Moro com minha ex por não ter para onde ir, e ainda tenho esperanças de reconquistá-la!

21

Leitora: Boa noite, meu nome é C e me encontro numa situação completamente desesperadora. Moro atualmente na casa da minha ex. Ela terminou comigo há dois meses e meio, e nesse tempo minha vida, que já estava um caos, virou ainda mais de cabeça pra baixo.

Me encontro numa situação que sou obrigada a morar com minha ex, pois não tenho condições financeiras de me mudar no momento, a previsão para que eu consiga sair daqui é de no mínimo dois meses. Estou desempregada e dependo da ajuda financeira do meu pai, que no momento não tem como me ajudar. Acontece que eu tinha um relacionamento de cinco anos bem sólido, onde era sempre independente… de um momento pro outro as coisas começaram a mudar e minha vida deu uma reviravolta onde me vi obrigada a morar com minha ex-namorada. As coisas ficaram muito ruins e me vi dependente dela, e com isso nosso namoro foi esfriando. Minha depressão, desânimo e sentimento de inutilidade tomaram conta de mim e minaram meu relacionamento.

Bastou um período de 4 meses para que tudo se transformasse numa grande tempestade e minha namorada terminou comigo. Segundo ela, ela tinha que crescer sozinha, estávamos dependentes uma da outra, ela queria amadurecer e fazer coisas sozinhas. Além disso, disse que não era mais apaixonada por mim. Jogou tudo pro alto e está inflexível quanto a sua decisão.

Eu por outro lado, tenho convicção de que ela ainda me ama, mas sei também que ela se cansou da nossa relação de verdade e está fazendo de tudo para me esquecer e manter a sua decisão. Ao mesmo tempo, ela me diz que ainda não se encontrou e que não está feliz.

Eu ainda a amo muito e decidir lutar por ela, porque sei que vale a pena lutar por esse relacionamento que na maior parte do tempo, acrescentou, ao invés de diminuir. Moro com ela, a vejo todos os dias e assisto de camarote ela seguindo em frente, saindo, sei que está ficando com outras pessoas e até transando, o que me machuca demais. Me mantenho firme na decisão de recuperar esse amor, mas estou desesperada, pois não sei mais o que fazer, qual estratégia usar ( se é que eu já tive uma), e como me comportar diante disso tudo. Peço ajuda num momento de total desespero, de angústia, de esperança! Não tenho mais pra onde recorrer…

mulher pensando triste

Me encontro em uma situação em que sou obrigada a morar com minha ex“.

Minha amiga, nós duas sabemos que você não mora com ela porque “é obrigada”, mas sim porque quer reconquistá-la a qualquer custo. Nisso você fica se humilhando ao ficar “enfurnada” na casa da moça e assim ver se ela te nota e, quem sabe, muda de ideia.

Você não entende que o medo de perder é a melhor forma de perder alguém? Que não adianta nada se enganar e arrumar pretextos para não mudar de vida? Sem contar que assim: você diz que esse relacionamento mais te acrescentou do que qualquer outra coisa, mas e em relação a ela? Será que você acrescentou tanto assim? Vamos ver se revertemos a situação – ou ao menos a sua forma de reflexão – até a última linha desse texto.

Nós duas também sabemos que, em partes, você também está desempregada porque quer. Sei que hoje em dia está muitoooo difícil arrumar emprego, mas poxa, porque você não vende uns doces? Comida? Bolos? Sempre brinco que, se todo mundo sente fome e estamos na época da gula, só se a pessoa cozinhar terrivelmente mal que ela não consegue grana com isso kkkk.

E mesmo se não tivesse mesmoooo como você tirar uma graninha extra, por que você não volta a morar com seus pais? Ou racha as despesas com outra pessoa? Porque assim, do mesmo jeito que você divide a casa aí, você poderia dividir despesas com outra pessoa e sabe muito bem disso.

O primeiro passo pra você sair dessa é entender que as coisas acabaram porque ela perdeu a admiração por ti. E se é assim, ficar nessa de ser “o encosto chorão sem saída” só piorará cada vez mais a sua situação 🙁

Sua preguiça e comodismo estão visíveis, não estão? Também entendo que as coisas se tornam ainda mais complicadas de reverter quando estamos tristes. Porém, se você entender que isso fatalmente te levará a um lugar cada vez pior, ficará muito mais fácil lutar inclusive contra as suas forças e resgatar o pouco de dignidade que te resta.

Arregace as mangas e faça tudo ao contrário do que você está fazendo. Se você começar a se esforçar POR VOCÊ e pela sua saúde mental (sem necessariamente esperar que ela volte), fatalmente algo mudará – nem que seja encontrar uma gatinha ou ter dinheiro para te pagar um sorvete na rua, heim heim? rs. Agora, se você só pensar nela e só viver a vida dela, ficará mesmo difícil ser feliz.

