Será que volto com meu ex ou estou apenas carente?

14

Leitora: Oi Luiza, adoro seu blog e sempre acompanho… preciso da sua ajuda. É o seguinte, vivi em um relacionamento por 10 anos (sendo 4 namoro e 6 morando juntos) eu tenho 31 e ele 47. Eu me formei há 6 anos, porém não estava trabalhando, minha vida se resumia em ficar em casa cuidando da família e estudando pra concurso. No final não consegui focar muito no concurso e ainda não consegui passar e me sinto frustrada com minha profissão. Eu tb estava infeliz no meu relacionamento, meu companheiro é uma pessoa que não se importava muito em me agradar, a vida dele se resumia em trabalhar e juntar dinheiro para aumentar seu patrimônio (ele já tem um patrimônio razoável), e eu me sentia deixada de lado, pq não saíamos, não viajávamos e nada. Fui me desencantando por ele.

No começo do ano, conheci uma pessoa que mexeu comigo, conversávamos por whatsapp e fomos criando uma relação e achei melhor me separar do meu companheiro, pois estava atraída por outro e infeliz naquela vida. Porém, esse outro tem namorada. 

Depois que me separei, nós nos encontramos uma vez e rolou sexo e tal. Porém, senti que ele não tinha nenhuma pretensão de largar a namorada pra ficar comigo, resolvi então dar um basta na situação, me afastei dele, pois estava cada vez mais apaixonada (isso faz 10 dias). Meu ex me pede pra voltar e diz que vai mudar muitas coisas e que me ama. Sei que ele me ama de vdd, porém eu estou confusa, não sei se gosto dele, eu achava que meu amor tinha acabado, mas agora sinto falta dele, só não sei se é carência, pq eu não tenho amigos, nossa relação era só familiar mesmo, ou será que gosto dele? Me ajuda… beijos 

carencia feminina

Como você sabe que seu ex te ama de verdade? Cuidado, minha amiga, não é porque ele tá correndo atrás que ele sinta tudo isso. Na verdade, às vezes ele só não quer perder a mamata que tinha contigo, e sua tremenda paciência que provavelmente ele sabe que outra raramente terá, porque, né? Pensar que um cara que só pensava em ter bens e nunca em te agradar te amava de verdade é ter uma noção muito baixa do amor. Seja mais exigente e entenda que às vezes ele só tá com o mesmo medo e problema que você: carência e receio de ficar sozinho, enquanto o amor passa longeeeeeeeeeeeee. Mas leia até o final do texto que irá ficando mais claro, prometo, rs.

Você se desencantou dele APENAS por causa de possíveis defeitos, ou porque o amor acabou mesmo? São coisas bem distintas e sei lá se estou errada, mas você passou a impressão de que era caso perdido mesmo. Ou seja, que ele avacalhou tanto, que no fim você não teve um ou dois motivos para terminar, mas sim vários.

De qualquer forma, por mais que a gente se enrole em teorias, no fundo a gente sabe quando é amor e quando é carência. Nesse caso, arrisco dizer que você já sabe que é carência. Não só porque você já terminou porque estava falido, como também porque se apaixonou por outro e, tal como você mesma disse, não tem amigos. Percebe a quantidade de motivos que não sugerem amor verdadeiro, mas apenas medo da solidã0?

Achei que você fez muito certo em todas as atitudes que você tomou até aqui (tirando o fato de ter ficado com um cara que tinha namorada e esperar muita coisa dele kkkk, mas enfim, pelo menos você se tocou cedo), e é justamente por isso que eu digo: vai ser difícil, mas não regrida.

Entenda que:

1- Você não precisa ter sempre um homem por perto, nem largar um peguete já pensando no próximo. Você é muito mais do que isso e existem mil coisas na sua casa – e na sua vida – que você conseguirá fazer sozinha e que te farão ficar muito feliz e orgulhosa de você mesma. Ficar sem piroca por um tempo será uma delas. É ruim, mas é bom, pode acreditar kkkkkkkk.

