Acho que me relacionar com alguém é perda de tempo e dinheiro, estou com algum problema?

37

Leitor: Luiza, faz um post sobre meu momento. Olha só: Tenho 32 anos,divorciado, sem filhos, não bebo e nem fumo. Há um tempo solteiro, até aí normal. Porém, eu não sinto a mínima vontade de procurar alguém. Acho um saco começar tudo de novo, acho desperdício de tempo e dinheiro. Será que estou com algum problema?

Depende. É claro que existem pessoas que realmente são felizes vivendo solteiras. Eu inclusive tenho umas tias solteironas babadeiras que, depois que se separaram, são muito mais felizes do que quando tinham uns maridões aí. Inclusive a que “mais ficou pra titia” é feliz! PORÉMMM, o seu caso não me soou muito como esse, mas sim alguma espécie de trauma com o passado.

Vem cá: sua ex torrou muito seu dinheiro, é? rs. Te deu muito trabalho? Chifre? Te fez perder muito tempo? Para mim está visível que esse relacionamento te fez pensar que mais nenhum outro vale a pena. É claro que no fundo todos nós sabemos – e inclusive o senhor sabe, rs – que cada pessoa é uma pessoa, que existem mulheres muito piores e muito melhores do que a sua ex. Porém, quando o trauma toca no seu coração, você se esquece dessa parte óbvia e racional, não é mesmo? rs.

Se é assim, eu te aconselharia uma terapia. E se não for trauma, você não precisa pagar nada pra mulher nenhuma não, homem! Se você não quiser, ninguém te obrigará a isso, oras!!! E quanto ao tempo, o  que você considera perda de tempo? Beijar na boca? Fazer sexo? Dar risadas? Aprender e quem sabe até mesmo crescer na vida com outro alguém? rs. Sei não, mas isso tá com uma cara de medo de ser feliz que vou te contar kkkkk. Medo de se dar mal que nem no passado. E olha, se esse passado não foi com a ex, foi com algum dos seus amigos ou familiares e aí você “pegou pra você”.

Eu entendo suas colocações, mas entenda também que a vida é assim mesmo: uma hora a gente ganha e na outra, perde. Isso faz parte das relações humanas! Porém, se não tentarmos, será garantia de chorar todos os dias, não? Ou ao menos viver bemmm entendiado com o passar dos anos “se amontoando sempre na mesma”, rs. E tudo bem que você também pode comer, sair com os amigos e assistir Netflix, mas poxa, todosssssss os dias? rs. Sem contar que eu humildemente arrisco a dizer que 90% da humanidade não nasceu pra viver eternamente sozinha, mas claro, você pode ser a exceção. Só acho que se você quer ganhar, nem que seja alegria, você deve estar disposto a perder. E claro, nunca se enganar em relação a isso.

Beijos

Lu

Assista:

Tenho medo de morrer sozinho/solteiro e encalhado.

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Monique

    Se está solteiro relativamente há pouco tempo, e se teve algum trauma dessa relação, a coisa mais normal do mundo é ficar exatamente assim como está, com saco e preguiça de tudo, desacreditando no amor, que pra vc “não aparece”. Super normal.
    Ficar sozinho e curtindo estar assim é ótimo, é (seria) um sinal de que nossa auto estima vai bem obrigada. Não há nenhuma razão para procurar ninguém. Nem para se preocupar com isso. Momento de se curtir e de aproveitar nossa própria companhia. O problema é que parece não ser o seu caso. Vc nao me parece estar feliz sozinho, nem se curtindo, só ta desiludido mesmo, normal. Mas se vc ta nessa vibe há muito tempo e, principalmente, se está nessa vibe e incomodado com ela, é um sinal que precisa se desligar das coisas que aconteceram nas suas antigas relações. E precisa cuidar disso para que não fique depressivo ou carregue esses traumas para sua futura relação, CASO um dia volte a querê-la. Cuide da sua mente.

  • Stanley Lewis

    Você fala isso porque nesse momento não está apaixonado por ninguém kkkkkk

    • Franciele

      Achei que eu morreria sem ler um cara escrever isso, kkkkkk.

