Minha esposa não desgruda da mãe e conta todos os nossos problemas pra ela!

43

Leitora: Bom dia. Bom, o meu caso é o seguinte, tenho 21 anos e minha esposa 24. Nos casamos há 2 meses. Ela ficou grávida, o pai colocou uma enorme pressão sobre o acontecido, a mãe, submissa a ele, não conseguiu criar nenhuma resistência. O resultado foi uma gravidez conturbada, com muitos problemas em casa, levando inclusive a tornar a gravidez de grave risco de perder o bebê. Não tive outra solução a não ser me casar, prezando por uma chance de salvar o bebê e o relacionamento. 

Embora sua mãe seja submissa e só pense nela mesma, minha esposa não vê isso e tem uma dependência emocional da mãe. Todas as nossas discussões ela leva pra mãe, não desgruda, saio pra trabalhar e ela corre pra casa da mãe, conversa o dia todo com ela. Nas nossas brigas ela fala pra mãe dela tudo e diz que só a mãe dela a ama de verdade…

Já falei pra ela que, ou ela amadurece ou não vou mais aguentar viver nesta situação em que minha sogra não consegue deixar sua filha de 24 anos ser tratada como adulta, passando a mão na cabeça em todos os casos e pior, depois de tudo que fiz por ela, ser visto como um carrasco. Isto só se manifestou desta forma intensa alguns dias antes do casamento.

Trabalho e estudo, sou bem resolvido, não tenho o maior receio de ficar sozinho, amo ela e resolvi fazer o melhor sempre pra nossa relação, porém, estou disposto a terminar o casamento brevemente e retomar minha vida se algo não mudar!

Minha esposa não desgruda da mãe e conta todos os nossos problemas pra ela!

Se você nunca traiu sua esposa nem bateu nela ou algo semelhante, não vejo o porquê de sua sogra te ver “como um carrasco”. Porém, entendo que é complicado às vezes só ter uma briguinha de nada e sua esposa sair contando e, quem sabe, até aumentando tudo (no calor da emoção kkk) tal como muitas pessoas fazem por aí. Porém, a solução final parece ser muito simples, OU muito complicada. Tudo dependerá do seu ponto de vista.

Vejamos os pontos:

Entenda que criação materna é uma das coisas mais sérias que existem. Se ela cresceu ouvindo da mãe que “só ela a ama”, “que amor de mãe é o mais sincero do mundo” e blablá, será difícil ela tirar isso da cabeça – até porque não deixa de ser uma “meia” verdade. Porém, nisso você pode sabiamente dizer que amor de mãe não tem nada a ver com o amor entre marido e mulher, e que sendo assim, é simplesmente impossível ser medido. Se mesmo assim ela pestanejar, pergunte por que então ela se casou e não ficou na casa da mãe até hoje, visto que deve ser chato viver sem se sentir amada e segura… Diga isso no tom mais leve e bem humorado possível. Diga isso com a ideia de fazê-la refletir, ou quem sabe, até mesmo sorrir (ou ficar sem graça?) com a situação. Ou melhor, pergunte se ela gostaria que você ficasse o tempo inteiro duvidando do amor dela e contando as intimidades do casal para amigos ou demais pessoas que você julga serem “confiáveis”. Faça-a entender que, por mais que ela confie em um terceiro, todo mundo gosta de ter privacidade, inclusive você!

Outras perguntas possíveis para um debate positivo:

Se não te amo o suficiente, por que você acha que me casei contigo? Sendo que o casamento implica “viver de certa forma por alguém?“.

O que eu te fiz para parecer tão pouco confiável assim?“.

Por que você acha que não somos capazes de resolvermos nossos próprios problemas sozinhos?“.

Faça-a perceber que todo mundo tem seu valor e seu lugar social, e que ficar comparando o ovo com a galinha é apenas uma atitude imatura e egoísta. Diga inclusive que não quer que ela faça isso com os filhos de vocês, visto que tal comportamento gera competitividade e insegurança entre ambas as partes.

