A pessoa que eu amo é adepta ao poliamor e isso me faz sofrer demais

42

Leitora: Oi Luiza, meu namorado e eu estamos juntos há quase dois anos e quando o conheci, eu havia terminado recentemente um casamento de muitos conflitos e ciúmes. Ele, por outro lado, estava na época vivendo um relacionamento com um casal, eles viviam um amor a três, e comigo ele iniciou um relacionamento paralelo, aberto, me contando de antemão esse relacionamento dele. Eu me apaixonei por ele instantaneamente e comecei o namoro achando-o um homem extremamente interessante que vivia relacionamentos livres, sem impor condições ou exigir fidelidade absoluta.

Pouco tempo depois fomos morar juntos, mas passados poucos meses comecei a mudar um pouquinho de opinião. Eu passei a relacionar-me com outros homens, mas não gostei, achei tudo fútil e superficial, pois eram relacionamentos baseados apenas no sexo. Meu namorado entretanto, continuava a relacionar-se com mulheres e homens sem dar a devida importância ao aspecto emocional. Ele sempre envolvia-me nesses relacionamentos achando que eu estava a fim e eu participava pois sabia que ele curtia minha presença. Uma coisa que me chocou muito no inicio foi vê-lo relacionando-se com homens na minha frente sem o menor constrangimento, mas depois acostumei.

Agora essa questão de poliamorismo me incomoda, pois gostaria de tê-lo só para mim. Estou grávida e o fato dele sempre relacionar-se com mulheres e homens fora da nossa relação tem me afetado de uma maneira ainda mais profunda  agora nessa fase de gravidez. Amo meu namorado de forma intensa e sonho em ter uma família, mas a falta de sensibilidade dele está atrapalhando tudo.

Gostaria muito, Luiza, de uma opinião sua, pois acho que você estando de fora me daria uma perspectiva bem realista. Muito obrigada.

A pessoa que eu amo é adepta ao poliamor e isso me faz sofrer demais

Seu namorado foi sincero com ele mesmo. E mais do que isso, ele foi muito honesto, coisa que pouca gente hoje em dia é. Ao invés de fazer como muitos caras que apenas traem e não querem ser traídos, ele abriu o relacionamento e pah: assim ninguém trai e todo mundo curte e fica feliz sem enganar ninguém. Massa, né? SEEEE você pensasse como ele, e foi aí o seu primeiro equívoco: não ser sincera com as suas limitações e acusá-lo de ser insensível, sendo que de certa forma, a insensível foi você, que não viu logo de cara a emboscada que estava se metendo, enquanto  quis esperar dele algo que nem você mesma estava conseguindo se dar. Amor?

Mas calma que tem conserto, fique até o final do texto, rs.

Cá pra nós que, desde o começo você já sabia que não aguentaria, que aquilo não era o seu perfil, e tal como você mesma disse, você só fez para agradá-lo. Como esperado, o passar do tempo só fez o erro pesar mais, mais e mais. E o engraçado é que não sei se você não contou no relato (espero de verdade que tenha sido omitido), mas você não explicou direito o motivo de amá-lo tanto, visto que mesmo sem perceber, você o pintou como um cara que só pensa em sexo, só pensa nele e não se envolve emocionalmente com ninguém. Será que nem com você, visto que até você mesma disse que a falta de sensibilidade está atrapalhando? Eu só li que VOCÊ ama demais, que VOCÊ esperava mais dele, mas em momento algum li onde ele te ”prometeu” algo que te fizesse criar toda essa expetativa.

Eu no seu lugar aprenderia uma coisa muito importante com ele agora: a ser mais honesta com você mesma, bem como a pensar apenas no que é bom pra ti e sua felicidade. Isso para sempre, mas principalmente até o bebê nascer.

Pare de ficar olhando as surubas dele. Fale que não quer ir, porque estar grávida te deixou mais caseira, enfim, se vire, mas não vá e nem procure saber o que aconteceu. Pare de mendigar amor e atenção dele também: se ele não quer dar, se dê. Enquanto isso, pegue livros com histórias belas, medite, ouça músicas e tudo o que for positivo e que te leve para outro mundo (melhor, claro!). Você até pode me achar louca, mas eu acredito piamente que o filho sente o que você sente. Sendo assim, faça de tudo para fazer o pequeno feliz, não o pai dele.

