Eu me entrego demais nos meus relacionamentos e nunca recebo à altura!

39

Leitor: Olá, tenho 20 anos, estou cursando o penúltimo ano de direito e namoro uma garota há aproximadamente 8 meses. Ela tem 19, acabou de entrar em uma faculdade e se mudou para uma cidade próxima a minha. Sou uma pessoa ciumenta, desde o meu último namoro percebi algumas atitudes em mim que não são legais, e desde então tento mudar minha postura para poder agradar as minhas parceiras. Porém, cometi um erro com essa atual, desde o inicio do relacionamento eu me joguei de cabeça (assim como eu fiz com minha ex) e acabei sofrendo demais, brigando demais e não sendo correspondido da maneira como eu esperava.

Não sou um cara feio, sou educado e tento ao máximo ser uma pessoa melhor com meu próximo, inclusive com ela… trato ela da melhor maneira, sempre mando mensagem, ligo, tento resolver os problemas quando surgem e peço desculpas muitas vezes quando nem me acho errado só para tentar passar por cima e tentar ser uma relação em que eu e ela nos damos bem..

Infelizmente isso não é tão recíproco da parte dela, raramente ela me liga (se me ligou 5x durante o namoro foi muito.. e eu sempre ligo, às vezes para conversar, às vezes com saudade.. sei lá, sinto uma necessidade de conversar com ela e também de receber isso..) e normalmente quando brigamos ela me trata de uma forma muito mal, fica extremamente seca, não procura nem nada.. Eu a amo muito e os nossos momentos juntos são muito bons, tanto pra mim quanto pra ela.. Eu vejo que ela curte esses momentos comigo, sinto que ela esta envolvida e tudo.. porém, quando nos separamos eu sinto ela uma outra pessoa.. o que eu posso fazer? Não queria terminar, eu gosto muito dela e estou indo em um psicólogo para melhorar esses sentimentos negativos que me assolam algumas vezes.. eu tento não ligar, não mandar msg, não procurar para que ela me procure mais, mas acabo ligando ou mandando msg.. Agora com essa distância entre a gnt devido aos nossos cursos ficou mais complicado ainda.. parece que ela faz dessa distância mais um jogo para me fazer ciúmes.. some durante 4 horas, não manda mensagem, não fala onde foi.. me dê uma orientação, agradeceria muito para poder melhorar minhas atitudes com ela, muito obrigado desde de já!

Eu me entrego demais nos meus relacionamentos e nunca recebo à altura!

Se você está indo ao psicólogo e mesmo assim procurou o site, experimente trocar de psicólogo ou fazer consultorias práticas como as feitas aqui + o psicólogo. Acredito que, como o seu problema envolve muito de autoestima+emocional, você precisará fazer um combo por um tempo, mas ainda assim tentarei aliviar seu coração com esse post aqui.

Você dá demais e quer receber demais. O que acha de, a partir de hoje, dar menos e esperar menos? Ou fazer a teoria do politicamente correto do dar sem esperar absolutamente nada em troca? rs.

Você não faz tudo que faz por ser um grande homem, mas sim por ser carente ao ponto de sempre querer dar um jeito da pessoa ficar “o tempo inteiro contigo”, ou ao menos “sob o seu controle”. Nisso você acaba confundindo “sua presença” e o fato “de querer estar sempre mostrando serviço” como algo bom – enquanto na verdade, é apenas o reflexo da sua insegurança e do seu medo de perder e de ficar sozinho, entende?

Sua família te dá atenção? Você tem muitos amigos? Por que será que você é tão carente? Se é que você assumiria que é carente. Enfim, pense com carinho a respeito disso. Sem contar que, se você faz questão de dizer que ela está muito envolvida e também adora a sua companhia, tá com medo do quê, garoto? Tá procurando pelo em ovo na cara dura mesmo? rs.

Ou será que você não acredita de verdade nisso? Ou ao menos assumiria que é você que está com probleminhas na cabeça e que. se é assim, tem que se tratar e esperar mais de você mesmo, não dela? Lembrando que, se nem você mesmo se curte ao ponto de gostar da sua própria companhia, fica mesmo complicado querer uma atenção da moça que nem você mesmo se dá.