Por fim, eu a lembraria que, sem querer, ela pode acabar fazendo a sogra “te odiar” – coisa que seria péssimo, inclusive para ela mesma. Ou será que ela não se importaria se, com o tempo, você passasse a odiar ir para a casa dela e eventos de familiares? Tudo isso por medo de ser olhado com cara torta ou até mesmo de ser julgado? E o “pior”, com razão e por culpa dessas fofocas que, no fundo, ela sabe que nem todas foram realmente necessárias? E se foram, por que ela não pediu o divórcio então?

Se o papo estiver pegando fogo, ainda rola perguntar se ela não se preocupa até mesmo com a saúde da própria mãe, já que fica levando tantos problemas assim pra ela. E por que ela não tenta, justamente por amá-la, fazer programas mais agradáveis e saudáveis para ambos os lados? Afinal de contas, imaginamos que a mamis também tem os problemas dela para resolver e precisa de um descanso né…

Em suma, sua esposa precisa pensar no outro lado. Se ela conseguir fazer isso, desde que seja minimamente madura e goste minimamente de você, tenho esperanças deque dará certo! E se no fim nada desses argumentos – adaptados por você, claro – funcionarem, eu juntaria as duas e conversaria numa boa. Tipo “poxa sogrona (não a chame de sogrona kkkkkkk), eu preciso que você me ajude a fazer sua filha a crescer e a ser uma mãe de família. A senhora já se casou e sabe que o casal precisa crescer junto, porém, você precisa confiar que sua filha também é capaz de tomar decisões, inclusive ao ter se casado e na vida a dois comigo. Ou a senhora seria mais feliz caso nós dois nos separássemos?

Emparede a “véia” se precisar também. E por mais que essas minhas dicas pareçam um tanto quanto ousadas, acredito que é isso ou nada. Quer dizer, sempre rola a opção de você parar de reclamar e viver feliz como está, né….

Boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Marcelo

    Cara, lamento muito lhe informar, mas você deu um azar dos diabos. A sua esposa repete com você o relacionamento conturbado que tem com o pai dela. Ao que tudo indica, por não se sentir amada por ele, ela não se sente amada por você. E, para ajudar, ela é ultra apegada à mãe dela.

    Que dedo podre este seu, hein?

    Bom, só posso lhe recomendar o divórcio o quanto antes, pelo bem da sua saúde mental e emocional.

    • Hadassa

      Discordo de você e muito fácil ele deixar uma recente esposa grávida agora ele tem que ser homem com H maisculo rs. Não fugir do desafio ele vai ter que administrar essa situação essa reação dele porque tá com medo porque agora ele virou de repente um homem casado e futuro papai. Ele está amadurecendo na marra a vida é feita de escolhas desde momento que ele não usou camisinha para ter relações sexuais com a namorada ele deveria imaginar que 90% chance da mesma engravidar a qualquer momento a casa cairia. Ele teria que encarar as consequências é assim a dinâmica na vida tem pessoas que só vão aprender quando errar.

  • mariana cobra

    Moço do relato, provavelmente estou muito errada, porém, se estiver certa, reflita sobre o que lhe direi.
    Eu senti que vc está a espera de algum motivo pra terminar àquilo que nem deveria ter acontecido e só houve por pressão da família pelo bebê que estava por vir.
    Seu casamento não aconteceu por motivos, digamos, “positivos”, mas por imposição de terceiros, da auto cobrança e pra demonstrar para todos que assumiria as suas responsabilidades para com a sua mulher…
    Contudo, não dá pra saber o nível de intromissão da sua sogra, vc somente disse que a sua esposa conta tudo oq ocorre entre 4 paredes e que vc está numa posição de “marido ruim”.
    De qualquer forma, não tem como apartar uma pessoa de sua família e isso tbm não seria legal. Tenha um pouco mais de empatia, pq estar grávida com a família se opondo e o rapaz casando por obrigação tbm não deve fazer bem a ela e o porto seguro é a sua sogra.
    Como a Lu já disse, alerte sua mulher para o fato dela mesma estar criando atritos e fazendo a mãe pegar birra de ti.
    No mais, ressalto que vc poderia ter usado camisinha, assim como ela ter se precavido…ja que não o fizeram, lhes resta lidar com as consequências…Coloque-se mais no lugar dela e caso perceba que só procuras um motivo para o fim, seja adulto e termine.
    A criança é uma responsabilidade eterna e para criar um ser humano não há necessidade de se forçar a uma situação indesejada (casar) e se casado continuar, tente forjar um lar saudável, sem brigas ou arrependimentos.
    Boa sorte e sucesso na sua família.

