Meu noivo recebeu uma proposta de trabalho da ex e isso está me deixando insegura!

70

Leitora: Oi Lu! Tenho 25 anos e meu noivo 40, estamos há 1 ano juntos. Vivemos em estados diferentes e assim vamos levando. O meu problema é que esses dias ele recebeu uma proposta de trabalho de uma mulher que ele não tinha mais contato após o mesmo ter pedido emprego a amigos em rede social, e depois descobri (por ele) que ela era uma ex-peguete antiga. 

Não fui com a cara da fulana e vi que ela, por ser alto cargo da tal empresa, estava se “esforçando” pra achar uma vaga pra ele lá. Estou insegura e com receio de pensar que pode rolar uma recaída, embora ele tenha dito que não, mas estamos longe um do outro e eu tô ficando neurótica só de imaginar. Ele já começa em breve e vão trabalhar juntos. O que devo fazer?

paquera com o colega de trabalho

Se ele mesmo contou que foi uma ex-peguete dele, ele já ganhou pontos comigo. Agora assim minha amiga, entendo sua neura, mas convenhamos que ela não te levará a nada.

É claro que você pode dizer pro seu marido desistir, abrir o bocão, etc, MASSSS como envolve trabalho, acho complicado se meter assim. A não ser que vocês não precisem desse dinheiro e/ou ele tenha alguma opção B que não justifique ele “precisar correr esse risco todo”…

Pode haver recaída? Claro que sim, mas pra isso nem precisa ser com a ex-peguete. Ele pode conhecer uma gostosona no mesmo emprego, na rua, na academia, enquanto respira ou leva os cachorros pra passear. Ou seja, se formos levar ao pé da letra, você sempre terá algum motivo para se preocupar. E é justamente isso que, a meu ver, já vira argumento suficiente pra você não se preocupar, né? A não ser que queira parar no Manicômio ou no MADA das surtadas…

Outra coisa interessante é o tal medo da ex. Muitas vezes, a pessoa é ex justamente porque não rola mais nada mesmo. E se é assim, uma carne nova poderia fazer muito mais estrago do que a “véia”, mas mesmo assim, cismamos apenas com as que eles já beijaram…

Ah Luiza, mas vai que foi um amor intenso e mal resolvido?

Pode ser também, mas aí, mais uma vez: neurar não te fará resolver o problema. No fim, o óbvio é que você precisa confiar não só no seu taco, como no caráter do seu futuro marido. Se no fundo você sabe que ele é mulherengo e mesmo assim quiser insistir, boba você. Agora, se você vê que ele é um cara direito e do bem, ainda que o risco sempre exista, vale muito mais a pena pagar pra ver.

Sem contar que e aí se ele te trair? Tu chora, mas depois se recupera. O pior mesmo é se matar dia após dia que nem você está fazendo e sem nenhum motivo concreto.

Beijos e boa sorte

Lu

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • mariana cobra

    Semana passada eu, Mika e Franciele estávamos falando disso. Da urgência que as pessoas têm em se casar e deixar a fase do namoro de lado.
    Vc mal conhece seu namorado, tendo em vista que namoram a distância, e já vive na insegurança de ser trocada pela ex.
    Será que um ano de relacionamento à distância vale todo esse sofrimento antecipado?
    Será que a sua insegurança não está no fato de não conhecê-lo adequadamente?
    Ou será que vc “pegou” o primeiro desgarrado quarentão que propôs um relacionamento sério e agarrou na oportunidade de não morrer na solidão?
    Não sei, mas tenho visto muita gente encaixar as peças a força pra formar um retrato e isso nunca da certo.
    No mais, se for preocupar com prováveis trairagens, é mais fácil ser corna com desconhecidas do q com figurinha repetida.

    • Jps

      Sim, isso está com MUITA cara de relacionamento forçado.

      Para começar eles tem 15 anos de diferença de idade, o que atrapalha um pouco, porque é muita diferença. Daqui 10 anos, ela vai estar no auge do corpo e mente dela, enquanto que ele vai estar começando a ficar mais estagnado, cansado o que é normal com 50 anos. Segundo que eles estão juntos a apenas 1 ano e já estão noivando. E por fim, a cereja do bolo, são de estados diferentes, rs

      A minha grande duvida seria, como eles se conheceram?
      Só para finalizar o caso, rs

      • mariana cobra

        Eu fiquei com dúvida tbm sobre a foto, de início achei q ela tava grávida.

        • Jps

          Sim, parecia muito. Se ela estiver, o minimo que ela precisa é manter contato com o cara para quando a criança nascer.

        • Monalisa

          Se ela estiver noivando com ele por estar gravida é a coisa mais ultrapassada que existe! tanto que ainda é usado em novelas para separar o mocinho da mocinha.