E outra, se você tem tanta certeza assim que ela ainda te ama e só não fica contigo por causa desses seus defeitos, por que você não usa isso como um incentivo a mais para você fazer o que já sabe que deve ser feito? Eu no seu lugar faria minha melhor make, colocaria minha melhor roupa e me jogaria no mundo! Saberia que a dor não iria passar no primeiro dia, mas que, de tanto insistir, ela acabaria passando.

Por fim, quando você pensar em ter recaídas e ficar choramingosa pro lado dela, pergunte-se: Você amaria/admiraria alguém que age como você está agindo?

….

Você é capaz de fazer muito mais e sabe disso.

Boa sorte,

Lu

Assista ao vídeo sobre como esquecer alguém.

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • M Holmes

    Estando diagnosticada com depressão ou não, não adianta lutar por algo que já não existe mais. E eu entendo que está sentindo muito desânimo por estar nesta situação (estou passando por algo parecido), mas é preciso pedir ajuda de parentes ou amigos nos quais vc confia para superar este término e retornar ao mercado de trabalho. O que não pode acontecer é ficar nesta situação que vc pensa ser obrigada a estar, quando na verdade é que não está aceitando a separação. Por isso, é bom que vc saia o quanto antes da casa da ex para que possa recomeçar sua vida e se recuperar desta dor da perda.

    • eu vejo q vc sempre tenta ser feliz Holmita e vai acabar conseguindo (nãoq vc nao seja, mas vc entendeu kkK)

      • M Holmes

        É aquela velha história dos limões, nos quais vc escolhe entre comê-los puros e reclamar do seu gosto azedo ou fazer limonada (no meu caso, prefiro-as numa bela salada ou peixe assado).

        • e eu adoro chupar limão, c acredita nisso? kkkkkkk

  • mariana cobra

    Moça do relato, depois de muito mastigar sua pergunta tive um pah!
    A sua ex deve ser uma boa pessoa, pois mesmo estando farta de vc, teve a humanidade de passar por cima dos próprios sentimentos e ser sua amiga, mantendo seu lar.
    Na minha opinião de mera expectadora da sua meia verdade com fatos totalmente obscuros, vc devia aprumar-se com urgência e vislumbrar no desespero uma chance para crescer e se tornar um ser humano melhor.
    Relacionamentos não são concursos públicos e tempo de carreira não lhe dá nenhuma solidez, sucesso ou felicidade.
    Acredito que a sua ex tenha lhe dado diversos conselhos, tenha brigado e esperneado ao longo desses 5 anos e se encheu dum tanto que terminou o relacionamento mesmo sabendo das suas condições financeiras.
    É provável que ela ainda te ame, mas penso eu que ela se ama mais (tá super certa) e está primando pela própria saúde mental, afinal, vc deve ter feito por merecer pq ninguém da o pé no balde por nada.
    Reflita sobre todos os pontos que vc errou e coloque objetivos na sua vida, mesmo que sejam a curto prazo e com urgência saia da aba dela, nem que pra isso vc teira que por a mão na massa.
    Desemprego não é desculpa viu, tem vários bicos que estão aí pra quem realmente precisa de dinheiro, cito diarista em lanchonete/pizzaria, faxineira, folguista em hotel!
    Então pare de arrumar desculpas na vida, seja mulher e deixe sua ex viver.
    Respondendo sua pergunta sobre qual tática usar: saia da vida dela, vc perdeu e ponto. Aceite isso.
    Boa sorte!

  • Denilson

    Essa preocupação em reconquistar a ex já é um erro grave. Preocupe-se em arrumar um emprego, saia da casa da sua ex o quanto antes e vá vivendo um dia de cada vez. Não há mais nenhum lugar que vc possa morar até que as coisas entrem no eixo ?

    Seu relato já lhe serve como conselho:
    – Ela terminou com vc
    – Disse que não te ama mais
    – Está seguindo em frente
    – Deixou claro nas entrelinhas q não te admira mais e que não acha possível sair do lugar estando com alguém que se acomodou.
    – Vc é dependente dela

    O que falta pra vc acordar e dar uma guinada na sua vida ?

    Me parece que vc cometeu um erro muito comum nos relacionamentos: Colocou a sua felicidade em outra pessoa ! Errou feio, errou rude.
    Relacionamento é troca, e numa troca vc dá o que tem e recebe algo em troca tbm. O que vc tem dado pra sua ex além de amor e carinho, que ao meu ver, são necessários numa relação ?

    Se vc investe em vc, trabalha, estuda, viaja, curte a vida e é feliz, as pessoas enxergam vc, vc causa admiração nelas e por consequência disso, pessoas interessantes e interessadas aparecem.
    Vai ficar até quando sendo telespectador da vida alheia ?
    Quando vc se tornar atuante na sua própria vida, verá as inúmeras oportunidades q tem de ser feliz, seja com a sua ex, ou com qualquer outra pessoa, mas antes, é necessário q vc seja feliz sozinha.