Saia também para comprar roupinhas. Curta apenas o que para você fizer parte das melhores partes, não importa o que seja. E claro, no dia que o pai se tocar e quiser participar também, fica sendo mais um pra curtir, mas não crie expectativas e nem espere por isso. Afinal de contas, o que foi que ele já te prometeu? Agora é você se prometer a ser mais feliz e independente, e dane-se ele.

No fim, necessariamente seu filho nascerá muito mais saudável do que se ficar sentindo você chorar por macho que só quer saber em quantas vai meter a rola. E depois que, quem sabe esse ”macho” (rs) não passe a te admirar mais como mulher? Não que você precise da admiração dele (talvez um pouco, já que o ama kkk), mas quando a gente começa a se achar poderosa e independente de alguma forma, os outras pessoas (não apenas ele) sentem isso e passam a sentir isso na gente também. Agora com você nessa posição fraca, só falando o quanto o ama demais e se esquecendo completamente do quanto você deveria se amar e se cuidar mais, fica chato até pra gente que lê, quem dirá pra ele que vive isso.

Descubra todo o seu valor, minha amiga, Depois que isso acontecer, ou ele passa a te amar junto, ou você vai pra outra vida com esse bebê que não tem culpa de nada e com certeza te fará muito feliz. E ah, antes de se apaixonar da próxima, pergunte se ele é do relacionamento livre também. Se for você correee, porque você já deve ter aprendido que só o seu amor não é suficiente para mudar ninguém. E claro, use sempre camisinha se você não tiver certeza que ele te ama, que você quer ser mãe e que ele será um ótimo pai.

Boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Monalisa

    Leitora, eu acho que você foi de um extremo para outro. De uma relação tradicional, possessiva com muitos ciumes, para um relacionamento aberto onde ninguém é de ninguém. De inicio como não conhecia direito, acredito que ficou com curiosidade de tentar esse tipo de relação. Mas parece que vocÊ não gostou nem um pouco, e só continuou por amor ao seu namorado.
    O seu namorado foi sincero desde o inicio, ele não te enganou em nenhum momento e você ficou porque quis.
    Como a Luiza falou, ele te prometeu que iria largar esse tipo de relação para ficar só com você e construir uma familia só vocÊs dois? Ele te prometeu isso? ou você só ficou tentando mudar a cabeça dele sem sucesso?
    Ninguém muda pela gente, isso é ilusão em qualquer tipo de relação. Ele sempre foi sincero com você, seja sincera com ele e diga que não quer mais. Se ele continuar, o que posso te sugerir é para vocÊ se separar, porque ficar com ele só vai te fazer sofrer ainda mais. ELE NÃO VAI MUDAR!
    Para a sua saúde mental é melhor terminar essa relação e pedir pensão. Porque isso ele vai ter que pagar independente de qualquer coisa.

  • Rodrigo Silva

    Concordo com você,Luiza! Porque ela não viu isso antes? Se sabia que não iria aguentar. Pior que ele não mentiu mas… É aquele famoso erro de achar que com o tempo pode fazer a pessoa mudar. Todos sabem que não é bem assim.

  • Franciele

    Leitora, partindo do pressuposto que toda paixão se deriva de uma ilusão, no teu caso isso aconteceu, tão somente, porque, te propondo um relacionamento aberto, teu atual parceiro te isentou de voltar a sofrer os problemas relacionados a sentimento de posse do antigo relacionamento.
    Entretanto, pelo pouco que sei a respeito de poliamor, os adeptos procuram se envolver emocionalmente com uma ou duas pessoas, sem limitar o envolvimento sexual, por entenderem que, embora necessite de vínculo o ser humano não seria “programado” para a monogamia.
    Sem discutir o mérito desse princípio, considero que existe um conflito em ti, que pode ter duas origens: ou o princípio do poliamor que citei acima não se reflete nas atitudes dele, e nesse caso tu te envolveste com um hedonista egoísta, do qual tu é apenas mais uma peça do jogo erótico; ou tu alimentaste a ilusão que, por fugir às convenções, esse tipo de relacionamentos não teria problemas, não requereria discussões acerca de limites, enfim não daria nenhum trabalho, bastando que houvesse comunicação dos desejos a realizar e estaria tudo certo.
    Fico pensando se, inconscientemente, essa tua gravidez não seria um modo de impor indiretamente alguns desses limites e, como não funcionou, está gerando frustração.
    Aconselho que sejas mais racional ao avaliar tua situação e o que espera de fato em um relacionamento, para decidir honestamente que tipo de vida deseja levar, sem transferir as carências para outra pessoa, independente do modelo que adote para si.

