Comprinhas baratas de até 50 reais em São Paulo: mostrando até as calcinhas kkkk

29

Onde comprar roupa boa e barata em SP?

Esse é o tipo de vídeo que muita gente pedia, porém, não faço a mínima ideia se vocês gostam. Massss, como até o Thiago disse que achou divertido, vamos ver se vocês acham também kkkkkkkk

A ideia foi passar um pouco do que aprendi com minha mãe, que roupa boa não necessariamente precisa ser cara e é isso aí. Partiu mundo da pobreza kkkkk

Assine o Canal e clique no sininho para ativar as notificações!

Fanpage, InstagramTwitter

Snapchat (pergunteamulher)

Meu facebook pessoal (só não vejo inbox kkk)

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Marcel

    Não vi o vídeo ainda, mas roupa barata em sp é no Brás.

    • achei lugares melhores =), mas Bras é legal tbm

      • Marcel

        Melhor no sentido de mais barato? Difícil, roupas á são feitas por bolivianos q trabalham em troca de comida.

        • para d viajar e assista ao vídeo menino
          nada a ver oq vc ta falando kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Vc tem q tratar esse seu lance d ser ver o pior em tudo, sério, isso é doença de negatividade extrema. Se vc for assim ao vivo, vc deve ser uma pessoa extremamente chata d conviver (não me leve a mal, mesmo q nao pareça, to tentando ajudar pq é demais rs). Vc chega ao ponto de falar merda até do q vc nem viu pq vc Supõe, e claro, sempre supoe pro pior rs. Ou vc é mt carente e só quer chamar atençao (consegue, mas para um lado muito ruim q eu não me orgulharia no seu lugar).

          Mas ja q vc falou sobre isso d trabalho escravo, vamos ao tema:
          1- Pagamos TANTO, mas TANTO imposto q temos mania d pensar que o barato – que nem sempre é tão barato assim – é realmente barato. Se vc for pros EUA vc ve oq é barato d verdade kkk

          2- São lugares q lojistas do Brasil todo compram, com a diferença de que quando eles colocam a etiqueta fica bem mais caro, só que a mesma roupa. Por ex, uma moça me mostrou um vestido q era vendido em loja d rico, porém, q compravam deles e a diferença de preço era mais de 500%. Surreal e a MESMA roupa. Eu só fiz comprar de quem vende pra quem vende pra vc. Se for assim vc tbm compra muita roupa d trabalho escravo pq muita coisa do Brasil vem de SP e bem desses lugares aí, rs.

          3- Nem tudo que é caro é bom. Por ex, eu gosto muito das coisas da Zara, mas oq tem de porcaria lá é inacreditável, dai aparece aquele monte de mulher classe média achando tudo lindo e bom só pq é da zara. E detalhe: lembra q a zara já foi processada por trabalhos não muito louváveis? E ela é ”cara”, que coisa, rs.

          Conclusão: nem tudo que é barato é ruim, e vice versa, mas como muita gente pensa como vc, vão enganando os trouxas kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

          • Jps

            Lu, já que vocês tão falando do Brás, vou compartilhar informação hahaha

            Conheço a região um pouco porque já trabalhei perto de la, e pelo que eu sei é assim…

            Lá no Brás tem muitas confecções de roupas, e porque é melhor terceirizar esse serviço, muito loja manda os designs para essas confecções para que sejam feito as roupas (com cortes, tipo de tecido e etc). De fato até algumas lojas de rico fazem isso. Para ganhar um dinheiro a mais, essas confecções aproveitam esses designs e produzem um número maior de roupas do que foi pedido e depois vendem em lojas próprias.

            Por isso é muito comum falarem que alguém achou um vestido de marca no Brás e pagou barato. Porque de fato é o mesmo vestido só que sem a etiqueta. Mas também tem muito produto de baixa qualidade misturado, por isso tem que conhecer bem o lugar.

          • muita loja de rico faz isso. Compram la por 50 e o rico por até 500 e pensa q a roupa é super diferente kkkk

            ”Por isso é muito comum falarem que alguém achou um vestido de marca no Brás, por exemplo, e pagou barato. Porque de fato é o mesmo vestido só que sem a etiqueta. Mas também tem muito produto de baixa qualidade misturado, por isso tem que conhecer bem o lugar.”

            exato, foi como disse, tem mt loja de rico com roupa vagabunda q doi, e loja de ”pobre” com roupa boa kkkk

            eu não gosto d roupa vagabunda, só de pegar no tecido eu já sei. E as q eu tenho eu sei q não presta. Agora tem gente q vai na zara, compra um sapato q mais parece um papelão e acha lindo pq ne, é a Zara

            mas como disse, gosto da loja e la tem mt coisa boa tb, tem q procurar

            na verdade é muito raro encontrar uma loja q tenha tudooooooooooooooo bom ou tudoooooo ruim

          • mariana cobra

            Aqui na minha cidade tem uma loja com itens caríssimos…contudo, uma colega de trabalho viu a dona da loja em SP fazendo compras para a loja…
            Ou seja, comprava um item por 50 e vendia por 1000 e as bestona daqui comprando….
            Até bolsa de marca falsificada a meliante vende.

