Tenho 28 anos e optei por perder a virgindade após o casamento: tô velha pra isso?

31

Leitora: Bom, tenho 28 anos e sou virgem. Não sou uma mulher feia, já tive vários  caras interessados em minha pessoa, mas nunca falei que era virgem  então eles acabavam desistindo de namorar comigo, pois não rolava sabe.

Optei por perder virgindade depois do casamento e gostaria muito sua opinião sobre isso. Será que estou muito velha????

perder a virgindade

 Mulher, a não ser que você pretenda se casar em 6 meses, você PRECISA contar que quer se casar virgem, né? Não só pra já ir descartando os caras que não tiverem afim de esperar, como também para respeitar o seu tempo e o deles. Sem contar que depois vão achar que você é frígida, que não gosta da coisa e aí que vão sumir mesmo kkkkkk.

Se você já fez sua escolha, acho que os pretendentes merecem saber. E outra, parece que você sente até vergonha dela, sendo que, na verdade, deveria é ter orgulho. Não que se casar virgem (ou não) seja motivo pra orgulho em si e por si, mas sim porque poxa, se você não botar fé e apoiar as suas escolhas, por que é que elas existem?

Não sei se você se decidiu assim por motivos religiosos ou não, porém, eu no seu lugar tentaria me aproximar de caras com o mesmo desejo afim de evitar a fadiga kkkkk. E sim, tem muito cara que quer se casar virgem também! É claro que, como não mandamos no coração, mesmo assim poderá acontecer de você se apaixonar por um que já quer fazer a marimba logo. MASSSS, se ele te amar e te respeitar, mesmo achando “mimimi” e estando doido pra furunfar, respeitará o seu desejo, concorda?

No fim, só acharia que sua decisão seria boba caso você não quisesse BEMM se casar virgem, mas sim agisse assim para mascarar um outro problema, tal como não gostar de sexo ou algum trauma, daí colocou o peso no “se casar virgem”, que é pra demorar mais tempo pra não fazer o que você já nunca esteve afim de fazer, kkkk. Ex: gay que vira padre porque não quer admitir que quer dar o brioco, etc kkk.

Lembre-se que, sendo sincera consigo mesma, já será meio caminho andado. Se no fim for realmente por ideal de vida, conte pros caras e diminua seus problemas! Se eles fugirem, agradeça a benção e por não terem te enrolado/manipulado, tal como disse nesse post aqui!

Boa sorte!

Assista:

Como perdi minha virgindade (mas já adianto que meu caso não tem nada a ver com o seu).

Erros ao tentar tirar a virgindade de uma mulher.

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Diabolic

    cada um é livre para fazer o que quiser, e a cada é livre para aceitar o que quiser.

    ps. procura o cara de 38 anos com aversão a sexo do outro artigo, ele parece ser o candidato perfeito para você.

    • mas a leitora gosta d sexo (achamos kkk), só não quer fazer antes do casamento
      O outro é mais polemico kk

      • Stan Lewis

        como podemos saber se ela gosta de sexo? ela nunca fez pra saber se gosta rsrs

  • Gaia

    Se esse é o seu desejo, respeite-o. Todos deveriam ser livres para decidir quando e como querem perder a virgindade.
    Agora, quanto a contar aos caras, acho que vc devia contar, sim. Até pq, é um direito deles saberem. Pense que se a situação fosse outra, como ter ou não filhos, vc sabendo que quer (suposição), mas nada diz pq acha que o cara vai ter que respeitar a sua escolha e posteriormente descobre que ele nunca quis ser pai ou acha que ser pai. Imagine quantos problemas ter conversado antes teria evitado?
    Então, conte a eles sua decisão e se eles não aceitarem, parta para outra. Eles têm todo o direito de não querer esperar e vc tem todo o direito de querer. Então procure alguém que tb queira. E vc só vai saber quem mais tb quer se conversar com eles sobre isso.
    Não precisa ser no primeiro encontro, mas logo que as coisas começarem a ficarem sérias abra o jogo.

