Enjoei da minha namorada, mas ela fala que se mata se a gente terminar!

59

Leitor: Olá, bom dia! Bem, estou em um caso tanto que complicado… Namoro há 5 anos (tenho 25 anos e ela 23 anos) e agora me enjoei da minha namorada, o que faço?… 

Poderia simplesmente terminar com ela, mas uma conversa que tive com ela, ela disse: “que não aguentava ficar sem mim, dependia de mim, que nunca imaginou que eu fizesse isso, pode entrar em depressão e preferia morrer ao me perder”… até me arrependi de ter falado com ela. Ela caiu numa tristeza grande, tento animar ela, às vezes consigo, mas ficou mais difícil de ver ela sorrindo… 

AGRAVANTE: Tenho um namoro “moderno” com ela, moramos há 435 km de distância, quando vou para casa dela, dormimos juntos e toda família dela me trata e diz para todo mundo que sou esposo dela, coisa que não é verdade… Acontece que, depois de 5 anos, há um carinho por ela, mas não mais como mulher, como uma grande amiga, tanto que não tenho mais desejos por ela e nem saudades… E ela deixou a entender que se eu largar ela, iria caçar um jeito de morrer…

Agora estou em uma situação complicada, não sei o que fazer, jogo fora o sentido de minha vida e deixo de ser feliz para satisfazer ela? Estou com medo dela adoecer ou fazer algo pior se eu terminar com ela… estou em uma situação sem saída? O que posso fazer? Obrigado pela oportunidade de desabafar!

Nossa, que situação complicada!!!! Tenho certeza que no futuro ela ficará envergonhada por ter se feito tão de vítima assim, porém, como o presente é agora e a gente não quer que ela se mate, eu cogitaria algum desses itens. E se possível, até mais do que um deles.

Leia todos, adapte ao seu contexto e veja as soluções mais viáveis, ok?

homem preocupado

1- Explique a ela que a admiração é o ingrediente básico do amor

Porém, entenda que ela está “doente” e não entenderá as coisas da forma racional que nós entendemos. É como se ela estivesse em uma escuridão e mal visse um palmo à frente dela.

Fale que você sente falta de quando ela era uma mulher mais forte, com sonhos, que lutava mais, etc. Que entende que ela sinta essa fraqueza em relação à vida e sinta preguiça em tentar se superar, visto que a vida é feita de fases e nem todas são boas mesmo. Porém, que se ela realmente se importa contigo – e com ela mesma – deveria tentar voltar a ser ao menos um pouco da mulher forte que ela era antes, já que imagino que, quando você começou a namorá-la, ela não era assim, né?

2- Terapia

Nem sempre conseguimos fazer tudo sozinhos, ainda mais se estivermos fracos demais para isso. E fica pior ainda se ela estiver com depressão (veja isso com carinho) e é exatamente aí que ela precisará de ajuda extra.

O ideal é que a pessoa que fará a terapia que pague por todo o processo, porém, como esse caso é de urgência, por que você não paga uma terapia para ela? Fale que, como você sente falta do item 1, que está disposto a ajudá-la a resgatar a autoestima, mas que ela tem que se ajudar também. Se ela vier com aquele papo de que a autoestima está ótima e que “só te ama demais”, explique que ninguém deve amar o outro mais do que a si mesmo. Ao menos não ao ponto de se (auto)destruir como está fazendo.

“Uai Luiza, mas você quer que eu a iluda que ficaria com ela, sendo que quero terminar?”

Não, mas pense comigo. Se ao que tudo indica você não terá coragem de largá-la nesse estado, concorda que criar essa “ilusão” positiva nela a dará motivos para lutar = aumentará a autoestima e, assim, as chances de aceitar o fora? Isso se ela mesma não te der um pé na bunda ao ver que você só estava dando migalhas pra ela! Se amar e se cuidar mais costuma abrir muito os nossos olhos, pode acreditar nisso!

E outra, mesmo que a chance seja pequena, também existe a possibilidade de você se surpreender e se “reapaixonar” ao ver que ela virou outra mulher e assim ambos revertem a situação.

Por um final ou pelo outro, acredito que ao pagar uma terapia você estará fazendo um super bem para os dois lados.

3- Família

Como é o seu contato com a família dela? Rola intimidade o bastante pra ter um papo reto? Se sim, converse com a mãe (ou o pai é mais tranquilo?) sobre isso, peça segredo e veja o que vocês podem fazer. Dependendo eles poderão te ajudar em coisas que você jamais conseguiria sozinho.

4- Dê bons conselhos e a coloque pra cima

Faça de tudo pra ela se sentir “a foda”, “a inteligente e capaz!”. Estimule-a a sair com as amigas. Enfim, um pouco do item 1 potencializado e aprofundado mesmo.

