem kkkkkkkkkk
    Massssssss qdo eu era visita, sempre levava coisas, ajudava a ajeitar a bagunça que eu fazia e as vezes cozinhava pro mozao…o bichinho era tão magrelinho que eu ficava com dó e fazia comida caseira pra ele 🙂
    E realmente isso aí da pessoa ser folgada serve até pra amizades e família…depois que mudei, parecia que a minha casa virou drive thru kkkkkkkkkk

    • tb nao curto motel, mas tbm nao curto cara q parece q só quer bater um prato (em todos os sentidos) e vazar kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      enfim, penso como vc Mari

      mas uma pergunta: já rolou alguma dessas contigo? kkk

      • mariana cobra

        Eu namorei só o mozao casei com ele, então não tive mtas oportunidades pra entrar numas frias dessas.
        Mas como disse, acontece tbm com amigos e familiares.
        Dou o exemplo da minha mãe, teve uma época q ela pedia pro meu pai passar na minha casa pra pegar “marmita” do que eu havia feito kkkkkkkkkk, mas cortei…na terceira vez q isso aconteceu eu falei pro meu pai q a partir daquele dia, se eles quisessem comer oq eu faço deveria ser na minha companhia e q a minha casa não era restaurante pra passar e pegar comida.
        Detalhe, eu ligava e avisava q tinha feito algo gostoso e eles estavam convidados, ela com preguiça ou sei lá, pedia pro meu pai passar e pegar. Ai é fogo… kkkkkkkkkk

        • meu pai sempre dá marmita pra familia toda kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Franciele

    Ain, tenho preguiça crônica de assistir vídeos; decidi abrir uma exceção… mas voltarei ao status quo, rs.
    Quanto ao assunto, considero importante comentar um aspecto secundário abordado; sou mulher, nunca tive dúvidas do meu gênero, mas admito minha inaptidão para entender essa filosofia reversa da maioria das confrades, que as faz dizer, mesmo que queiram alguma colaboração do cara que não precisa trazer nada; pior que isso só ficar reclamando depois na rodinha de amigas porque o oportunamente inossente rapaz chegou de mãos vazias, rs.
    Mas, na minha humilde opinião, a rainha dessa contradição incompreensível é aquela situação em que a moça veste uma roupa, percebe que não ficou bom e solta “amor, tu acha que eu engordei”; é um dos raros momentos em que eu tenho pena do cara; se ele diz que não, será julgado falso, se diz que sim será insensível e se, para fugir a essas possibilidades disser que não notou, será desinteressado.
    Fico pensando se algum dia meu gênero me orgulhará pela expressão honesta das vontades, sem esperar adivinhações dignas dos contos infantis.

    • eu acho q tudo isso se resume a tudo, menos a dinheiro ou pizza ou comida kkkkkkk
      é como o antigo Samuel dizia

      ”Se não to muito afim, é dogão e Dolly e olhe lá’. Agora se estou, posso me esforçar um pouco mais”. Note q ele falou algo muito além do dogão e dolly aí kkkkkk

      As a pessoa limita a ”conta”, ”dinheiro”, enquanto na verdade o cara está mostrando algo mt maior ao meu ver

      Vejo por mim, os q mais gostaram d mim, foram os q mais me deram coisas. E não digo ”materiais” (podem ser tbm), mas tbm espirituais, de tempo e as vezes o material desemboca numa preocupação com isso. É algo complexo, não sei nem se me fiz entender kkkkkk ”Dinheiro é o de menos, apesar d claro, todos gostarem do conforto q ele oferece – inclusive os homens” kkk

  • Rodrigo Silva

    Hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahah!
    Esse foi o vídeo que eu mais ri!!!!
    Esse recado serviu pra mim, pois tenho exatamente 1.90. E uma fome gigante também. Por isso que quando os colegas saíam pra lanchar não me chamavam.
    Isso me lembrou quando uma colega de trabalho me convidou para eu conhecer a casa dela. E lá fui eu cheio de todas as más intenções. Acredita que era só para conhecer a “CASA” mesmo?! Ela me mostrou desde a varanda até área de serviço. E em seguida me mandou embora. Essa foi a única vez que entrei na casa de uma mulher que mora sozinha. Nem sempre é tão facilitam.

    • mija no chão, né? IUAHIUAHIAUH
      brinks, não aguentei kkk

  • Marcelo

    A carapuça não me serviu, a rígida educação que recebi da minha mãe, e que foi reforçada por quatro irmãs, fez de mim um gentleman. Sou raça ruim em todo o restante, mas sempre com ótimas maneiras. Aliás por mais de uma vez dei esculacho em ex por falta de bons modos.

