Me sinto velha demais (44 anos) e sem dinheiro para encontrar alguém:

23
Leitora: Tenho 44 anos, nunca casei. Me sinto “velha” para conseguir um companheiro. Meu corpo já não é como antes, sinto os sinais do tempo. Além de não estar bem financeiramente. Apesar de inteligente, não tenho como concorrer com mulheres mais novas. Principalmente porque, se o cara pretende ter filhos, para mim biologicamente é mais difícil (mais de 40) e também tomo antidepressivos, que não posso parar. Estou desmotivada. Para eles é bem mais fácil…
ficar pra titia

Mulher, você não precisa apenas continuar com os antidepressivos, você precisa procurar ajuda psicológica também, porque sério, você se deprecia demais!!

Sou velha

Primeiramente, você não é velha, e mesmo se fosse, você tem noção da quantidade de gente que se divorcia hoje em dia e de todas as idades? Tem muito homem solteiro e divorciado por aí, e caras legais! Você já procurou saber por onde essa faixa etária anda na sua cidade, ou você fica apenas se lamentando enquanto os anos se passam?

Meu corpo já não é mais como antes

Tudo bem que não gosto dos meus culotinhos e tô acabando com eles na massagem, porém, me sinto muito mais bonita hoje aos 30 do que aos 18. E sabe por quê? Porque me cuido mais, vou mais à academia e aos poucos estou aprendendo truques sobre cabelo, maquiagem e roupas que combinam comigo/valorizam meu corpo. E sério, isso muda muito a gente.

Por que você não se desafia a se superar? A ser a quarentona mais divuda do rolê kkk? Não precisa ”competir” com as mais jovens: primeiro porque não existe competição. Depois que tem muito, mas muito homem que quer mulher da idade dele (ao menos pra casar), não uma 20 anos mais jovem.

Além de não estar bem financeiramente

Não foi você mesma que escreveu que você é uma mulher inteligente? Como uma mulher desse nível se coloca tão pra baixo assim? E outra, por que você não estuda para concursos, vai atrás dos seus talentos e usa o seu melhor a seu favor?

Seja lá com o que você trabalha e o quanto você ganha, não precisa se conformar com isso. Ao invés de pensar nos bofes, pegue sua apostila e se jogue!

Sabia que o dono da rede globo ficou rico quando era muito mais velho do que você? Não existe idade para melhorar de vida. Muito menos quando envolver apenas o seu empenho. Agora, claro que se você ficar se justificando em tudo, na idade ou que tá difícil o mercado de trabalho e mimimi, ficará mesmo difícil outra quantia bater na sua conta.

Por fim, nada de dizer que para os homens é mais fácil, porque tá difícil para todo mundo quando o assunto é encontrar alguém bacana. Porém, como dito, ainda existe muita gente legal e disponível nesse mundo 😉

Enquanto eles não chegam, eu no seu lugar iria me jogando em todas as oportunidades da vida, estudando, cuidando do corpo, da mente, etc. Afinal de contas, se a falta de um companheiro é apenas UM dos seus problemas, você tem vários outros para se preocupar, e aí minha amiga, eu bato uma aposta contigo que quando você não estiver mais nem pensando nisso, o cara certo aparece. E se não aparecer, pode ter certeza que cuidar desses outros probleminhas aumentará e muito a sua autoestima, bem como te fará viver melhor com você mesma – nem que seja na solidão.

Invista mais em você como um ser em isolado, mulher. Tu não precisa de aprovação de sexo oposto para ser um ser humano melhor e mais feliz não!

Até amanhã,

Lu

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Jps

    Da mesma forma que sou contra os caras que ficam falando que mulher é isso, mulher é aquilo, que a culpa são dos outros e não dele, também sou contra você falar que para homem é mais fácil……..O mundo é difícil para todo mundo, e todo mundo tem sua cruz para carregar.