        • a foto tava errada, era d outro post q ainda nao foi postado
          AIAIUHAUIHAIUHAIUHAIUHA

          Esse erro foi meu, ainda bem q foi só a foto avemaria kkkk

    • Monalisa

      Só o fato de namorar um cara a distancia, quarentão e desempregado, acho que é o desespero mesmo..=/

      • Jps

        hahah, que maldade

        • Monalisa

          Essa diferença toda de idade pesa muito no decorrer da vida da pessoa, e um cara com 40 anos ainda precisa de favor de ex? não tem maturidade para se virar sozinho? Se virá, a vida é dura para todos! Eu não casaria com um homem desses.rsrs

          • Jps

            Hahaha, pode crer

            Fora que porque ele precisa casar com uma menina de 25 anos né? Pode não ter nada haver, mas as vezes ele gosta dela só porque é mais nova, mais “cabeça fresca”.

            Vai entender porque essa menina entrou numa dessas.

          • Monalisa

            Ela pode ser timida como eu. Nunca tive uma conversa com homem ser ser meu amigo fora da internet. Alias conversar com qualquer pessoa sempre foi muito dificil por eu ser travada demais. Ela pode ser uma pessoa ainda bem inexperiente em relações, e quer tirar o atraso. Pelo menos parece.

          • Jps

            Sim, pode ser esse o caso, mas se casar com alguém que ela não conhece direito não é uma boa solução. Falo isso, porque ela tem 25 anos, então deve ou deveria ter mais maturidade.

            E você se sente melhor hoje em dia, falando com pessoas fora da internet?

          • Monalisa

            Ainda não. Só falo quando sou obrigada mesmo, isso com qualquer pessoa. Mas já melhorei um pouquinho. =D

          • Jps

            Desde que você não evite de falar algo que você queira ou importante no momento, tudo bem né? Tipo, cada um tem seu jeito e nem todos são extrovertidos e os “legais da festa”. Eu por exemplo sou um pouco timido também, só que mais com pessoas que eu nunca conversei ou principalmente para apresentar algo rs

  • Franciele

    Leitora, ao menos para mim tua insegurança é quase matemática, algo como relacionamento à distância + pouco tempo efetivo de convivência + diferença de vivência = neurose, rs.
    Não considero o tempo cronológico tão importante assim, mas sim a qualidade desse tempo, cabendo questionar:
    se vocês conhecem a família um do outro;
    combinam no âmbito das crenças, tanto religiosas quanto de valores relativos a relacionamentos;
    se os objetivos de vida de vocês são possíveis de conciliar, e nesse caso quem vai se mudar pra onde é apenas um dos assuntos a discutir;
    se, partindo do pressuposto que ele tem mais vivências de relacionamentos que tu, vocês conversaram sobre esse assunto espinhoso e tu estás tranquila com a conduta pretérita dele, sem varrer a coisa para baixo do tapete, convencendo-se que homem é assim mesmo;e,
    não menos importante, como ficará a vida financeira em comum de vocês, afinal, já vi divórcios cuja raiz foi justamente o casal nunca ter feito orçamento doméstico.
    Sem conversar sobre esses pontos, ao menos, sinto muito dizer, teu noivado é mero protocolo bonitinho, que não oferece nenhuma segurança sobre vocês agirem como uma equipe que pretende formar uma sociedade.
    Quanto aos aspectos psicológicos, o comentário da Mariana Cobra é elucidativo.

    • mariana cobra

      Tbm não acredito que 6 meses, 1 ano ou mais possam basear nada, porém, considerando um relacionamento à distância fica difícil ela saber se eles são compatíveis.
      Pra vc ter ideia, fui ter alguma certeza que era compatível com meu marido após uma viagem que fizemos ao completar 1 ano de namoro (nos víamos todos os dias) e ficamos 15 dias eu e ele, ele e eu (só nós mesmo, sem outro adulto pra conversar, tipo confinamento) kkkkkk
      Depois dessa experiência eu soube que tínhamos os mesmos hábitos, valores, pensamentos…as divergências são muito pequenas em comparação as compatibilidades.
      Mas a moça do relato não tem isso pra se basear.
      É provável que o príncipe só exista na mente dela e que esse ano de “convivência” esteja romantizado pela carência e urgência em ter alguém para chamar de “seu”.
      Sem contar tbm todos os pontos q vc, brilhantemente, salientou ao classificar um relacionamento como uma equipe/sociedade que dependendo dos indícios, tem a grande tendência a vir a falir.

      • Franciele

        KK, acho legal e mesmo necessário esse “confinamento” que tu citaste, principalmente se a tal viagem demandar certo esforço financeiro do casal, porque esse é um excelente protótipo de como agirão ao ter que juntar dinheiro para algo e, principalmente, como enfrentarão o fato de que, para os mortais, o montante nunca é suficiente para fazer tudo o que os dois querem.

  • Jps

    Minha grande dica para você é se separar dele.

    Não porque ele pode te trair, nem por causa da ex e sim por causa da sua situação por completo.

    Você pode se perguntar, mas porque ser tão radical?

    Simples. Analisando racionalmente a situação, você está noivando com um cara que namorou menos do 1 ano e já engatou um relacionamento a distância (de estados ainda, o que necessita avião ou várias horas de ônibus). Só isso já mostra que além da dificil tarefa de ter que conhecer o seu noivo, você precisa fazer de forma “superficial” por Skype/telefone. Isso é um problema, porque dependendo de quando vocês forem se casar e essa situação perdurar, você pode acabar casando com alguém que só conhece “mais ou menos”. Além disso, é muito desgastante ficar numa relação a distância, porque bate a carência, insegurança e no caso de vocês, não tem um passado sólido para se segurar.