Presentei-a com livros sobre autoestima e faça coisas que você sabe que a fariam se sentir melhor. Ex: A acompanhe em um centro budista? Igreja? Parque ou alguma outra opção que você sabe que a faria se sentir mais forte? É claro que no fim tudo dependerá das escolhas – e de uma decisão final – dela. Porém, se você puder ao menos tentar fazê-la chegar um pouco mais perto da espiritualidade, isso com certeza a ajudará ter parte da força que precisa ter agora.

E outra, vai que você também não descobre a sua? Pode acreditar que essas coisas deixam a gente muito, mas muito mais leve. E forte!

Beijos,

Lu

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Jps

    “não sei o que fazer, jogo fora o sentido de minha vida e deixo de ser feliz para satisfazer ela?”

    Para começar você é um babaca. Isso que você disse não é sinal de altruísmo, nem pureza e sim uma baita de uma idiotice, querer sacrificar a vida por causa de uma chantagem emocional.

    Segundo, eu entendo que você está preocupado de como ela vai ficar depois do término, isso mostra que você ainda se preocupa com ela, mas ficar com ela não fará bom para nenhum dos dois. Ela sempre saberá que você está com ela por causa de pena e você nunca conseguira voltar a gostar dela do mesmo jeito.

    Na minha opinião, o melhor a se fazer é você marcar um encontro com os pais dela e conversar francamente. Dizer que você se preocupa com ela, mas não pode continuar essa relação mais. A partir disso, tentar descobrir alguma forma de lidar com essa situação com o apoio deles.

    Buscar ajuda psiquiátrica, internação a força ou o que vocês acharem mais correto conforme a situação. Senão tem problema para você, pode até realizar isso de forma mais lenta para causar menos impacto, mas seja objetivo. Não fique exitando por medo ou comodidade.

    Pensando no contexto da situação, acredito que vocês dois devem ter problema de se relacionar com as pessoas, porque aceitar um namoro dessa distância sem perspectiva de mudança só mostra o “medo” de ficar sozinho. Por isso te aconselho a pensar mais a fundo sobre isso também, e que parte da culpa seja sua também, de ter chego a isso.

    Obs: nós seres humanos somos estranhos, então é impossível eu dizer com certeza absoluta que vocês nunca mais darão certo, mas como chegou ao ponto da menina pensar em suicidio, eu acredito que seja melhor essa relação terminar.

    • mariana cobra

      Será que ele pediu permissão para iniciar o namoro? Se não, pq pedir permissão pra terminar?
      Chantagem emocional só é cortada pela raiz quando é feita de maneira abrupta.
      Na minha opinião ele deveria ir para a cidade dela, conversar seriamente com ELA, terminar e ir embora, simples assim.

      • Jps

        Sim, eu concordo com você. Teoricamente não é culpa dele o que acontece com ela depois que eles terminarem, muito mais se ele terminar de forma correta. Esse tipo de chantagem que ela fez é um dos mais baixos.

        Só disse para ele conversar com os pais dela, porque ele parece preocupado ou com culpa (quem sabe) e não quer ter relação com o que for acontecer com ela depois. Nesse caso, um suporte dos pais da moça o ajudaria a ir adiante.

    • D. F.

      Olá Jps!
      Brother, não estou com intenção de mostrar pureza ou de ser altruísta se fosse o caso, eu estaria realmente sendo um babaca egoísta… vai muito além disso, é uma vida amigo.
      Em relação aos seus conselhos, muito obrigado serão úteis!

      • Jps

        Sim, concordo que a vida é muito importante, e por isso acho que você deve dar valor a sua também. Por isso acho que fui até mais bruto.

        Não é questão de ser egoísta ou religião, mas nos diminuir e ser menos do que podemos ser é um dos maiores pecados que podemos cometer com nós mesmos.

        • D. F.

          Concordo contigo amigo! Vc disse só verdades!
          Mas no meu caso, acho que essa não é a questão, pelo menos agora neste momento… A questão é que estou mais forte emocionalmente, ela se mostrou frágil… Sinto que não posso abandonar ela nessa situação… Não estou falando de iludir, mas sim de ajudar psicologicamente e mostrar pra ela o quanto ela tem valor para as pessoas ao redor.
          Se houver um jeito, tentarei me apaixonar por ela de novo… mas nesse ponto eu concordo com vc tbm, não sei se é possível.

          Mas concordo contigo!

          • Jps

            Bom, te desejo toda sorte do mundo então.

            E que no fim, ela possa pelo menos se restabelecer e fique saudável.

          • D. F.

            Jps, Muito Obrigado amigo!

          • D. F.

            Jps, Muito Obrigado amigo!

  • Stanley Lewis

    Pra ela dizer que se mataria se você a largasse, ela deve ter problemas psicológicos mesmo, então sugiro ir com cautela, fazer ela frequentar algumas sessões com o psicólogo, ele é a pessoa mais adequada para fazê-la entender que não deve se matar por causa de um namoro que não deu certo. E não compensa você ficar com ela por pena.