    • se um dia pessoa falar q nao me ama mais, eu vou entender q ela não me ama mais
      nunca entendi quem interpreta o contrario kkk
      a nao ser q fosse depois d uma briga feia e olhe la

      • Denilson

        Tu é minha alma gêmea mesmo hahaha
        Tinha escrito assim no 1º paragrafo:
        “Olha leitora, eu costumo acreditar no que me dizem, se uma pessoa diz q não me ama mais ou não quer ser meu amigo, eu acredito e sigo em frente, sumo da vida dela no menor sinal de desprezo, não pq eu desisto fácil, e sim por não gostar de joguinhos, tbm sou mto orgulhoso pra ficar me rastejando pelos outros, vc deveria aplicar isso na sua vida e não distorcer o q falam pra vc.”

        Ai vi que o texto ficou mto grande e apaguei.
        1 ponto pra vc, telepata kkkkk

        • Ahhhhh mas eu leio os textões tbm!! kkkk

  • Franciele

    Leitora, como tu, propositalmente, omitiste os fatos, talvez para evitar ler algumas verdades dolorosas, te convido a pensar de modo inverso.
    Imagine que tu tenhas se apaixonado por uma moça cheia de vida, com sonhos próprios, daquelas pessoas com quem vale apena ter projetos em comum; entretanto, essa pessoa, com o passar do tempo, foi se dissolvendo na relação, perdendo a identidade, a tal ponto que não faz mais nada sozinha, te conta absolutamente todos os detalhes da rotina, e te exige tornar a história monôtona que ela te conta em algo entusiasmante de se ouvir e compartilhar com outras pessoas.
    No início ambas tinham seus grupos, interesses compartilhados combinados com outros individuais e mantinham proximidade com as famílias de origem, no entanto, essa pessoa foi se afastando do círculo de onde veio e se integrou tanto ao teu que tu já não consegue sentir-se à vontade para exercer a tua individualidade nesse meio, porque ela participa de todas as conversas, todos os encontros e quer saber de todos os detalhes da vida dos amigos que na verdade só tem intimidade real contigo.
    Pois bem, essa pessoa sufocante é tu.
    Agora analise honestamente se, destituida tanto assim do próprio espaço, tu também não quereria se ver livre da prisão emocional dessa relação e se daria uma nova chance sem vislumbrar alguma mudança de atitude.
    Entenda que um amor em que dois se fundem em um só existe nas mitologias grega e hebraica das almas gêmeas; na vida real cada um preserva a sua individualidade e decide compartilhar uma parte da vida por considerar interessante e estimulante a parceria, amando no outro o que percebe de si mesmo nesse outro.

  • Jps

    Nossa, bizarro.

    Não sei se é só impressão minha, mas nos três primeiros parágrafos parece que a moça vai pedir um conselho sobre como recuperar as rédeas da vida, como escapar da depressão ou algo do gênero, mas no final ela diz “como posso recuperar minha ex?”. Tipo, não importa que ela não tem emprego, está depressiva e outros problemas, tudo que ela quer é a ex de volta, mesmo ouvindo com todas as letras que o relacionamento já acabou.

    Meu maior conselho para você perguntadora, é focar na sua vida um pouco. Desligar os aparelhos que estão te mantendo viva (separar completamente da sua ex) e tentar viver por si mesma. Procure um trabalho, um lugar para morar, comece a caminhar no parque, resumindo se mexe!

    Como já foi dito pelos comentaristas, você está muito dependente da sua ex e isso não é saudável para nenhuma das duas. Principalmente esqueça desse pensamento de reconciliação com a sua ex, porque mesmo se por um milagre vocês voltassem, não seria bom como antes. Você precisa se redescobrir para que você oferecer algo bom para as outras pessoas.

  • Stanley Lewis

    Leitora, você deveria agradecê-la e futuramente compensá-la de alguma forma, por ter te ajudado nesse periodo em que você se encontra, e quanto a saber se ela ainda te ama, acho que convém você conversar com amigos em comum para tentar descobrir se ela ainda sente algum sentimento por você. Do contrário, não compensaria lutar por esse relacionamento.

  • Marcos Jorge

    Olá, Luiza acompanho o blog faz um bom tempo só não comento nas postagens, só observo rs eu queria saber porque você não diversifica as imagens da chamada? Assim faz parecer que só caucasianos estilo Europa passam por essas situações.

    • podia aparecer aqui mais vezes para dar conselhos tbm? kkkkk
      Fico triste qd aparecem só pra reclamar d algo, ainda q claro, críticas q sugestoes sejam sempre bem vindas
      quanto as fotos, não concordo com oq vc disse. Pegamos as q temos como pegar na internet. No caso vc teria q conversar com o fornecedor, não comigo
      até pq é obvio q todo mundo passa por isso e teria q ser mt besta pra acreditar o contrário o.O kkkkkkkkkkk beijos noix

  • coisas com laura

    tem um menino 17 anos fica na mesma sala fica soltando beijos e piscando menina 16 anos mais ele tem namorado que ela faz em mim ajuda por favor

    • Ju Aline Silveira

      Ele está provocando ela, para fazer graça para os amigos. Melhor ignorar.

  • Rodrigo Silva

    O que ela tá pra precisando reconquistar é a dignidade dela.