E como assim você fala que “ela some durante 4 horas”?! 4 horas não é nada, pelo amor de Deus, homem! Pare de ser chato kkkkkkkk.

Sabe por que ela nunca te liga? Porque por mais que você “faça jogo”, sempre acaba ligando antes. E sabe por que que quando vocês brigam ela não te procura? Porque ela já tem certeza que você está na dela e que “precisa” dela. Enfim, nem precisa avisar que isso é péssimo…

Tô pedindo pra você ser escroto e ignorar a moça? Não! Tô pedindo pra não fazer nada por ela, nem ser gentil? Obviamente que não! Porém, só acho que você deveria fazer um pouco mais por você, entende?

Por que ao invés de ficar contando os minutos que ela sumiu você não vai jogar um videogame, assistir a um vídeo da Lu no Youtube (rs), ler o site (rs) ou qualquer outra coisa? Deixe a menina em paz e se dê essa paz, homem!!!

Todos nós temos que fazer a nossa parte quando o assunto é conquista, porém, não dá pra você fazer a sua parte infinitamente, concorda?

Deixe que ela tente te conquistar um pouco, deixe que ela corra um pouco atrás de ti. Ela também precisa sentir saudades e o saborzinho da conquista, sabe? E olha, nem chamo isso de jogo, mas de saber dar espaço pro outro. E claro, mostrar que você não é o bestão que tá sempre subordinado a tudo…. Se ela não for atrás, seja feliz e aproveite o momento da mesma forma, simples assim!

Se no fim nada disso funcionar, convenhamos que é porque ela já não te queria mais tanto assim…. E se ela não queria, você não irá se matar por isso, irá? rs.

Quando for pensar em ter recaídas, lembre-se que, quanto mais você forçar, menos ainda ela irá te querer. E que SE você tiver uma chance mínima de reverter, será dando um tempo pra ela.

Confie um pouco mais na vida, nem que você precise de ajuda psicológica extra pra isso.

Lu

Assista ao vídeo sobre o medo de ser traído. Não é o seu caso, mas a lógica final é a mesma!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Tha

    Olha, pra mim existem duas possíveis explicações para o que está acontecendo:

    1) Ela não gosta de você tanto quanto você pensa – e talvez por isso você, por gostar muito dela, acabe “forçando” em partes uma situação que, por saber que se deixar esse pássaro voar, ele vai mesmo embora.

    2) Vocês são pessoas de ritmos diferentes de relacionamento (o que é extremamente comum de existir, afinal, nenhum é exatamente igual ao outro), e não existe problema nisso, só uma questão de entender melhor o outro, para saber o que esperar das atitudes de cada um. Como assim? Você gosta mais de ficar junto, parceria em tudo, da companhia e diálogo constantes, principalmente em desentendimentos – para os resolver logo. Ela, me parece gostar de um espaço (pelo menos maior que o você) e, quando nas brigas, prefere dar um (micro) espaço (afinal 4 horas é pouco mesmo) para pensar melhor no que aconteceu/esfriar a cabeça/distrair. E ela não te procura realmente pq vc procura ela antes, e não dá tempo dela ir atrás.

    Minha sugestão? Converse com ela sobre isso. Fala o que te incomoda, mas dê um espaço, quando vir que ela precisa dele. Se ela gostar mesmo de você, vai tentar chegar num denominador comum (os dois tem que ceder um pouco no jeito diferente de se relacionar), caso ela não ceda, pense se vale a pena (por mais que ame ela) ficar com alguém que ou não gosta tanto de você para mudar, ou é bem egoísta (my way or the highway). E não se esqueça que essa idade de vocês é realmente a de fazer amigos, aprender a se relacionar no ambiente de faculdade/profissão, pq isso muitas vezes dita o seu futuro. Deixe que ela curta essa fase (sempre te respeitando), e tente curtir também. Vai entender melhor o espaço dela quando buscar o seu.
    Fique bem

    • esse site tem atraido mt gente maravilhosa, só isso q digo s2 s2

    • josè

      Gostei do seu raciocínio!
      Bom comentário.