          • eu tinha uma amiga q falava q eu era humilde pq ia comprar roupa na XV
            eu falei q nao é questao de humildade, é questao de ver roupa boa e roupa ruim (quando vier pra Curitiba bora la? kkk)

            por ex, agora to procurando uma jaqueta estilo motoqueiro q to disposta a pagar caaro pq sei que as bonitas geralmente sao caras mesmo, ainda mais q fique boa em mim com esse peito todo e se nao cuidar a roupa pode me engordar MUITO pq desce junto com o peito e na lateral tbm. Agora poxa, uma brusinha boa tem de 20 e de 200 boa igual kkkkk

            vc mora em q cidade mesmo Mari?

          • mariana cobra

            Pra vc ver. Comprei um vestido pra minha formatura (jantar) por 200$ mais 50$ pra costureira adequa-lo e foi barato pq pesquisei mto e achei um legal.
            Mas o outro não foi missão impossível.
            Fui pra Curitiba e comprei um maravilhoso por 120 pra usar no baile.
            Uma das minhas amigas gastou 1500 no vestido do baile pra ir vestida de bombom kkkkkkk

            Roupa de frio em Ctba tbm acho bemmmmmm barato….adoro sapear nas lojas dai, sem falar que o atendimento bate nas lojas daqui que chega dar vontade de chorar qdo volto.

            Obs.: moro em Tres Lagoas. Cidade conhecida pelo mal atendimento do comércio e altos preços em produtos meio bosta e por ser a Capital mundial da celulose.

          • VESTIDA DE BOMBOM AIUHAIUHAIUHAUIHAUAHIUAHAIUHAH
            mas atendimento em Curitiba é PESSIMO
            se vc elogiar será a primeira kkk

          • Monalisa

            Já fui na Zara e parece que não tem opções, a loja é imensa mas tem pouco roupa e roupas sem cor, roupas muitos simples, muito lisas e com o preço lá em cima. Será que a loja é estranha ou eu que sou acostumada com lojas de departamento?

          • eu acho que tem coisa bonita, mas tem MUITA malha porcaria sabe?

          • Marcel

            Nossa, como as pessoas viajam na maionese, quando eu falei de trabalho semi-escravo de bolivianos não julguei quem estava comprando, não julguei nem quem paga um salário de miséria, foi um simples comentário dizendo que é quase impossível ser mais barato porque o q eles recebem é muito pouco. Cruzes, como as pessoas viajam, melhor dar um tempo por aqui.

          • Mika

            Marcel, querido, não precisa ir embora porque as pessoas discordam de você em alguns pontos. Você é o que é, misógino e pessimista, mas faz observações lúcidas de vez em quando. É inteligente, e se abrandasse um pouco a forma meio áspera como escreve, as pessoas leriam suas contribuições de forma menos “preventiva”.
            No caso dos bolivianos do Brás não disse nenhuma mentira (veja que eu não discordei de você no meu comentário anterior). Tenho certeza de que você sabe que o que torna tudo mais barato nesse mundo, da roupa ao celular de última geração que usamos, seja aqui ou nos EUA, são a máquina e o trabalho semiescravo. Uma coisa leva à outra. É um ciclo vicioso que só pode ser quebrado com o consumo consciente.

          • Marcel

            Por que vc gostaria de continuar lendo comentários “”misóginos”” ? rs Enfim, mas vou dar um tempo mesmo. Só uma pergunta antes de partir, qual que vc acha que é a origem da minha misoginia?

          • foda q as vezes nem consumo consciente
            vc pode comprar UMA calcinha ao ano, mas essa calcinha ter vindo d algo escravo

            temos q mudar é a evolucao espiritual das pessoas, a ponto d ninguem se sentir bem escravizando os outros e isso simplesmente nem existir (sonhadora kkk)

        • Mika

          Amigo, boa parte da roupa vendida nesse mundo é produzida por gente que trabalha em troca de míseros trocados. Bolivianos, chineses, indianos, bengaleses… Todos nós, sem saber, já usamos uma roupa produzida por algum deles.