    • Gaia

      Não acho que dá para dizer apenas pelo relato dele se ela tem ou não problemas psicológicos. Pode ser que sim, pode ser que não. Muitas pessoas dizem isso apenas para segurar o outro. Tenho uma amiga que fez isso (quando tinha por volta de 21 anos), ela mesma me disse que na época nunca pensou em se matar, mas dizia isso para prender o namorado a ela. (E como a Luiza disse, hoje sente muita vergonha disso).

      • Stanley Lewis

        Exatamente, é algo que a pessoa acaba se arrependendo depois.

      • D. F.

        Pode até ser isso, mas uma vida não é algo que dar pra arriscar e dizer que é só chantagem.
        Obrigado pelo Conselho!

        • Gaia

          Vc é boa pessoa. Está mais preocusado com ela do que com vc. Espero que dê tudo certo e te desejo muito boa sorte!

          • mas se preocupar com ela é uma forma d se preocupar com ele tbm
            estamos todos interligados: se ela se mata é ele q fica…
            eu ao menos penso assim e ele parece ter uma linha parecida com a minha o.o

          • Gaia

            Então, para mim, ele não tem responsabilidade sobre o que ela deseja fazer com sua vida. Ele pode tentar ajudar, mas ao fazer isso está tb tomando para si uma responsabilidade que não lhe cabe. É bonito? Sim, é até mesmo altruísta (apesar de que alguns podem dizer que ele só quer livrar a própria consciência).
            Mas acredito que quando uma pessoa resolve se matar, a culpa nunca é de uma pessoa específica, essa não é uma decisão que vc toma racionalmente ou motivada por uma única razão, como eu disse, isso é apenas a última gota que enche o copo. E vc não tem como assumir a responsabilidade pelas decisões do outro.

          • mas isso é oq vc pensa racionalmente
            oq ele pensa é q por mais q não seja culpa dele, ele se sentirá culpado

            o ser humano não é tao simples assim d: “olha racionalmente é isso” e ai ele vai la e acredita. Não, não é assim

            infelizmente
            vc tá falando q VOCÊ não se sentiria culpada, mas ele – assim como eu – se sentiria, mesmo sem ter culpa . Sim, se sentir culpado mesmo sem culpa em tese kkkk

            e sabe pq? Pq ele achará q poderia ter feito mais e q mesmo q cada ser humano tenha nascido sozinho, estamos interligados e não rola abandonar uma namorada d anos “só pq se ela quer se matar problema é dela e ela q fique se fazendo d vitima pra la”

            bem, ele ta aqui pelos comentários e pode explicar melhor a respeito (inclusive se entendi bem kk)

            e concordo, é um pouco d altruísmo, mas um pouco d pensar em si tbm. Normal e humano

          • Gaia

            Na verdade, não estou nem pensando racionalmente, nem pensando no que ele sente. Estou pensando na posição dela.
            Sou uma pessoa que já decidiu pelo suicídio mais de uma vez, e que já fiz até terapia em grupo por isso, falando com pessoas que ou tentaram ou tiveram parentes que tentaram. E o que vi foi o mesmo que eu sentia: não era falta de amor pelas pessoas queridas, não era culpa das pessoas próximas. Na verdade, a culpa que as pessoas próximas sentem vira um peso, que nos obriga a tentar aguentar para que elas não tenham que lidar com essa realidade. E dói. A dor interna de quem chega a decidir isso é difícil descrever e lidar tb com a culpa que os outros sentem não ajuda nada.
            Quando digo “não tome responsabilidade por uma decisão que não é sua” o faço pq é isso que eu adoraria que minha família entendesse.

          • mas vc se fez d vitima como ela se fez? Ela parece ser bem criança nesse aspecto, não parece mesmo ter sido como vc, apesar d terem o ponto em comum da depressão

            e outra, mesmo se fosse, vc NÃO se matou, mas e quantos(as) se matam? É tudo muito complicado

            mas claro q pode ser q ela nem faça nada kkkk, ainda mais agora q felizmente está procurando ajuda. Agora o leitor foi solidario e fez a parte dele, mas claro q ele poderia pensar no “racional do problema é dela”

            e na boa? AInda bem q nao pensou kkkk

            É claro q nao podemos viver a vida do outro sempre e pra sempre, mas achar SEMPRE q a vida do outro nao tem nada a ver com a nossa é um ponto q faz a sociedade ficar cada vez mais fria
            agora claro q mais uma vez, ele não pode, e nem deve ajudá-la pra sempre.

            é q nem a gente pensar nos casos aqui do site “uai problema é d fulana se arrumou um traste” ou problema é d ciclana q virou puta e nós nem precisamos opinar, visto q não temos nada a ver com isso (em tese.