    Minha outra opção seria você se mudar para o estado dele, ou vice-versa, mas provavelmente você tem seu emprego, faculdade e outros motivos para morar aonde você está, então seria arriscar muito com alguém que você conheceu a tão pouco tempo.

    Posso estar parecendo muito frio, e que ele pode ser o amor da sua vida, mas sera que existe só um mesmo? Será que se você não procurar outra pessoa na sua cidade, você não encontre alguém que também te entenda e te respeite?

    Obs: se o motivo dos dois morarem longe for apenas temporário, tipo 3 meses, as vezes vale até a pena batalhar um pouco mais, só que pelo visto não é o caso, já que ele acabou de entrar em um novo emprego.

    • mariana cobra

      Concordo plenamente!
      Largar tudo para seguir alguém que não se conhece é a conta certa do desastre emocional.

  • Monalisa

    O amor é lindo e maravilhoso mas vamos ser práticos não é? Uma mulher de 25 com um cara de 40? a probabilidade de dar certo é pequena. Não estou dizendo que nunca casais com essas diferenças vão ser felizes, mas é bem raro. Quer ter filhos? casa? construir uma família demanda tempo e o cara já esta quase na meia idade, e ainda precisa de favor da ex para arranjar emprego? Durante a vida toda dele , não se organizou em nada? no que ele trabalha exatamente? sua familia concorda com esse noivado a distancia?
    Outra coisa, conheceu o cara pela net e vai noivar em menos de um ano de namoro?
    Eu conheci meu namorado pela net e posso afirmar que muitas coisas só da para conhecer pessoalmente. O conheci pela net mas o namoro é presencial. Skype, telefone nada disso substitui o contato cara a cara.
    Namoros a distancia não dão certo!( na maioria da vezes), somos seres humanos e a carne é fraca. namoro a distancia = felicidades para os quatro.
    Para mim o problema do emprego que a ex vai arranjar para ele é só a ponta do iceberg!

    • Franciele

      Felicidade para os quatro, kkkk; que maldade!
      Eu também não embarcaria numa história assim, até porque fica difícil viver de acreditar apenas no que o outro conta.

      • Monalisa

        Ninguém fica 24 h colocado no ombro um do outro. E quem quer trair , trai, arruma o tempo mesmo sendo casado, mesmo trabalhando na mesma empresa, etc, etc. Por isso temos que ser um pouco desencanados se não enlouquecemos rsrs. Imagine a distancia? piora demais!

        • Franciele

          Concordo, mas eu não me referi a traição, apenas a aferição das compatibilidades, que fica difícil à distância.
          Sobre flexibilidade para trair, conheço um caso de casal de namorados que trabalhavam juntos, viviam na casa oum do outro em quase todo tempo livre, e mesmo assim terminaram porque o cara saía com garotas de programa, e se disse viciado em sexo.

    • Arianny

      Namoro a distancia + diferença de idade = Grande probabilidade de nao da certo

      Concordo com vc monalisa namoro a distancia dificilmente da certo junta c a diferença de idade então so tende a piorar

      • João Emanuel

        tbm só dessa logica sem o toque o cheiro, sabor o olhar penetrante sem isso não tem graça principalmente quando a pessoa amada e fofinha vai querê apalpa só tem a tela do monitor você fica só olhando pela web cam bjs tem que ter emoção a diferença de idade e osso principalmente quando o cara e acomodado e não pensa em crescer na vida todo homem desde pequenino já e ensinado a corre atrás dos seus sonhos e objetivos mais acho que o cara ai ta um pouco devagar precisa de um empurrão para toma um rumo na vida.

        • tbm nao sei como rola esse namoro a distância nao
          precisamos d séquiçu, conchinha, abraço, muita coisa kkkk
          e claro, uns rangos d surpresa as vezes pra ficar bão

          • João Emanuel

            S2 Comida, realmente esqueci um dos principais nada que uma caixa de bombom em forma de coração da cacau show não resolva, o toque algo importa na vida do serrumaninho já nascemos chorando pedindo por afeto ou os peitos das nossas mamães, fico triste quando vejo muitos casais sem isso sem o afeto o carinho ou vergonha demonstra isso em publico, por esses e outros motivos não vejo namora a longas distancias como de um país para o outro saudável você que senti a pessoa amada e não tem como 50% e amor os outros 50% e fudelança, abraço e outros. Que pão queijo mamãe fez agora.

          • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
            é dos meus!