  • Ana

    Lu, você conhece essa música do Projota?
    Lembrei dela nesse caso, acho que serve para todos. hehehe
    https://www.letras.mus.br/projota/1832852/

    • eu não sou mt fã do ritmo, mas as vezes ouço musicas dele justamente por causa da letra! kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      vou ver essa q não conhecia, obrigada s2

  • Rodrigo Silva

    Desaparecer por 4 horas?! Que universo alternativo é esse!?

    • e num é kkkkkkkkkk

      • Rodrigo Silva

        Hahahahahaha!

  • Secreto Silva

    Embora estejam zuando ao “sumiço de 4 horas” rs tem que ver melhor isso ae… some no sentido de desaparecer e não querer, por exemplo, falar onde estava?

    Isso somado ao resto… humm… sei não.

    • Jps

      É preciso ver que horas ela é some, né?

      Se for das 22:00 as 02:00 numa sexta-feira, o buraco pode ser mais embaixo, rsrs

  • Hadassa

    Amigo leitor a Luiza disse tudo sobre seu comportamento você é um homem carente que dos exemplares raros com esse problema porque esse mal acomete mais as mulheres por causa da estrutura ela é emoção e algumas que não conseguem equilibrar e equipar fazendo uso da razão sofrem pra caramba.
    A grande parcela dos homens não são assim oposto a estrutura são totalmente racionais e não emotivos com esse extremo entende. Ainda bem que vc já busca ajuda psicológica se não tiver evoluindo vc perceber que não melhora troca de psicólogo(a). Entenda uma coisa amor não é cobrança, controle, troca de favores, não é sufocando a outra pessoa é oposto disso tudo.
    Como acontece com as “mulheres carentes” os homens quando percebe que a mulher é carente ele já perde admiração consequentemente o desejo e a atração que os uniu quando se conheceram porque ninguém valoriza a pessoa que fica em cima o tempo inteiro sinônimo de algo fácil e enfadonho tipo perde a graça a beleza do negócio.
    Recomendo dois livros pra você “Namoro blindado a prova de coração partido autores: Cristiane e Renato Cardoso e esse outro livro que serve pra vc no seu caso por ter esse comportamento “carente demais” vc adaptar pra ti vc sendo o homem carente da relação.
    Porque os homens amam as mulheres poderosas? Um guia prático deixar ser boazinha e se tornar irresistível autora: Sherry Argov. Boa sorte!!!!!!

    • Franciele

      Penso que em relação a comportamento emocional, generalizar é um erro, exceto nesse caso, rs.

    • nossa esse livro é antigoooo babado nostalgia kkk

      • Hadassa

        Qual da Sherry? É da minha prima ela me emprestou kkkkkkkkkkkkkkk.

    • Monalisa

      Esse livro ” porque os homens amam as mulheres poderosas” ele é bom. Meu amigo me deu depois de me ver tantos anos encalhada. Muitas coisas desse livro são interessantes, outras é questão de noção mesmo. Tem mulher que não tem noções minimas de auto respeito e precisam descobrir com o livro.

  • Jps

    Meu amigo, você é MUITO carente.

    Você não “se jogou” no relacionamento, no sentindo de tirar as barreiras e levar a sua namorada a sério. Na verdade, você jogou toda a sua carência sobre ela em mensagens/ligações buscando apenas a reciprocidade e claro que isso está gerando problemas agora.

    Que nem a Luiza disse, não é para você começar a fazer joguinho, mas um pouco de mistério, um pouco de dúvida é sempre bom para um relacionamento desde que seja para os dois lados.
    Namoro/casamento é uma relação de parceria entre duas (ou mais, rs) pessoas e quando a balança começa a pender muito para um lado, não é saudável.

    Eu tenho pouca informação, mas o motivo dela não te ligar é porque ela sabe que você irá fazer. Sinceramente, quantas vezes você liga para ela num dia? E que tempo para você é o “normal” para ficar sem mandar mensagem?

    Tem pessoas que não gostam de ficar mandando msg o dia todo, e isso não quer dizer que ela goste menos ou mais.