2- Você precisa entender que ninguém é feliz todo dia e que tá tudo bem ser assim. Passe por essa fase de luto. Não precisa ficar mascarando ao voltar com o outro cara que você já sabe que não tem nada a ver. Sem contar que duvido muito que ele iria fazer mudanças suficientes/eficientes a curto prazo. E mesmo SEEEE fizesse, você acha que o amaria se, por exemplo, vocês passassem a viajar mais? Se for caso simples assim, aí retiro o que disse e pode voltar com ele kkkkkkkk.

De qualquer forma, passaram-se apenas 10 dias. Procure terapia, se inscreva em algum curso, academia ou lugares que você poderia fazer amigos. Você não os tem HOJE, porém, se você se coçar, os terá amanhã. Agora, se focar toda a sua atenção para os caras, ficará mesmo difícil não se sentir só e dependente deles. Baixe o Tinder se for preciso (mas sem esperar muito, claro kkkk). Só não fique dando passo pra trás, porque isso será apenas mascarar uma dor que poderá ficar pior la na frente.

Até amanhã

Lu

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • mariana cobra

    Primeiro ponto: moça, parabéns pela conduta! Vc agiu certo com ele, mas deslizou consigo mesma quando ficou com um cara comprometido, afinal, se ele faz isso com a namorada, provavelmente vc tbm seria corna. Então supere o crush!

    Segundo ponto: Que mamata Luíza? Quantas pessoas podem se formar e após formada podem ficar em casa se preparando para concursos? O cara deu uma puta oportunidade a ela e ELA não soube aproveitar. “No final não consegui focar muito no concurso e ainda não consegui passar e me sinto frustrada com minha profissão”.

    Terceiro ponto: todo relacionamento é via de mão dupla. O que ela fez ou deixou de fazer pro cara deixar de se importar, deixar de agradar e começar a deixá-la de lado?
    Será que se ela trabalhasse não seria uma história diferente? Será também que ele deixou de admirá-la?

    Não ter o que conversar, não ter amigos, não ter uma ocupação fora da casa é que fizeram o relacionamento ruir e não penso que a culpa é SÓ do ex.

    No fim LEITORA, vc se desencantou por vc mesma e buscou apreço nos olhos de outro, se apaixonou pela energia da conquista, mas quando esse apreço caiu por terra (pq ele só queria sexo), ficou triste consigo novamente. Então a minha dica é: não volte para o Ex e nem para o crush e busque uma ocupação na vida que lhe faça bem.

    Quando sentir orgulho de si, passar essa crise dos 30 anos e conquistar algo com as próprias mãos, aí sim vc poderá pensar em homem de forma menos tóxica.

    • Ana

      Verdade, também vi dessa forma, pra mim no geral não pareceu que o ex era muito problemático. Parece inclusive que ele costumava apoia-la, tirando por base esse fato de poder estudar tranquila para os concursos. É como vc disse, se eu não sinto orgulho de mim mesma, não me admiro e me sinto frustrada a tendência é afastar as pessoas. É necessário se validar das próprias conquistas e não do amor do outro.

    • namaste

      Obrigada pela resposta e acho que vc tem razão sim no que disse. Talvez a culpa seja de tantas coisas e não do meu ex, mas sim pra onde eu me deixei levar.