    • Faah Dias

      A diferença de idade nesse caso, não influencia muito (experiência própria, meu namorado é 15 anos mais velho que eu)… Dá pra conviver muito bem com uma pessoa dessa idade, DESDE QUE tenham os mesmos valores, queiram as mesmas coisas etc. Afinal um cara dessa idade já viveu o que tinha que viver, acho que a maioria busca é sossego rs.
      Mas o que pega é essa distância toda… Independente se tem diferença de idade ou não… relacionamentos à distância são sempre complicados, afinal como você mesma disse, não tem como saber o que acontece. Talvez ele tenha sido dispensado, até pq ela não fala o que aconteceu com ele e tal… Mas ele ter a recaída com a ex (que agora é chefe) vai depender muito mais do caráter dele do que ele trabalhar com ela ou com qualquer outra mulher.
      E realmente, nada substitui a presença do outro, do contato físico e manter um noivado de tão pouco tempo vivo e de outro estado, é bem difícil.
      Mas uma coisa não entendi, se eles tem a intenção (jogando verde) é casar, pq ele não leva ela pra morar no mesmo estado em que ele está? Pelo menos é o que eu já vi acontecer entre casais assim.

      • vdd, eles podiam morar juntos logo kkkkk (nesse caso, claroo)

        • Faah Dias

          Sim, ela arrumava um trampo lá e morava com ele, geralmente é o que as pessoas que moram em estados, cidades diferentes fazem.

        • Jps

          O problema no caso de mudar, é que o cara estava desempregado e acabou de arranjar um emprego, ou seja, sem estabilidade financeira ainda. Dificil ela se mudar com ele agora, muito mais se ela tiver um emprego relativamente bom e estável. E ele nem deve cogitar mudar de estado, porque senão teria feito isso enquanto ainda estava sem emprego.

          • vdd
            mas eu gosto d colocar uma lenha pq é sempre uma possibilidade kkkkkkkkkk

          • Jps

            hahaha

            É uma possibilidade, mas sinceramente não arriscaria se fosse comigo. Se ele quisesse fazer dar certo, aproveitaria a falta de emprego para mudar de estado.

          • se fosse no meu caso dependeria do quanto gosto da pessoa, de qual cidade seria, as oportunidades q teria por lá e lá vai

            pra mim o sentimento conta muito, massssssssssssssss, a pessoa teria q provar q a força é recíproca pq né, não posso machucar meu colassaummmmm

          • Jps

            Tendi.

            É que sei la, nessa situação parece que eles se conheceram pela internet e para mim é muito estranho engatar um namoro assim, sendo que eles são de outro estado. Quem dira, um noivado. Não teria a moral de arriscar tanto.

            Diferente do caso, se eu conhecesse uma pessoa da minha cidade, namorássemos um tempo e depois ela precisasse ir para outro estado, por exemplo. Teria mais chances de eu arriscar e ir com ela.

      • Alda

        Como falei mais acima, tenho uma amiga que saiu aqui da nossa cidade pra morar com um cara que ela conheceu pela internet. E hoje estão super bem casados ! Acho que esse lance de idade não tem nada a ver com o que a leitora perguntou, e teve gente distorcendo tudo. Dá certo sim, basta ambos compartilharem dos mesmos ideais e valores!

        • mas é q no caso o problema é a neura da leitora, não bem o cara
          ai nao adianta não estar em paz consigo mesma e o cara ser um santo

          pra namoro a distancia dar certo é preciso mt maturidade e bom psicologico, aí sim
          mas se a leitora não conseguir isso….

        • Faah Dias

          No caso a leitora pede a opinião do que fazer, afinal eles estão distante sim (ela num estado e ele em outro), tem a ‘ameaça’ da ex que agora se torna chefe dele e o relacionamento em risco caso ele tenha uma recaída.
          Então, sim, a idade deles não tem nada a ver, mas a parte da distância, é um fato crucial pra que esse noivado dê (ou não) certo. A possibilidade de traição realmente a deixa insegura.
          Sobre dar certo, sim, eu conheci pessoas que através da net estão casados hoje, comigo nunca deu certo não rs, só conheci meu namorado no face, no fim das contas moramos há 5min um do outro (e isso não conta) :p

        • mariana cobra

          E eu conheço uma moça (afilhada da minha mãe) que foi embora para outro estado para viver um amor que conheceu pela internet.
          Resultado: veio embora com dinheiro emprestado, sem rumo na vida, arrasada e no fim descobriu que o cara era um calhorda, preguiçoso, mentiroso e agressivo.
          Nem todas as histórias acabam em finais felizes e algumas tem a probalidade acentuada em acabar mal.
          A distância e a idade são a chave para a insegurança da moça e tirar isso do centro é deixá-la alheia ao cerne do problema.

      • Jps

        Uma dúvida, vocês estão a quanto tempo juntos?

        E o problema no caso da leitora, é que ela esta noivando com um cara que conheceu não faz nem 1 ano e ele mora em outro estado. É dificil saber ao certo, mas devem ter se conhecido pela internet e devem se ver o que? 1 fim de semana por mês?

        Acho que é nisso que pega nessa situação deles. A idade é só mais um fator que pode prejudicar mais, mesmo que não seja o caso sempre.