    Tente focar mais na qualidade das interações remotas que vocês tem e menos na quantidade. Comece a procura-la menos e veja quanto tempo leva para ela te procurar. Se for preciso, espere até 2 dias e analise a resposta dela. Para ajudar na sua ansiedade, o ideal é dedicar um tempo maior a você fazendo alguma atividade, um curso ou algo que agregue na sua qualidade de vida.

    Obs: continue indo ao psicologo, não é demérito nenhum buscar ajuda.

    • “Você não “se jogou” no relacionamento, no sentindo de tirar as barreiras e levar a sua namorada a sério. Na verdade, você jogou toda a sua carência sobre ela em mensagens/ligações buscando apenas a reciprocidade e claro que isso está gerando problemas agora.”

      maravilhoso kkkkk

      “Obs: não só não é desmerito procurar ajuda, como arrisco a dizer q todos nós precisamos d um acompanhamento
      se eu fosse ricona eu teria altos profissionais, cada um para uma coisa kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • Jps

        hahahaha

        Opa, sem dúvida. No mínimo um Nutricionista, Personal trainer, Coaching de lifestyle, barbeiro particular e outros que eu descobrisse por ai, hahahahahah

        • ta ai uma coisa q nunca tive saco, personal pra academia
          isso me daria uma gastura enorme

          kkkk

          acho q iria querer uma cozinheira, outra pra arrumar looks pra mim, massagista (essa eu já to indo atrás como um mimo pessoal kkkk)etc kkkkkkkkkkk

          • Jps

            Eu sei que é chato alguém do seu lado te observando quando você ta na academia, mas o lado bom é que os ganhos ocorreriam mais rápido, já que você sempre vai estar fazendo o exercício de forma correta, rs

            Pode crer, cozinheira e massagista também seria algo foda, hahah…ta adicionado na minha lista, se caso eu ficar rico.

            Imagina chegar em casa e tiver uma mesa farta, com suco de laranja natural, pão de queijo feito na hora, suco de acai rs..e não ter que lavar prato depois, o mais importante.

          • Não sei, eu faço academia ha mil anos, não falto (só por doença ou job quando não da MESMO), ou viagens claro, e faço direito. Vou até quando chove ou to cansada

            mas eu peguei o habito. Se a pessoa nao pegar tem q ter alguem berrando na orelha mesmo kkk

            oq me mata é q como muito kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

            “Imagina chegar em casa e tiver uma mesa farta, com suco de laranja natural, pão de queijo feito na hora, suco de acai rs..e não ter que lavar prato depois, o mais importante.”

            falou meu sonho agora! kkk E ser comida japa só ligando o delicia!

          • Jps

            Sim, haha

            Tipo, eu já fiz academia em longas durações (tipo 1 ano e meio, 6 meses), mas atualmente to parado e só ganhando peso haha……Meu problema nem é fazer a academia e sim ir até ela.

            Vou te falar que não curto comida japonesa, porque não curto peixe. Mas churrasco, salgado de festa, pizza e lasanha “é nóis”, rs

          • 6 meses é longa duração? C nao gosta d academia mesmo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

            churrasco é bom tbm! kkk

            tive uma namorado q me levou numa churrascaria e ficou impressionado pq nao fazia miséria (acho q ele não quis me chamar de draga kkk)

            ele falou q era horrivel pagar caro pra mulherada comer salada. Só concordei e ri mt imaginadno o sandubão que elas não devem ter comido antes em casa kkkkkkkkkkkkk

          • Jps

            Claro, tem gente que paga 1 ano de academia e só faz 1 semana hahaha…. mas falo longo, porque é intercalado, 6 meses academia, 6 meses sem, 1 ano de academia, 2 meses sem e assim vai, rs

            hahahahah, eu também acho mó desperdício, mas pode ser por sorte ou azar, mas sempre sai com meninas que eram mais de boas em relação a isso. Não eram todas pedreiras, hahah, mas sempre comiam de boas num geral.