    • verdade, esse nem amor no poliamor dele ele bota kkkkk Parece mais suruba desenfreada (exagerei, mas ne)

      • Franciele

        Francamente, eu não acredito em nenhum tipo de relacionamento plural que não seja consanguíneo, rs, mas como escrever isso não ajudaria em nada a leitora, decidi deixar isso de lado e analisar a partir das definições.

  • Gaia

    Da mesma forma que vc é livre para não gostar de viver esse tipo de relação, ele é livre para gostar e querer. E levando em conta que ele foi honesto com vc desde o princípio, te contando e, imagino, nunca te prometendo mudar, não entendo pq vc diz que ele é insensível. Ele está vivendo a vida como ele acha ser o melhor para ele e provavelmente não seria feliz vivendo de outra forma. Igual vc não está sendo feliz agora por não viver sua vida e relacionamento da forma como gostaria. Sinceramente, não acho que tenha alguém errado nessa história, o problema é que ambos desejam e buscam formas diferentes e incompatíveis de se relacionarem. E esse , infelizmente, é um entre muitos daqueles detalhes pessoais que podem entrar em conflito e inviabilizar uma relação, pois um dos dos terá que ceder (como vc fez) e não se sentirá bem/feliz com isso. Não pq não pode, mas pq isso não o faz feliz.

  • Mika

    O texto não menciona a idade de vocês, mas desconfio que há uma boa diferença. Acho que você é bem mais nova do que ele.
    Sua ingenuidade é imensurável. Não acredito que você vive na suruba e não se previne…
    Sendo assim, só posso concluir que, sendo ele o pai, essa gravidez foi planejada com o intuito de “segurá-lo”.
    Desculpe-me, mas não consigo me solidarizar com uma mulher que dá o golpe da barriga em pleno século XXI.

    • eu pensei rapidamente nisso, mas será q foi tentar segurá-lo pela barriga ou essa ingenuidade de hoje em dia q o povo quer ter direito a tudo, inclusive a abortar quando não entendem nem d prevenção, mas ”se esquecem da camisinha?”

      • Mika

        Amiga, no depoimento dela está claro que, além do relacionamento aberto, o casal pratica swing. Eu nunca participei de uma farra dessas, mas acredito que se espere dos partícipes um nível de segurança elevado (camisinha, algum tipo de anticoncepcional feminino e exames periódicos, pra dizer o mínimo). Se eu fosse adepta, certamente não transaria com alguém que não seguisse as regras.
        Ela mencionou também relacionamentos paralelos, baseados apenas em sexo.
        O Tico e o Teco aqui confabularam e chegaram a seguinte conclusão: O filho pode ser de qualquer um… ou… o que seria mais lógico, o filho é realmente do namorado, o único com quem ela deve transar sem proteção. Conclusão: Se ela sabe se proteger, engravidou porque quis.
        Detalhe: Ela não contou pra nós se ele está feliz em ser papai. Não acha que esse é um detalhe importante e faria muita diferença no rumo dos comentários?

        • os exames nao estao muitoooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo nas regras nao viu, ainda mais pra sexo oral. Mas claro q existem casas e casas
          geralmente as regras estão em não forçar, respeitar a mulher do outro, essas coisas. A proposito, já entrevistei um cara q super entende disso ha uns anos atras, lembra? Ele ate disse as regras e tals
          Pois é, será q ele esta feliz em ser papai? Nao sei, mas espero q ela esteja feliz agora q o bb vai nascer

          • Mika

            Não pensei nos exames periódicos como uma cobrança do grupo ou da casa de swing, mas como segurança para o próprio casal, porque, afinal, são eles que tendem a transar sem proteção. Acho que não seria de grande valia os grupos e casas de swing fazerem esse tipo de exigência na atualidade, já que não existem exames rápidos, eficientes e baratos vendidos em farmácias.

