Ela me xavecou, porém, depois disse que não houve conexão entre a gente!

82

Leitor: Cara Luiza, nunca te vi, sempre te amei (desculpe o lugar comum). Saí com uma moça (eu, 39, ela, 36) na semana passada. Ela que me encontrou no Happn e começou a me xavecar. Fomos tomar um caldo e cerveja.

O papo foi bom, nos beijamos. Ela queria muito conhecer alguém para namorar. E eu também. Era na quarta, ela falou de nos vermos no sábado, de ir no cinema ou algo assim.

Na sexta, chamei para sair no sábado e, para minha surpresa, ela disse que tinha adorado me conhecer, que eu era gentil, legal, mas que ela não tinha visto uma conexão e que, por isso, não queria nada.

Poucas vezes fiquei tão confuso com uma mulher. O que pode ter acontecido? Obrigado, beijos.

encontro falido

Mas olha, quem sabe em um desses encontrinhos da vida você não pode me ver e quem sabe encontrar a leitora metade da laranja, já que pelo visto sua amada foi pro pau? rs.

Quanto a sua confusão, que confusão se a mulher foi mais clara do que água cristalina??? O que aconteceu foi muito simples: ela te xavecou, provavelmente gostou do seu corpitcho nas fotos – e quem sabe do seu ”perfil”, porém, quando te conheceu ao vivo, viu que não foi nada daquilo que ela imaginou.

Agora vamos falar sobre as possibilidades disso ter acontecido:

1- Você foi mesquinho? (Não estou falando de dinheiro).

2- Você demonstrou interesse por ela? Algo muito diferente de ser babão ou desesperado. Digo um bom papo, perguntas leves e interessadas, etc.

3- Você se produziu minimamente? Parece piada, mas já saí com cara todo mal cuidado logo depois da universidade e achei a treva. Bem que ele já podia ter ido melhorzinho naquele dia que sabia que iria me conhecer, né? kkk.

4- Por fim, repasse o dia/noite: Você foi inconveniente de alguma maneira?

5- Sem contar a idade de ambos, que eu pessoalmente acredito que pode ocasionar uma maior exigência. Desde que a pessoa não esteja carente, claro…

Tem gente que pensa que ”conexão” exige apenas energia. E ao meu ver, não é bem assim. É claro que ninguém é perfeito e um vacilo ou outro todo mundo dá, porém, em geral, ambos precisam estar interessados no encontro, sabe? Tem gente que marca de sair e, fora tudo isso que eu disse, fica mexendo no celular, parece que tá com pressa ou no mundo da lua. Daí broxa mesmo….

Uma vez saí com um menino que era super lindinho e fofis, mas era não só desleixado (sim, ele foi o que já citei mil vezes em vídeos e citei logo acima kkk), como muito desligado das coisas, sabe? Não tinha um porte de ”homem”, não me fazia me sentir cuidada, nem protegida e ainda que tenha gente que ache que isso é machismo, eu arrisco a dizer que é o gosto da maioria das mulheres. Enfim e continuando, o cara não sabia nem trocar um suco e aquilo foi me broxando. Sem contar o quanto ele reclamava do preço das coisas (nunca tinha saído com alguém assim, afe kkkk). Depois, ele jurava que eu sairia com ele de novo, ficava me mandando mensagens, mas aí o estrago já estava feito: dei um perdido daqueles e hoje em dia ele me odeia e me bloqueou de tudo quanto é coisa, mas colocar a mão na consciência ao pensar nos foras que ele deu ele não quis, né? kkkk. Enfim, pegue a sardinha que te couber nessa história…

Obviamente que também pode ter acontecido dela ter batido o olho e não gostado, mas mesmo assim, acho que o principal agora não é entender exatamente o que aconteceu – até porque você nunca entenderia e duvido que ela contaria 100% a verdade caso você perguntasse, a não ser que vocês virassem melhores amigos futuramente – mas sim que essa aí já era. 

Agora é aprender o que VOCÊ acha que pode ter feito de errado e melhorar para as próximas. Lembrando que você não só pode, como deve manter tudo que é inerente ao seu eu, porque se ela não gostar, outra gostará. Porém, convenhamos que existem coisas que a gente sabe que mandou mal – e isso só você poderá dizer sobre você mesmo – e que devem ser melhoradas em um próximo encontro.

Assista:

Como saber se ela está afim de você.

Até amanhã,

Lu

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.