  • Monalisa

    “Eu me formei há 6 anos, porém não estava trabalhando, minha vida se resumia em ficar em casa cuidando da família e estudando pra concurso”
    Que familia? você tem filhos com seu ex namorado? Tem algum parente que necessita da sua ajuda? Moram na casa de alguns dos seus pais?Se a resposta é sim, ai eu entendo o fato de você ter dificuldade para arrumar emprego e estudar para concurso.
    Se a resposta for não é for apenas você e seu namorado morando na mesma casa, acho que foi falta de organização sua.
    Ao meu ver, vocÊ se sentiu sozinha, e pouco motivada para estudar para os concursos, não conseguiu emprego na sua área mas também me parece que não procurou emprego fora da sua area para se ocupar. E seu unico momento de distração e lazer era com seu namorado que no entanto tinha N coisas para fazer e não tinha tempo. Por isso , parece que vocÊ o culpou da sua infelicidade, sendo que você também é responsável por ela.
    Quando eu não estava trabalhando, eu ficava em casa o dia todo estudando e era super massante. Eu só via o meu namorado no final de semana bem rápido. E ele não tinha muito tempo, chegava e dormia de tão cansado, quase não saiamos.
    Mas eu entendia, porque na ausência dele , eu tinha “vida própria”. Eu estudava em casa, se eu tivesse vontade de sair, eu saia sozinha, nunca fui rodeada de amigos também. Eu ia ao cinema sozinha, comprava roupas sozinha, assistia minhas series sozinha, de vez em quando eu saia para visitar um amigo, enfim, a minha vida não girava em torno do meu namorado.
    Acho que o seu problema é falta de foco em si mesma. VocÊ espera demais que o outro te faça feliz. Por isso que saiu do primeiro relacionamento para outro, em vez de simplesmente ficar solteira por um tempo.
    Te doou algumas opções:
    1- largue o cara que tem namorada de vez ( opção obrigatória)
    2- você pode até voltar para seu ex, mas consciente de quem cria sua felicidade é você mesma. Suas metas e objetivos são separados dos dele. Cobre apenas um tempinho junto com ele. Se ele te amar mesmo vai fazer um esforcinho.
    3- Pode ficar solteira, e se dedicar aos seus concursos. Arranje um emprego fora da área, ganhar a própria grana para comprar as apostilas e pagar o cursinho, vai lhe dar mais animo para estudar, já que o dinheiro investido será o seu próprio.

    • namaste

      Sou a dona do post….sim ele tem 2 filhos q ajudei a criar e inclusive a ex sogra q teve câncer eu cuidei. No texto nao pude falar muito pq era resumido.

      • mesmo em resumo caberia isso. Eu deixo muito claro na regra q se acharem q nao da pra resumir, é melhor nao mandar
        mas muitas vezes dá pra resumir sim, vcs q focam em coisas q as vezes nao precisam e se esquecem das importantes =(
        ex: a idade q mt gente se esquece e ocupada oq? 1/100 d linha? kkk

        • namaste

          Sim Luiza, mas ia ultrapassar o limite de linhas rsrsr vc tem razão as vezes focamos em outra coisa…

    • namaste

      Obrigada acho q foi realmente o q aconteceu. Eu perdi o foco em mim mesma, e me perdi totalmente. Eu sempre trabalhei e fui independente, esse foi um acordo nosso de eu ficar estudando e cuidando da casa por um tempo. Porém nao deu certo….

  • Franciele

    Leitora, se tivesse concurso para especialista em se meter em confusão, certamente tu já teria passado, e em primeiro lugar, rs.
    Precisei de alguns minutos para tentar entender porque uma moça de 21 anos decidiu namorar um cara de 37, e a hipótese que me parece mais provável, considerando que normalmente se conclui o ensino médio com 17 ou 18 anos, é que tu encontraste um financiador para tua faculdade, visto que, estava atrasada nos estudos.
    Depois de formada provavelmente se casou para sair da casa dos pais, ou mesmo para “cumprir etapa”, sem perceber que continuou “presa” na vidinha que pensava ter, uma vez que, vocês só se relacionavam com parentes.
    Entretanto, quando percebeu a mesmisse em que se meteu, decidiu se acomodar à vida de dona de casa, sem considerar o lado negativo do comodismo, qual seja, colocar em xeque o valor pessoal; nesse contexto não é difícil entender tua desmotivação, afinal, se passar tá bom se não passar também e, como as coisas não saíram como tu desejava, talvez teu “destino” fosse mesmo o de esposa do lar.
    Estaria tudo ok se fosse uma escolha consciente da tua parte, e não um modo de disfarçar a frustração, mas como era esse o caso, acabaste te deixando levar por falsas perspectivas, enganando novamente a si mesma ao pensar que um cara comprometido, que te conheceu por aplicativo, te levaria a sério; até conheço um cara que largou o casamento de 15 anos numa situação parecida, mas a mulher, assim que soube que ele era casado, cortou contato até que houvesse a separação, e ele saiu de casa no dia seguinte, e conta que o mais difícil foi se despedir do cachorro, rs.
    Aconselho que tu fique solteira por um tempo, para redescobrir do que gosta, quais são tuas qualidades, teus sonhos, enfim, para que quando tiver alguém, essa pessoa possa somar e não passar a ser a razão da tua vida.