  • Caro perguntador,
    existe uma lacuna muito grande no teu relato. Por que todos os envolvidos agem como você descreveu? Qual é a tua parte ativa nessa confusão toda, além de taxar os outros de Pai que pressiona, mãe submissa e filha imatura?
    É de desconfiar muito que você faça uma pergunta destas e não detalhe nada do que aconteceu, apenas se apresente como uma vítima. O cara maduro, estudioso que assumiu compromissos e com isso “salvou o próprio filho”. Em dois meses já tá procurando desculpa no mundo virtual para largar um casamento que pelo visto nunca devia acontecido.
    Mas uma pessoa “madura” não faria nada disso não é mesmo, atirar tudo pro alto porque surgiu um problema. Se fosse assim, quanto durariam todos os casamentos? Dois meses?

    • eu entendi q ela conta tudo pra mãe, qualquer briguinha, grande ou pequena

      mas será q rolou algo grave q nao sabemos? Ai sim muda tudo

      • Como ele não falou nada, parece conto cult. Adivinhação é para mágicos. Sempre desconfio de omissões muito grande. Vai saber…

        • é q eu conheço gente assim e geralmente a pessoa não dá exemplo pq é qualquer coisa mesmo sabe?
          Tipo grave ou não
          mas vamos ver se ele aparece pra dar algum ex e tirar nossa dúvida o.o

          • Luiza, dá uma olhada na seção ” últimos comentários”. Eu clico no post ou no comentário e não vai. Abre outra janela nada a ver.

          • Wana

            Comigo também está acontecendo isso. Simplesmente abre uma nova guia, igual a já aberta.

          • tente clicar no horário/data

            e me diga uma coisa
            antes vcs tentavam d outro jeito q dava certo? Pq pedi para um menino olhar e ele disse q sempre foi assim sei lá kkk

          • Voltou a funcionar.

            Esse menino que disse que sempre foi assim não entendeu do que estamos falando. Desde a última sexta-feira (pra mim) apareceu este problema. Curioso, porque pelos meus parcos conhecimentos, isso não deveria acontecer do nada, muito menos se resolver sozinho, mas enfim…

          • mas não deve ter se resolvido sozinho
            o Disqus não é do site, eles devem ter resolvido por la tbm
            mas é bom vc avisar!! s2

          • Mas aquela área é a do site. Quando vc clica no nome do post, em principio independe de comentários era pra abri a pagina do post, mas pode ser alguma interação misteriosa

          • aquilo ali é um plugin, não é do site
            e não tem nada d mistério, é programação e plugin homem kkkkk

          • Wana

            Continua ruim. Agora só dá uma tremida. Eu hem, será o Demo se metendo conosco?

          • mas clicando na data/hora ta certo tente assim por enquanto kkk

          • Wana

            Continua a mesma coisa. Abrindo uma nova guia, igual a já aberta.
            Alguém mexeu e não soube consertar. Quem será que foi? O Tranca Rua, acredito eu.
            Fica cansativo você ficar procurando comentários de terceiros. De quartos e quintos também.

          • vc ta clicando no lugar certo? Pq pra mim tá perfeito com a gambiarra q expliquei kkk

            não clique no nome ou no comentário da pessoa, mas sim na hora q aparece lá embaixo do comentário (pequenininho)

            entenda tbm que a internet é assim mesmo, ela não é perfeita. Existem problemas técnicos q não são resolvidos em 2 segundos só pq a gente quer =( vc fica meio d cara como se eu quisesse deixar assim homem kkkk, e como dito, isso é um plugin q não tem a ver com o site. Eles q precisam arrumar la =(

            masssss acho q vc ta fazendo errado, vc deve estar clicando no nome ou no comentário, clique no lugar q t falei pq já pedi pra várias pessoas testarem e todas deram conta, inclusive eu.

          • Wana

            Não mudou nada, nadica de nada. Continua a mesma coisa, não dando para se achar os comentários.