            E, sim, eu me lembrei na hora desse post de um tempo atrás.

          • pode desmaiar: raramente pedem entre eles
            Na verdade esse não é um problema d swing ou não swing: é um problema cultural
            mt gente leva a mal pedir exames. Rola a cultura da fresca, nao viu q ja me tiraram ate pra ruim d cama aqui SÓ pq peço exames? kkkk Rola todo um mimimi q se a mulher for mais fraca, cai. E tbm a propria mulher as vezes pensa a(ah mas somos namorados), mas e antes dele? ”Ah mas ele so transou com uma”, mas e se essa uma foi o suficiente?
            A cultura do exames deveria existir para todos (mono, poli, tudo), mas nao existe.

            Uma vez atendi um cara q amava isso, ai falei dos exames e ele ficou achadno estranho kkkkkkkkkkkkkkk Nao so ele, varios, mas esse me marcou pq ele achou estranho MESMO
            ps: ele queria ver a mulher ocm outro, oq é bem comum e acho q ainda é o texto mais acessado do site rs.

          • Mika

            Eu sei, Lu. Eu sempre leio seus comentários a respeito e imagino que deve ser assim mesmo. Coitada da mulher que insistir em pedir exame de DST’s pro ficante ou namorado; fica falando sozinha enquanto o sujeito bate em retirada. Mas pra um casal adepto do swing ou relacionamento aberto chega a ser absurdo não se preocupar com isso. Supõe-se que esse tipo de gente tem mente aberta, esclarecimento e bom nível intelectual, mas se é como você está dizendo, não está mais aqui quem falou… rs.

          • eu ainda insisto q acho um absurdo qualquer casal ter PROBLEMA com isso,
            comigo nunca me encheram o saco, sabia?

            Meu ex era temperamental e fez numa boa, nem encheu o saco nao. O Thi tbm fez tranquilamente
            É so uma vez ou duas vezes na vida. Não é todo dia q nem neurótica louca nao kkkkk e na verdade, o sexo fica BEM melhor, e não pior (q nem pensam) depois disso. Aí tu solta a franga , bem melhor do q ficar (nao vou pedir, mas vai q fulano tem kkk)
            Muita gente nao pede, mas transa com medo. Coisa mais chata rs.

    • Caio César

      É Mika, imaginei a mesma coisa: golpe da barriga! Não entra na minha cabeça que essa gravidez tenha sido por “acidente”. Ainda mais nessa vida de vários parceiros.

      Eu sinceramente, não entendo o motivo de acusá-lo de insensibilidade. O cara foi totalmente honesto com você! E agora quer reclamar?

      Não adianta cobrar nada que ele não tenha te prometido! Eu te aconselharia a praticar o mesmo exercício que ele: honestidade! Seja sincera e conte que não dá mais pra você e caso ele não mude de ideia (o que é o mais provável), siga a sua vida.

      • Mika

        Pois é, Caio. É o que todo mundo aqui está dizendo. Ela sozinha não conseguiu sensibilizá-lo, e deve ter acreditado que um filho teria esse poder. É uma aposta muito alta. Mesmo que ele seja um cara honesto e bem intencionado, e que cumpra exemplarmente a função de pai, dando amor e provendo todas as necessidades materiais dessa criança, ainda assim, não há nenhuma garantia de que ele se converterá no parceiro amoroso e monogâmico que ela idealizou. Só um milagre muda esse hedonista convicto.

        • Caio César

          Concordo, Mika!
          E ela deve ter imaginado que encontraria a “receita” desse milagre por aqui. Rs.

  • Marcel

    So acho engaçado de chamar putaria desenfreada de amor, de resto cada um que faça o q achar melhor da vida, quanto vc entrou nesse relacionamento vc já sabia como era, é a velha história da mulher achar q vai mudar o homem impondo rédeas, nesse caso então vc deve ter achado o máximo um adepto da suruba se tornar fiel a vc. haha

  • mariana cobra

    Vc acreditou que iria mudá-lo, mas estava errada. Portanto, lide com as frustrações e vá cuidar dos problemas colaterais que vc mesma proveu para sua vida (bb).
    Não consigo acreditar que vc não se preveniu nessa cena dantesca! Sorte sua que é só um bb.