    • “Não precisa ser no primeiro encontro, mas logo que as coisas começarem a ficarem sérias abra o jogo”

      concordo! Eu não contei nunca, mas eu tinha uma “malandragem” (no bom sentido) q nem todas tem, então, pode ser q ela se machuque (literalmente) se não contar e o cara for ogro. Apesar d q no caso dela, ela não iria fazer mesmo kkkkk

      • Franciele

        Eu também nunca contei, ainda mais que, no contexto, eu fiz sexo mais para me livrar da prova inequívoca de que, aos 22 anos, ninguém me quis para namorar e casar, do que por gostar da pessoa ou por ceder a algum impulso sexual irresistível. Mas a maioria das virgens é muito jóvem e desconhece absolutamente a dinâmica sexual e o próprio corpo.

  • hadassa

    Leitora ser virgem não é vergonha alguma isso ao contrário aff. A vida é feita de escolhas se você escolheu casar virgem cara isso sua decisão não a nada de errado nisso.
    Amiga eu tenho 20 anos de idade sou virgem tbm e vivo a castidade por causa da minha fé e religião e eu namoro hoje com um rapaz que é virgem tbm e vive a castidade somos da mesma fé e religião nós dois decidimos sexo só depois do casamento escolhemos isso por amarmos a Deus sobre todas as coisas e jamais queremos ofendê-lo pecando e praticando fornicação fora do casamento. Coloque isso na sua cabeça a gente não assusta nenhum pretendente que nós quer de verdade seja ele homem virgem ou não virgem se de fato tá interessado e gostando de nós de verdade ser virgem não espanta homem algum entre aspas só se for esses caras que vc conheceu “sumiram” quando você revelou que é virgem e pretende se guardar para o casamento. Amiga vc devia colocar a mão para céu e agradecer isso livramento atitudes fala mais que mil palavras esses são o tipo de homem cafajeste que não quer um namoro sério com ninguém e aquele só quer USAR as moças para ter sexo disponível é um moço que tem esse pensamento e comportamento o que ele vai conseguir com uma moça virgem e que está disposta e decidida namorar mais sem sexo não vai conseguir é NADA.
    Entenda uma coisa que amor e sexo são coisas diferentes que amar muito mais que palavras e atos e atitudes o amor verdadeiro ele sacrifica seus desejos e prazeres para amar plenamente a outra pessoa um rapaz que tá de fato de boa intenção e amando e gostando de verdade uma moça ele não quer levá-la pra cama e sim para o altar. Não se engane e nem deixe a ansiedade e desespero tomar conta do seu coração colega tenha fé para com essa ideia que vc tá velha ou que um problema ser virgem peça a Deus para trazer até vc um homem de verdade e que tenha boa intenção esteje de fato gostando de ti seja ele virgem ou não mais quando vc revelar que é virgem já tomou decisão sexo só depois do casamento ele não vai fugir ao contrário vai ficar encantado não fugirá de querer um namoro sério com vc. bjs boa sorte!!!!!!

    • Acabei d saber mais sobre a sua vida, mt interessante Hada! E o mais legal é q vc encontrou alguém igual a ti, oq é muitooo difícil, ainda mais quando envolve séquiçuuu