      • Stanley Lewis

        Eu falei em tom irônico, porque justamente quando um cara fala que “prefere viver sozinho e que nunca vai se casar” aí aparece uma mulher só pra fazer ele “pagar com a língua”. Já vi alguns casos assim kkkkkk

        • Franciele

          Sim, entendi a ironia, tanto é que ri também; ocorre que muitos homens e mulheres ficam “disputando” quem se apaixona de verdade, sem perceberem que é muito mais fácil perceber esses sinais em pessoas do gênero com o qual nos identificamos do que no outro, e eu quis fazer uma brincadeira a respeito.

          • Stanley Lewis

            ah ta , entendi kkkk

  • Franciele

    Leitor, ao passar os olhos pelo título, pensei em responder que não, é apenas uma postura egoísta, que em si não é problemática, desde que tu aceite receber o efeito do egoísmo alheio, sem reclamar de falta de atenção, de volubilidade ou qualquer outra conduta alheia que seja parecida com a tua.
    Entretanto, lendo teu relato, percebi que tu só estás tentando evitar os sofrimentos do passado, atitude muito salutar se bem direcionada; de nada adianta presumir que todas as pessoas que aparecerem na tua vida te causarão mal, e depois vir perguntar na blogosfera se há algo de errado contigo, sendo mais produtivo analisar quais aspectos dos teus relacionamentos anteriores não foram corretamente avaliados, causando problemas.
    Compreenda que, em sua maioria, os casais jóvens se juntam sem ter conversado de modo aprofundado sobre as questões que, na convivência, podem gerar incompatibilidades e discórdias, seja por pensarem que o amor e o tempo tudo resolvem, seja por não darem-se conta do impacto das pequenas e grandes diferenças nos relacionamentos.
    Pode até parecer frio o que vou sugerir, mas aconselho que tu trace uma estratégia para conhecer alguém, na qual tu possa ir te inteirando dos requisitos pelos quais define que alguém “vale apena”; isso evitará que tu te deixes levar pelo encantamento fantasioso do início, bem como, te protegerá da tendência de ignorar certas picuinhas, só pra não perder a boa sensação de estar com alguém, ainda que este estado de coisas seja construido sobre areia movediça.
    Decida o que tu espera de alguém e como vai procurar por essas características; se isso não te livrar de desilusões, ao descobrir que “não foi dessa vez”, ao menos evitará que tu crie muitas expectativas com alguém inadequada.

    • Stanley Lewis

      É compreensível ele estar desanimado, deve ter tido muitas decepções rsrs..

  • Sr. Marston

    Sim, meu caro perguntador, você está com algum problema. Se você estivesse 100% convicto, não estaria aqui perguntando pra começar.

    Se você saiu de um relacionamento complicado, é normal você se sentir aliviado quando solteiro novamente…Alguns nunca mais se envolvem seriamente.

    Porém, deixar de aproveitar uma oportunidade por traumas do passado é um grande erro…Cada experiência é única, cada pessoa é única. Se não deu certo com uma, não quer dizer que vai acontecer o mesmo com outra, e se mesmo assim acontecer, bola pra frente!

    “O sucesso é construído de 99 por cento de fracasso – Soichiro Honda”

    O importante é você aproveitar bem cada fase da sua vida. Se você está solteiro agora, aproveite bastante…Faça as coisas que você gosta, viva do jeito que você gosta…E se aparecer alguém legal, não deixe que os fantasmas do passado estraguem seu futuro.

    Boa Sorte

    • Marcel

      “Sim, meu caro perguntador, você está com algum problema. Se você estivesse 100% convicto, não estaria aqui perguntando pra começar.”

      Como estar 100% convicto se a sociedade está te jogando na cara a todo momento que vc tem q estar com alguém?

      • Sr. Marston

        Marcel, seguinte…Seria aceitável esse questionamento, se viesse de um adolescente de 15,16 anos. Já pra um homem de 32 anos, que casou, separou…Sinceramente, me recuso a acreditar que tenha tamanha imaturidade.

        Você pode ser DEUS, que NUNCA vai agradar a todos…Sempre vai ter aquele primo invejoso, aquela tia faladeira que vai lhe julgar e apontar o dedo.

        Por isso que você tem que viver da maneira que te faz bem, e não importa o que os outros vão achar…Já que de qualquer maneira você vai ser julgado, que pelo menos você esteja feliz da maneira que está.