            E com certeza Lu, fome é algo universal e salada não enche, hahah

          • mariana cobra

            É só voltar a morar com mamis q nem precisa ser rico kkkkkkkkkkkk

          • Jps

            Você é uma mulher que sabe das coisas, hahahah

            Mas vou te falar que minha vó uns 10 anos atrás, era foda. Sempre tinha algum doce na casa dele, não importava o dia, rs…agora não mais, porque ela está muito velhinha.

  • mariana cobra

    Moço, só de ler seu relato eu me senti sufocada kkkkkkkkkkkkkk
    Fico feliz que esteja buscando melhorar com ajuda profissional, mas acredito que somente isso não basta.
    Continue a árdua jornada de entender como sua cabeça funciona e melhorar os aspectos que lhe trazem desconforto, tristeza e incômodos.
    Procure entender a singularidade de cada pessoa, pois pessoas possessivas, ciumentas e carentes tem esse tipo de comportamento em quase todas as relações.
    Entenda que cada um é de um jeito. Uns mais melosos e carentes, outros mais distantes e difíceis de se abrir a demonstrações de afeto.
    Entenda que não é pq a pessoa não te liga de 5 em 5 minutos que a pessoa te ama menos ou o contrário tbm serve. Vc não a ama mais por ligar e ficar nessa carência toda, isso só mostra que vc é inseguro.
    Cada um tem um jeito de amar e depende de vc respeitar o espaço do outro e entender as limitações suas e do próximo.
    Trago um exemplo: Eu sou melosa e demonstro carinho sempre que posso…meu marido é o oposto e no início do namoro ele tinha uma dificuldade imensa em demonstrar os sentimentos dele por mim…com o tempo ele se abriu, sentindo-se seguro na relação e sem medo de dizer o que sentia e eu “brincar com seus sentimentos”, e mais entendeu que eu PRECISO de afeto pra ser feliz, então, por me amar e me querer bem ele começou a moldar seu jeito de ser e hoje eu que reclamo de tanto melação kkkkkkkkkkkkkkkk
    MAS ainda assim respeito o jeito dele de ser e em público, restrinjo minhas demonstrações ao máximo, pois isso o incomoda pela timidez.
    Outro viés é a minha ciumeira. Com o tempo fui moldando minha impetuosidade e a teimosia do meu cérebro em pensar sempre o pior e consegui alcançar a tranquilidade que a Lú citou num vídeo…viver bem pelo tempo que for e se ocorrer o pior, lidarei da melhor forma possível, sem sofrer por antecedência.
    Boa sorte e siga os conselhos da Lú e se fosse vc pagaria por uma consulta particular pq seu jeito de ser vai lhe trazer mto sofrimento, pois vc espera que o outro haja como vc e isso é impossível amigo.

    • isso dava um tema ne?
      Tipo tem como saber quem ama mais? kkk
      PS: PRECISO de afeto pra ser feliz, então, por me amar e me querer bem ele começou a moldar seu jeito de ser e hoje eu que reclamo de tanto melação kkkkkkkkkkkkkkkk

      EU NA VIDA! Mas ainda não reclamei de muita melação, só quando to com fome pq ai me irrito se não der comida pra draguinha kkkkkkkkkkkkkkkkkkk Já sou motivo d piada ocm isso na familia kkk
      começo a ficar com cara d cu e já perguntam se é fome kkkkkk e é =~~~~~~~~

  • Stanley Lewis

    Leitor, é interessante ver que faz 8 meses que ela te aguenta kkkkkk, não sei como ela consegue, é muita pressão, esse tipo de coisa acaba sufocando os sentimentos dos outros, será que você gostaria que ela fosse do tipo que não deixasse nem você respirar?

    Quatro horas não é tempo suficiente para dizer que uma pessoa sumiu, e só porque vocês namoram, não significa que tem que conversar 24h por dia, se verem todos os dias e etc…

    Essa moça quase não te liga pelo simples fato que você não dá nem tempo dela sentir saudades, você não a deixa quieta, não a deixa em paz. Se quer cultivar uma planta, não adianta ficar jogando adubo e agua a cada 1h, tem que saber dosar os nutrientes para que a planta cresça, acho que o mesmo vale para um relacionamento.

