Depois de uma década com ela, me sinto velho e acabado para começar de novo!

80

Leitor: Estou passando por um momento turbulento emocionalmente. Faz aproximadamente 5 meses que terminei um relacionamento de longos anos, 10 no total. Estava morando com ela já há 2 anos, e minha vida pelo que me lembro sempre foi com ela, mas chegou um ponto em que nossa relação se desgastou demais, muitas brigas e ofensas, até que não deu mais para suportar e acabamos rompendo. 

Eu tomei a decisão de romper, mas pelo visto ela também sabia que naquele momento era o melhor a fazer, pois não conseguíamos mais estar bem e o fato da família dela ser muito possessiva e ela aceitar tudo o que eles determinavam, tudo mesmo, até o ponto de eles mesmos não nos deixarem resolver entre nós dois nossos problemas, que foi o caso desta última separação, pois não nos deixaram nos encontrar e nos separaram. Porém, eles fizeram a cabeça dela e ela mesmo deixou que tudo se apagasse, acho que ela não me amava a ponto de brigar com a família dela, pois eles ordenavam ela de forma a ameaçar ela. 

Pois bem, tenho hoje 33 anos e farei 34 em novembro, sempre tive objetivo de construir família, ter meu lar, meu espaço, filhos, e me sinto um lixo hoje, pois me sinto velho, me sinto acabado para o mundo, parece que nada será novamente bom.

Comprei meu apartamento onde morava com ela, está lá parado, fechado cheio de lembranças dos dois anos que moramos lá, vim morar com minha mãe por não querer ficar muito sozinho. Amigos mesmo não tenho, pois os amigos eram os em comum com ela e parentes. Tenho dúvidas sobre minha vida como vai ser, pois estou velho e sinto que jamais gostarei de alguém e que não arrumarei ninguém a tempo para namorar e casar logo. Queria mesmo é conselhos se alguém já passou por isso, se é normal esse sentimento, se isso um dia vai cessar e vou ser feliz de novo, se ela vai sair da minha cabeça, são muitos sentimentos estranhos. 

Comecei a fazer uma academia e já tive resultados positivos, saí de um início de depressão onde já estava com medicamentos, não os tomo mais pois isso foi no segundo mês de separado. A academia me ajudou e resolvi esse problema, só não resolvi o da solidão e o medo de ficar sozinho para sempre e o sentimento de velho e acabado, me desculpe pelo desabafo, mas não sei ao certo os caminhos que devo seguir e vi aí várias histórias legais que motivam alguns e outros não.

33 anos velho? Êta menino que você ainda fará muito amor e beijará muito nessa vida. Velha tá só a sua cabeça mesmo kkkkkkkkkkkkkkkkk.

Porém, eu entendo o seu lado: uma década ao lado de alguém não são 10 dias, mas é como mamãe já dizia: você não nasceu colado em ninguém não, garoto! Na verdade, o seu único problema atual se chama MEDO. Você não ama a sua ex, você já sabe que vocês terminaram cedo ou tarde e no fim, te sobrou apenas a ansiedade para passar logo nas mil fases na vida e fazer dar tudo certo. Eu no seu lugar ficaria um tempo atormentada também, com a diferença de que, depois de uma semana ou duas, eu faria exatamente o que você já está fazendo, mesmo que me arrastando e meio sem forças kkkk:

Iria para a academia:

Lá faria novos amigos, ficaria gostosona e pah. Essa parte você já matou.

Faria novos amigos:

Essa você ainda não matou, mas indo para a academia e construindo hobbies, você matará.

Daria tempo para conhecer outras pessoas:

Tua ex está longeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee de ser a mulher mais perfeita para você. E o melhor de tudo, você já sabe disso! Porém, como todo bom ser humano na deprê, rola até um certo prazer sórdido em alimentar toda essa tristeza e ficar se chicoteando (você admitiria isso?) “por tudo que você já sabia que daria errado, mas vai que daria certo”.

Nisso entra meu conselho de amiga:

Toda vez que você ficar triste pensando estar velho, acabado e blablabla, pense que pior seria se você ficasse forçando um relacionamento que já estava falido para só terminar aos 80 anos. Daí sim você estaria velho kkk. O ideal sempre será ter uma família estável, uma vida tranquila e sempre muito, mais muitooo feliz. Com a diferença de que se tudo fosse fácil do jeito que a gente gostaria, esse planeta não chamaria Terra. E se você está nele, encare-o de frente que já já você muda de fase e não entenderá porque se lamentou e chorou tanto, sendo que no fim, o sofrimento não foi eterno! Olha que bênção mais bacana que a vida nos dá em literalmente todos os nossos problemas rs.

Por fim, venda esse apartamento e compre outro. Se ele só te trás notícias desagradáveis, pra quê forçar ou deixá-lo fechado, né? Agora é agradecer à vida por ter te dado as condições da casa própria e bola pra frente.

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.