Minha família inteira ama meu namorado, porém, ele deixa claro que não me ama!

45

Leitora: Por favor me ajuda! Tenho 22 anos, já fui casada e hoje estou namorando há 1 ano e 5 meses. Quando era casada, era apenas uma adolescente, não tinha muita experiência, meu mundo girava em torno do meu ex – até que tivemos uma filha. Antes dela (filha) completar 1 ano, ele me traiu, meu mundo desabou, disse q não iria mais querer ninguém. 

Mas minha opinião mudou, era muito carente de afeto por não ser criada com meu pai, gostaria de dar um pai de verdade à minha filha. Encontrei meu atual e deixei rolar, apresentei à minha família. Todos me dão todo apoio, dizem que agora encontrei uma pessoa pra cuidar de mim e da minha filha, mas é muito difícil viver de aparência. Meu namorado não gosta de mim.

Ele demonstra uma  admiração por mim, mas não esconde que não me ama. Ele já me falou em algumas conversas que não gosta de iludir, que nunca amou ninguém de verdade, que pra amar uma namorada tem q ter no minimo uns 3 anos de namoro. Sempre demostro amá-lo. Sei que ele já me traiu (tipo cubro o sol com a peneira) já peguei conversas  no celular dele que comprovam isso.

Minha filha é muito apegada a ele. Não sei se devo terminar ou se continuo pra ver até onde vai dar.  

Meu namorado não me ama

Você disse: “Não sei se devo terminar ou se continuo pra ver até onde vai dar.”

Amiga, em que parte que você não entendeu de que já deu? O cara tá sendo sincero, ele te não ama. Agora, resta você ser sincera consigo mesma também.

Eu vou te dar duas saídas, porém, se eu fosse você, seguiria todas elas em paralelo, visto que cada uma terá uma funcionalidade específica e juntas elas poderão potencializar a sua vida.

O problema não é a sua família ou a sua filha: o problema é você.

Amiga, pare de “inventar” que sua filha e família gostam dele. Ainda que isso seja verdade, entenda que essa é apenas uma justificativa pra você ficar acomodada e continuar como está. Se você não conseguiu mudar sozinha e ser feliz por si mesma até hoje, entenda que você precisa de um acompanhamento URGENTE. E olha que legal: hoje existem vários profissionais no mercado. Não só os consultores como eu, como psicólogos, os psiquiatras, e até a galera da meditação kkkkk. Sem contar que você mesma assume que é carente, já não acha um sinal a mais?

Leia no post linkado acima as diferenças entre os profissionais, identifique qual você está precisando mais nesse momento e não economize com isso. E ó, mesmo se você estiver sem dinheiro, isso também não é justificativa: existe o SUS, terapias gratuitas na Igreja, ONGs. etc. Porém, se você for como a maioria da população que só valoriza se pagar, não se engane e procure o método em que você sabe que renderia mais, não necessariamente o mais econômico, ok?

Entenda que enquanto você não mudar o seu interior, ficará quase impossível mudar o seu exterior e isso acontece por motivos óbvios, visto que tudo que você planta, colhe, né?

Enquanto você fizer a terapia: cuide-se.

O que você menos gosta em você? Seu corpo? Sua personalidade? Alguma falta de estudo? Enfim, o que te faz achar que “merece” ser traída, não ser amada e, ainda assim, se iludir que esse cara é bom pra você? Assista a esse vídeo com muito carinho e lembre-se que, se você se casou, você precisa de um homem, não de um amigo ou um pai.

E outra, NÃO ESPERE POR ISSO, porém, é relativamente comum a mulher ficar linda, se cuidar, ficar segura e aí sabe o que acontece? O cara começa a gostar cada vez mais dela, porque vamos combinar: se você aceita chifre, altas cagadas na cabeça e ainda quer que o cara te ame enquanto nem você se esforça por você mesma, aí já é pedir demais pro santo, concorda? Por outro lado, se você fizer o combo do amor próprio que estou te sugerindo, é só ir pro CHORAAAAAA BOY! Porque ao resgatar sua autoestima, aposto que é você que não irá mais querê-lo de tão limpa que ficará a sua mente!

Entenda que nada é fácil, mas lutar para ser a pessoa que você gostaria de ser sempre vale a pena.

Se vocês terminarem, entenda que o sofrimento faz parte do “jogo”, porém, quando isso acontecer, antes sofrer dois meses e se recuperar do que passar a vida inteira ao lado de um homem que, quem sabe, talvez em um futuro bem distante te amaria. E mesmo se ele só fosse te amar “daqui a 3 anos”, tu quer mesmo sofrer até lá? E pra piorar, enquanto o danado tá se divertindo com altas?

Espero que você não tenha acreditado nesse prazo, porque fora o amor não ter condições específicas para acontecer, acho que se ele te amasse, já saberia há tempos.

Pare de se iludir e tenha certeza que sua filha não quer apenas “um pai legal”, mas sim um pai que te ame, ok?

Boa sorte!

Assista: Como esquecer o ex.

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.