Pedi para que ele escolhesse entre mim e o emprego e ele escolheu o emprego!

66

Leitora: Olá. Meu problema é o seguinte. Começou quando meu marido foi trabalhar de motorista, ficou muito amigo do patrão e começou a ganhar razoavelmente bem, mas não tem horário pra entrar e sair. Temos um bebê e ele quase não vê nosso filho, quando chega ele já está dormindo.

Nosso casamento esfriou e ele começou a brigar comigo pq eu falava q ele tinha que estipular um horário pq ele chegava a trabalhar quase 18 horas direto. Liguei pro patrão dele e a mulher do patrão ligou pra me xingar e quase saímos no tapa. Pedi pro meu marido sair do trabalho, pq não aguentava mais. Ele disse q não e eu saí de casa. Ele me pediu várias vezes pra voltar mas disse q não vai sair do serviço. O que eu faço? 

Obrigada!

ele trabalha muito

Eu acho que faria o mesmo que você fez. Afinal de contas, ter um bebê, o marido não ajudar em nada (no quesito carinho e atenção de pai) e só chegar basicamente pra dormir, é demais, né? Se você tentou, tentou e tentou conversar e não deu em nada, você fez certo em sair de casa. Porém, agora que você já tomou a decisão mais difícil, não volte atrás até negociar certas coisas com ele.

Entenda que, se ele ganha bem e precisa desse dinheiro para sobreviver, pedir para que ele saia do emprego é pedir demais, concorda? Ainda mais que, se ele gosta tanto assim do chefe, ele acaba ganhando um bom salário emocional também. No seu lugar, eu diria que se ele quer tanto voltar pra casa assim E não quer sair do emprego, que se vire e arranje uma proposta boa para AMBOS OS LADOS. Ou seja, que você entende ele não querer sair do trabalho, porém, que ele precisa entender que é pai de um bebezinho + esposo e que, se ele não é homem o bastante pra saber conciliar tudo, que fique apenas com o que ele dá conta. No caso, o emprego.

No fundo a gente sabe que, se ele te ama mesmo, ele dará um jeito de conciliar as duas coisas. Afinal de contas, quem quer dá um jeito quando a bunda coça, né? Sem contar que eu duvido que, se ele conversar com o patrão dizendo que tem uma família para dar atenção e que isso está destruindo o casamento dele, o chefe não iria entender nada, né? Só se for muito escroto. E se eles são ”tão amigos” e ele gosta tanto do trabalho do seu marido, não tem como dar errado.

Sinto que se você continuar firme em sua decisão e cobrar dele uma postura madura coisas boas acontecerão. E se não acontecerem, doerá ficar sem ele, mas toda vez que você pensar em voltar, lembre-se do sofrimento que você passou nessa mesma situação e o mais importante de tudo: se ele não tiver empatia, não será você que terá pelo ”pobre trabalhador escravo” que só quer uma mulher pra dormir, né?

Sinto que vai dar certo….

Até amanhã,

Lu

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.