        • perfeito!! Sempre falo isso: as pessoas te amarão e t odiarão pelos mesmos motivos, fato

          • Sr. Marston

            Pelo visto ele está na mesma situação…Tá explicado…kk Também fiquei assim quando isso aconteceu comigo.

            Mas o tempo passou…E de tanto apanhar, a gente aprende a se levantar e seguir em frente.

          • faz parte da beleza da vida s2

        • Marcel

          Não vejo o que imaturidade tem a ver com isso, precisa ter as respostas para todas perguntas para não ser imaturo? Se a resposta para tudo seria faz o que te faz bem ninguém precisaria perguntar nada aqui.

        • Stanley Lewis

          “Já pra um homem de 32 anos, que casou, separou…Sinceramente, me recuso a acreditar que tenha tamanha imaturidade.” Quando eu era criança eu pensava que todos os adultos eram “adultos”, quando eu cresci, vi que a imaturidade é comum em absolutamente todas as idades, tanto é que sei de muitas pessoas com 40, 50 é até 60 anos, que são “mimadas e imaturas”.

  • M Holmes

    Caro leitor,

    Estou no processo de separação e seria interessante você fazer uma balanço geral do seu último relacionamento para que saiba o que deu errado e se tens perfil para ser um homem casado.

    Você destacou a questão financeira e de tempo como os fatores que fazem com que não queira mais se relacionar com alguém. Quando terminamos, é normal nos sentirmos com a sensação de perda de tempo, porém, é necessário entender o seu casamento como uma experiência que não deu certo e algo que te fez entender quais são os seus limites dentro de uma relação. Lembre-se que vivemos em uma cultura que prega que nós superemos os nossos limites, mas ninguém é super homem ou mulher maravilha e todos somos imperfeitos, fora que não devemos aceitar “qualquer coisa” para sermos considerados fortes e aceitos em nosso meio social para termos respeito. Neste caso, pense neste aspecto como algo que te mostrou as suas vulnerabilidades e aceite-os como algo que você pode aprimorar (com terapia ou leitura, todas com prática, claro!) ou simplesmente aceita-los caso não seja algo muito grave que possa prejudicar outras pessoas e vc tbm.

    Em relação ao dinheiro, observo que ainda têm muitos homens que são criados e/ou querem ser o provedor da casa. Isso traz muitos problemas pq se no começo do relacionamento e/ou durante o mesmo vc não deu espaço para a sua ex dividir as despesas (desde restaurante até a conta de luz), então a falha de ter entrado

  • Gustavo

    Sou homem ja passei por isso.
    Todo mundo falando que o cara tem problema e tal, cara voce nao tem, passei por um momento complicado e fiquei traumatizado também quando larguei e ficava pensando a mesma coisa que você.
    Me fechei pra outras pessoas durante uns 2 anos, sai bastante, bebi, viajei tudo que nao tinha viajado com a outra e me diverti tudo que fiquei amarrado anos.

    Minha dica: aproveita e se diverte, nao se preocupa com isso nao, quando você estiver bem de verdade alguma mulher interssante aparece e voce volta se interessar em namorar e ter alguém.
    Passa um tempo trabalhando e fazendo as coisas esclusivamente pra você, bem egoista mesmo, eu comprei coisas que minha ex falava que nao era prioridade nossa, festei, viajei. E com o tempo passa, fiquei nessa vida de solteiro uns 3 anos, é chato a familia e amigos perguntando e zoando, mas esquenta a cabeca nao, aproveita.

    (Tenho 31 anos e agora estou com uma mulher incrivel a alguns meses, bem melhor o nosso relacionamento, amadurecido e feliz e essa fase passou completamente).

    Abraços

  • Denilson

    Provavelmente seja pelas bagagens em seu passado ou algo relacionado à testosterona, mas isso só quem pode saber é vc.

    As pessoas são diferentes leitor, vc pode ter tido desilusões no passado, mas pode ser muito feliz no presente ou no futuro, como pode tbm quebrar a cara outra vez até achar alguém q seja ideal pra vc.

    Nós só conseguimos uma solução, quando descobrimos qual é o problema, questione-se, qual o motivo de vc não se interessar mais por alguém ?
    Acha que nenhuma mulher no mundo presta ?
    Que todo relacionamento está fadado ao fracasso ?