    • ou ela não fez exames ainda
      Eu iria levar esse cabra todo mes pra fazer exames e colocaria camisinha até na cabeça kkk

      • Jps

        Dependendo de como é feita essa orgia organizada (hahahahaha), realmente não tem como confiar na saúde dos dois. Camisinha tem que ser usada sempre, junto com exames mensais de DST

    • Rodrigo Silva

      Tomara que ela não tenha engravidado para tentar salvar a relação…

  • Jps

    Como já foi comentado, essa é aquela velha história da menina querer mudar o cara com o poder do “amor”, rs….e para variar, mais uma pessoa que bateu com a cara, por não ter conseguido.

    Acho que a maioria dos pontos já foram falados pela Lu e os comentaristas, porém queria ressaltar uma coisa…Será que ela realmente ama ele?

    Num sei, ela mesmo disse que saiu de uma relação (casamento) de ciumes para uma coisa totalmente diferente, então não duvido que toda as frustrações, problemas e sentimentos que ela passou foram depositados nesse cara, que era algo totalmente diferente. Assim, sem aquele tempo da pessoa absorver a separação e amadurecer, ela embarcou em outro relacionamento e pulou de cabeça para não pensar muito.

    “Amo meu namorado de forma intensa e sonho em ter uma família, mas a falta de sensibilidade dele está atrapalhando tudo.”

    Parece que ela vislumbra a vida anterior, e quer mante-la não importa com quem seja. Ela fica brava porque ele não está seguindo o “plano”.

    Finalizando, só fiquei curioso sobre a idade dos dois, porque eles não me parecem tão jovens e o cara parece mais velho, pela segurança e falta de inibição sobre o poliamor.

    • planos dela no caso kkk

      • Jps

        Sim, haha

        Sei la, pela forma que ela falou, parece muito que ela forçou um pouco nesse “amor”. Porque primeiro, não tem isso de “amar de forma intensa”, ou se tiver parece obsessão haha

        Amor na minha opinião, é algo calmo, amigo, uma sensação boa e seria até algo “utópico” de certa forma. Tipo, ele faz a gente entender musica romântica, rs….sorrir sem motivo aparente e etc

        • verdade kkkkkkkkk
          eu tenho muito medo da paixão
          agora o amor, tudibom
          mas o povo nao tem essa evolucao, jogam demais, gostam d torturar o outro psicologicamente, dai perdem a melhor parte

          • Jps

            Mas a paixão tem seus momentos bons também….

            Tipo quando a gente sente aquela vontade de ver a outra pessoa toda hora, e sempre que os dois se juntam sai faísca, rs

            O único problema é que as pessoas confundem muito paixão com amor, e acaba quebrando a cara com o tempo. Porque na minha opinião é possível sentir paixão por alguém não compatível com o nosso jeito de ser, diferente do amor.

            Nem me fale Lu, esses joguinhos que deveriam ser algo para atiçar e agitar um pouco a relação, viraram algo totalmente predominante e engessador das nossas ações. Tipo, quem mostrar sentimentos primeiro perde e não tem prêmio no final para o ganhador, só ficar sozinho e distante rsrs

          • ainda bem q nao namoro gente assim. Preciso trabalhar, render. Se a pessoa tirar oq eu tenho de mais importante (paz?), me afasto dela.

          • Jps

            É então, as minhas séries não são assistidas sozinhas, rs

            Também me afasto, não tenho saco para ficar muito de joguinho.

