Ele fala que fazer amor comigo é como pensar em um sorvete caro e, no fim, ver que é da Kibon!

91

Leitora: Oi Luiza, tudo bem? Acompanho seu trabalho através do canal e do blog, nunca pensei que um dia eu faria esse tipo de pergunta e nem que eu me sentisse dessa maneira.

O problema é que eu saí do Brasil e vim para outro país atrás do meu namorado, mas depois de 3 anos de relação, ele ultimamente baixa muito minha autoestima fazendo comentários sobre minha vagina… Em um certo momento, comentou que eu tenho tanta lubrificação que parecia que ele estava metendo o pênis dele em uma poça de água e que dava nojo, caramba, aquilo eu senti terrível.. Depois começou a comentar das estrias que tenho no bumbum, que pareciam que eram um arranhão de tigre.

Arranjei um PA da universidade para ver o que me dizia, que nada mais tivemos sexo 2 vezes, o cara me coloca muito bem e não fez esse tipo de comentários brochantes que eu senti tanto medo de ouvir, não me arrependo, me sinto bem de ter ido com ele.

O meu namorado tem 40 anos, eu tenho 21 anos, às vezes ele é brocha, que homem não brocha não é? Porém, recentemente no ato sexual, depois que eu fiz um oral nele, ele já partiu para penetração e brochou, eu perguntei se fiz algo de errado, o sacana me respondeu que nada, mas quando ele partiu para penetrar sentiu que trocasse de algo bom para algo ruim. Eu muito besta ainda fui perguntar como, e o idiota respondeu: sim, como se eu estivesse provando um sorvete do caro e bom e de repente trocasse por um barato da kibon.

Caramba, esse comentário abaixou de vez com minha autoestima Luiza, a um ponto que senti náuseas de mim, comecei a chorar e não sei o que fazer. Sério mesmo cara, me sinto mal, fora que na mesma semana eu pedi a ele pra a gente tentar algo diferente para não ser tão monótona a relação sexual, ele me respondeu que se eu queria sair da monotonia ele me amarrava e iria me dar uns murros, porque é assim que as mulheres querem só que não dizem.

Eu sou do tipo mente aberta e sempre tento dar o meu melhor principalmente no sexo, busco ler, faço os exercícios de pompoarismo, uma vez fui ao sex shop para dar uma variada nas coisas, já chamei ele para ver videos pornô, só que não sei o que acontece e me sinto mal.

O que você me recomenda fazer Luiza? Até o momento nunca compartilhei isso com ninguém e gostaria de um conselho já que minha autoestima está no chão. Obrigada, beijos e abraços.

ele diz que sou ruim de cama

Amiga, sério mesmo que você não percebeu que o problema é ELE, não você?

Que cara em sã consciência reclama de lubrificação na mulher, pelamordedeus!!!?????? Mande ele estudar biologia e fale que se estivesse seca, aí sim que era pra se preocupar kkk. E estrias na bunda? Nossa! Não sei se ele é perfeito ou meio gay mesmo kkkk. Apesar de que, né? Meus amigos gays não têm isso…

Sabe o que eu acho? Que por ele ser broxa, acaba tendo raiva de si mesmo e desconta em você, que boba, não só acredita nas merdas que sai da boca dele como acha que é super normal homem broxar. Ok, todos broxam vez ou outra, mas será que o seu já não está broxando demais pro seu gosto, não? Por que, né? Pra chegar ao ponto de colocar a culpa até na sua lubrificação é porque o fracasso dele já está alto…

Mais fácil do que ele procurar tratamento, e até mesmo terapia (visto que muitas vezes o problema está na mente), é falar que a culpa é sua, concorda? Sem contar que por você ser muito mais jovem, tudo indica que isso aumenta ainda mais a insegurança dele. Daí ele te coloca bemmmm pra baixo ainda pra você se sentir bem na merda e ele achar que é o melhor homem do mundo.

Cá pra nós e me responda aqui: se eu tivesse 50 anos eu faria o mesmo, mas em plenos 21 aninhos ficar com homem broxa que só te humilha, e o pior, que você tenta entendê-lo enquanto ele só te esculacha seria bom negócio em que planeta, me conta??

Se prepare para conhecer outros caras, cuide da sua autoestima, faça terapia, mas tenha SEMPRE em mente que você deve terminar esse relacionamento o quanto antes. E na boa? Cogite da próxima procurar um homem da sua faixa etária, ou que seja mais velho, porém, seguro. E não digo isso nem por preconceito não, mas sim pelo motivo que vejo sempre nesse site: caras que amam uma novinha, porém, morrem de medo de serem trocados por outro novinho e, assim,  acabam destruindo a autoestima delas enquanto na verdade quem se sente um merda são eles.

Continue com seu pompoarismo e sua pepeka piscininha, com a diferença de que você a gastará com um cara que realmente dê valor nela… Você tá ótima amiga, tenha certeza disso.

Beijos da Lu

Leia também a série sobre relacionamentos abusivos, tenho certeza que você se verá em muita coisa. E se ele quiser assistir um vídeo sobre homens broxas….

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Rodrigo Silva

    Tá com um cara de 40 anos, brocha, que fica esculachando ela. O QUE ELA TA FAZENDO COM ESSE CARA AINDA? É ALGUM TIPO DE DEPENDÊNCIA EMOCIONAL? Eu pensei a mesma coisa, Lu.Ele está culpando ela por um problema dele. Bora se valorizar ae!!! O CARA TA SE QUEIXANDO DE UMA VAGINA MOLHADA… ONDE É QUE JA SE VIU ISSO!?

    • Mika

      Ela é muito jovem. A não ser que ela venha de família abastada, essa dependência é mais financeira do que emocional… rs

      • Rodrigo Silva

        Pode ser também. Só isso mesmo para não sair dessa.

      • Marcel

        Coitadinha né, dar golpe em gringo é dependência financeira…, o cara não presta mas ela também não porque traiu ele.

        • Leticia Guilarducci

          Isso se ele já não tiver metendo chifre nela a muito tempo.
          Porque pra ele chegar nesse nível de humilhação ai….sei não ei.

  • Monalisa
    • M Holmes

      huahauahuahauhauahuahauhauhauhauhauahuahuahhauhauhau

      Monalisa é minha alma de mente! 😀

    • Faah Dias

      Só consegui pensar a mesma coisa, sério! Hahahahah

  • Mika

    Leitora, você pode até não gostar do que vou lhe dizer agora, mas vou mandar assim mesmo.
    É a história de sempre…
    Você saiu do Brasil com 18 aninhos pra ir morar num outro país com um sujeito 20 anos mais velho, estável financeiramente e, provavelmente, vindo de uma ou mais relações anteriores fracassadas. O que você queria? Um príncipe encantado que lhe jurasse amor eterno e lhe tirasse da vidinha pobre e entediante em que vivia e que lhe ofereceria vida de princesa?