            No fim cada um se sente bom fazendo oq pode, se oq vc pode é x e oq o leitor pode é y, q ele faça o Y e seja feliz

            Quanto a ser ou não um peso

            1- a vida é assim mesmo, não é só flores para nenhum d nois
            2- Dependendo da pessoa, ela tb fica feliz em poder ajudar, não é “só um peso”. Se fosse assim esse site seria um peso pra mim, mas é minha alegria
            3- vida a dois é alegria e tristeza. Não gostaria q me largassem quando algo for problema meu, gostaria q lutassem um pouco mais por mim , ainda q claro, tudo tenha um limite e depois tenha q caminhar sozinha
            4- Me espanta vc ja ter passado por isso e estar sendo pratica assim, mulher kk. Vc mais do q ninguem sabe q essa questão passa longe d ideias racionais

          • Gaia

            Não posso dar certeza, mas faço o possível para não me fazer de vitima. E me esforço mais ainda para que ninguém se sinta culpado ou responsável.
            Não, não me matei pq sempre voltei atrás ao pensar que não era justo jogar essa culpa em cima das pessoas que mais tentam me ajudar. Mas invejo um pouco os que conseguem, por mais egoísta que isso possa soar.
            Queria que as pessoas entendessem que não tem responsabilidade nessa decisão pq acho isso um peso muito grande para carregar. E, quem sabe, isso me livraria da culpa tb?
            Mas querer que entendam isso não é ser contra a empatia. Acho que empatia é algo fundamental e que o mundo seria um lugar bem melhor se a empatia fosse exercida por todos. Só que ter empatia não é pegar para si os problemas e as responsabilidades alheias, é tentar entender, se por no lugar do outro e ajudar no que puder. Se ele pode e quer ajudar, acho isso ótimo! Só não acho bom ele se sentir obrigado a isso ou se culpar caso não obtenha bons resultados.
            Mas racionalizando confesso que não tenho muita paciência com quem usa o suicídio como chantagem. Talvez por saber o quanto esse assunto é sério minha vontade imediata é a de não me importar, dá um pouco de raiva.

            Quantos aos pontos que vc destacou:
            1 – Não acredito numa vida que seja só flores, não acredito que exista algo no mundo que seja só flores. Tudo tem seus lados e momentos ruins. Faz parte e temos que aprender a lidar com as pedras no caminho sem deixar de ver e apreciar as flores.
            2 – tb acredito que muitos ajudam pq querem, que ser ouvido é uma grande ajuda e que às vezes precisamos muito de uma opinião de fora. Só que ajudar no que der nem sempre dá resultado e aceitar isso é importante para a própria saúde mental.
            3 – nada a acrescentar =)
            4 – hahaha eu sou uma pessoa que racionaliza muito as coisas. Foi isso que me fez aguentar até agora então continuo me agarrando nisso.

          • e vc irá conseguir
            na verdade, já tem conseguido

          • D. F.

            Gaia, Obrigado!

    • D. F.

      Stanley, amigo, Obrigado pelo bom conselho!

      • Stanley Lewis

        de nada!

  • mariana cobra

    Olha moço, essa é uma questão extremamente difícil e refleti bastante antes de dizer aqui que discordo da Luíza quanto as soluções para evitar o suicídio da moça.

    Quero deixar ressaltado que NASCEMOS SÓS e MORREREMOS SÓS.
    Primeira lição budista é compreender o “levantar-se sozinho”, todos os males e tbm as vitórias são causas diretas das nossas ações, não existe responsabilizar terceiros. Então se a sua namorada resolver se matar a decisão será só dela e vc não pode fazer muita coisa para evitar isso sem que vc vire escravo emocional dela.

    Compreenda que vc é senhor da sua história e livre para decidir o que fazer da vida. Portanto, é direito seu chegar nela e explicar com decência que os seus caminhos tomaram rumos diferentes e vida que segue.

    Agora ficar rodeando, comendo pelas beiradas e fazer TODOS esses preparativos é um tanto quanto demais para um namoro a distância. O sofrimento faz parte da vida e não cabe a vc ensinar a moça a superar o término de um NAMORO.

    Ela não perderá um filho. Veja bem. Veja quão refém vc se tornou da chantagem emocional dela e não sei até que ponto vc gosta de tamanha dependência.

    Fui escrava de chantagem emocional a vida inteira e se eu me permitir volto a posição e quando menos esperar estarei novamente convivendo com a culpa pelo sofrimento alheio, então o meu conselho é: seja honesto e termine. Arranque o curativo de uma vez e nada de ficar pagando de psicólogo pra ajudar a moça a te superar.

    TERMINE E SUMA, pq quanto mais vc impor a sua presença, mais será difícil para ela superar, esquecer e seguir em frente.