          • como dito, isso é coisa do Disqus, não do blog
            vamos torcer pq obviamente, eu tbm não gosto q vcs passem sufoco e infelizmente, nem tudo depende de mim =((

            eu to clicando no post e lendo mesmo, nem to achando trabalhoso e cansativo, larga d preguiça homi kkkk

            agora claro q quando voltar ao normal será melhor ainda s2

          • ou vc tá falando dos posts em destaque tbm, ou seja, não só dos comentários? Os posts em destaque são do tema do site, pensei q fosse só o comentario mesmo e tals

          • https://uploads.disquscdn.com/images/1df7f5000d9ee6ee812d6af95f8a8c321d9090ca903b2435a67b72ae3f929a46.jpg

            É nesta área. Pelo que eu sei isso é do blog/template gerenciando os comentários. Tô certo?

          • Não, isso não é do site. Isso é um plugin que puxa do Disqus

          • Ferrou então. Aquela parte é muito interessante pq permite ir direto na conversa. Sem este atalho, ficar catando o comentário ou o post se for muito antigo é dureza. Resta rezar…

          • uai, mas vc não disse q já consertou homem? kkkk

          • Concertou, desconcertou, concertou, desconcertou…

          • vixi, devem estar tentando por la entao kkkkkkkk

          • Falei cedo demais. Estragou de novo

          • Então, clique no horário/data
            tente aí e me diga!!!

    • Franciele

      Se fosse assim, quanto durariam todos os casamentos? Dois meses?
      Seja mais otimista, o casamento do meu primeiro cliente, por exemplo, durou 360 dias, e se não fosse trágico seria cômico mesmo.

  • Franciele

    Leitor, tua história me lembrou o primeiro caso que auxiliei como advogada, justamente um divórcio; naquele situação havia a diferença de não existir filho em comum, mas, semelhante à tua história, revelou-se uma mãe difícil.
    Isso me fez pensar sobre as “permissões” sutis que casamentos de improviso como estes geram, notadamente por certo grau de dependência relativamente aos pais de um ou ambos, cabendo perguntar se vocês moram nos fundos da casa dos sogros, precisam de ajuda financeira com o bebê, possuem móveis ou utencílhos emprestados, enfim, qualquer situação que desacredite a autonomia de vocês como casal.
    Caso qualquer uma dessas situações ocorra, e haja real interesse em manter a relação, é importante desviar um pouco o foco da sogra e ocupar-se em traçar metas para ir se desvencilhando disso, circunstância que irá diminuindo paulatinamente as intromissões no relacionamento.
    Quanto às conversas dela com a mãe, talvez fosse interessante tu contar algo para a tua mãe, ou alguma mulher importante da tua família, e assim que ela vier contando que a mãe dela disse… tu possa apresentar a ela um parecer de uma quarta pessoa; pode ser que ela entenda teu desconforto.

  • Stanley Lewis

    Acho que convém vocês fazerem uma terapia de casal ou ela frequentar algumas sessões com psicólogo pra ver se ele consegue fazer ela perceber que ela deve sair da barra da saia da mãe.

    • amei a foto nova kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • Stanley Lewis

        kkkkkkkkkkk obrigado!!!

  • Amigo, tanto faz se você bater na sua esposa, ser infiel, ser acomodado, ser grosseiro, etc…. ou ser um excelente marido, fiel, educado e tudo o mais. A sogra sempre vai ser um estorvo. Ou você atura a sua, ou fica solteiro ou procura uma mulher órfã de mãe para casar.