    Você escreveu um textão descrevendo seus problemas sexuais. Seu namoro/casamento é só isso? O problema entre vocês é apenas de cunho sexual? O que realmente interessava no seu caso, você omitiu. Como vivem? Vocês brigam muito? Têm filhos? Você trabalha? Quem custeia seus estudos (pelo que deu a entender, você faz faculdade)?

    O problema não está só na falta de noção do seu parceiro. O problema é TODO esse seu relacionamento, que começou errado desde o início. Tanto é, que ir pra cama com outro pode ter ajudado a levantar um pouco sua autoestima, mas não ajudou em nada sua situação em casa.

    Você saiu da dependência dos pais pra entrar na dependência de um estranho!

    Agora nos pergunta o que fazer. Meu conselho é que pule fora o quanto antes. Está na hora de assumir suas responsabilidades e ser dona do próprio nariz. É preciso recomeçar, mas sob as bases sólidas de um emprego e pagando suas próprias contas, onde for melhor pra você, no país atual ou aqui no Brasil.

    Boa sorte!

    • mariana cobra

      Realmente Mika e muito bem ressaltado.
      Se o cara é grosseiro transando, não deve ser um cavalheiro no dia a dia.

    • Faah Dias

      Exatamente Mika!

  • Marcelo

    ao que tudo indica, a perguntadora se envolveu com um perturbado e é ela própria uma pessoa bem problemática.

    Termine este ”relacionamento” o quanto antes e busque ajuda profissional.

  • Gaia

    Moça, o que vc está fazendo com esse cara? Pq se machuca desse jeito ficando com um traste desses?
    Sabe, vc até pode ter suas “imperfeições” físicas (não que lubrificação ou estrias sejam defeitos), mas isso não dá a ninguém o direito de falar delas. Vc acha que ele ficaria feliz que vc dissesse para ele “vc até transa bem quando não brocha”. Claro que não, né?! Ao agir assim ele já demonstrou uma completa falta de respeito à vc. Então, pq mesmo vc está com ele?

    • Rodrigo Silva

      Parece auto flagelação.

      • Gaia

        Na verdade, ela me parece vítima daquela tática canalha que muitos homens têm de fazer a mulher se sentir um lixo, assim ela fica emocionalmente presa a ele, pois acredita que ninguém além dele gostaria dela. E que seria errado ela deixar um cara tão bom assim, que a “amou” apesar de tudo. É extremamente baixo reduzir alguém a isso só para prende-la e com certeza isso não é amor. É violência psicológica

        • Mika

          Concordo, Gaia. Tem muito homem que faz isso, sim. E esse pode bem ser o caso da leitora. Mas temos que concordar que ela não é totalmente inocente nessa história, né?!

          • M Holmes

            A questão não é ser inocente ou não, mas quando estamos num relacionamento tóxico no qual o outro é um tremendo de um manipulador, é difícil vc pensar por conta própria. É como se o outro tivesse sugado a nossa alma e mente. Por mais forte que seja, é difícil sair deste tipo de relação. É preciso de muita ajuda externa para enxergarmos e sairmos deste inferno. Pra quem não passou por isso é fácil julgar e culpabilizar a pessoa afirmando que fez a escolha errada, mas não é fácil reconhecer manipuladores logo de cara, muitos deles só mostram suas verdadeiras “garras” em situações conflituosas como essa.

          • Mika

            “Pra quem não passou por isso é fácil julgar e culpabilizar a pessoa
            afirmando que fez a escolha errada, mas não é fácil reconhecer
            manipuladores logo de cara, muitos deles só suas verdadeiras “garras” em
            situações conflituosas como essa.”
            Sei muito bem o que é um relacionamento abusivo, e em todos eles há uma simbiose doentia entre o casal. Um agride física ou emocionalmente, porque há o outro que acredita que merece a agressão. Pode até ser esse o caso do casal em questão, mas não estou vendo isso no comportamento de uma das partes.

          • Gaia

            Não sei. Atitudes violentas afetam as pessoas de forma muito diferente. E pode ser que tirando as questões sexuais ele seja bom, que ele fale essas coisas pq não sabe lidar com o fato de brochar, mas isso a machuca, a faz chorar. E mesmo assim ele continua? Isso é violência. E se a machuca tanto pq ela continua com ele? Não faz sentido para mim. Então, penso que ou ela é masoquista, ou vítima de uma ação que a afete a ponto dela não conseguir sair, mas ainda conseguir tentar revidar, que foi o que de certa forma fez quando saiu com outros.
            Realmente, não acho que dá para saber exatamente, somente acho que ninguém queira se sujeitar a esse tipo de violência e humilhação.

          • Jps

            Duvido muito que ele só ataque ela sobre questões sexuais, ou melhor, não acredito. Sem contar que nenhum momento ela escreveu algo como “fora isso, ele é um amor”.

            O que me passou pelo relato, é que a perguntadora também não ama o marido, é só quer um jeito para “fazer funcionar” o relacionamento e não perder a vida que tem.

            Obs: o cara é um traste e não estou dizendo que a culpa é apenas dela.

          • Gaia

            Verdade, uma coisa que pensei foi se ela não aguentava isso por causa da vida que tem, mas não por ser uma vida boa e sim por estar sozinha em outro país, sem família, sem ter para onde ir em talvez sem emprego para poder se susentar sozinha.
            Conheço várias mulheres que aguentaram muita coisa pq estavam sozinhas. Minha mãe mesmo aguentou mitos anos pq com o que ganhava não alimentava duas filhas.

          • Jps

            Mas agora ela tem 21 anos e não parece ter nenhuma “forçar maior” quem impeça ela de sair do relacionamento. A resposta é simples, se separar, trancar a faculdade e começar a trabalhar se caso ela não o faça. Muita gente faz isso no mundo todo.

            A sua mãe é um caso a parte, porque ela fez pensando em vocês e antigamente as coisas eram diferentes. Mais dificil mulher trabalhar e existe um preconceito com mulher separada.

          • Jps

            Mas viver dependente de outros, é um dos motivos para a pessoa ficar nessa relação tóxica para começo de conversa.