    Não há problema em ficar solteiro, dedicar um tempo aos estudos, um tempo só pra vc, viajar, curtir a vida e aprender com a sua solidão, como tbm não há problema nenhum em se apaixonar por alguém e estar em um relacionamento, só preocupe-se em achar alguém que tenha os mesmos ideais que vc, dá menos dor de cabeça.

    Apruma o corpo e escala o poço, vc ainda não está morto.
    Boa Sorte !

  • Rodrigo Silva

    Nao vi nada de errado.Ele merece é os parabéns!!! Acordou pra vida!!!!!

  • Marcelo

    Isto é normal, só que, quando esta fase passar, não faça o que fiz após a minha última separação, não se deixe levar pelo sentimento do ”que se foda”. Não vale a pena.

    Abraços.

    • Marcel

      O que vc fez com o sentimento de se foda?

      • Marcelo

        Passei cinco anos comendo a mulher alheia.

  • Liz

    To na mesma. Mas o que me cansou/encheu foi saber que conhecer alguém novo sempre envolve um tanto bem grande de teatro, e tanto não quero fazer teatro como não quero acreditar no teatro do outro, e depois acabar vendo surgir no lugar de alguém que eu achei que tinha algo a mais uma pessoa que não imaginava. Acho que um dia passa, mas já não espero mais esse dia.

    • Stanley Lewis

      Talvez haja alguém com quem você não precise fazer teatro rs..

      • Liz

        that’s the dream… kkkk to de boa de ser otimista no momento, os últimos anos se provaram o contrário dessa hipótese, agora também queeem largou mão fui eu 😉

  • Marcel

    Será que foi meu clone que enviou essa pergunta? Tô na mesma, até a idade é igual.

    • Sr. Marston

      Meu caro…Deixa eu te contar algo.

      Apesar de ser 10 anos mais novo, já passei por isso também…Não casei, mas quando chegou o fim, reagi exatamente da mesma maneira, ou até pior.

      resumi a história mais ou menos aqui aqui, se tiver interesse: http://disq.us/p/1bdlaul

      No principio me tornei até meio misógino…Frequentava fóruns e exalava ódio e repulsa a qualquer envolvimento amoroso com mulheres…Criticava duramente aqueles que namoravam, que se casavam…Se a mulher tivesse filhos então, nem se fala…Enfim, durou 1 ano essa fase, não me orgulho nem um pouco, mas passou…

      Depois veio a fase onde eu tentei agradar a todas…Passei a me vestir da maneira que a moda ditava, corte de cabelo, barba…Vendi a minha moto pra comprar um carro, porque mulher gostava mais de carro, passei a frequentar festas (mesmo odiando) porque era isso que a “sociedade” dizia que eu tinha que fazer, que pra esquecer de alguém tinha que ir pras baladas e pegar geral…Afinal de contas, que jovem na casa dos 18 anos não frequenta festas e bebe até desmaiar??.

      Resultado: Gastei rios de um dinheiro que eu não tinha ( = dívidas), meu tempo e minha sanidade mental pra NADA! NADA mesmo. Não consegui pegar mulher, nem mesmo consegui esquecer a ex…No fim das contas, estava bem pior do que antes…Justamente porque fiz quase tudo pra estar no padrão e mesmo assim ainda era rejeitado.

      E foi aí onde aprendi essas lições valiosas e voltei a ser eu mesmo…Passei a me vestir da maneira que gosto, vendi o carro e comprei minha motoka…E foi a melhor coisa que já fiz, porque só assim consegui a paz que eu tanto queria.

      Por isso que eu digo, se você está passando por algo parecido, é normal sentir isso, eu também senti…Mas você não pode deixar que esses fantasmas te impeçam de seguir em frente caso a oportunidade apareça.

      Relacionamentos é como andar de moto, meu caro…Querendo ou não uma hora você vai cair e vai se machucar, mas nessas horas é que você deve se levantar, curar as feridas, aprender com os erros e seguir em frente.

      Aproveite pra fazer as coisas que você gosta, e sem se importar com o que os outros vão falar.