    Agradeça porque você parece ter suas faculdades mentais saudáveis (apesar da baixa autoestima) e você tem suas pernas e seus braços para poder trabalhar e correr atrás das coisas.

    Uma coisa que pode ser impressão minha, mas o seu problema é não conseguir caras legais para se relacionar ou não conseguir alguém para casar contigo?

    Eu pergunto, porque as vezes você pode estar tão focada em algo “simples” como casamento e está deixando caras legais passarem só porque não aspiram por isso. De menos valor a um documento registrado no cartório e foque mais em encontrar pessoas companheiras, que te tratem bem. As vezes o amor da sua vida e que vai ter fazer feliz não vai querer casar, mas mesmo assim pode ser o seu eterno namorado (fiel óbvio).

    Quanto a filhos, existe adoção que é a opção de muitas pessoas e além disso, muitos caras não querem filhos, muito mais se eles já tiverem, então não fique tão encucada assim.

    Fora isso, ouça o que a Lu disse e que eu concordo, principalmente na parte de trabalhar a sua autoestima.

    Boa sorte!

    • muito bem colocado essa dos filhos
      muitos ja vao é ter os deles e nem farão questao de outro (s)

  • mariana cobra

    O seu nível de otimismo me leva a crer que seu tipo de pessoa é aquele que quando encontramos só sabe reclamar, falar de doença e trazer todo o pessimismo possível em meia hora de conversa.

    Pense comigo, se beleza e situação financeira importasse tanto, não teríamos tanta gente “feia” e pobre se reproduzindo.
    Para os politicamente corretos, qdo digo feia, leiam fora dos padrões globais de beleza”…a exemplo…EU.

    Se vc procura um cara gato, legal, rico, inteligente, charmoso e fiel, me apresente tão somente para eu anotar no meu caderninho de “um dia vou ver” pra riscar esse item da lista…muitas mulheres reclamam que não encontram seus príncipes encantados, mas nunca se dispõe a dar chances pros probrinhos, preferem colocá-los na friendzone e ficar com os malandros de plantão e depois fazem textão sobre “nenhum homem prestar”.

    Contudo, antes de procurar homens, procure se ajudar a sair da depressão. Use a sua inteligência para ser feliz sozinha, pois somente assim vc poderá oferecer mais que solidão, autopiedade e carência.

    Desculpe a rispidez, mas tratá-la como coitada só vai piorar sua situação.

    • e pergunta
      claro q todo mundo quer encontrar o amor da vida, mas pq será q tem tanta gente q pensa q antes mal acompanhado(a) do que só?

      • mariana cobra

        Na minha opinião, quem vive mal acompanhado é pq não suporta a própria companhia…simples assim.
        Lu, dificilmente vc verá casais muito diferentes juntos por muito tempo…tenho um ditado que diz muito a respeito de pessoas: “urubu voa com urubu, pombo voa com pombo”.
        Todos procuram o amor da vida, mas poucos se amam em primeiro lugar.

        • pombo com pombo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
          eu sou btm diferente do THi
          mas talvez na essencia ne sei la

          • mariana cobra

            Diferentes na personalidade, mas culturalmente similares, com ensinamentos morais similares, objetivos de vida similares.

        • Stanley Lewis

          Belo ditado, vou anotar!

      • Jps

        Não sei todos, mas acho que uma grande parte das pessoas lê livros, vê filmes de romance ou capta pelo cultura e acha normal isso. Tipo, você precisa “se sacrificar” para vivenciar o amor, ou que com muito esforço você vai conseguir fazer a pessoa virar o amor da sua vida (tipo filme onde o cara é “maloqueiro” e depois fica bom por causa da protagonista). Isso meio que programa a mente das pessoas, sem contar algumas religiões que obrigam as pessoas a se casarem com quem não gostam, por exemplo.

        Claro que carência, baixo autoestima ajuda bastante, mas o problema é que é “comum” a gente ver casais totalmente nada haver juntos e ninguém falar nada.