  • Hadassa

    Amiga leitora agora dura as penas infelizmente vc está aprendendo que estar apaixonada/amando uma pessoa nem sempre essa pessoa será adequada a você que vai combinar contigo por isso que existe o namoro para CONHECER não corpo do outro a ALMA é o interior para você analisar bem se a outra pessoa tem o perfil que você busca para ter um futuro lê-se matrimônio e formar a sua família mais para isso acontecer e ter essa percepção a mulher tem que fazer o uso da razão e deixar a emoção de lado porque o coração enganoso pode nós enganar (sentimentos muito aflorados: regados medo da solidão, carência excessiva, baixa auto estima, amor próprio zerado é como estar com a venda nos olhos e dando passos largos a cair no precipício).
    Erro clássico fatal isso muito comum e repetitivo no universo feminino achar que pode mudar caráter, valores, princípios de um homem vou dá exemplo:
    “Então ele demonstra no caráter dele ser infiel ele tem um histórico passado relações anteriores traiu ex namoradas etc ou até já me traiu no nosso namoro MAIS vou mudar o quadro comigo será diferente vou fazê-lo ser fiel ele entrará na linha isso é verdadeira ilusão ninguém tem o poder de mudar o caráter,valores, princípios de pessoa alguma a pessoa apresenta quem ele ou ela cabe você analisar a partir dos seu valores e princípios está pessoa combina comigo ou não do que eu busco se sim legal e beleza mas se não o momento de usar a razão e tomar a decisão certa terminar o namoro como diria minha mãe tem pessoas que ficam chorando e se lamentando aí meu namoro terminou mas mal sabe os mesmos(as) que isso LIVRAMENTO o melhor corta mal pela raiz logo do que continuar e insistir em algo que vai te trazer sofrimentos, dores, males, traumas, transtornos vc casar com aquela pessoa não era para você.” by hadassa
    Amiguinha realmente você para ter entrando nesse “tipo de relacionamento” desculpa a expressão isso fim da picada putaria e perverter a palavra AMOR que algo tão puro, lindo, precioso, sublime moça vc tava muito desesperada/afobada/carente extremo/baixa auto estima/ amor próprio zerado quando começou a “namorar” com esse cara que diga-se de passagem pelo seu relato não mentiu quem ele era os valores é adepto de romances livres e abertos transando com mulheres e homens ao mesmo tempo aonde fidelidade isso não existe lema: “Ninguém é de ninguém” a base desse tipo de relação JAMAIS se caracterizar por amor verdadeiro, respeito, fidelidade passa quilômetros de distância o que vale é o PRAZER É SEXO PELO SEXO COM UM E COM OUTRO sem compromisso real, sentimental, emocional, familiar com a outra pessoa no meu vê entendimento esse tipo de coisa último estágio da degradação moral do ser humano.
    ————————————————————————————————————————
    Amiga acorda pelo amor de Deus para de se enganar ele não vai mudar esse homem não tem perfil nenhum para ser marido e pai de família a única enganada foi vc de continuar nesse “namoro” e “sexo livre e aberto” nota-se que você fez tudo isso para agradá-lo e tentar conquistá-lo estou falando de “mudá-lo” dessa vida promíscua chega amiga você tem que dá graças a Deus de não ter pego doenças sexualmente transmissíveis, HPV, AIDS nessa suruba aí ao que parece vc transou com ele e com outros caras sem camisinha se usasse não teria engravidado aqui ponto você chegou arriscou a sua própria saúde isso de uma irresponsabilidade sem limites agora não adianta chorar o leite derramado como diria ditado popular.
    Assuma este bebê sozinha na fé e coragem esqueça esse cara para o seu bem e o baby porque não vai mudar ele é o que é definitivamente não tem perfil nenhum repito para ser um homem que está em buscar de querer casar e ter uma família e ser um pai presente etc.. procure ajuda junto alguém da sua família para ter acolher e aconselho além de fazer o pré natal você precisa de acompanhamento psicológico e fazer terapia ter uma apoio e suporte tem os órgãos saúde público tem psicólogos nas universidades públicas estudantes de psicologia polo de atendimento e aconselho tbm independente da sua religião procure ajuda espiritual é um reforço a mais se conectar a uma força maior. BOA SORTE!!!!!!

    • É minha amiga, sem querer ser cafona, mas tem mt sexo e pouco amor nesse mundo. Estão perdendo a melhor parte

      • Hadassa

        Sabemos que mundo tá assim as pessoas só estão me busca de sexo(prazer) mais cabe cada moça/mulher se ela quer um compromisso sério ela precisa usar a inteligência emocional fazer o uso da razão para selecionar e escolher um pretendente compatível e adequado que ela procura o seu perfil ideal cada um tem o seu como diria Santo Agostinho: “Conheça- te a ti mesmo” primeiro antes de entrar num relacionamento amoroso com alguém” agente precisa nós conhecer primeiro e saber o que a gente quer o que não queremos em se tratando na vida sentimental.
        Vc não acha tudo que aconteceu com essa leitora isso se repete todo dia no universo feminino “mudar” alguém que não bate com que vc busca num rapaz/homem. Já batemos papo aqui seria interessante nas escolas desde cedo ensinar a desenvolver inteligência emocional para que menos pessoas pudesse prevenir da burrice emocional e consequentemente sentimental.