      • Marcel

        Ahm, eu sou diferente, já estava decepcionado antes de ter relacionamento, observações da vida. Vc faz parecer que as coisas são simples mas não são, as vezes vc pode não ser o que gostaria de ser por absoluta incapacidade.

        • Sr. Marston

          Na verdade as coisas são simples sim, nós é quem as complicamos…Com nossos medos, nossos fantasmas que insistimos em carregar e acabam nos ofuscando e sabotando nosso futuro.

          Mas isso faz parte de ser humano…Por isso temos que aceitar que não somos perfeitos, e que estamos condenados a ter que aprender até o último dia de nossas vidas.

          Todos nós mudamos com o passar do tempo…Você não é o mesmo de 10 anos atrás, assim como não será o mesmo daqui a 10 anos.

          “O que somos nunca muda, mas quem somos nunca para de mudar”.

  • mariana cobra

    O que nos torna pessoas melhores? Momentos de alegria, futilidade e solidão?
    O que trás sabedoria e experiência de vida? Particularmente ainda tô penando pra descobrir as respostas, mas posso dizer que os melhores ensinamentos que tive ao longo dos meus 30 anos de vida foram em momentos de dor, desilusão, dúvidas, arrependimento e tristeza. Os momentos de calmaria, amor e felicidade tbm ensinam, mas a dor às vezes é mais eficaz.
    Então meu caro, não se feche pro mundo, curta sua fase e necessidade de ficar sozinho e aprenda com teu passado pra construir um futuro sólido e feliz.
    Boa sorte!

    • Sr. Marston

      Ótimos conselhos minha cara…É como dizem, Mares tranquilos não produzem um bom marinheiro.

      Também posso dizer que os melhores ensinamentos que aprendi até hoje foram pela dor…Porque esses deixaram cicatrizes que a gente nunca consegue apagar, e assim, a gente nunca esquece o que aprendeu.

      Sempre aprendendo com os erros, mas nunca com medo de se machucar novamente.

    • Mari e oq vc acha da teoria q diz q depois d umm momento d muita tristeza, algo incrível acontecerá?

      • mariana cobra

        Acho balela. Às vezes coisas horríveis acontecem e em sequência vem mais merda.
        O interessante é a perspectiva. Depende só de vc aprender com a merda ou ser vítima pelo resto da vida!

  • Anônimo realista

    Você não tem nenhum problema, caro leitor. Relacionamentos, especialmente nos dias de hoje, não estão valendo a pena. Eu tenho 28 anos e nunca namorei, casei, transei, etc… na vida e estou muito bem assim, não sinto falta de nada e não estou perdendo nada… É aquele bom e velho ditado: antes só do que mal acompanhado e/ou ser traído. E dane-se essa sociedade imbecil que acha que ficar sozinho pra sempre é coisa de gente imatura ou depressiva, típico de quem se baseia em livros de autoajuda barata…

  • Hadassa

    Olá, amigo leitor é até bom vc não está de namoro sério e se relacionando neste momento porque só lê o seu relato mostra que NÃO está pronto coisas dentro de você que precisam ser exorcizadas e expurgadas trauma de um casamento desfeito e que chegou num divórcio é inevitável a decepção, tristeza, mágoa, ressentimento sobre a sua ex esposa e com resquícios e com feridas abertas que precisam ser curadas e cicatrizadas resumo precisa cuidar de si como dizem por aí vc está num momento fechado para balanço.
    Porque pré requisito que a pessoa solteira(o) está pronto para se relacionar sentimentalmente, afetivamente, amorosamente com alguém quando ele ou ela está bem resolvido no seu interior que um relacionamento passado não deu certo um namoro,noivado, casamento. Recomendo a vc a comprar o livro: Namoro blindado a prova de coração partido autores: Cristiane e Renato Cardoso é um livraço para que solteiros(as) e quem já está num namoro e caminhando vias num noivado. Um guia prático do amor inteligente tem um capítulo para os divorciados(as) que voltaram a ser solteiros(as) e vê ali dicas como trabalhar em vc o fracasso de ter saíde de um casamento que não deu certo e como superar isso para está apto no momento certo pronto ao amor quando aparecer e chegar com seu coração, corpo,alma, espírito livres para se relacionar amorosamente de novo a pessoa precisa não só está disponível e sim está disposto(a) a namorar de novo.