  • Hadassa

    É amigo leitor se 2 meses antes vc tivesse pedido a opinião aqui na Luiza sem sombra de dúvida a Lú e nos comentaristas seria unânime pelo amor de Deus não toma uma decisão importante na vida de qualquer pessoa e decidir CASAR eu particularmente te recomendaria comprar o livro: “namoro blindado a prova de coração partido” dos autores Renato e Cristiane Cardoso.
    Não dá pra dar esse passo estando num namoro/noivado que tá conturbado, complicado, confuso e que surgiu um problema “sério” não se toma atitude e decisão alguma na vida não só em relação amorosa em tudo no calor da emoções, desespero, afobação, descontrole.
    Faltou orientação de alguém da sua família ou algum amigo mais velho(maduro) rapaz hoje em dia não existe isso engravidou a namorada/noiva agora sou “obrigado” a oficializar tenho agora que me casar NÃO. Vcs já tinha alguns problemas no decorrer do seu namoro que vcs ignoram a isso bobagem o que vale é paixão, amor, sexo o prazer né? Primeiro vc mais novo que ela 3 anos já é um fator sim que as pessoas ignoram o recomendável é garota ser mais nova que o rapaz ele ser mais velho 2,3,4 anos que a moça.
    Outro ponto que vc ignorou como era a relação dela com os pais? Os mesmos são conservadores ou liberais? Como era a relação dela com cada um com a mãe muito apegada e com o pai muito distante e restrito por ser um homem conservador. Olhar a dinâmica e como era essa família dela só fiquei curiosa deixou uma lacuna no ar porque vc não menciona a sua família e seus pais a sua namorada não tinha contato e convivência com eles(sogros) e ambas famílias não tem proximidade super estranho isso rs .
    Você quis mostrar aos pais dela que tá óbvio que o pai dela conservador não gostou de saber que a filha engravidou antes de casar eles até poderiam ignorar e fingir que a filha deles tinha uma vida sexual ativa com namorado. E agora o resultado acabou esse namorado da minha filha acabou engravidando ela “fora do casamento” ele só tava a usando e se aproveitando da mesma é agora deve ter sido difícil para sua namorada grávida ter que escutar da família a bronca e tê-los decepcionado. É curioso vc quer mostrar que cara maduro e responsável mais ao mesmo tempo esqueceu ou ignorou de usar camisinha nas relações sexuais com a sua namorada muita paixão carnal e fixo no prazer sexual rs não é nenhum crime a sua imaturidade emocional algo mais do que esperado vc só tem 21 anos não queira passar por um rapaz que tem 25 anos só por que vc pegou raiva e bronca dos seus sogros da reprovação do ato irresponsável de vcs filho(a) é uma benção no momento certo um adendo tinha que tbm entender o ponto de vista deles mais do que natural pais tradicionais não vai aceitar numa boa a filha de 24 anos engravidar sem não estar casada. Isso para pais conservadores é recebido como uma bomba que começa primeiro os pais da moça questionar aonde eu errei na educação dela? Porque ela não se guardou até o casamento? Começa o pai conservador a culpar a mãe vc não orientou a nossa filha e depois parte para o alvo a filha a confusão está declarada. Tem que compreender o lados deles dessa história e agora da sua esposa sabe porque no fundo ela sabe e sente que vc casou com ela obrigado e para querer peitar a família dela então casou isso fato ela sente fragilidade e insegurança potencia máxima na relação de vocês daqui por diante mais do que natural então você tem que deixar o seu egoísmo e imaturidade de lado.
    Agora já era meu amigo terá que amadurecer mesmo vc agora um homem casado e vai ser pai em breve o que tá acontecendo contigo só está apavorado, medo, inseguro e quer pular fora do barco agora não dá meu caro seja homem com H recomendo você comprar o livro casamento blindado dos autores Renato e Cristiane Cardoso e se for necessário eu acho no caso de precisam ter acompanhamento de um psicológico para enfrentar essa nova fase para vcs dois. Boa Sorte!!!!!!!

  • Marcelo

    Continua bugadaço, Lu.

  • Wana

    Bugadaço e meio.

  • M Holmes

    Mesmo com as dicas da Lu, acredito que essa situação será muito difícil de reverter devido as condições que esse casamento ocorreu. Mas, não custa nada tentar já que está sofrendo tanto.

  • Wana

    Voltou ao normal. Espero que continue assim.

  • Luiz

    Texto veio bem a calhar, estou me divorciando de um casamento de 12 anos devido a esse comportamento da minha mulher, a sogra tanto fez que conseguiu nos separar e a convenceu a alugar um apartamento para elas duas irem morar juntas… também conseguiu separar outros dois filhos, somente uma filha conseguiu se salvar e hoje diz que não tem mais mãe….

  • Michel

    Mete o pe nessa mulher ou manda ela escolher…ou VC e ela são as coisas mais importantes.. Ou então manda ela de volta PA casa da veia