Ele estava na dúvida entre eu e outra, me estressei e ele sumiu!

24

Leitora: Oi Luiza! Saí de um relacionamento abusivo há 4 meses a duras custas e já estou ficando com outros carinhas. Não sei se é a recém-solteirice, mas está aparecendo gente demais querendo me pegar, e eu tô ficando com pessoas por quem não tenho nenhum sentimento.

Tenho 25 anos e nesse tempo conheci um garoto de 19. Dentre todos que eu andei ficando ele quem mais me interessou. Ele fez de tudo pra me conquistar, até que eu cedesse a esse quesito “idade”, e ficamos dias e mais dias seguidos. Ele parecia muito nervoso e afobado quando estávamos juntos. De um dia pro outro, literalmente, ele sumiu. Após eu perguntar 50x, ele disse que seria honesto e me contou que tem uma fulana que ele ficava antes que reapareceu e deixou ele em dúvida. Que não sabe se fica com ela ou comigo. Eu fiquei puta da vida e falei de tóra pra ele não me colocar nessa situação, que eu ão vou abrir competição com ninguém, pra ele voltar pra ela e todas as arrogâncias que meu ego podia soltar. Acontece que ele sumiu de vez, e eu tô querendo ele ainda mais, a ponto de ser idiota. Ta chovendo gente na horta e eu tou pensando só nele. Ontem ele ficou o dia todo sem mandar nem um oi no whatsapp e eu fiquei estressada com o mundo por isso. Me ajuda! Me sinto velha demais pra sentir isso! Afinal não vejo condições algumas de ter um relacionamento com ele.

escolher entre duas mulheres

Eu levo uma regra muito a sério pra homem, mulher e amizade. A pessoa sumiu? Deixe que suma por quanto tempo quiser, porque de duas uma: ou ela encheu o saco de você, ou tá fazendo joguinho. Se for a primeira opção, sinto muito, mas não terá muito o que você possa fazer que não seja respeitar a decisão dela. Agora, se for a segunda opção, isso significa que a pessoa é insegura a ponto de só achar que faz falta/chama atenção se sumir ou se ficar fazendo joguinhos psicológicos. De qualquer forma, não alimente nenhuma das situações, porque isso só te faria mal. Tampouco corra atrás ou fique perguntando o que foi que aconteceu – a não ser que você devesse desculpas ou tivesse feito algo errado, o que claro, não pareceu ter sido o caso. Se é assim, vida que segue e aí QUANDOO ele (re)aparecer, você decide se ainda quer o boy ou se já foi tarde demais e você já estaria em outra (aconselho fortemente a tentativa). Afinal de contas: ”Quem muito se ausenta, um dia deixa de fazer falta” e você precisa seguir sua vida.

Outra coisa sem noção é ficar cobrando mil vezes algo do menino só porque ele ERA legal e depois sumiu. Eu entendo que dá raiva encontrar um cara bacana e depois ele sumir, te deixando morta de curiosidade sobre o que está acontecendo, mas aí é só pensar em tudo que disse anteriormente e se lembrar que ele ERA legal, mas deixou de ser a partir do momento que parou de te tratar tão bem quanto antes. As pessoas mudam, não é mesmo? Se é assim, quando elas não mais se dedicarem como antes, não mendigue atenção, não desconte em terceiros e escreva na testa que um cara que ser legal contigo HOJE não significa que ele continuará sendo legal amanhã. Na maioria das vezes, eles só querem conquistar (sexo?) e cair fora mesmo. Não julgo e às vezes precisamos correr o risco, mas não precisa culpar o cara por uma ilusão que às vezes também foi sua. Ou melhor, talvez nem existam culpados, visto que a outra simplesmente apareceu e aí de novo: vida que segue.

E falando na dita cuja, da próxima vez, nada de chilique ao falar que não vai abrir competição com a outra, até porque você sabe que isso só aconteceria se VOCÊ deixasse ou levasse para esse lado. Sem contar que você sabe que só foi grosseira para que ele decidisse mais rapidamente (e quem sabe escolhesse você no susto? kkk) e que não teve nada de ego (feio também kkk), mas sim com sua insegurança e tentativa fracassada de tentar ganhá-lo pelo jeito mais rápido (= pressão). Deixasse os dois pombinhos até mesmo sem informá-lo se fosse o caso, mas sem brigas e quem sabe, depois que ele pensasse, viria atrás por conta própria.

No fim foi bom, porque pelo menos matou a sua curiosidade, mas em uma próxima você já sabe: seja um pouco mais leve e tenha um pouco menos de expectativas, lembrando-se sempre que esse seu jeito marrento/controlador é apenas reflexo da sua insegurança e necessidade de controlar coisas que simplesmente não estão no seu controle.

Beijos

Lu

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.