    • eu entendo seu lado Mari
      mas é q vc parte do pressuposto que ela NÃO irá se suicidar

      já eu penso como o leitor: E SEEE ela se suicidar? Ele ficaria com a culpa pelo resto da vida

      No fim, ele está preocupado com o psicológico dele, ainda q claro, se preocupe com ela tbm

      se eu tivesse certeza q ela nao iria se suicidar o conselho seria bem diferente

      • mariana cobra

        Não Lu, eu parto do pressuposto dela suicidar-se. Eu convivo com essa faca de dois gumes há anos e hoje entendo que perdi tempo pensando na atitude de terceiros e convivo muito bem com a possibilidade do E SE.
        Mas como diz meu pai SE não existe e temos que conviver com a realidade e encarar de frente os problemas e a vida, ou melhor, ele diz que plantou uma plantinha de SE e nasceu frutos do TALVEZ.

        Então, SE acontecer eu estou tranquila no meu coração e sei que cada ser humano é responsável por si.

        Um exemplo prático: Meu primo esteve na mesma situação desse moço e sabe o que houve? Ele terminou depois de muita chantagem emocional, a moça recomeçou, passou por mais N problemas e devido a depressão, não conseguiu superar seu próprio carma e se matou.
        Ele ficou triste (óbvio), mas a vida seguiu e ele entendeu que a responsabilidade nunca foi dele, pois a escolha sempre foi DELA.

        Veja só. Quantas pessoas passam por coisas horríveis na vida? Muitas, como o vinho se tornam melhores, mais fortes e sábias. Outras, estragam e tornam-se vinagre, amarguradas e vivem num estado de vida muito inferior.

        Portanto, o que digo é: vc é responsável até determinado ponto e o ponto dele é ser digno, decente e honesto. Só, tudo que for além disso é com ela.

        • Friamente pensando eu concordo pq se a pessoa é “fraca” não é culpa nossa e não podemos chorar sempre a dor d terceiros. Porém, eu não conviveria bem com isso nem se tivesse 100% d certeza que nao era culpa minha.

          Eu tbm tenho um truama forte pq no colégio uma pessoa realmente se matou por causa disso. Era o namorado d uma colega q amanheceu enforcado. Se não me engano ele ainda escreveu uma carta dizendo q “era culpa dela” antes d se matar

          Ela sabia q nao era culpa dela? Sabia
          porém, teve q fazer terapia por muito tempo e como perdi o contato, nao sei se conseguiu ser a mesma.

          No fim, vc está mais certa do q eu, mas como sei q tenho a mente meio fraca pra essas coisas….

          • mariana cobra

            Realmente, vc conhece como a sua própria mente funciona e seus limites, porém, vc não pode saber (tomara que nunca descubra) se realmente é forte ou se um momento terrível como esse seria capaz de lhe fortalecer ou destruir.
            Contudo, virar escrava emocional e ficar eternamente presa a outra pessoa, não vale a jornada, pelo menos não pra mim.
            A vida é um presente e curta demais para vivermos a vida alheia.

          • mas ele não virará escravo emocional dela, só a ajudará com terapia
            porém, se ao fazer todos os itens não der em nada, aí sim ele terá feito 100% da parte dele (isso se ele tiver a mente mais como a minha, não como a sua q é mais prática e concisa kkk)

          • mariana cobra

            Ahhhhh esqueci de dizer tbm.
            O suicídio motivado pelo fim de um relacionamento é a última cartada que uma pessoa egoísta/abusiva e que vive no estado de inferno tem para levar consigo mais um e não ser a mesma é consequência da vida…
            Te pergunto, vc é a mesma pessoa que era há 10 anos atrás?

          • Com certeza a menina é abusiva, mas ela está doente tbm e eu tbm não me sentiria bem em abandonar um namoro d 5 anos “só pq o problema é dela”
            Porém, tem q ter consciencia de que ele tentará ajuda-la, porém, se ela não seguir NENHUM dos conselhos dele, eu no lugar dele ja cascaria fora pq teria feito a minha parte
            dai entra a questão do limite de cada um: oq seria fazer a nossa parte?

            Se pra ele for fazer “x”, que faça esse “x”. Se for “y”, que faça esse “y”

            Cada cabeça é um mundo e nesse caso acho q todo mundo tá certo

            se na cabeça da Mariana Cobra ela pensa como vc, ela está certa e é cair fora

            Se na cabeça dele ele acreditar q dá pra ajuda-la um pouco mais, ele ajuda um pouco mais

            porém, tem q ter consciencia d q ela é abusiva e ele não poderá viver assim eternamente, isso é fato

            só sei q acho q no fundo nem vc é tão pratica quanto diz. Vc parece ser mó coração mole da casca dura kkkkkkkkkkkkkkkkkk

          • Jps

            Sinceramente eu não sei o que eu faria, nunca estive numa situação assim.