            Não estou dizendo que não podemos contar com ninguém, mas na minha opinião, tem certas coisas na nossa vida que é nossa culpa sim e nós precisamos resolver. Fora que não acredito que o cara mudou do vinho para o lixo do nada. Existem muitos sinais no começo do relacionamento, mas fazemos “vista grossa” as vezes.

          • M Holmes

            Nem sempre é possível ver esses sinais no começo do namoro, principalmente quando se é inexperiente em relacionamentos. E se culpar ou culpar a pessoa que está passando por uma crise destas não adianta muito, só piora a situação que já está difícil.
            E outra coisa, se ela fosse tão dependente assim, ela não estaria nem estudando como ela parece estar fazendo. Outra coisa que devemos lembrar é que nem sempre dá para conciliar estudos com trabalho e pode ser que ela não tenha nem suporte emocional ou financeiro de ninguém para sair dessa. E como falei no comentário da Mika, sem ajuda externa é muito difícil sair desta situação, o que faz muitas pessoas terem que aceitar este tipo de relação.

          • Jps

            Bom, os sinais é excesso de ciumes e possessão, em muitos casos as pessoas até separam, mas depois de um dos parceiros chorar e dizer que iria mudar, o outro aceita e volta. Vemos isso praticamente todos os dias na televisão naqueles programas de casos criminais, só não vê quem não quer.

            Ela esta estudando, mas quem está pagando o curso? Não adianta estudar, se ela depende do cara para pagar tudo, e sera que ela trabalha?

            Existem casos e casos, é claro. Tem muitas mães, muito mais antigamente, que precisavam aceitar um marido ruim para cuidar dos filhos, ou o cara ameaçar a vida e integridade dela, o que não parece ser.
            A situação é que ela, então muito nova decidiu arriscar morar com um namorado bem mais velho que pouco conhecia, não sei porque qual motivo. Agora ela está lidando com algumas consequências, mas ela tem todo o poder para sair disso, só não pode esperar sair tudo perfeito. Vai precisar trancar a faculdade e começar a trabalhar, simples. Muita gente faz isso em todo o mundo.

          • M Holmes

            O grande problema neste teu discurso, JPS, é que vc não está percebendo que o ponto principal do problema é a baixa autoestima da moça em questão. Pessoas assim funcionam de um modo diferente em todos os aspectos da vida. Para você e qualquer outra pessoa que não passa por isto a solução para os problemas cotidianos é simples.
            Claro que não podemos passar a mão na cabeça e falar que ela não deve assumir as responsabilidades de sua própria vida, porém usar temos como culpada só vai fazer ela se afundar mais na merda que já está e se colocou por motivos que só ela sabe. Neste sentido, achei que a Luiza pontuou muito bem o que ela deve fazer.

          • Jps

            Tendi. É que no caso não a vejo como uma pessoa de baixa autoestima, mas com baixa autoestima com marido neste mesmo, se você entender o que quero dizer. Digo isso, porque ela não precisou de muito para arranjar um amante e sentir bem novamente. Isso não é uma atitude de alguém que é submissa.

            Mas realmente, só criticar não ajudaria alguém numa relação tóxica, como também passar a mão cabeça. Ela precisa tirar forças de dentro dela para resolver isso. Pode ser duro e dificil, mas é melhor do que a alternativa.

          • M Holmes

            Tirar forças de si mesmo para quem está com baixa autoestima é missão quase impossível hehehehhehehehehehe
            E quanto a traição, existem vários motivos para que isso ocorra, inclusive a carência que, no caso específico da leitora, esta ligada com os problemas sexuais que vem passando com o marido (que me parece sofrer de baixa autoestima e usa de outros artifícios para acabar com a a dela tbm). Claro que isso não justifica o ato em si, já que só vai prejudicá-la mais ainda. Por isso, achei pertinente o conselho da tia Lu para que a leitora procurasse terapia e saísse do relacionamento o quanto antes possível.

          • Jps

            É sei la, divergimos sobre como lidar com isso, mas entendo o seu lado.

            Eu acho que não adianta esperar o problema se resolver sozinho ou alguém vir me resgatar, muito mais quando for um relacionamento assim. É que nem superar um vicio de bebida ou drogas, não adianta o mundo querer te ajudar se a pessoa mesmo não se ajuda.

          • M Holmes

            Divergências sem ofensas é bom, é legal tentar entender duas perspectivas sobre um problema. Porém, acredito que vc não entendeu o meu ponto de vista ainda. Quando eu falo que ela precisa de ajuda externa eu falo de terapeutas, amigos e pessoas no geral que possam clarear a visão de si mesma e da situação de forma mais favorável. Não estou falando que ela precisa depender disso para o resto da vida, mas nesse momento isso é necessário para que ela amadureça e leve isso como uma lição positiva para os próximos relacionamentos que tiver, e não algo para ter remorso ou se sentir “trouxa”.

          • Jps

            Sim sim, é que na sua perspectiva ela é a vitima e não consegue sair desse relacionamento tóxico, ou no minimo precisa de alguém para abrir os olhos dela. Na minha opinião, eu tenho duvidas de quão vitima ela ser, no sentido de que parece que ela só quer manter a relação por motivos que não foram falados e não por amor.

            E sim, duas pessoas podem discutir sobre um assunto mesmo tendo opiniões diferentes, o importante é só manter o respeito pelo outro como é o caso.

          • Mika

            M Holmes, concordo em vários pontos dessa discussão. É interessante perceber que cada um de vocês três está vendo a situação por um determinado ângulo (e todos são válidos). A minha opinião se aproxima da do Jps e a sua da da Gaia.
            Percebo que está claro pra todo mundo que essa é uma relação tóxica e que seria aconselhável que o casal fizesse terapia. Acontece que, infelizmente, a probabilidade disso acontecer é praticamente NULA. Acho que a solução acabará vindo com a separação, e será ela quem tomará a iniciativa. Por quê acho isso? Justamente por perceber que nessa relação a forte, emocionalmente falando, é ela. Ela não tem a autoestima baixa, ela ESTÁ com a autoestima baixa, diferente dele, cuja autoestima baixa é patológica. Ele, sim, necessita de muita terapia. É um homem que deve ter tido uma infância infeliz e com muitas cobranças, inseguro, perfeccionista, ansioso (o reflexo disso é o baixo desempenho sexual), e frustrado por acumular alguns fracassos sentimentais. Já ela, se criar coragem pra pedir ajuda de alguém próximo (a mãe, por exemplo), sai dessa rapidinho e sem grandes traumas.
            Eu nunca afirmei que seria fácil pra ela pular fora, mas acredito que as razões não são as mesmas que você e a Gaia alegam. Acho que ela está sendo “prática e teimosa”, pensando: Não vou sair dessa derrotada… primeiro pretendo terminar a faculdade… ou quando conseguir arrumar um emprego… ou conquistar algo que vim buscar…
            Só ela sabe as verdadeiras razões.