        • Homens também procuram amor, e muito. Precisa ver um homem apaixonado (e já viu), melhor coisa que tem

          a sociedade q coloca a mulher ocmo sempre mais fraca nesse ponto e sinceramente? Nao acredito nisso..

          Homem apaixonado é a melhor coisa q tem pra sexo, pra vida, pra tudo. Ate pra fazer umas brincadeirinhas perversas as vezes kkkk

          • Hadassa

            Sim graças a Deus que tem homens sérios e querem viver um grande amor mais tem uma parcela que não quer nada disso e não quer nada sério só estão de busca de sexo casual e seus derivados pelos relatos a gente vê aqui de mulheres todos os dias lê aqui Lu.

          • Jps

            Mas ai que está Hadassa, será que a culpa é dos homens que só pensam em sexo?

            Ou das mulheres que sabem que o homem não quer nada a sério, e mesmo assim tentam muda-lo?

            Nesse caso por exemplo, a unica pessoa errada foi a perguntadora. Desde o inicio o namorado já falou suas intenções, foi sincero e ela aceitou todos os termos. Não adianta depois de um tempo ficar brava porque as coisas não mudam.

            Claro que não to querendo dizer que existe um lado 100% certo e outro 100% errado, mas acho que as pessoas deviam ser esforçar mais e parar de aceitar pessoas “mais ou menos compatíveis”, se você entende o que quero dizer.

          • homem sempre quer sexo. Depois q se apaixona (ou nao, claro).
            a mulher tbm quer, mas disfarça kkkk
            generalizando, mas é isso

          • Jps

            “Precisa ver um homem apaixonado (e já viu), melhor coisa que tem”

            Homem é dificil de apaixonar, mas quando acontece acho que fica pior que mulher, rsrs

            “a mulher tbm quer, mas disfarça kkkk”

            Mulher que fala que não gosta de sexo, é mulher que nunca fez direito hahaha…..o que pode ser culpa tanto do cara por não ter atencioso, ou da menina que não se conhece (generalizando um pouco).

          • Marcel

            “Precisa ver um homem apaixonado (e já viu), melhor coisa que tem”

            Até parece, mulher costuma chamar esse tipo de cara de meloso, grudento, e rapidinho mete galho nele. Antes q ache q estou falando de mim mesmo, não é.

          • acho que gente grudenta é muito diferente do tipo d gente q eu disse
            mas enfim, e é claro q vc nao ta falando sobre vc mesmo, tu seria do tipo chato q reclama até do vento kkkkk (nao me bate)

          • Marcel

            Vc tem uma ideia errada sobre mim, o fato de eu ter uma visão negativa sobre várias coisas não significa q eu externo ela a todo momento, faço aqui pq é pra dar opinião né? E uma visão negativa não significa necessariamente reclamar, é só ver o copo meio vazio em vez de meio cheio. E um homem xonadinho é exatamaente assim, grudento, capacho e vassalo da mulher.

  • Stanley Lewis

    Ele foi sincero com você, mas você não foi sincera com ele e nem com você mesma. A verdade é que você não está 100% preparada para ter um relacionamento aberto. Perceba que você não gostou de se relacionar com outros homens e só por causa disso, quer que ele parece de se relacionar com outras pessoas, só porque você experimentou e não gostou.

    Entenda que em um relacionamento aberto, cada um pode fazer o que quiser, você não precisa se relacionar com outros homens mas também não pode impedir que ele se relacione com outras pessoas.

    Sendo assim você tem duas alterantivas:

    1- Aceite que ele continue se relacionando com outras mesmo que você não esteja afim de participar ou
    2- Termine o relacionamento caso você não consiga lidar com essa situação. Pois dificilmente você o fará ser ‘monogâmico’ de novo.

  • Gabriel P5

    dê uma olhada nesse site, é muito bom http://18xteensporn.com