            Mas provavelmente, eu tentaria acabar com as coisas de uma forma mais calma, porém rápida. Eu sinceramente não ia ter muita paciência com alguém que iria querer me manipular com chantagem. Provavelmente meu carinho pela pessoa acabaria e o motivo para terminar as coisas bem seria só para manter minha sanidade mental, rs

            Mas quem sabe né. As vezes também sou manteiga derretida.

      • Gaia

        Se ela o fizer, será horrível, claro, e ele tera que aprender a viver com isso e superar, mas ele tb não pode se culpar pelas escolhas dela.
        A culpa não é das pessoas próximas. Sei disso pq já tive muita vontade de me matar e da mesma forma que as pessoas ao meu lado não conseguem fazer a vontade passar, não são elas que a criam. São várias coisas e muitas não estão no nosso controle. Um namoro rompido pode ser a última gota do copo, mas não enche o copo sozinho.

        • acabei d mandar um comentario sobre isso pra Mari

      • D. F.

        É exatamente isso Luiza!

  • Gaia

    Termine com ela. Vc não gosta mais dela, nem quer estar com ela, sendo assim, continuar não é certo com nenhum dos dois. É horrível ter alguém que só está do seu lado por pena, é horrível ser obrigado a continuar cm quem não se ama.
    Ela disse que vai se matar? Deixe claro que isso não mudará seus sentimentos, não fará com que volte a gostar dela, nem o trará de volta. Pode até ser que a ameaça seja verdadeira, mas o que vc pode fazer para ajudar é comunicar alguém próximo a ela (não acho que os pais dela sejam uma boa, pois se já o tratam como o marido dela, é pq é isso que eles querem).
    Vc não está pondo uma arma na cabeça dela, não resta obrigando-a a isso e não pode deixar de viver por outra pessoa, seja quem for.

  • M Holmes

    Aqui temos um caso de uma linha tênue onde não se sabe se a sua namorada está depressiva ou está fazendo chantagem emocional para que você não a deixe.
    Primeiro, leia muito sobre depressão e relacionamentos abusivos e veja em qual destes padrões ela tem o maior indício de ter (claro que vc não deve fazer um diagnóstico, mas isto serve para vc poder entender a situação e saber a melhor forma de agir). Se perceber que ela tem maiores indícios de depressão, siga os conselhos da tia Lu. Agora se ela tiver maiores indícios de pessoa manipuladora/abusiva, não tenha medo de terminar e cortar todos os vínculos com ela, pois uma das principais características desse tipo de pessoa é utilizar de chantagem emocional para continuar tendo o controle sobre o seu/sua “amado/a”. Lembrando que, neste último caso, normalmente só ameaçam e no máximo vão ter um “piripaque” nervoso sem grandes consequências.

    • D. F.

      M Holmes, obrigado pelo Conselho amigo!

      • M Holmes

        Espero que consiga resolver isso da melhor forma possível, abraços!

  • Rodrigo Silva

    Eu já passei por uma situação parecida. Eu terminei assim.mesmo e ninguem morreu. Mas cada um é cada um. So conversando bastante com ela mesmo.

  • Marcio Valadares

    Kkkkk ok,,,
    Mais uma história q não me desce na garganta …primeiro acho q ninguém fica 5 anos namorando a distância .435 km???
    Para a traição come solta ai .
    Segundo que ela já tem outro mais sente a mesma coisa q vc só amor de amigo e nao quer perder a conversar por skipe .
    Terceiro vc já Ta com outra e finge que namora com alguém e veio conta essa história pra boi dormir .
    Vms aprofundar e postar coisas reais aqui site bacana e tudo fica caindo nessas mentiras .

    • Gaia

      Estou com meu namorado há pouco mais de 3 anos, mas o conheço há quase 11. Quando o conheci ele havia acabado de começar a namorar uma moça de Presidente Prudente (sendo tb ele de São Paulo, são 570km). E eles ficaram juntos por 6 anos!
      Acredito quando ambos dizem terem sido fiéis nessa relação. Namoros a distância podem ser longos, apesar de obviamente não ser fácil.

  • Monalisa

    é uma situação delicada… no entanto eu terminaria. Como já foi dito fale com os familiares dela, e leve alguém de foram, um amigo, ou uma pessoa que confie bastante para servir de testemunha, de que você tentou se comunicar com a família e com ela e tentou de todas as formas evitar que a menina se matasse. Sugira um psicologo e de todo apoio mas a distância.
    Se ela se matar vai ser muito triste, mas você não pode se responsabilizar por isso, você tem sua vida a seguir.
    Mas caro leitor, agora vou puxar sua orelha. Namoro a distância é difícil de dar certo! Ficaram cinco anos da vida de vocês namorando dessa forma, e você ainda enjoa da menina? Realmente você não gostava dela, imagina se vocês se vissem toda semana? não ia durar um mês! Pelo andar da carruagem, antes de completar os cinco anos acho que você já não queria mais nada com ela, e só foi levando para frente ou por pena, ou por medo de ficar sozinho (e ela estava disponível), ou porque agora você já arranjou outra pessoa. De qualquer forma, tome cuidado com o sentimentos dos outros, isso não é brincadeira. Alguns homens adoram levar a relação com barriga por preguiça, ou medo de dar um ponto final. Não deixe as coisas virarem uma bola de neve, se não esta satisfeito, fale, vai doer na pessoa? vai sim, mas é necessário. Tenho super agonia de quem enrola os outros, porque temos uma expectativa, e perdemos tempo com isso. A vida é curta amigo, sem enrolações please.