          • Gaia

            Acredito que não é fácil perceber que se está entrando numa relação tóxica, apesar de que alguns sintomas já possam aparecer no início, não é fácil realmente percebe-los. Seja pq somos criadas numa cultura que prega que as pessoas mudam por amor e que possessão e ciúmes são provas dele seja pq a própria paixão inicial costuma atenuar esses traços.
            Tb acho que dizer “arranje um trabalho e vá morar sozinha” é muito mais fácil na teoria. Morar sozinho é caro e trabalho não cai do céu, não sabemos se ela tem visto de trabalho, se tem bolsa na faculdade, se pode simplesmente pegar as coisas e voltar para a casa dos pais… Esses “detalhes” não são insolúveis, mas podem assustar e dar muito medo. É fácil dizer isso, mas é bem difícil encarar a barra sozinha, principalmente sem nenhum suporte emocional ou/e financeiro.
            Quanto a parcela que ela tenha ou não de culpa nessa situação, sou mais a M Holmes pq penso que não é isso que realmente importa. Ela pode ter feito algo errado no passado? Claro! Ela deve pagar por isso para sempre? Não. Ela podia ter terminado antes? Sim, mas sabemos que muita gente tem dificuldade de acabar uma relação. Dizer que ela tem alguma culpa não funciona, só faz com que se sentir pior e mais merecedora dessa situação. Acredito que temos que aconselhar e dar forças para que ela consiga sair dessa. Escolher por ela não vai funcionar, mas podemos ajudá-la a ver o quanto essa situação não é saudável e que ela deve se esforçar para sair dessa.
            Pq o importante não é como ela chegou a isso, mas que está sofrendo e não sabe o que fazer (ou não teria escrito).

            (Talvez por sofrer de depressão sou tão a favor de resolver o problema e não de buscar o que me levou a cair nele. Esse detalhe fica para depois XD)

          • Mika

            “(Talvez por sofrer de depressão sou tão a favor de resolver o problema e
            não de buscar o que me levou a cair nele. Esse detalhe fica para depois
            XD)”

            A não ser que a depressão seja provocada fundamentalmente por alterações bioquímicas (aquela sem causa aparente), buscar as causas, tanto na depressão quanto nas relações abusivas faz parte do processo de cura. Negar isso é combater os sintomas, não a doença.
            Particularmente, não acho que são coisas comparáveis, mas entendi o que você quis dizer. Só pra constar, também sofro de depressão, mas como as causas são bem reais e os sintomas não são tão fortes, prefiro lidar com ela sem a ajuda de medicamentos (mas sei que tem muita gente que precisa deles).

            Eu dei pra leitora a mesma solução que todos deram: Terapia e/ou separação.
            Mostrei onde EU ACHO que ela falhou, já que com tão pouca informação, todo mundo aqui “só pode achar”. Observe que não utilizei o termo “culpa” em nenhum dos meus comentários, mas fui direta ao afirmar que ela é responsável pelas escolhas erradas que fez e continua fazendo, não no sentido de condenação, mas para chamar à reflexão. Ela erra ao tentar usar o sexo como elemento de barganha numa relação conflituosa e evidentemente abusiva (gostei do comentário da Ana, mais abaixo, a esse respeito), e erra de novo quando o usa como válvula de escape pras agressões que sofre. Não a condenei pela traição, porque o fato pode não tê-la ajudado a resolver o problema dentro de casa, mas a fez despertar para a possibilidade de algum tipo de reação à agressão.
            Ela não nos contou e não temos como adivinhar o tamanho do rombo nessa canoa. Daqui a dois dias esse post será passado e ela estará sozinha novamente. Que reflita sobre o que dissemos (e não li nada agressivo ou pesado de ninguém), e crie coragem pra tomar a decisão mais acertada. Dizer que será difícil é chover no molhado, mas a vida de ninguém é fácil, né?! Se ela descobrir a melhor solução, mas se recusar a fazer o que for preciso, por comodismo ou medo de quebrar a cara, ninguém no mundo poderá fazer nada por ela.

          • Gaia

            ” tanto na depressão quanto nas relações abusivas faz parte do processo de cura”. Está certíssima! É só que no meu caso, vejo isso como importante após uma melhora, uma recuperação inicial. Provavelmente não é o melhor para todos, mas sim, em algum momento temos que ver o que poderíamos ter feito para evitar a situação é a sim não cair mais no mesmo buraco.
            Quanto a todo resto, tb concordo com o que vc disse, especialmente com o final.
            E desculpe por ter soado que vc tb adicionou culpa a ela, essa foi a minha interpretação do “não é totalmente inocente”. Em nenhum momento achei que vcs estavam errados, só discordei um pouco da abordagem pq de certa forma me coloquei na situação (que apesar de serem diferentes, muitas vezes recebem essa acusação – do não querer melhorar ou ter permitido ficar assim)

          • Mika

            Seus comentários são excelentes. Você é uma das que leio sempre.

          • Gaia

            Muito obrigada! Tb adoro os seus comentários e nunca deixo de ler!

          • Gaia

            Não sei se é certo dizer que ela “não é totalmente inocente”. Pelo que já li a respeito, vítimas de violência emocional ou física tem muita dificuldade de sair dessas relações, seja por medo ou por manipulação. Não é que não querem sair, mas que é muito difícil aceitar e se livrar disso.
            Penso se é como dizer para um depressivo “mas não é só vc querer melhorar?”. Infelizmente as coisas não são tão simples assim…

          • Hadassa

            Exato isso mesmo muita gente que vive numa relação abusiva ou tóxica ela ou ele não sai dessa relação porque? Não quer e sem vergonha nada disso por causa da baixa auto estima .

          • Mika

            Desculpe-me discordar, Gaia, mas não vejo a moça como uma pessoa que não tenha nenhum controle sobre o que está acontecendo com ela. Observe que em nenhuma frase do texto ela menciona que o ama (o que não significa que não o ame, obviamente). Não citou em momento algum o desejo de se separar do parceiro “abusador”, opção que parece que está descartada. Pra contrabalançar, arrumou um PA na faculdade, provavelmente da mesma idade dela e, certamente, a mesma cabeça. Note que ela não se arrependeu da pulada de cerca em nenhum momento.
            Respeito sua opinião, mas não enxergo essa moça como vítima de um carrasco, mas apenas das escolhas erradas que fez (e continua fazendo).