        A minha teoria vem, porque se você notar os últimos filmes da Disney/Pixar raramente tem um “príncipe encantado” que salva a mocinha. Agora está cada vez mais comum a mocinha conseguir resolver os problemas sozinha.

        Mas tudo isso pode ser paranoia minha, rsrs

        • nossa me de um ex d filme? Achei o maximo seu comentario kk

          • Jps

            Atualmente tem os filmes Valente (aquela menina ruiva de cabelos cacheados), o filme novo da Malévola (com a Angeline Jolie) e o próprio Frozen mesmo. Nesses três são aplicados abordagens diferentes para “amor verdadeiro”, o papel do príncipe encantado e até falam sobre a obrigação da mulher se casar.

            Claro que existe um “molde” para filmes mais infantis, mas nesses casos da para notar uma mudança na visão do filme, que subconscientemente as crianças vão absorver.
            .
            .
            .
            .
            .
            .
            .
            .
            .
            .
            .
            Agora mais informações com SPOILERS se você quiser, rs

            Frozen——————————-
            No Frozen eles trocam a abordagem do “amor verdadeiro” que seria de um homem e uma mulher para algo mais real até, que seria o amor de irmãs. Além disso, umas das princesas se torna Rainha sem precisar de um rei, o que de certa forma é uma novidade.
            _____________________________

            Malévola—————————–
            Outra vez que a abordagem do “amor verdadeiro” é trocada, mostra até um “principe” que no final não era nada encantado, trocou o amor pela ganância e dinheiro. Fez a mulher (Malévola) lutar contra o mal que era o rei no caso e mostrou que as vezes até a bruxa tem um motivo para ser assim.
            __________________________

            Valente——————————-
            No começo tentam forçar a menina a se casar, falando do “papel da mulher”, que ela não podia ficar usando arco e flecha, mas depois eles mudam essa percepção, que a princesa não precisa casar com algum príncipe e o importante é ser feliz do seu próprio jeito e não viver a vida de outros.
            ___________________________

          • só nao vi Valente, vo ver obrigada pela dica!

          • Monalisa

            No caso da malevola, acho que o ponto maximo no filme, foi abordar que o amor verdadeiro, é o amor de mãe. Tirou aquela parada de que a pessoa se apaixona a primeira vista. Não existe isso! No filme mostra que para amar, a pessoa deve ter uma relação com a outra, assim como a malevola tem com a menina. O que desmistifica que o amor verdadeiro tem que ser somente de homem e mulher.
            Frozen não assisti , vi um pedaço mas achei chato.
            Valente é massa. =)

          • Monalisa

            Lembrei de filmes legais com essa temática, como Matilda, a princesa e o sapo, e meu favorito: Mulan.
            A princesa e o sapo tem um principe encantado, mas o legal desse filme é que a vida da protagonista não gira em torno disso. antes de conhecer o cara que ela se apaixona, ela ja tem sonhos e trabalha para alcança-los. Sendo o encontro com o “principe” apenas um adicional na vida dela.
            Mulan , não preciso nem dizer que o máximo! se não assistiu, assista!

          • Jps

            Mulan realmente é sensacional, lembro até hoje algumas músicas de cor e falas do filme hahaha….de longe um dos melhores filmes da Disney, se bem que é dificil escolher um melhor, rs

            A princesa e o sapo assisti mais ou menos uma vez, só algumas partes, então não lembro a história

            E Matilda se fala de menina que levitava as coisas?

            Sobre Malévola sim, a ideia foi muito boa e também mostra que o amor de “mãe” ou no caso da “familia” é as vezes mais poderoso do que um amor romântico, ou pelo menos verdadeiro. Isso também tem um pouco no Frozen, pena que você não gostou, rs

            A Disney mudou bastante nos seus filmes, muito mais depois da fusão com a Pixar. Muita coisa que eles lançam apesar de infantil, tem uma profundidade maior que os adultos conseguem ver.