      • Monalisa

        “Dá pra conviver muito bem com uma pessoa dessa idade, DESDE QUE tenham os mesmos valores, queiram as mesmas coisas etc.”
        Eu acho que para qualquer relacionamento tem que ter isso que você disse. Não só os com grande diferença de idade.
        Não é impossível um casal com grande diferença de idade dar certo, só digo que é difícil de ver por ai. É claro que cada casal é diferente do outro, mas se der para escolher, acho interessante alguém com uma idade proxima, pela praticidade da vida.
        Meu pai JÁ beirando os 60 e minha mãe está em com 40 e poucos anos agora. E ele não tem mais a energia que minha mãe tem. Ele quase não sai e minha mãe quer sair , não pode mais segurar minha irma menor no colo, e essas coisas mais pesadas ficam para minha mãe fazer. Minha mãe se exercita e queria a companhia dele mas não pode. E homem quando fica mais velho, tende a ficar mais reservado. É só você ver, quantas velhinhas tem nos grupos de idosos e quantos velhinhos tem. A maioria se fecha no mundo deles quando ficam velhos.
        Claro que devem ter casais com grande diferença de idade que dão certo. Mas pelo menos na minha visão vejo mais pontos ruins do que pontos bons nesse tipo de relação e temos que ser realistas. Mas cada um sabe onde o calo aperta, cada um tem suas preferências então fica a gosto do freques.

        • Faah Dias

          É que no meu caso, nunca gostei de garotos da minha idade pq nem sempre eles querem um relacionamento (como eu no caso queria) e pelo fato de eu me sentir mais atraída por um cara mais velho (meu namorado é um cara inteligente, trabalha, gosta de sair, viajar mas tbm curte ficar em casa e tem dia que eu não estou no pique de sair, é bom de conversar etc), ele é muito mais animado do que eu e não aparenta ter 41… Estamos rumo aos 4 anos juntos. Quando os dois querem fazer a coisa dar certo, mesmo tendo obstáculos, eles enfrentam e eu não sei se é o caso do noivo da leitora. E se ele quisesse mesmo, já teria se mudado pro estado dela, ou dariam algum outro jeito.

        • Hadassa

          Diferença muito grande da idade dos seu pais mesmo ele mais velho que ela 21 anos rs. Depois as pessoas querem insistir que não a tendência do relacionamento fica desigual e algo visível como vc disse sua mãe no auge dos seus 40 anos e seu pai já quase 60. Questão de gerações diferentes e cabeças tbm e energia diferente enquanto seu pai quer descanso e sossego a sua mãe de 40 tá ainda no pique como dizem tá na idade da loba e tendo que curtir sozinha porque seu pai está em outra vibe.

      • Mika

        Só discordei da ideia de ela ir morar com ele. Não sabemos se onde ele mora existe uma boa oferta de empregos. Eu, no lugar dela, não arriscaria largar tudo nessas condições. Eu esperaria ele adquirir alguma estabilidade nesse novo emprego.

        • Faah Dias

          Sim, realmente seria melhor ela esperar essa estabilidade por parte dele e aí sim ver o que vão resolver.

        • concordo
          ela pode cogitar ir, mas ir na louca seria outra coisa kkk

  • ” estamos há 1 ano juntos. Vivemos em estados diferentes e assim vamos levando. ”
    Estão separados ou estão juntos?
    Se é à distância, não é relacionamento. Tem que ter mão naquilo, aquilo na mão e não pode ser o mouse!
    Uma coisa é precisar, por alguma circunstância da vida, passar um tempo distanciados ou então, se conhecer de longe e depois se aproximar. Antes de compartilhar espirros ou qualquer outra troca de fluídos, não conta.
    A preocupação da perguntadora vem provavelmente disso.
    Uma distância tão distante que não se alcança estendendo a mão, nem a passo ou olhando pela janela. Resta a imaginação para preencher os vazios e alimentar todos os medos.

    • tem q ter mão naquilo e aquilo na mão

      AIUAHIUAHIAUHA CARA DE PEDRA ERÓTICO! KKKKK

      mas enfim, concordo kkkkkk

  • M Holmes

    Assim como o pessoal comentou, eu tbm acredito que toda essa neura tem origem do tipo de relacionamento que vcs vivem. Eu “namorei” dois anos a distância antes de decidir casar e, durante esses 7 anos, percebi diferenças enormes entre eu e ele em vários aspectos da vida. Nem preciso dizer que isto resultou em separação. Por isso, pense bem se é isso que vc quer para o seu futuro, pq tudo na net é lindo, romântico e perfeito, mas a realidade de um casamento é bem mais complicada.

    obs: não estou dizendo que vc deva desistir da relação, mas é preciso mais convivência para observar com quem está se compromissando de fato. Assim, vc não perde tempo de vida investindo em alguém que não te dará futuro.

  • Gaia

    Concordo com tudo o que a Luiza disse!
    Especialmente com o fato de que em qq lugar ele pode conhecer outra pessoa e se interessar. Por isso acho que ficar sempre preocupada só te prejudica. E quanto ao fato de ele voltar a ter contato com uma ex, tb acho que que se fosse para eles terem algo, ela não seria uma ex. Se eles não estão juntos é pq algo entre eles não dava certo

  • Alda

    Pra quem fala que a idade interfere na relação, acho que não é bem assim. Conheço casais com 15 anos ou mais de diferença e tem um relacionamento de fazer inveja. Tanta mulher de 25 anos com cabeça boa e homem de 40 com mente de criança (meu irmão é um kkk) mas enfim…entendo a aflição da moça, mas acredito que o pivô de tudo isso seja a distância. Pra mim, só é válido se relacionar dessa forma se AMBOS estiverem colaborando para que o futuro juntos aconteça, ela indo morar com ele ou vice-versa. Alguns dizem em terminar, mas pra mim não é pra tanto, até pq o que está em pauta é o lance da ex e a insegurança da atual, não se os dois irão dar certo por eles teres idades diferentes, como li em vários comentários radicais abaixo. No mais, moça, siga seu coração e relaxa mais pra vida!!!