          • Jps

            Concordo. O que me passa é que ela está sendo muito objetiva, na verdade e só quer uma forma de “fazer funcionar” o relacionamento e não mudar a vida que tem.

            Óbvio que esse cara é um traste e só ataca a moça por causa das suas inseguranças, mas ela não disse nada sobre ameaças que ele tenha feito, então ela poderia sim se libertar da situação, se ela quisesse.

        • Rodrigo Silva

          Pra ver como traumas psicológicos são terríveis.

      • concordo, infelizmente

        • Hadassa

          concordo, infelizmente (2)

    • Gaia
      • Rodrigo Silva

        Ja li sobre isso.

  • Mais do mesmo. O pessoal pergunta, mas nas descrições sai pela tangente e descreve o estado do carro e do poste, depois da batida, e pouco ou nada fala sobre antes do acidente.
    Um cara que agi assim é quase certo que tem outros motivos escondidos para exercer tanta raiva.

    ” porque é assim que as mulheres querem só que não dizem.”
    Essa frase é indicativo forte de quem perdeu a confiança, se é que algum dia teve. O fato da perguntadora ter rapidamente ir dar uma trepada com outro para conferir a situação, somados a diferença de idade e a provável dependência financeira dela configuram uma verdadeira bomba relógio.
    São dois interesseiros que se deram mal.
    Cara perguntadora, teu marido é trouxa, e tá descobrindo agora. Hora dos dois botarem as cartas na mesa e verem se ainda dá jogo.

    Um conselho para quem pergunta por aqui: de nada adianta descrever o quarto se o problema tá na sala.
    Enganam-se mas não nos enganam.

    • Wana

      Grande verdade. As moçoilas do site hora alguma opinaram sobre as escapadelas da moça, só sobre o safado, o maldoso, o pilantra, do brocha, mas esqueceram do resto da história. Principalmente da que ela nos dá à entender, mas não nos fala. Ou foi de repente que ela pegou na mão de um colega e chamou-o para dar umazinha?
      Alguém acredita nisso.

      • Wana

        Desculpem o erro, mas os moçoilos também nada comentaram a respeito das escapadas da “infeliz”.

      • Mika

        Epa! Me inclua fora dessa!
        Ou você não me considera moçoila… rs?

        Pra mim está claro que nossa Gata Borralheira não é muito chegada no trampo e não tem intenção de desistir do príncipe. Afinal, ele deve pagar todas as contas.
        E tem mais… PA é termo de sexo sem compromisso de mulher que está solteira. Se está casada ou namorando, o nome disso é “amante”. E se chama de PA é porque já entrou na fase de experimentação. Vai que encontra um outro melhorzinho de cama e que tope sustentá-la…

        • Wana

          Você sabe muito bem que continua senda a moçoila mais moçoila do meu, e de vários outros corações aqui do site.

        • Stanley Lewis

          Boa colocação. Ela está procurando ‘um melhor’ sem querer abandonar o ‘financeiro’ do atual.

  • Wana

    Ou pode ser que ele já esteja sabendo de sua vida na faculdade, e desconfiando, ou tendo certeza, dos chifres. E para dar motivos para separação, e com raiva também, está de sacanagem com sua cara.
    Se prepare, pois se for isso, jajá vem um pé na bunda, e detalhe, o pé vai ser o dele.
    Lembrando sempre que o otário foi ele, de colar com uma menina com 20 anos de diferença.

    • Mika

      Meu caro, sabe que o meu faro também aponta pra essa direção?!
      Podemos estar enganados, porque não sabemos nada dessa história, exceto o que ela convenientemente nos contou. Cadê o lado dele?
      Sob quais condições ela saiu do Brasil? Há quanto tempo eles se conheciam? Quem pagou essa passagem? Ele é brasileiro ou estrangeiro? Ela foi na base do “seja o que Deus quiser” ou houve a assunção de um compromisso da parte dele (tipo ele ter falado formalmente com os pais dela)?
      Dependendo da forma de como ela saiu, ele pode estar encontrando dificuldade em mandá-la de volta. Daí, fica fazendo esse tipo de jogo sujo para que ela tome a iniciativa da separação. Infelizmente, esse tipo de jogo é típico do gênero masculino. Os homens têm grande dificuldade em dizer claramente o que querem quando o problema é relacionamento…
      Também não acho que ele foi otário em colar numa menina de 20 anos. Ele já tem idade suficiente pra compreender as implicações desse tipo de envolvimento, mas quis pagar pagar pra ver. Como já disse antes, não tem inocentes nessa história.

  • Franciele

    Leitora, o mal dos espertos é acharem que o resto do mundo é burro; tu, quando conheceu esse homem vinte anos mais velho, não tinha nada teu para que entre vocês houvesse uma troca; assim sendo, negociou a saída do Brasil e o sustento financeiro, com a única “serventia” que poderia ter para ele, ou seja teu corpo.
    Que isso acontecesse em épocas anteriores, nas quais casamento era questão de sobrevivência para a mulher, até entendo, mas, em nossos dias subsiste um desequilíbrio insuperável.
    Explico, tu tentaste fazer um escambo, trocando algo estável e com tendência de aumentar ou ao menos se manter, como é o caso do dinheiro dele, utilizando um recurso transitório, passível de depreciação, acreditando que ele te acolheria como se teu “valor” fosse constante.
    Considerando que não parece haver vínculo emocional nenhum entre vocês, ambos se reduziram a objetos da conveniência um do outro, mas ele, talvez impulsionado pela sensação de menos valia decorrente dos problemas sexuais, percebeu que tu, assim como ele, irá decair com o tempo e não tendo nenhuma importância sentimental, deve ser descartada antes disso, até para evitar as cobranças sobre sexo.
    Se essa objetificação não te incomodar, recomendo que faça vista grossa para os problemas dele, afinal, sexo se pode conseguir com outro, mas esteja ciente que a raiva dele pode aumentar, ainda mais se ele descobrir os chifres, e isso te exporá a enormes riscos.
    Caso não seja esse o caso, ou tu chegue à conclusão que não vale apena, termine, pra ontem.