      • hadassa

        Oi Luluzinha mais já tinha dado conselhos de duas leitoras virgens inseguras e desesperadas que escreveu para vc kkk. Usando meu exemplo por ser virgem e vivo a castidade o que é isso? Não um cinto que eu uso de cilício algo do gênero que as pessoas maioria pensam não ser uma pessoa casta é uma DECISÃO no interior que vc pede ajuda a Deus eu quero abraçar essa virtude na minha vida castidade é filha da temperança que um dos frutos do divino Espírito Santo. É como a FÉ é uma decisão não um sentimento vc decide seguir a religião e consequentemente fazer a vontade de Deus. Para resumir o que castidade proporciona para quem abraça seja mulher ou homem ter domínio próprio vc que manda no seu corpo não ele em você eu uso a razão(decisão) para isso porque todos nós seres humanos somos imagem é semelhança de Deus não somos animais que são seres irracionais eles não tem razão eles vivem pelos seus instintos.
        Eu entendi e ouvi a primeira vez sobre a virtude da castidade foi com meus 11 anos de idade eu estava na 6 série uma pré adolescente na aula de religião porque fiz todo meu ensino fundamental numa escola católica a professora que eu amo de paixão falando o que era o amor? o que era sexo? O que era de fato um namoro/noivado ela deu experiência pessoal um testemunho que ela era virgem e tinha tomado a decisão de abraçar a castidade e pedir ajuda a Deus para conservá-la até o dia do seu matrimônio na época tava noiva é o noivo tbm virgem e vivendo a castidade os dois na mesma fé e vivendo a castidade eles se casaram no fim do ano me lembro quando chegou novembro ela apareceu rápido na sala com aliança na mão esquerda casadíssima e feliz só disse assim para as meninas eu era uma delas sentava na frente lembra daquela aula de falar das coisas da vida e sobre a castidade com brilho nos olhos falou VALE A PENA ESPERAR.
        Luiza só de relembrar essa aula me arrepia eu fiquei atenta e vidrada e ali não falei pra ngm no meu interior aquilo me impactou tipo ali no mesmo dia eu tomei uma DECISÃO é isso que eu quero para minha vida e pedi a virgem maria a mãe de jesus Cristo para me ajudar está até hoje me ajudando nessa firme decisão minha até o dia do meu casamento casar virgem.
        Lú vc tinha presenciar a sala de aula um silêncio das meninas e dos meninos meus colegas de classe e depois a professora abriu para fazermos perguntas e tirar dúvidas sobre esses temas da vida e sabe aconteceu teve uma garota da minha sala que ficou indagando assim rebater de uma forma nada agradável não queria dialogar ela brigar e tempo inteiro tentando hostilizar com a professora tipo eu não concordo com isso nada a vê amar sem demonstrar isso dizia a que graça tem não ter intimidade com namorado lembro nome dela começa com a letra S…. ela ficou bem irritada sabe daquelas meninas bagunceiras que fica no fundão se acha um “pouquinho” as estilo moderna que vc gosta de falar então sabe que aconteceu porque ela era uma das garotas na minha época que já namorava um menino não era do nosso colégio era de outro. Sabe o que aconteceu com ela Lú depois de 4 meses dessa aula que tivemos a mesma engravidou na adolescência a vida dela mudou completamente a gente acompanhou tudo vê ela no canto contando com as colegas ela era próxima na rodinha ela chorando e reclamando que a vida dela tava de cabeça para baixo o namoro dela sempre foi de muito ciúmes e quando contou para namorado que tava grávida ele começou a brigar mais com ela e ficar frio e distante tava sentindo que o mesmo ia pular fora do barco. Sabe como foi final da história dela a mãe dela a tirou do colégio decidiu ela depois de ter a criança ela iria para uma escola pública estudar à noite e depois ela ia ter que arranjar emprego porque não ia ficar sustentando ela sozinha com todas as despesas nas costas até porque a mãe dela era separada do pai da mesma e trabalhava fora para sustentar as duas. Depois ficamos sabendo por uma amiga dela próxima a gente viu as fotos foi visitá-la com barrigão de 7 meses já sabia o sexo do bebê uma menina luiza a vida dessa minha colega de classe mudou completamente o destino dela foi outro foi marcante a história para todos nós que presenciamos.
        Vc pode me perguntar quem não é mais virgem já era NÃO seja vc moça/rapaz a idade que for se de fato vc tomar uma decisão eu quero abraçar a castidade até o dia do meu casamento não vou fazer sexo durante o meu namoro a virtude da castidade vai te ajudar se você realmente quiser a castidade está disponível a todas as pessoas uma virtude um dom de Deus que um dos frutos do Espírito santo. bjs boa semana pra todos e pra vc tbm Lú