    • concordo com vc, mas no caso da leitora não parece ser assim, infelizmente =(

      • Alda

        Então, tenho uma amiga que conheceu um cara pela internet e, em menos de quatro meses, foi embora morar junto dele. E hoje estão muito bem casados. Ah que temos que ter cautela quando damos esses tipos de conselho, pq li muito comentário abaixo fazendo criticas e julgamentos pesados sem ao menos conhecer aspectos da vida da moça. E pior..
        Fugindo do que realmente trata o relato dela!

        • mariana cobra

          Basear-se na exceção só serve pra dar alento aos desesperados. Vamos partir da regra geral? Diferença de idade e distância são a chave pro desastre de um relacionamento.
          Se a moça fosse do meu círculo intimo de amizade falaria a mesma coisa.

        • Jps

          Porque morar junto com alguém que conheceu pela internet sempre da certo, muito mais depois de 4 meses, rs

          Brincadeiras a parte, acho que as pessoas que mandam suas perguntas para a Luiza esperam pontos de vistas diferentes para poder se situar do que fazer. Nesse caso, muitas pessoas focaram na distância e na diferença de idade, porque acharam que em si não tem problema alguém trabalhar com a ex.

          • mariana cobra

            Exatamente.
            Claro que a situação é bem desagradável, mas se ele tivesse outras intenções, nem teria alardeado que o contato que está agilizando emprego é ex-peguete.
            Quando a pessoa quer sacanear, ela faz. Porém, ficar insegura, neurótica e com crises de ciúmes não tem muito a ver com o ambiente de trabalho, mas com outros vieses desse relacionamento.

          • Jps

            Sim, concordo. Nunca que ele iria comentar com a moça, se essa peguete pudesse ser algum tipo de “ameaça”.

            Agora eu penso, sera que ele falou porque se caso ele for demito, ele pode dizer que a culpa não foi dele? Sei la, posso estar criando sem querer uma imagem ruim desse cara que nem conheço, mas é que tipo, para ele se sujeitar a essa situação de duas uma. Ele não está conseguindo arranjar emprego ou essa empresa é muito boa.

            Gostaria de mais informações, se a perguntadora estiver lendo os comentários, rs

  • Stanley Lewis

    Não vou entrar no quesito ‘idade’ pois o foco do texto é se o namorado vai ceder à “ex-peguete”. “Ah Luiza, mas vai que foi um amor intenso e mal resolvido?“ Que amor que seria esse pra ficar só na “pegação”?

    Eu acho que não foi nada de mais, pois se realmente tivesse sido algo mais sério, é certeza que o cara não iria falar pra namorada que a moça foi uma peguete dele. Mas se a leitora se sente tão incomodada assim, poderia simplesmente pedir para o noivo não aceitar o emprego.

    • mas fica chato pedir pra ele nao aceitar o emprego kkk

      • mariana cobra

        Nessa crise seria burrice da parte dele dispensar trabalho.

      • Stanley Lewis

        Se a moça é noiva dele e a pessoa que arrumou o emprego é uma ‘ex-‘, então o ciúme é um álibi. E se essa situação fosse com ela? Ele aceitaria ter a noiva trabalhando junto com o ex-?

    • Monalisa

      A crise está ruim mesmo para ele não aceitar. Mas em que situação ele retornou contato com essa ex? Para mim ex tem que sumir da face da terra! se fosse bom não seria ex! Então eles ficaram de conversinha e ele disse que estava desempregado e ela mexeu os pauzinhos para ajuda-lo? Eu acho palhaçada ficar com contato de ex namorada, peguete, o que for!

      • kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • Hadassa

        É isso ex e ex no meu vê quem alimenta ex namorado(a) não superou o fim e fica tendo recaídas com os mesmos na moita sendo “casinho” e tem ex namorada(a) que não tem dignidade e não se valoriza tão pouco consegue superar um fim se coloca nessa situação aff.
        Não dá para confiar namorar alguém que vc sabe que ex da pessoa vive ao redor por perto nana ninanão.

        • Monalisa

          As vezes a pessoa até superou o fim, mas gosta de manter contato só para massagear o ego. Já ouvi muita gente que adora dizer: “meu ex é doido por mim”.

      • Stanley Lewis

        Pois é, isso aí tem que ser analisado rsrs.