    • Hadassa

      3<<<

  • Hadassa

    “O problema é que eu saí do Brasil e vim para outro país atrás do meu namorado…” by leitora
    “Arranjei um PA da universidade para ver o que me dizia, que nada mais tivemos sexo 2 vezes, o cara me coloca muito bem…” by leitora
    “O meu namorado tem 40 anos, eu tenho 21 anos, às vezes ele é brocha, que homem não brocha não é?…” by leitora
    ” ele me respondeu que se eu queria sair da monotonia ele me amarrava e iria me dar uns murros, porque é assim que as mulheres querem só que não dizem…” by leitora
    “Eu sou do tipo mente aberta e sempre tento dar o meu melhor principalmente no sexo, busco ler…” by leitora
    “Até o momento nunca compartilhei isso com ninguém e gostaria de um conselho já que minha autoestima está no chão.” by leitora
    Cont……

  • Marcel

    Não sei quem é pior, vc que traiu seu namorado( bastava terminar com ele) ou ele que é um otário.

  • Hadassa

    Boa noite Leitora fiz questão de fazer uma copilação das partes que eu achei pontos chaves da sua história e até uma forma de tentar conhecer você mais profundamente e levantar hipóteses e não afirmações trazer até mesmo para vc analisar a ti mesmo.
    Comt… parte 2
    Já se nota mesmo que vc tem baixa auto estima e que não se valoriza muito o que me deu a entender com 18 anos assumindo a maioridade sair do seu país com único objetivo ir atrás do seu namorado provável ele trabalhe no exterior mais fiquei na dúvida ele é brasileiro foi morar lá ou ele é estrangeiro mesmo? O que seus pais acharam disso tudo eu creio que vc tem família? Outro problema que as pessoas insistem ignorar falam sempre parece mantra não o que vale é o amor mais diferença de idade muito grande ele 20 anos mais velho que você isso “pesa” sim outra geração e pensamento ele já um cara maduro experiente de vida outra vibe, momento, disposição física, energia etc… vc não toda nova saiu da adolescência pouco tempo inexperiente da vida sim guria está no êxtase da sua juventude e vitalidade em todos os aspectos vc tá numa vibe diferente da dele tem toda uma energia só nesse ponto já vê que vcs dois são inadequados um para outro só com esse dado. E sabe que se nota em todo seu comentário que esse seu “namoro” só é físico toda base dele é só sexual não vejo nenhum ligação emocional , amorosa, ternura, paixão de vc e da atitude dele por vc tbm como relatou a sensação que me passou que ambos se vê SÓ como objetos sexuais um do outro cada um no sue mundo egoísta não a troca de afeto e carinho real entre vocês vou falar português claro parece só te vê como uma comida ou uma boneca inflável só usa muito triste isso só vê vc como um corpo e não como uma pessoa que merece ser amada, respeitada e tratada bem.
    Outra dúvida ficou no ar vc diz que faz faculdade no exterior no país que vc reside ele é público ou é privado?. É para acabar de arrematar o que só anda péssimo tú ainda está traindo ele com outro um rapaz da universidade que vc estuda aff. Você diz que esse seu “namorado” parece que tem problemas sexuais já falhou na hora do sexo contigo parece que ele tem ejaculação precoce e outro adendo dele ficar te humilhando, criticando e te colocando para baixo estranho o cara fazendo pouco caso e falando mau de vagina muito estranho dizendo que sente “nojo” suspeito um homem hetero jamais teria esse tipo de reação/indagação/revolta/ será que real problema dele é outro o cara pode ser um gay ou bissexual enrustido nada pode ser descartado. Como a Luiza disse vc vive um relacionamento abusivo se você não sair fora desse tipo de relacionamento quem vai se destruir de vez e você mesma. O cara já mostra que é violento por enquanto ele te agride psicologicamente minando a sua auto estima e depois que ele disse que se vc quer algo diferente para sair da rotina ele vai te amarrar e te dá uns murros literalmente deixou claro a qualquer momento ele já pode começar a te agredir fisicamente aff. Garota acorda em quanto é tempo termina esse namoro e se for caso não tenha vergonha de voltar para casa no seu país brasil e tbm casa de seus pais pedindo perdão eles por ter sido rebelde ás vezes eles alertaram e vc ignorou contar a eles tudo que aconteceu e recomeçar a sua vida. Aconselho vc comprar o livro: Namoro blindado da Cristiane e Renato Cardoso então meu conselho CAI FORA e indico esse vídeo aqui assista. Boa Sorte!
    https://www.youtube.com/watch?v=FIw69OL80Wo

  • mariana cobra

    “O que vc me recomenda Luiza?”
    Não sou a Lu, mas recomendo fortemente que vc troque de namorado!
    Amiga, o cara tem problemas e ao invés de procurar tratá-los, resolveu culpar vc. Jamais se permita acreditar em afirmações tão baixas.
    O cara é um boçal que não sabe lidar com a pressão de um pau que não sobe nem com macumba e aí, como bom macho beta, diminui a sua auto estima para que vc não enxergue que é muita areia pro caminhão dele e não dê aquele pé no rabo!
    Pra quê seguir alguém que te classifica como meio bosta? É pra quê manter um relacionamento no qual vc já o traiu e tá ok com isso?
    Parta pra outra e tenha dignidade!
    Se o cara fosse parceiro, chegaria em vc e falaria a real e juntos procurariam ajuda médica, mas não. Ele resolveu culpar-te e vc resolveu dar seu sorvete pra outro.
    Vc é muito nova pra tanta bagagem ruim.
    Se liberta!

    • tem muito cara q se acha um merda e aí fica fazendo joguinho, brincando psicologicamente com a gente. E sinceramente? Não sei como tem TANTA mulher q não percebe isso
      ou percebe, mas a autoestima ta mt cagada pra ela conseguir se movimentar =(