    • Hadassa

      clap, clap< 3

    • mas tem gente q “enjoa” mais com a distancia do que com a proximidade
      as vezes se a visse todos os dias poderia se apegar mais, será q nao?
      Mas enfim, já foi kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Hadassa

    Olá, amigo leitor fiquei dois dias lendo e relendo a sua história e até escrevi no papel para analisar profundamente o seu caso desde que conheci o site da Lú foi o que mais me impactou dos mais fortes pra mim até agora aff. Primeira coisa namoro a distância já é um relacionamento difícil e complicado por estar longe quilômetros da pessoa vê uma psicóloga falar que esse tipo de amor pode ser projetado quase sempre as bases ilusórias e fantasiosas tipo ser no começo interessante mais depois essa relação gerando expectativas quase sempre um dos participantes disso ou ambos se decepcionar não era aquilo que imaginava daquela pessoa.
    O pior lendo o seu depoimento sabe o que me pareceu ter iludido essa moça o que me deu a entender posso estar errada ela era virgem né? Eu dou minha cara a tapa que ela era né? Aff Por isso canso de falar a minha opinião sobre isso as moças virgens principalmente aquelas que querem viver um amor verdadeiro e sincero um só amor para toda vida meu conselho aqui sempre e abraçar a “castidade” e se preservar e se guardar até o seu dia do seu casamento.
    Agora já era né coleguinha vc ficou arrastando esse namoro 5 anos como todo homem vcs sabem separar as coisas amor e sexo vcs podem não amar mais e estar afim da pessoa e só ficar com as mulheres para ter “sexo garantido” por algum tempo aposto que no 2 ano de namoro vc já devia ter enjoado dela porque? Tú já tinha conseguido o que “queria” na realidade nunca amou essa garota você só queria pegar a virgem essa foi a sua motivação e realidade. Agora seja homem e senta com pais dela e fala verdade que não ama mais a filha deles e quer terminar coisa vc já devia ter feito a muito tempo não ficar enrolando e iludindo dando esperança a entender a moça e família da mesma que a relação dela com vc teria futuro rumo ao casamento quando eles falavam para outras pessoas que vcs já eram casados e que vc praticamente já é esposo dela aí já tinha que ter sinalizado a eles para os mesmos ACORDAR não sogros nós só somos namorados que eu me lembre não levei a filha de vcs para o altar da igreja e nem para cartório no civil .
    Porque deu para entender o namoro de vcs não foi algo escondido e totalmente público aos olhos da sociedade(pais, amigos, vizinhos, conhecidos) ao contrário os pais dela estão cientes de tudo que ela faz tipo de família que é conservadora que paga de moderna que mais querem vê a filha casada mais ao mesmo tempo entram contradição permitem e liberam abrem a casa deles como fosse “motel” para que suas filhas e filhos levam para seus quartos e façam sexo com seus respectivos namorados(as) fora do casamento.
    Agora rapaz seja homem com H e marca para conversar com os pais dela sozinho sem ela é fala a real que vai terminar com a filha deles porque vc não ama mais e não é justo para ela e ti continuar esse namoro. Eles tem direito de saber como está o estado emocional da filha deles que a mesma parece estar numa profunda depressão pelo fato de vc já ter dito quer terminar e que ela falou algo grave é perigoso isso muito sério não é uma brincadeira: SE EU DEIXAR ELA SE MATA que vê grau ela não tá bem e que não pode ficar sozinha e precisa apoio deles(pais) e quem tá próximo e levá-la ao médico psiquiatra, psicólogo, terapeuta e que vc já viu que precisa terminar mesmo com ela e peça perdão a eles se de alguma forma pelas suas atitudes eles interpretaram outra coisa.
    Como vc entrou na porta da frente na casa da guria saia pela porta da frente não pela porta dos fundos seja homem rapá você precisa encarar os pais da garota sim senhor e falar tudo que eu disse aí em cima que tem que ser mesmo. Espero que vc tome isso como lição e não iluda mais nenhuma moça principalmente se ela for virgem ouviu quer curtir e ter sexo garantido vai ter com as outras moderninhas vai tchau. Ufa tava dois com isso entalado na garganta consegui colocar tudo pra fora definitivamente o seu caso me fez revirar dois dias pronto falei.