        • Não pela virgindade, mas por detalhes seus e do namo q não sabia e achei legal saber mais s2
          Quanto a essa menina, não por ser virgem ou não, mas ela parecia meio porra loka no geral né? Meio inconsequente e confundiu isso com maturidade, aí se lasca mesmo

          Mas mts meninas jovens tiveram filhos jovens e foi uma benção, vc já leu a entrevista da jovem grávida aqui? Mas claro, é um risco o.o

          • hadassa

            Lú eu vê sim aqui no seu site a entrevista sua com uma moça que foi mãe adolescente. Lógico uma criança é uma benção independente da circustância se não foi planejada e que foi fora de hora a mãe ou pai do bebê precisa assumir a responsabilidade como já disse aqui fazer sexo e fácil sem preservativo o difícil arcar com as consequência de uma gravidez precoce. Inevitável a vida dessa adolescente muda vai amadurecer na marra literalmente.

    • Stan Lewis

      Mas ela nunca falou pra eles que era virgem, eles largavam antes de chegar nessa parte.

      • hadassa

        Pois é ela nem chegou a revelar que era virgem que pretende se guardar sexo só depois do casamento para um desses caras. Os próprios não são bobos eles já deviam desconfiar como eles não queriam nada sério de namoro algo sentido já pulava fora antes de embarcar.

  • Franciele

    Leitora, para ser virgem tu não está velha, mas já passou da idade de ficar alimentando conflitos; entenda, ter um pensamento minoritário é difícil em qualquer época, porém, assumir as consequências das próprias escolhas é sinal de maturidade emocional, que tu não parece ter.
    Inconscientemente, tu talvez se sinta fragilizada por ser virgem, como se ao dizer para um cara “sou virgem ainda”, ele ouvisse “dependo inexoravelmente de ti para me realizar sexualmente e pretendo casar amanhã”.
    Claro que optar, numa época em que a descartabilidade é apresentada como modelo para esquivar-se aos sofrimentos, por ser levada a sério desde o início do relacionamento, espanta muitos homens, e creia-me isso não ocorre só com as virgens; contudo, tu há de convir que é melhor perceber logo que determinado rapaz não valia teu tempo, do que alimentar ilusões.
    Cuidado apenas para não gerar excesso de expectativas, compreendendo que ao casar virgem, tu une as ansiedades dos desajustes sexuais, naturais em qualquer casal que não se conhece nesse âmbito, às dificuldades relacionais que todo primeiro ano de convivência comportam; administrar bem essa carga emocional é a consequência de seguir nessa tua escolha, sem tentar transferir responsabilidades, por exemplo, acusando teu marido caso a primeira noite não seja aquilo tudo.
    No mais, te entendo completamente, porque, apesar de não ser virgem, acho que todo namoro deve objetivar casamento, sob pena de começar fracassado, e isso diminui sensivelmente as opções.

  • Moça, a Luiza já analisou com maestria a sua questão e as outras comentaristas mulheres também. Eu, como todos já sabem, só mando presepadas e comentários desconexos, portanto não me leve a sério rsrs.
    Já fui um homem rico, mas hoje sou pobre e estou preocupado com as prestações. O fim do mês está chegando, a conta no vermelho, ai meo deos o que eu faço minha gente kkkkkkkk. Enfim, tanta conta pra pagar, inflação, desemprego e a moça preocupada com virgindade em pleno 2016?
    Moça, ultimamente ando tendo bastante contato com Deus, vou aproveitar essa sua angústia e recomendar a Ele que altere esse pequeno detalhe no meio das pernas das mulheres. Vamos fazer uma campanha “Fora Hímen” porque assim não dá, impeachment já!!!

    • como assim agora é pobre? kkkkkkkkkkkk

      • ai meo deos Luiza to vendendo o almoço pra compra a janta kkkkkkkkkkkkk

        • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk fica me assutando

  • Jps

    Você precisa analisar o porque você quer casar virgem. Por causa da religião? Seus pais, alguma ideia que você leu em algum lugar, porque homens só casam com virgens?
    “Porque eu quero” não é resposta.