      • Hadassa

        Pelo que eu já lê um homem que é manipulador ou controlador possui essas duas características tem fortes chances de ser um “abusador”. Pessoas que usam a manipulação seja homem ou mulher é na realidade uma pessoa perigosa NÃO confiável porque essas pessoas usam máscara de mil faces e igual um camaleão ou camaleoa. Eles ou elas usam essa técnica de manipular e controlar a vítima que mirou uma forma de poder sobre outro(a) a pessoa parece que tempo inteiro ela ou ele precisa atuar na vida real alguém que não é não é uma pessoa sincera e transparente qual é arma dessa gente brincando e fazendo joguinhos tempo inteiro como confiar e ter segurança numa pessoa dessa?
        A sensação de quem se torna vítimas deles ou delas como tivesse caído numa armadilha jogo e sedução o que é pior esse povo tem um charme, lábia e tem olhar penetrante, um sorriso encantador, simpáticos, solícitos. Mas tudo isso só para impressionar no primeiro momento mais se a pessoa prestar atenção fazem isso quando eles quer e conveniente a eles se prestar atenção esse tipo de gente adora se esconder, neutro, silenciosos se vc olhar no fundo quando ninguém vê vc nota sei lá questão de intuição que todos nós temos que te diz esta pessoa tem algo de errado “não é o que aparenta ser” quando estão relaxados da para notar tem um semblante de pessoas más no olhar como fosse liga as cameras que é o olhar dos outros para cima deles dão aquele sorriso forçado não são expontâneos e são bem vaidosos/narcisistas e megalomaníacos são frios e calculistas.
        Num livro tenho aqui em casa dando alerta para mulheres eu acho que serve para homens tbm toda pessoa que usa de manipulação e fica jogando com seu psicológico esperando muito se aproximar de vc para te conquistar porque? Essa pessoa está estudando seu jeito para poder te manipular isso muito mais comum é homem manipulador por aí por isso as mulheres em geral seja idade que for deve prestar atenção nisso quando um homem não é manipulador um cara de mente saudável ele muito claro, transparente, direto não fica esperando o que? Porque objetivo dele não te impressionar e manipular para te conquistar ele é ele não usa máscara alguma não fica fazendo joguinhos psicológicos contigo e atuando ena vida real dando uma de canastrão com vc aff.
        .

        • hj mesmo tava conversando com um amigo q não responde emails as vezes d proposito, e a peguete dele as vezes não atende telefone d proposito

          ai começa a me dar um sonoooooooooooooooooooo com esses jogos d sedução q ai penso q ainda bem q nao preciso mais disso kkkk

          • Hadassa

            Desagradável né? Cara todos nós temos intuição e nós alerta uhh essa pessoa não é confiável, não presta e esconde algo de você aff. Sabe que eu acho lú isso muito pessoal tem coisas que eu tenho “insights” esse tipo de pessoa manipulador e controlador na realidade são os vampiros da vida real. O alvo deles será sempre a pessoa quanto mais diferente e iluminada independente da sua religião eles querem se aproximar e sugar a sua energia aff.

          • sabe oq eu tbm acho? Que os caras q fazem isso geralmente sao mt inseguros, pensam q vamos gostar menos deles se eles forem “muito disponiveis”. Grande bobagem, até pq ser presente é mt diferente d ser chato kkkk

    • Mika

      “Pra quê seguir alguém que te classifica como meio bosta? É pra quê
      manter um relacionamento no qual vc já o traiu e tá ok com isso?”
      Eu me fiz a mesma pergunta, e a resposta que me veio à mente é que ela fica não por amor, mas por conveniência…

      • Marcelo

        A coisa toda cheira a fim de caso com cafajeste.

        Este tipo de degradação mútua é bastante comum, quando os relacionamentos com cafajestes entram em fase terminal.

  • Marcelo

    O fato de a perguntadora se expressar pessimamente também conta. É difícil de acreditar que se trata de alguém que cursa o ensino superior.

    Mas tentemos analisar, dentro do possível que o texto muito mal redigido permite, o caso em profundidade.

    Se ele reclamou do seu excesso de lubrificação (é a primeiríssima vez que tomo conhecimento de que um homem tenha reclamado disto…), isto comprova que, ao menos, um forte tesão você tinha por ele e o fato de ter se mudado de país, para estar junto dele, evidencia que havia um grande apego da sua parte ao dito cujo. A questão aí são as razões, além do tesão pelo sujeito, deste apego. Quais são elas?

    Ao que me parece, ele está cansado de você, a broxada e o fato de ter dito que você é a culpada por ela indicam isto.

    De qualquer forma, mantenho a recomendação de que se livre deste ”relacionamento” o quanto antes.

    PS: Devido às circunstâncias, as puladas de cerca da perguntadora foram justificadas.

  • Marcelo

    O fedor de cafajeste é bem forte neste ”causo”…

    Aguardemos mais revelações.

  • Jps

    Por isso que num outro caso aqui do site, eu aconselhei a moça a não ir morar junto com o namorado que mal conhecia e que por acaso também era bem mais velho, olha que coisa.

    Parece que o mundo está virando masoquista e só alguns não perceberam ainda. É um empenho em manter relacionamentos errados, desde o inicio, que fico sem palavras.

    Sinceramente não tenho conselhos para essa moça, porque ela já deixou o cargo de ser humano faz muito tempo e se transformou em capacho. Óbvio que o marido está errado, ele está mascarando suas inseguranças atacando a moça e é um traste, mas não foi ele que veio aqui perguntar o que fazer.

    Me desculpe, mas duvido muito que esse cara virou um traste de uma hora para outra. Provavelmente desde o começo ele já apresentava vários sinais disso, com comentários maldosos, xingamentos e criticas com a moça e ela relevou sei la por que. Amor não está em jogo claramente, porque em nenhum momento ela citou qualquer qualidade dele, ou qualquer época de como “as coisas eram boas”, então parece que ela só quer “fazer funcionar” para não perder a vida que tem.

    Obs: não sei como é a situação completa, porque só estou vendo uma parte do que ela contou, então se eu estiver totalmente enganado sobre algo, me desculpe.

    • Hadassa

      Um dos seus comentários mais fortes e verdadeiros que se caminha hoje muitos relacionamentos amorosos aff.

  • Jéssica Cavalcanti

    Luu, parabéns pelo seu trabalho! Na minha opinião seu blog é o melhor do gênero! Aqui aprendemos muito sobre desenvolvimento pessoal e nos divertimos. Além disso, eu preciso elogiar os comentários dos leitores: show de bola! Lu gostaria de te perguntar uma coisa, vejo muitos casos semelhantes ao da perguntadora, casos em que um parceiro humilha o outro com comentários absurdos, difamatórios, etc. Pra você esse comportamento esconde problemas paicológicos mais profundos? Na sua opinião o que estaria por trás desse tipo de comportamento? Até porque o q a gente observa na maioria das vezes é q a pessoa ofende, mas não larga (o que é incoerente) Beijos!!!

  • Jéssica

    Luu, parabéns pelo seu trabalho! Na minha opinião seu blog é o melhor do gênero! Aqui aprendemos muito sobre desenvolvimento pessoal e nos divertimos. Além disso, eu preciso elogiar os comentários dos leitores: show de bola! Lu gostaria de te perguntar uma coisa, vejo muitos casos semelhantes ao da perguntadora, casos em que um parceiro humilha o outro com comentários absurdos, difamatórios, etc. Pra você esse comportamento esconde problemas paicológicos mais profundos? Na sua opinião o que estaria por trás desse tipo de comportamento? Até porque o q a gente observa na maioria das vezes é q a pessoa ofende, mas não larga (o que é incoerente) Beijos!!!