    • namaste

      Franciele só pra esclarecer, eu sempre trabalhei e fui independente, paguei minha faculdade sozinha. Não fiquei com ele pra me livrar de pai ou mãe nem por questões financeiras, só fiquei por gostar dele mesmo. Quando fui morar com ele eu já morava sozinha há um tempo. Concordo que devo ficar sozinha pra redescobrir o que gosto mesmo e tal….Obrigada

      • Franciele

        Certo, mas de todo modo não se perde o que eu disse, afinal, algum tipo de segurança, ao menos emocional tu deverias estar procurando, porque a diferença de idade, ter que cuidar de filhos que não são teus e ainda de sogra é muita demanda para alguém que, até pouco tempo cuidava apenas de si.
        Pelo que sabemos ao menos tu não caiu na ilusão de ter filhos em comum, em função mesmo dos projetos de vida, o que é ótimo, mas para o próximo relacionamento recomendo que busque alguém que esteja numa fase da vida mais compatível com a tua, para que possam construir algo juntos, em vez de tu apenas tomar parte na vida já resolvida do parceiro.

  • Hadassa

    Não volte para seu ex você só está carente mesmo e ele só quer a ti de volta por comodismo o namoro de vcs pelo tudo relatou o prazo de validade expirou e quanto ao carinha que vc conheceu e ficou só que tem um porém nessa história ele comprometido tem namorada. Não dá amiguinha tem ditado levo comigo e praticamente meu lema: “Não faça com outros não querem que faça contigo” vc não gostaria de tá namorando e uma outra mulher ficar querendo seu namorado tentar destruir a relação alheia uma questão de exercer empatia se colocar no lugar da outra pessoa com sua próxima fora não só isso moças e mulheres em geral precisam parar pra pensar e refletir se valorizar e ter mais amor próprio e uma outra coisa fundamental dignidade o rapaz/homem é comprometido o cara tem namorada, noiva e tem esposa tinha que ser automático nas atitudes da vidas das mulheres solteiras se esquivar e sair de perto cair fora mesmo não dá ouvidos e papo trela para esses traidores e sem caráter. boa sorte!!!!!!!!

  • Costa

    Oi boa noite!
    Li seu post e me identifiquei um pouco…deixa eu falar espero que ajude…Me separei recente de um casamento de 12 anos…por inúmeras vezes no passado imagine me separando, por vários problemas, mas superamos todos, mas infelizmente me envolvi com outra pessoa (não fomos as vias de fato, só conversa) ela descobriu e nos separamos. Resumindo rsrsrs…hoje depois de 5 meses separados vejo claramente que amo e sempre amei…as vezes focamos em algumas coisas (trabalho, curso, faculdade, etc) e deixamos um pouco de lado nossa parceira ou parceiro….pq na nossa cabeça eles sempre estarão ali…mas não é bem assim….então se ele falou que te ama e quer voltar…tenha uma conversa franca…não se coloco por baixo….percebi que existe um pouco de frustração e um uma pitada de menosprezo,,,tire isso da cabeça em um casamento não existe isso, ou pelo menos não é para existir, se de uma oportunidade … arrisque, aposte, coopere tb…faça uma alta critica e mude tb no que perceber que era falho. Finalizando faça a sua parte caso retorne, não espere nada em troca…

  • Marcelo

    Conduta quase que impecável, o seu único erro foi entrar em uma disputa por cafajeste comprometido. Como já disseram, se ele traiu uma com você, certamente trairá você com outra.

    Não, você não é especial.

    Quanto ao seu ex, como eu costumo dizer aqui: se ex fosse bom/boa, não seria ex.

    O fato é que você voltou ao Mundo e redescobriu (por meio do cafajeste com quem você se envolveu) o quanto ele pode ser perigoso e a saudade da sua velha rotina de segurança bateu com tudo.

    Mas isto é ilusório, daqui um ano, você estará farta de tudo novamente.

    Guarde o luto pela morte do seu casamento, pelo tempo que for necessário, e comece uma vida nova.

    Boa sorte.