    Você tem todo direito de esperar ou não, seu corpo e sua vida, mas acho que você precisa realmente ver o real o motivo para isso. Eu falo, porque se caso você perceber que “errou” no futuro, pelo menos você vai saber que foi por você mesma e não por causa de outras pessoas.

    Na minha opinião, acho que você deveria se preocupar menos com a virgindade em si e mais com as outras coisas, como uma carreira, futuro e assim inevitavelmente você vai acabar encontrando alguém legal pelo caminho da vida e transará ou não com ele só depois do casamento. As pessoas focam muito só no sexo (ou relacionamento) e esquecem que isso é “consequência” de uma boa conversa, um momento de desejo forte ou até um amor verdadeiro (quem sabe?).

    Obs: já que você perguntou para a Luiza, deve estar tendo suas duvidas e por isso encorajo duas vezes em sua auto-analise sobre a situação.

  • Existe algo que não se aprenda aos poucos?
    Existe uma “primeira vez” que é melhor do que as seguintes?
    Existe algo, em nossa fisiologia, que não comece a ser desenvolvido desde a nossa mais tenra infância? Respirar, comer, cagar, andar, falar…
    O tempo não é o nosso maior carrasco? Não desfaz o nosso vigor, a princípio quase imperceptível, até o nosso inevitável fim?
    A única certeza não é o nosso total cessar, algum dia? E pode ser agora, amanhã, ou sem dúvida, a qualquer hora depois deste momento.

    Pois é…
    Quanta gente transformando seu próprio corpo num ritual.
    Quanta gente acreditando que uma improvável sorte vai bafejar a sua vida, apenas porque desejam muito.
    Pessoas que, ainda, não sabem falar, mas supõem que a união de dois mudos convictos vai garantir boa conversa por toda a eternidade.

  • mariana cobra

    Se vc está feliz e satisfeita com as escolhas que fez está tudo certo! Seja sempre sincera com os rapazes que vc está se relacionando logo de início, pq não é justo vc impor sua condição de vida a outras pessoas, aí ninguém perde tempo ou é enganado(a).

  • Stan Lewis

    Se optou por perder a virgindade depois do casamento, está contando como certo de que ao se casar, esse casamento vai durar pra sempre. O casamento é uma roleta-russa, não há como saber quanto tempo vai durar, casar virgem ou não, não vai ter influencia nisso. “Eu acho” que você poderia considerar mudar o foco de “casar virgem” para “casar com um companheiro que valha a pena”.

    De que adianta engrandecer tanto assim o casamento e a virgindade? Imagine que uma mulher com esse mesmo sonho seu, que é de “casar virgem” e então ela tem 30 anos e consegue arrumar um namorado que aparentemente serve pra casar, depois de 3 anos namorando sem sexo, resolvem casar, daí casam, ela finalmente realiza o sonho de casar virgem, mas depois de 6 meses os dois resolvem se separar por incompatibilidades diversas que surgiram “depois do casamento”.

    Esse é só um exemplo que visa demonstrar que não compensa construir um ‘sonho perfeito’ baseado numa ‘roleta russa’. Casamento e virgindade podem ser importantes sim, mas casar virgem não é nenhuma garantia de que o casamento vá durar o resto da vida.

    Muitas pessoas se sentem motivadas a casar virgens por questões religiosas, várias delas acabam ficando com pressa pra querer transar, e consequentemente tentando arrumar um parceiro(a) e casar logo só por isso. E daí acontece que em muitos casos, acabam se casando com pessoas que ”realmente não compensava casar”, pois a pressa pra transar acabou fazendo ‘o casal’ não perceber que “não combinavam”. Aí resulta em um “casamento chato” com um “marido chato” e muitas dessas mulheres reclamam que “não sentem prazer algum com o marido”, aqui no site mesmo eu acho que já li algum relato desse tipo.

    No seu caso, percebe-se que o fato de você ser virgem e ter 28 anos está fazendo com que você comece a se preocupar com isso, mas não devia, pois não existe idade certa pra perder a virgindade. Busque alguém que se importa mais com sua felicidade do que com sua virgindade e daí sim compensará casar com tal pessoa.