  • W Silva Pina

    Que cara babaca, idiota.

    • Hadassa

      Esperar o que de um homem que tem característica de ser um “abusador” coisa boa que ele não vai ser aff.

  • Ana

    Eu achei a preocupação dela tão grande em relação a se informar sobre novidades no sexo, fazer pompoarismo, procurar inovar, e ficar perguntando tanto para ele se tá gostando ou não.
    Como se fosse sua obrigação agradar totalmente nesse aspecto. Sexo é uma troca.
    Quando uma pessoa só corre atrás, e se esforça, e insiste para fazer não é mais uma troca. E se validar transando com outra pessoa é tão ilusório, porque esse efeito passa logo, e gera dependência, acaba que você sempre tem que utilizar “doses mais fortes” do outro para se sentir confiante consigo mesma. É um perigo, porque essa segurança não vem de dentro, da sua própria afirmação, vem pela validação do outro e quando o outro tira essa validação você fica sem nada novamente.
    O sexo não pode ser pesado assim, do jeito que ela conta parece um trabalho, uma obrigação se manter atualizada e informada para a chama não apagar. E todo esse trabalho acaba gerando um efeito contrário na minha opinião, porque o outro quando vê que vc se esforça demais, passa a exigir cada vez mais e menosprezar, ao invés de valorizar isso. E ai vira um ciclo… Vc faz um novo “truque” no sexo, ele não se empolga, te trata mal, e você se esforça ainda mais para na próxima vez alcançar isso.
    Acredito também que estando em outro país, longe do apoio da família, vc se sente muito vulnerável, existe uma mistura de sentimentos. A vergonha de voltar pra casa, a frustração, o orgulho. Nesses momentos acho que o mais importante é ter alguém que te ame de verdade, como uma mãe ou pai, ou um grande amigo ou amiga. Alguém que te dê forças para pensar com clareza.

    • Hadassa

      Por isso que eu amo o site da Lú e cada dia tantos comentaristas trazendo comentários, visões, reflexões e ponto de vistas diferentes e diversos tão profundas para cada caso rs. Isso aqui está virando uma escola de olhar o comportamento humano suas relações sentimentais, pessoais, familiares esse espaço espécie de utilidade pública.

      • Hadassa

        sexuais rs.

      • mas direto eu recebo emails de psicólogos falando que estudam e indicam o site. Fico muito feliz com isso pq realmente, justamente por ter muita gente, é simplesmente impossível não só eu, como todo mundo q está aqui não aprender muito kkkk
        inclusive eu atendo psicólogos e já atendi até psiquiatras tbm
        são visões complementares, até pq como o site é em grande parte anonimo, vc já tira mt coisa por ai kkkk
        e claro, elogiam muito vcs tbm s2

        • Hadassa

          Parabéns luiza por saber isso que demais rs.

          • mas eu só sei pq eles me contam kkk e as vezes pedem autorização, mas nem precisa ne, o site é publico s2

          • Hadassa

            Que moral Lú aff.

    • Mika

      Ana, você disse uma coisa muito certa. Falta o apoio da família nessas horas. Mas com tanta tecnologia a favor da comunicação à distância, pelo menos falar com alguém da terrinha de vez em quando ela deve, né?! Pode fazer isso até na hora em que ele está no trabalho. A questão é se ela tem coragem de discutir esse assunto com os pais (ou a mãe, pelo menos). Ela já deve saber o conselho que eles dariam. Entretanto, sou obrigada a concordar que deve ser muito difícil até mesmo tocar nesse assunto com alguém da própria família, principalmente se não forem pessoas muito abertas. Mandar o problema pro blog foi uma tentativa de conseguir uma opinião neutra… ou algum apoio ao que ela está fazendo.

  • Faah Dias

    Olha, eu costumo defender alguns homens mais velhos, conheço alguns e são bons homens, bons namorados, bons maridos… Claro que de vez em quando erram, até pq todos nós erramos. Mas esse seu namorado, ele é um tremendo babaca! Pq ainda continua com ele? Se ele só baixa a sua auto estima, pq não termina esse ‘relacionamento’? Procura um cara que só te dê prazer, que eleve sua auto estima, que goste de você, pq minha querida, esse realmente não gosta! Não parece nem gostar de mulher!

  • Dillinger

    Vc tem emprego e estabilidade financeira ou esta ai em outro pais sendo sustentada por ele?
    Geral falando pra vc dar o fora e terminar o relacionamento, mas o quanto vc depende dele pra viver?

    Exemplo:
    Casos frequentes de meninas q vão atrás de coroa rico acontecem esses maus tratos, é o preço que se paga se vc nao quer pagar por nada.

    • “Exemplo:
      Casos frequentes de meninas q vão atrás de coroa rico acontecem esses maus tratos, é o preço que se paga se vc nao quer pagar por nada.”

      fico pensando o quanto deve ser triste, inclusive pro cara rico q não se toca disso =(

  • Marcelo

    Posso estar equivocado, mas o lance aí não é grana. Tudo tem o aspecto de tentativa de dobrar o então cafajeste quase quarentão. As ofensas da parte dele, a pulada de cerca livre de maiores considerações da parte dela etc.

    É uma briga de egos, eis onde eu aposto o meu R$ 1,00.

  • Leticia Guilarducci

    Na boa mina? larga esse babaca e manda ele dá a bunda por ai ao invés de te encher o saco.
    Você não merece um cara desse tipo,frustrado e que fica colocando a culpa das frustrações dele em cima de você que não tem culpa nenhuma dele ser um fracassado chato da porra.

    Termina esse relacionamento e vá viver sua vida, tem muitos caras legais por ai que não s]ão tão afrescalhado que nem essa bosta do teu namorado. E posso falar uma coisa? ele deve estar bem te traindo com outra e está fazendo pouca questão de você,então melhor mandar o coroa ir pro inferno.

  • Stanley Lewis

    Tive a ligeira impressão que ele quer que ela largue dele, afinal, que mulher que gostaria de ser tratada dessa forma?

  • Edleuza Castro

    Manda esse cara se lascar! Tem 40 anos, uma idade linda é claro, mas vc tem 21 aninhos, menina! o cara tá se sentindo um merda e tá jogando em você. Manda ele pastar!