  • Hadassa

    Boa noite vai ser atípico vai ter essa 1 parte tava só esperando a opinião da galera para vir dá a minha opinião a história da nossa amiga leitora rs. Então antes de tudo queria deixar claro que as pessoas que mandam para site pedindo ajuda e orientação a Lú, não só ela que dá opinião o site dela é aberto para os seus frequentadores e seus comentaristas que de boa vontade só está querendo ajudar os leitores com suas questões amorosas que estão com dificuldade que precisam de uma LUZ e de olhar várias formas de opiniões a cerca do seu problema.
    Não sei eu falo por mim e creio que seja a mesma visão e objetivo dos demais comentaristas/conselheiros nós só queremos AJUDAR não levamos nada para lado pessoal até porque não conhecemos de fato quem manda as suas histórias tudo anonimato a gente aqui não quer impor regra e muito menos sermos donos da verdade longe disso.
    Só que tem uma coisa, cada um dá sua opinião de acordo com suas experiências de vida, seja, ela muita ou pouca ou porque conheceu caso parecido ou porque ouviu falar uma história parecida, as vezes teve algum familiar nessa situação se bobear pode ter passado por algo parecido de quem mandou a história.
    OBS: Outra coisa importante acho que cerne da questão desde o momento que a pessoa sabe como funciona o site e proposta é aberto não só da Lú dá sua opinião mais seus colaboradores sentimentais a gente dá a nossa aqui espera e crê nisso que a pessoa esteje de coração aberto e mente aberta para poder ler os comentários e ter a HUMILDADE para pensar e refletir tirar as suas próprias conclusões o que vai resolver da sua vida e de seu problema o que fazer para resolvê-lo daqui por diante de alguns temos retorno e outros nunca saberemos qual foi desfecho da vida da pessoa após o site de aconselhamento da Lú e de seus conselheiros rs. Repetir para deixar claro a gente quer ajudar mais cremos tbm que para isso não dá para gente falar coisas para quem pede ajuda sabe falar coisas que a pessoa quer ouvir e sim o que ela ou ele PRECISA ouvir ou melhor lê né kkkkkk eu penso assim quando a gente vai na busca de encontrar a solução do problema a gente vai até pessoas que possam estar abertos e autorizados a falar a realidade e se for preciso a chacolhar nós um exemplo clássico quando nós eramos pequenos e íamos ao pediatra fazia e exames e descobria a vc tá com vermes precisa tomar antibiótico para sarar e matar o “verme” todos nós sabemos que esse tipo de remédio quase 99% é amargo porque só assim mata o mal se não continuará ali se remédio for doce será para ele uma satisfação aí um conforto para ele continuar agindo e não um modo de eliminá-lo do organismo da pessoa que objetivo é esse porque está fazendo mal ao corpo do ser humano estar ali entendeu por aí cont…. parte 2

  • Hadassa

    Cont… parte 2 Recomendo não é uma imposição para leitora comprar o livro: “Namoro blindado seu relacionamento a prova de coração partido” autores da escola do amor inteligente da Cristiane e Renato Cardoso é um livro para solteiros(as) e quem já está num relacionamento sério: namorando e ou já ficou noivo(a). Todo livro é um presente prático que faz a galera pensar e refletir na prática sobre a relação amorosa e tem um capítulo sobre diferença de idades muito grandes da mulher ou do homem 7, 10,15,20 anos isso pode ser um problema lá na frente lê-se no casamento. E outra capítulo aborda sobre namoro a distância como vê esse tipo de relação não de uma forma romantizada mais bem prática e realista pra quem decida namorar alguém de outro estado ou país como agir em vários aspectos de questão de se ver etc… e tantas outras questões desse tipo de relacionamento.
    A priori a minha opinião então amiga leitora existem viu tecer 4 fatores aí para ser analisados que pode ser sim ser um conjunto de problemas que esse tipo de relacionamento e que a pessoa que vc está não é adequada.
    1) Vc só tem 25 anos uma moça jovem será que vc precisaria ter um namoro a distância com com alguém que vc mal vê, mal conhece, mal convive se as relações amorosas hoje em dia já é complicada tendo a pessoa do seu lado que mesmo estado, bairro, cidade, país porque demanda ambos a disponibilidade para tá junto e se vê, conhecer, olhar no olho e abraçar dá uns beijos e vê se as bocas encaixam sentir o cheiro do outro e conhecer a alma um do outro seu sonhos, projetos, pensa, princípios, caráter e conhecer cada um a sua família e conviver. Poxa será que no seu estado não tem nenhum rapaz disponível e interessante e interessado em relacionamento sério.

    2)Além de ser a distância o cara já tem 40 anos então vcs tem diferença de 15 anos é muito grande vcs são de gerações diferentes e cabeças tbm se vcs casarem daqui a 10 anos ele estará com 50 outra vibe vai querer tranquilidade e estabilidade e vc uma jovem madura toda ainda no pique então vc não diz pretende ter um filho(a) com ele energia vai ser outra não vai ter o pique de um cara da sua faixa jovem 25, 26,27, 28 anos para poder acompanhar e participar da educação e criação por exemplo se vcs tiverem um menino filho homem tem energia de correr, pular e fazer bagunça e agitar ele vai ter pique e disposição e vontade de soltar pipa e ir para campo jogar futebol com o mesmo. Eu acho que não? Vai querer com cinquentão quer ficar sossegado na sombra e água fresca tomando banho de piscina de plástico na casa de vcs se por acaso vcs casarem rs e provável jogará essa responsabilidade para vc amor toma conta estou cansado quero sossego vê meu time de coração na tv jogar e comer meu churrasquinho aqui de boa.