            Depois assista Zootopia, que apesar de ser sutil fala bem sobre preconceito e até o empoderamento da mulher.

          • Monalisa

            Já assisti zootopia. É bem legal também.

    • Max Demian

      Ser um cara bom e legal é se condenar à solidão!

  • João Emanuel

    A idade chega para todo mundo e fácil achar uma moça ela fala que gosta de mim e tals hoje meto 150kg no supino consigo goza 2 vezes dentro sem a pica fica mole sou feio de rosto infelizmente =( mais tem 46 de braço abdômen tricado =D mais e daqui 20 anos eu já vou esta mais velho devagar, 2 caiu para meia kkkk vou deixa algo que escultei a um tempo atrás mais não se preocupe moça vai da tudo certo, tudo tem seu tempo melhor ser solteira aos 44 do que com filho para cria e um pai ausente vida de mãe solteira não é fácil.

    https://youtu.be/Yt5fxrRKQQ0

  • Larissa

    Procure andar com pessoas que te colocam pra cima! Amizades positivas, pessoas otimistas. Isso me ajuda mto quando fico triste, com pensamentos parecidos com os seus… Que estou velha, que o mercado ta horrivel, q homem q presta eh raro e que levar chifre eh normal… Como eu, logo eu q nunca tive sorte, vou conseguir ter um relacionamento bacana?

    Eh foda! Foca em outras coisas, infelizmente eh assim q a vida funciona.

    E, se for o caso, analise suas exigencias para homens e relacionamentos… Será q nao está sendo exigente demais? N falo d se nivelar por baixo, mas analise, quem sabe eh isso.

    • Monalisa

      Duas, também preciso de um psicologo que nem a moça que mandou a pergunta.rsrs. As coisas estão difíceis. Mas temos que manter o otimismo e buscar alternativas para melhorar. o negocio é ir saindo do lugar aos poucos.

  • Stanley Lewis

    Tentar resolver os seus outros probleminhas com certeza vai aumentar a sua autoestima , e o que posso dizer é que uma mulher confiante acaba se tornando mais atraente para os homens.

    Hoje em dia o que não faltam são aplicativos de relacionamentos, instale o tinder, especifique a faixa etária de homens que você procura, diga na descrição quais são seus interesses e boa sorte!

  • dylan dog

    Não acho que 44 seja velha, e também não importa o corpo, vão ter caras mais velhos ou mais novos te achando atraente.
    E outra , hoje em dia as pessoas quase não pensam em ter filhos, então… sem problema. Mas se achar um partidão, melhor avisar ele antes sobre esse receio.

  • Hadassa

    Amiga leitora a Lú disse tudo segue orientações dela procurar ajuda psicológica vc tem baixa auto estima e amor próprio zerado você não se gosta mesmo. Outra coisa chamou atenção do seu relato o bom até pontuar isso é um ALERTA por isso vc precisa fazer terapia. Você quer encontrar um amor verdadeiro ou interesseiro um explorador e ludibriador de mulheres carentes e inseguras só por serem maduras que tem dinheiro fica sustentando esse tipo de homens desculpa expressão vagabundos de plantão todo dia aparece caso na tv programa policial mulheres até mortas por golpistas mulheres na sua situação e que tem com condições financeiras se relacionando com caras não gostam delas e sim de olho na conta bancária das mesmas aff. Então amiga se liga acorde primeiro trate dessa sua baixa auto estima grau elevado esse seu pensamento negativo e pessimista vc acha que terá condições de encontrar um homem solteiro, positivo, trabalhador, responsável, divertido mulher ACORDA tudo é energia se você vibra só pessimismo, carência, falta, negativismo, vitimização acha que vai trair só tranqueiras na sua vida aff. Se liga nos conselho da tia Lu e Boa Sorte!!!!!!!!!