    • Franciele

      Outro aspecto interessante da questão religiosa, que é puro exagero na minha opinião, é que simplesmente não se fala dos virgens que envelhecem sem encontrar um parceiro, e acabam excluidos inclusive nas igrejas ortodoxas, porque estão velhos para os grupos de jóvens e não podem participar das aatividades dos casados; apresenta-se uma fórmula de felicidade, sem plano “b” caso não funcione para determinadas pessoas.

      • Stan Lewis

        lamentavelmente essa é uma ‘lacuna’ que é provável que a maioria das igrejas não cobre.

  • Monique

    “Estou muito velha?”
    Olha, para a nossa sociedade, e para a maioria das pessoas é sim uma surpresa. Mas a decisão de transar, ou não, não está relacionada com idade, a menos que fosse de menor (?).
    Religião, religiosidade, desejo (tesão), filosofia de vida …são vários os motivos… O que parece, te lendo, é que o SEU motivo não está claro para você. E precisa estar. Caso contrário você talvez fracasse na sua busca ou então a mantenha e alcance com sucesso, e se arrependa depois.
    Tenho uma tia que se casou virgem aos 58 anos…por motivos religiosos. O casamento durou 3 meses. Não estou dizendo que vc está errada, nem certa. Mas que precisa ter claro na sua mente quais os motivos que embasam sua decisão, para que vc não se sabote mais com esse tipo de pergunta “estou velha?”

  • Marcelo

    Seu corpo, suas regras. E você não está velha para agir como bem entender e de forma que não causa dano a outrem.

  • Monique

    “Estou muito velha?” Olha moça, para a nossa sociedade, e para a maioria das pessoas é sim uma surpresa. Mas a decisão de transar, ou não, não está, ou não deveria estar, relacionada com idade, apenas….a menos que fosse de menor (?)
    Religião, religiosidade, desejo (tesão), filosofia de vida…são vários os motivos.
    O que me parece, te lendo, é que o seu motivo não está claro para você. E precisa estar. Caso contrário, você pode falhar na sua busca, ou então consegui-la com sucesso, e se arrepender depois.
    Tenho uma tia que casou virgem aos 58 anos, por motivos religiosos. Namorou, noivou e casou em 3 meses. E com 3 meses de casada, o casamento acabou. Os motivos do divórcio não eram plausíveis para os “superiores” da igreja, ela não se sentia mais bem lá, e saiu. Sem igreja e sem marido.
    Não estou dizendo que você está certa nem errada. Nem que isso vai acontecer contigo. Mas que vc precisa ter claro na sua mente quais os motivos que embasam sua decisão, e as possíveis consequências deles, para que vc não se sabote mais com esse tipo de questionamento “estou muito velha?”

    P.S: Lu, já tinha dado o pitaco… estava editando e o comentário sumiu rs! Será que vai ficar em duplicidade se eu reescrever? Qualquer coisa apaga aí por favor!

  • Dylan Loureiro da Conceicao

    Parabéns para voce e para quem casar contigo.

  • Fatima Morgana Santana

    Eu perdi a minha com 29 anos, agora estou com 30. Perdi com um homem de 50. Anteriormente já praticava sexo anal e oral, e muito diga-se de passagem. A questão da virgindade era mesmo decorrente do vaginismo, o qual eu não sabia que tinha. Mas não me senti velha para isso não. E apesar da problemática do vaginismo na época, confesso que não perdi nada em ter esperado tanto. Somente adaptações de elasticidade e varias penetrações ate que ele se fosse por completo. Mas fora isso, de boa. Considero que você é quem deve ser senhora do seu corpo e das suas vontades. Se é isso o que sua mente e coração desejam, permaneça fiel a eles.

  • Otaviano Medeiros

    Que sonho casa-se virgem. É uma decisão bem corajosa e de difícil execução por causa das pressões sociais de carpe diem. ( só de passar os 18 anos virgem já é um milagre, imagina nessa idade ) .