    • M Holmes

      “Se quer cultivar uma planta, não adianta ficar jogando adubo e agua a cada 1h, tem que saber dosar os nutrientes para que a planta cresça, acho que o mesmo vale para um relacionamento.”

      Minha mãe sempre fez essa analogia da planta com a “manutenção” de um relacionamento e, através de minhas experiências e relatos de outras pessoas, percebi que isso faz sentido. E acredito que é isso que o leitor precisa entender, que amor deve ser dado em doses abundantes, mas de acordo com a planta na qual está cuidando. Mas nada que uma boa terapia e experiências de vida não possam ensiná-lo a ser um bom jardineiro.

      • Stanley Lewis

        É isso aí! o importante é estar disposto a aprender com os erros.

  • Franciele

    Leitor, como teu problema é de autoconhecimento, reescreverei teu relato, dispensando os eufemismos geradores de autoengano:
    “Olá, tenho 20 anos e minha vida é bem desinteressante, exceto pelo fato de cursar Direito; para tentar diminuir esse problema, decidi iniciar um novo relacionamento, mas o fato dela morar, em função dos estudos, numa cidade diferente tem me suscitado atitudes controladoras, afinal, sem ela minha vida é monótona. Contudo, não posso perdê-la de jeito nenhum, então tenho tentado mudar minha forma de agir, embora não veja a rigor nada de errado em um pouco de ciúme, ficando sem entender porque ela se incomoda tanto com meu comportamento.
    Vivo em função dela, meu dia só começa bem se mando mensagem e recebo resposta, somente consigo manter a motivação se ligo para ela durante o dia e, como nada mais preenche emocionalmente meu tempo, preciso inventar motivos para apenas ouvir a voz dela, mesmo quando fica brava comigo; nesses momentos, inclusive, peço desculpa mesmo não me achando errado,porque ter ela por perto é a única coisa que importa, mesmo que isso aconteça a custa de certo artificialismo, afinal, não existe casal perfeito.
    Ademais, isso é o melhor que posso conseguir na minha mediocridade, e, como nossos momentos juntos são agradáveis, funcionando como paliativos para minha vida vazia, preciso assegurar que ela não me troque por outro, mesmo que para isso precise impor minha presença, seja pessoal ou virtualmente, para que todos saibam que ela tem alguém. Fico mais desesperado ainda quando brigamos, e isso tem se tornado frequente, porque ela simplesmente me ignora por um tempo, e eu começo a pensar que ela pode conversar com uma amiga que a aconselhe a terminar, ou mesmo resolver retribuir a atenção de algum outro cara, pois com a distância física entre nós tudo é possível, e acabo a procurando afim de assegurar minha posição na vida dela.
    Gostaria de orientações sobre como controlá-la melhor, sem ficar tão evidente, visto que, só terei paz se souber todos os passos dela, mas preciso que ela não perceba essa intenção, ou passe a acreditar que isso acabou, tanto para evitar perde-la, quanto para poder observar melhor a conduta dela, afinal, toda pessoa vigiada muda um pouco seu comportamento.”
    Meu conselho é que tu ocupes tua vida, tem exame de ordem pela frente, tcc e etc, porque, da mesma forma como ocorre nas amizades, nos namoros as pessoas devem se procurar por terem assunto e pelo prazer de estarem juntosnão para cumprir as “obrigações de namoro”, porque isso torna qualquer interação cansativa; faça o exercício mental de imaginar um amigo ou parente te exigindo a demanda de atenção, mais voltada a quantidade que a qualidade, e perceba como te sente.

  • Denilson

    Meu querido eu acho q vc está confundindo carência com amor. É muito bonito essa coisa de ficar pensando no outro o dia todo, ligar à qualquer hora, atravessar a cidade pra ver aquela pessoa especial, mas isso funciona melhor em filmes de comédia romântica, na vida real todos nós temos compromissos, obrigações e uma vida além do relacionamento.

    Me parece q vc faz das suas relações a coisa mais importante da sua vida, se vc encontra alguém q é exatamente assim, ótimo, quando não encontra, acontece o q está acontecendo no momento.

