Fui amante dele e, na hora que disse que estava com câncer, ele me abandonou

198

Leitora: Eu tenho 35 anos, fui casada por 9, tenho um filho de 7 e há 5 anos (estava no 5º ano de casada) me envolvi com outra pessoa, ele tem 40, era solteiro na época, pra ele sempre foi sexo, eu sempre quis mais, sempre me senti apaixonada.

Ele arrumou algumas namoradas nesse período e minha vida foi um inferno, acabei me divorciando há um ano atrás, passei muita dificuldade, mas não suportava mais a vida que eu levava. Acontece que sempre soube que eu não tinha nenhum valor pra essa outra pessoa (amante), nunca me ajudou com nada, sendo um advogado, sequer me orientou no divórcio, não quis ficar comigo, mas nunca me deixou ir.

Esse último ano sofri demais, há cerca de um mês perdi meu emprego por estar mal, e há uma semana descobri um câncer de mama. Ele começou a namorar há três meses, mas ainda estávamos nos vendo. Há dois dias quando contei do câncer, ele me disse que não quer mais contato, que está apaixonado e me bloqueou no WhatsApp porque eu estava atrapalhando, já que ele estava com a namorada.

Qualquer um que leia esse texto jamais conseguirá entender porque alguém faz e se submete ao que me submeti. A questão é: NEM EU ENTENDO. Sei que somos 100% responsáveis pelo que vivemos, cada um cria sua realidade, e eu só queria aprender com tudo isso, enxergar que nunca fui uma vítima e ser uma pessoa melhor. MAS COMO SE PERDOAR E ESQUECER TUDO ISSO EM UM MOMENTO DESSES?

Pra mim errar no amor é que nem dieta. Você pode comer coxinha de manhã, porém, você ainda terá o almoço, o café da tarde e a janta para fazer diferente. Ou seja, ou você fica se sentindo mais fraca do que realmente é, ou levanta a cabeça e faz o que ninguém poderá fazer por ti: se amar e assumir que, tal como todo ser humano, erra. Errou feio, mas e daí? Agora conserta e DÁ TEMPO. Você sabe que dá =)

Como acredito em energias, não duvidaria nem se esse câncer fizesse parte de algo interior que estava muito desequilibrado em você, e há tempos! Uma briga, uma falta de amor, um ceder demais, e aí chega uma hora que o corpo grita mesmo. Por mais que você não acredite nisso, está provado que a tranquilidade e a paz são capazes de ajudar a curar qualquer doença – assim como o contrário é capaz de causá-la. Você acredita nisso? Eu tenho certeza!! Eu por exemplo vejo que, quando não estou muito bem, até meu sono, minha pele, tudo muda. Nisso nem preciso dizer os resultados maiores…

Sei que julgar de longe é muito fácil, mas eu no seu lugar esqueceria esse cara na maior facilidade do mundo, pois difícil mesmo seria tirar da cabeça quem cuida e dá amor pra gente. Ao menos comigo sempre foi assim e desde que você entenda a lógica que antes só do que passando humilhação, nunca mais passará por isso. Foi só dessa vez e nunca mais… ufa!!!

Pense comigo:

1- Ele namorou com todo mundo, menos contigo. (Ou seja, você sempre soube que só um milagre para reverter isso…)

2- Sempre deixou claro que só queria sexo… (Se iludiu porque quis e tá tudo bem. Errar uma vez é humano: agora é só não ser boba o suficiente para errar com o próximo).

3- Te deixou na hora da doença. (Isso já mostra o ser humano que ele é, visto que existem coisas que não deveriam ter a ver com amar ou não).

4- Nem na amizade ele te ajudou. (Ou seja, ficou só perereka e piroca mesmo).

Ele te deu o valor que você se deu, mas o lado bom é que você já sabe que só precisa fazer as pazes consigo mesma e partir para a próxima. Complexo, mas simples assim. Para atingir esse objetivo, vale a pena se esforçar para ir desde o raso (procedimentos estéticos? Um corte de cabelo?), até o mais profundo e essencial para esse seu caso: terapia.

Veja tudo de bom que está dentro de você e se aprimore. Dê um tempo dos homens também. Faça amizades, inclusive em grupos de mulheres com câncer (existem vários fantásticos sobre isso) e tire o foco da piroca e do precisar do amor de terceiros para se curar. Entenda que sua vida é de responsabilidade sua, não deles.

Entenda também que toda mudança chegará dentro de um processo, ou seja, não é mágica!! Deixe doer, mas no máximo por uma semana – até você internalizar tudo que fez de errado e entender bem para não repetir de novo. Você não virará a mulher maravilha amanhã, mas se obrigará a dar um passo a mais por vez e a cada dia. No fim, você se sentirá tão poderosa que eles que te procurarão, com a diferença de que você estará muito mais esperta e seletiva.

Só comece a saga da cabeça erguida hoje.

 Boa sorte!

Lu

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.