    3) Poxa o cara já tem 40 anos de idade é um homem ainda indefinido em ter um emprego fixo esse homem parece um acomodado acho que essa palavra. Ele não se aprimorou não buscou fazer um concurso público se garantir ou sei lá mesmo no privado não fez uma faculdade para continuar mantendo o emprego então ele preguiçoso então ele cara parado. Você não acha o fim da picada o cara perdeu emprego e precisar agora de ajuda e vai atrás de ex ficante o que diz para vc ou ex namorada né? Que é bem sucedida numa empresa para ajudá-lo a recolocar ele num novo emprego? Porque não corre atrás sozinho? Poxa não tem amigos ou parente conhecido que poderia indicá-lo em alguma empresa?

    4) Não podemos nós basear a nossa vida sentimental por uma exceção devemos vê a regra geral que a maioria dos casos acontece tem tudo para dá errado numa história de amor a distância que deu certo 1 caso entre 90 que acabou em alguns casos muito mal mesmo namoro, noivado ou casamento a distância a mais eu sei de um casal assim ou assado tipo foi ou é um conto de fadas igual nos filmes e seriados está tudo a mil maravilhas será? A gente sabe que tem casais não fala a verdade sobre seus relacionamentos tem muitos que são de fachada principalmente por exemplo se no caso a relação foi a distância algo atípico os envolvidos quer passar para os outros que dá certo só por status um orgulho/vaidade de ser exemplo para incentivar os outros e muita das vezes a realidade nos bastidores e outra existe desentendimentos, brigas, falta de respeito mais não querem sustentar aquela imagem que amores muito diferentes podem dá certo.É muito perigoso e arriscado apostar todas as suas fichas em um relacionamento que apontei alguns “sinais” que toda a situação e a pessoa pode não ser adequada a você e nem vc a ele.
    Então amiga para finalizar você que decide como vai resolver o seu problema aqui a gente dá uma luz muita das vezes alguém de fora pode nós trazer uma direção e reflexão diferente como dizem olhar em outro ângulo. Boa sorte!!!!!!!

  • Mika

    Eu não ia dar pitaco neste post porque acho que o assunto foi discutido quase à exaustão. Além disso, sobre sua dúvida, acho que a Luiza disse tudo o que tinha que ser dito. Nessas horas eu sempre me lembro daquela velha máxima: O que é seu, ninguém toma. E, se tomar, é porque não era seu.

    Quero dar minha opinião sobre os outros aspectos do seu relacionamento…

    Sobre a diferença de idade, no seu caso não tem importância nenhuma. Falo com conhecimento de causa. Mês que vem completamos 29 anos de casamento, e a diferença de idade entre nós é de pouco mais de 15 anos. Na minha família existem outros casos, inclusive com mulheres mais velhas que os maridos em 5/6 anos. Não é a idade que conta, mas a maturidade de ambos e a afinidade entre vocês. Vocês precisam ser complementares e nutrir admiração mútua. Ele, como uma pessoa mais vivida pode lhe dar apoio emocional e psicológico em vários momentos (obviamente estou apenas fazendo suposições, porque nem sempre isso acontece). Os jovens tendem a achar que 15 anos pesam lá na frente. Isso não é verdade. As pessoas estão vivendo cada vez mais, e um homem de 60 gosta tanto de sexo quanto um de 30, com a diferença de que faz isso melhor. O interesse sexual da mulher diminui após a menopausa (entre 45 e 55 anos), e casais após essa fase tendem a ser mais companheiros. A diferença de idade pesa mais quando um dos cônjujes é muito jovem, ou quando há diferença de gerações (20 anos ou mais). Fora disso, vocês caem nas estatísticas dos casamentos “comuns”, ou seja, não estão durando mais do que um ano… e a culpa desses fracassos não tem nada a ver com a diferença de idade…

    Sobre ele estar desempregado, essa é uma condição da qual ninguém está livre, em momento nenhum na vida. Novamente falo por experiência própria. Perdi um emprego bom e estável, com mais de 40 anos, quando a empresa estatal em que trabalhava há muitos anos foi privatizada. Meu marido perdeu o dele no mesmo ano, com diferença de 4 meses. Na atual conjuntura muitas empresas estão quebrando ou enxugando o quadro de funcionários. A condição do seu noivo pode ser um simples percalço e estar resolvida em poucos meses. Meu conselho é que deixe as coisas rolarem e não encane com essa ex-peguete, porque ele precisa desse emprego no momento (até pra reerguer a autoestima).

    Sobre namoro à distância, concordo com tudo o que já disseram por aqui. Quanto maior a distância e o tempo sem contato físico, mais difícil dar certo. Se ganha razoavelmente bem e tem um emprego de que gosta, não a aconselho a abandonar emprego, família e amigos antes que ele possa lhe oferecer uma vida estável na cidade dele. Amor é bom, mas não enche barriga.