      • Monalisa

        Meu sonho Luiza, ir em SP só para comprar coisitas. Aqui em Brasília é tudo muito caro. Acham que aqui todo mundo é rico, existe pobre em Brasília também! rsrs

  • queria ver minhas calcinhas né
    zua kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Rodrigo Silva

      Hahahahahahahahahahahahahahaha!

  • Mika

    Esta que vos escreve é uma paulistana consumista, atualmente em processo de desapego e controle da compulsão (não é fácil, mas tenho fé que logo logo eu consigo algum progresso).
    Vamos ver se consigo dar umas pequenas dicas pras leitoras “de fora”…
    Primeiramente, Lu, o nome do material da sua blusa de lantejoulas é PAETÊ.

    Como você bem observou, a 25 de Março é mais pra quinquilharias, utensílios pra casa e cozinha, tecidos e aviamentos, cama, mesa e banho, eletroeletrônicos xingling, perfumes importados de origem duvidosa (tem gente que garante que se você for ao lugar certo, compra originais pela metade do preço, obviamente sem NF). Antigamente um bairro judeu, hoje virou reduto da colônia chinesa.

    Na José Paulino (Zepa para os íntimos) e ruas adjacentes, no bairro do Bom Retiro, está boa parte das confecções de roupa e malharia da cidade. Entretanto, muito do que é vendido lá vem da China, Coreia, Índia, Bangladesh… Até mesmo quando a peça é produzida ali, o tecido, aviamentos, e até algumas “costureras” (como quieras) costumam vir de fora. Antigamente, de segunda à sexta, só se vendia no atacado, e aos sábados liberavam para venda no varejo. Atualmente, quase todas as lojas da Zepa vendem no varejo, mas poucas possuem provador. Nas ruas do entorno há várias lojas com roupas mais finas e de melhor qualidade, mas a maioria só vende no atacado e com CNPJ. Na região, a rua da Graça possui a maior concentração de malharias (no começo da rua), além de várias lojas de aviamentos, de tecidos e de máquinas industriais para confecção. Bairro tradicional judeu, mas a língua que mais se ouve atrás das caixas registradoras é o coreano. No nº 64 fica o Mestre Kim, uma loja comprida, abarrotada de casacos de inverno, de todo tipo e qualidade, do poliester à caxemira. Os preços não são lá uma pechincha, mas bem mais em conta do que em qualquer outro lugar. Também há várias lojas de roupas de festa. O forte do bairro é a confecção feminina. Há poucas opções de roupas masculinas, infantis, roupa íntima e calçados. A palavra chave na região da Zepa é GARIMPO.

    Sobre o Brás, não posso falar porque não vou lá há vários anos e conheço muito pouco. Será que alguém de Sampa pode ajudar?

  • João Emanuel

    Show, bora ver o look vai fica foda posta a foto noix ver, liga para essa besteira celulite não no dia que um homem só ver isso em vc nua “( ͡° ͜ʖ ͡°)” pode saber que e viado a mais o que aprecia descobri no corpo de uma mulher. tó poeta

    • kkkkkkkkkkkkkk to com uma massagista agora pra ver se melhora
      mas nao ligo tanto, ligo mais pra culote q ela ta dando um jeito tbm kkk =(

      • João Emanuel

        Caramba Lu levo a serio a vida Fitness até massagista bom de + eu faço liberação MIOFASCIAL a massagem que faz todo homem chora kkkk =( dói de mais e boa Lu ela destaca o que e bonito em seu corpo ajuda definir partes antes sem definição mais dói de mais, continua firme Bloguerinha Fitness Brasileira prova do resultado os Pernão, Bundão não sinto peito pq assim como eu papai do ceu te deu eles grandes abençoados kkk a concorrência chora já percebi o recalque de alguns agora imagina né Lu coisa mais simples ir a academia o povo prefere critica quem pratica do que conscientizar experimenta existes tantos treinos diferentes objetivos diferentes.

        • se até vc q é homem já percebeu o recalquee, imagine oq eu nao tenho q aguentar. Isso pq nem sou grandes coisas (imagina se fosse?) e tenho q fingir q não li kkkk
          mas uma vez postei foto em um dia q tava com a barriga grande (tpm incha demais, pareço grávida) ai sim nao rolou recalque o povo adorou kkkkkkk Mas é oq vc disse ne, melhor criticar do q fazer

          • João Emanuel

            povo só gosta da desgraça alheia. kkkkk

          • eu nao, eu penso q o sucesso do outro é o meu sucesso
            kkkkkkkkk e é mesmo, pode reparar ao seu redor
            e tem a velha frase q diz q gente q é feliz nao enche o saco e é a mais pura verdade

          • João Emanuel

            ‘gente q é feliz nao enche o saco’ verdade lu e igual a quem fode e feliz, quem nao fode e triste povo tem que fode mais =).