    • vc trata os casos com tanto carinho, queria te dar um abraço e obrigada por isso s2

      • Hadassa

        Aí Lú eu que queria te dá um abraço por ter demonstrado mais uma vez que não é só bonita por fora mais é mais bela interiormente. Vc mostrou mais uma vez a sua sensibilidade, empatia e um enorme cuidado para orientar esse rapaz uma situação dessa natureza não podemos ser tão indiferentes, frios, gélidos, egocêntricos, egoístas ao ponto de olhar para si próprio tipo assim dana-se ao bem estar e a vida do próximo(a) sabe aquele desprezo e pouco caso. Foi caso eu até rezei para vida desse rapaz e da moça para me iluminar e me clarear tbm para eu lê nas entrelinhas a história dele direitinho para eu poder aqui da minha real opinião.
        Eu me senti muito mal mesmo com a história mais vou te confessar Lú eu me senti mais mal me recuso a te dizer mais acho que você me entendeu aff.

        • vamos nos abraçar ainda esse ano, não vamos? s2

          • Hadassa

            Porque não? Espero que sim devo comprar seu livro antes quero autógrafo seu Luiza. A propósito Lú gostaria muito que o leitor desse caso retornasse para dar notícias o caso dele me preocupa bastante e saber como foi términio com a moça e a conversa de enfrentar os pais dela e alertá-los para a gravidade do estado psicológico da sua filha e espero que ele tenha lido as nossos conselhos e siga. Oremos!!!!!!

          • Então, geralmente o processo q fazem é ter o livro e aí quando me encontram eu autografo pois seria inviável fazer o contrário, sabe? +(

            a nao ser q a editora fizesse algum esquema d pre venda, mas acho que na pre venda terá apenas a vantagem d ter o livro antes de todo mundo

            só q se a gente pretende se conhecer, irá dar certo do mesmo jeito salinda s2

          • Hadassa

            Estou doida para comprar seu livro Lú não vejo a hora de adquirir. É o seu e da biografia do médico cirurgião Ben Carson espero encontrar os dois na mesma livraria que sempre compro.

          • mas quando não encontra basta pedir para um vendedor q ele traz. Muita gente não sabe disso e aí fica sem o livro
            sem contar q Saraiva e essas livrarias grandes online são totalmente confiáveis s2

    • D. F.

      Olá Hadassa!
      Perdão, não quero ser injusto com sua preocupação… Mas acho que vc acabou narrando uma outra história e não a que relatei… Se fosse algum desses casos, eu não teria pq esconder os fatos… Acho que eu seria um covarde se abandonasse ela nessa situação e não um “home com H”… É um VIDA amiga não é uma coisa que dar pra arriscar!
      Obrigado pelas orações!

      • Hadassa

        Desculpa leitor só dei a minha opinião sincera pelo que eu senti e entendi da sua história não sou dona da verdade fiquei feliz por vc ter retornado aqui para dizer como anda as coisas. Mas ainda acho que você deve sentar e conversar com os pais dela falar o que tá rolando acontecendo com a filha deles que vc já está levando ela aos profissionais para se tratar porque ela tá com problema psicológico pode tá num quadro de depressão disse que se você terminar com ela a mesma se mata.
        Tem que existir transparência, sinceridade, verdade fala para os pais dela que vai terminar com a filha deles e que pelo bem seu e principalmente dela o melhor ela já se acostumar e desvincular de você aos poucos e deixar agora os pais dela cuidar e dá assistência a mesma e tú seguir o seu caminho no meu vê deve parar de alimentar ilusões na garota e da família dela que acha que relação de vcs vai dá casamento.

        Continuarei com a mesma opinião rapaz não é justo nem com vc e nem com ela continuar esse namoro se você já não sente mais amor por ela pra vc sentimento acabou relacionamento amoroso só deve continuar quando as duas partes está feliz e ama e quer ficar com a pessoa que está ao lado. Jamais devemos ficar com alguém num relacionamento afetivo por pena ou consideração a única motivação que um casal para estar junto por AMOR. Boa sorte!!!!!!!!

  • D. F.

    Olá, Luiza!
    Obrigado pelos excelentes conselhos, vou seguir o que vc propôs. Em relação a terapia, já consegui e ela já fez duas sessões, está bem melhor emocionalmente… Não posso abandonar ela assim, me sentiria culpado por resto da vida… por isso darei todo apoio necessário… Seria excelente se me apaixonasse por ela novamente, será possível?
    Mas bem, como disse, vou seguir seus conselhos e dar o apoio que for necessário, afinal, não há nada mais valioso que uma vida… se não há amor, ainda há um grande carinho por ela.

    • não se preocupe em amá-la novamente e nem dê esse tipo d esperanças pra ela (vai q nao rola ai vc vai passar por tudo d novo?)
      no mais, boa sorte!

      • D. F.

        Novamente, Muito Obrigado Luiza!
        Vou colocar em prática todos os conselhos que me passou!