    Ela poderia te ligar toda hora, te fazer surpresas durante toda a semana, e dizer q te ama com a mesma quantidade de vezes q eu digo ou penso que estou com fome, mas isso não seria uma prova de que ela realmente te amasse,cuidado pra não sufoca-la, o que ao meu ver, já está acontecendo.

    Tenha uma relação mais leve, com menos cobranças de atenção, preocupe-se mais com vc, com atividades do seu dia a dia, sinta saudades e ligue num momento oportuno.

    Bom que vc se jogue nas suas relações, isso é raro, mas não cobre atenção em troca disso, ser verdadeiro numa relação é obrigação, pelo menos de quem age com verdade, vcs tem um relacionamento, não uma simbiose.

    Boa sorte !

  • Eu tenho a solução para você amigo leitor: Consiga mais uma “namorada”. Quando bater a carência da oficial, você liga pra reserva.
    Você é só um homem viciado em mulher, você as quer a todo momento, eu ti entendo, elas são maravilhosas e viciantes.

    • anonima

      Não ia comentar, mais acho que muitos infiéis são carentes mesmo rs, de emoções , atenção, ou como eu estar sempre no jogo da conquista, flertes etc. Mais é uma fraqueza,e egoismo tbm; lembro de quando passei uma temporada fora, em uma cidade que eu não conhecia nada, e não tinha tempo pra tentar socializar, sem o calor humano diretamente em mim, foi dificil, me sentia muito vuneável, carente e só.

  • josè

    Leitor ,essa parte que a luiza disse : O que acha de, a partir de hoje, dar menos e esperar menos? Ou fazer a teoria do politicamente correto do dar sem esperar absolutamente nada em troca?

    Já é o começo para tratar essa carência que vc tem !
    Tb acho melhor vc trocar de psicóloga pq tem muito gente que só têm diploma e não é bom profissional,isso serva para qualquer profissão.

  • Maria Lins

    Olá pessoal, vim apenas tirar uma dúvida, bem… Nesta quinta meu namorado veio aqui em casa e mais tarde dps q ele chegou em casa e dps de uma conversa no wpp, eu propus dele vir aqui em casa no sábado, e ficar um pouco mais tarde (ele normalmente sai umas 18:00h,temos 16 anos então neh) pra gente pedir uma pizza enquanto ver um filme (seria a primeira vez q ele ficaria até mais tarde) ele aceitou blz, aí chegou sábado e fui perguntar pra ele se podíamos dividir a conta da pizza e ele disse isso q anexei logo abaixo , agora q esclareci a situação minha pergunta é, devo falar com ele no wpp falando q fiquei chateada e talz.. Ou devo deixar ele decidir falar comigo no wpp? (Obs:normalmente esse “tendi” significa q ele entendeu q fiquei chateada) (Obs2:mts vezes acontecem imprevistos assim dele vir pra cá mas sinceramente entendo, claro fico chateada na hora mas logo passa, fico mais chateada quando são coisas q eu estava planejando assim)

    Maria Lins: Boa tarde -w-
    Maria Lins: E..
    Maria Lins: Será q podemos dividir a conta de hj?
    Sr Maia: Kkkk
    Sr Maia: Boa tarde
    Sr Maia: Eu não tenho uma notícia MT boa não
    Sr Maia: Tem uma boa é uma ruim, qual quer?
    Maria Lins: Conta a ruim
    Sr Maia: Infelizmente eu tive q vir pra casa dá minha mãe, eu ia falar com vc ontem mas eu tava sem internet e só consegui botar créditos hj de manhã
    Maria Lins: Ah..
    Sr Maia: Ficou mt chateada?
    Maria Lins: Relaxa
    Maria Lins: Tô acostumada kk
    Sr Maia: Foi mal, na próxima eu aviso com antecedência
    Sr Maia: A notícia boa é q não vai precisar gastar dinheiro dividindo a conta cmg
    Maria Lins: Hm..
    Maria Lins: Bem, divirta-se
    Sr Maia: Tendi
    Sr Maia: Ok

  • vc tem carencia, não excesso d carinho como vc pensa
    procure ajuda s2

  • yunero nero

    Gostaria de fazer uma pergunta para saber a opinião de vcs no meu caso. Como eu faço ?