    • Homens criados com mulheres costumam ser seres diferenciados, dava até um video kkkkkkkkkkkk

  • hadassa

    Como vc disse bem no final do vídeo a mulherada que mora sozinha tbm tem uma parcela de culpa se os pretendentes abusam e são folgados rs. A carência, insegurança, solidão e estar longe da sua família são fatores vão deixando elas vulneráveis. Na realidade Lú é até um perigo para própria segurança das mesmas eu acho que elas deviam se prevenir e ter precaução porque todo pessoa que vc não conhece é um ESTRANHO não conhece a índole o caráter de ninguém ate que te prove ao contrário aff. Luiza se fosse meu sonho de morar sozinha estando solteira eu jamais diria pra qualquer possível pretendente a minha vida olha eu moro sozinha jamé. Marcar encontros só na casa de amigos de confiança ou se moro na mesma cidade dos meus pais deixaria entender que moraria com os mesmos.
    Eu vê comentário muito interessante numa entrevista tem mulher seja a idade que for parece MALA VELHA na primeira conversa com um rapaz/homem fala tudo sobre si e abre a vida toda se bobear fala até número da senha do banco absurdo né? para um desconhecido não dá né aff.

    • eu sou meio assim até pra receber amigos em casa, quem dirá bofes kkkkk
      tem q ter dado umas provas d amor antes aloke kkkkkk

  • Luiza você está morando sozinha??? ÊÊÊÊBAAAA! ‘Bora Curitiba!!!!!

    • não falei nem q sim nem q não
      mas sim de qd morava…
      não falei nada d atualmente aloke kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • Pôxa! Eu Já tinha até preparado a mudança…Tinha dado adeus a Jericoacoara, Aracati, Canoa Quebrada, Praia da Baleia, Flexeiras…Tinha colocado a casa de praia à venda…Meu Buggy, meu jet-ski (andar aonde de jet-ski em ‘Ritiba? Só se for no Corgo!), minhas pranchas de surf (não sei praticar surf mas andar com elas na camionete dá moral ‘cas mulé!)até o martelinho de quebrar caranguejo eu tinha colocado prá vender! Cancelei minha assinatura de farofa mensal, de Baião de dois (apesar que nos últimos dois era mais prá baião de um ‘mermo!), minha conta corrente de degustação de cachaça da Ypióca! Comprei até sapato e calça comprida para vestir aí!!! (faz 28 anos que eu moro aqui em Fortaleza e só uso Bermuda, camiseta e chinelos!) É…mas a esperança acabou! Em todo caso Feliz Natal prá você!

        • kkkkkkkkkkkkkkkkkkk besta
          bora pra live hj se tiver desocupado!
          mas como to avisando em cima da hora, talvez vc nao consiga ler
          o bom é q dará pouca gente e da pra conversar melhor noix

          • Vou tenta Luiza mas tô no trampo sabe como é…

          • sei sim, sempre faço num horário em q a maioria não pode =( O bom é q fica pouca gente e dá pra fofocar, e outro bom é q depois fica disponível online

            bom job caso não consiga s2

  • Vinicius Veroneze

    Concordo 100% com o video. Parabéns pela forma de se expressar.
    Vou contar uma história.
    Tive uma certa namorada que morava sozinha. Saímos algumas vezes no começo e depois acabou a vontade dela de sair. De vez em quando a gente saia ainda, mas bem raro. Ela queria só ficar em casa e eu sempre levava algo para comermos. Tava de boa agradando a cremosa.
    De repente ela não queria nem transar mais (tenho certeza que não sou ruim e que tinha química e que ela não tava com outro).
    Entendi que ela queria um homem p dormir lá no ap dela pra ela não ficar com medo.
    De namorado me tornei segurança noturno.
    Enfim, história só para mostrar um outro lado dos comportamentos.
    E motel é nojento mesmo kkkkk

    • vc já acessava o site e so apareceu hj, ou conheceu o site hj? Enfim, adorei a história
      “cremosa” kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Eu tbm gosto d namorado na minha casa, até pq sou caseira

      mas é pq
      1- Sou caseira
      2- Sou caseira kkkkkkkkkkk
      3- Adoro assistir coisa e depois dormir d conchinha (fofis kkkkkkkkk)
      4- Papear, etc

      PORÉM, oq mata é a falta d senso, e digo mais, isso nao é só nesse lance d casa, é na vida. É tipo dá a mão querem o braço

      é como um cara me chamar pra sair e eu pedir a bebida mais cara pq ele disse q vai pagar, entende? Sendo q poxa, poderia sair com ele e não abusar, ainda q claro, ele goste d sair comigo
      não sei se deu pra entender kkkkk

      • Vinicius Veroneze

        Não conhecia o site, mas agora já favoritei e vou participar.

        Isso que você relata é uma mistura de falta de respeito e egoísmo. Gente que confunde ser bem resolvida com ser egoísta.
        Outro grande problema é a covardia. Pessoas que estão longe de estarem prontas para um relacionamento, mas mesmo assim se envolvem com alguém.

        Tenso. kkkkk

        Até breve!

        • e qual é a sua área d atuação? Ou interesse sei la
          sempre pergunto isso, mas responde só se quiser kkkk
          e idade..

          • Vinicius Veroneze

            Sou de TI. Atualmente faço mestrado em modelagem e otimização. Tenho 32 anos, moro em Catalão-GO.
            Gosto demais de psicologia, ciências sociais e de tentar entender o comportamento das pessoas em relacionamentos.
            Atualmente tô solteiro kkkkk

          • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk seja bem vindo então
            noix!